Avião X Helicóptero

Avião X Helicóptero

By: Author Raul MarinhoPosted on
61774Views472

O texto deste artigo encontra-se publicado em https://paraserpiloto.org/blog/2018/02/20/recordar-e-viver-aviao-x-helicoptero/

472 comments

  1. Rodrigo Bispo
    4 anos ago

    Boa tarde!

    Sou Oficial da Polícia Militar do meu Estado e a aviação tem me despertado interesse a algum tempo. Não que eu queira ser piloto operacional, pelo contrário. A intenção é exatamente descobrir outro ramo de atividade, dadas as dificuldades que ultimamente vêm cercando nossa profissão.
    Diante disso, venho pesquisando sobre a pilotagem de asa fixa ou rotativa e ao ler seu artigo (mesmo com o alerta que está desatualizado tem informações extremamente valiosas) me bateu a curiosidade sobre o seguinte aspecto:

    A regra descrita em seu último parágrafo (a seguir) ainda vale ou mudaram?
    ” Uma outra vantagem desta estratégia é que há um ganho de escala na instrução, principalmente se a idéia for a de obter primeiro a licença de avião, e depois a de helicóptero. Para um PCA, são necessárias somente 60h de voo em helicópteros para obter a licença de PCH, que custa aproximadamente R$40k. Com isto, as licenças PCA+PCH vão custar, juntas, cerca de R$110k, e não R$140k como seria a soma de ambas se não houvesse esse abatimento de horas – sem contar que também são abatidas as matérias de Meteorologia e Navegação nas provas teóricas, e o CCF é o mesmo (exame médico de 1a classe).”

    Tal questionamento se dá pois estou me preparando para iniciar o curso de PP e tenho interesse, assim como você, em pilotar aviões e helicópteros, motivo pelo qual o questiono, afim de me preparar e planejar melhor o início desta nova etapa de aprendizado em minha vida!

    Muito grato pela atenção e informações! Grande abraço!

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Rodrigo,

      O que está pacificado hoje é o abatimento de horas para o curso de PP quando o candidato possui uma licença de outra categoria – ex.: PPH para quem é PPA, que cai de 35h para 25h. A redução de experiência para o curso de PC só deverá ser resolvida após a publicação do novo RBAC-141, que irá trazer os novos manuais de curso.

      Abs,

      Raul

  2. Leonardo Almeida Bassitt
    5 anos ago

    Olá, finalizei meu teórico de PPA, realizei a banca e reprovei, comecei a ver o mundo da asa rotativa e tive interesse, saberia me dizer se existem grandes diferenças no teórico de um PPA para um PPH quanto a conteúdo de matérias, se é algo muito diferente ou semelhante, tenho receio de ser algo muito diferente do PPA e só me confundir mais

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      O que muda mesmo é Teoria de Voo e Conhecimentos Técnicos. Regulamentos, um pouquinho (menos de 10%). Meteorologia e Navegação, nada.

  3. Ale.
    5 anos ago

    Bom dia Raul Marinho.

    Sou PCH e chequei PPA com 26,5 horas.

    Quantas horas mais serão necessárias para eu concluir o curso de PCA?

    Pois nos aeroclubes estão me dando orçamentos e informações diferentes.

    Antes de começar o curso de PPA a informação que tinha era que com total de 50 hrs eu checaria PCA.

    Desde já agradeço muito a sua atenção.

    att Alex Bereta

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Vc diz que checou o PPA com 26,6h? Como assim?

  4. thiago
    6 anos ago

    Olá, tendo o PCA checado com mais de 200hs de voo em comando, quantas horas hoje são necessárias pra checar o PPH?

    • raulmarinho
      6 anos ago

      Como só é possível checar o PPH em curso homologado, e este requer 35h, então não haveria redução.

  5. Rodolfo Rodrigo
    6 anos ago

    Boa noite!
    Fiquei triste em saber que nesse ramo existe o QI, e ainda mais aqui em Sergipe. Sabe me dizer se o Aeroclube de Sergipe tem ‘tradição’ em inserir pilotos no mercado de trabalho? Ah, não sou rico, e vc acha que vale a pena fazer ‘loucuras’ para se tornar um piloto aqui em Sergipe.
    Abraços!

    • raulmarinho
      6 anos ago

      Desconheço o Aeroclube de Sergipe, mas lhe adianto que não existe isso de “‘tradição’ em inserir pilotos no mercado de trabalho”… Sua empregabilidade como piloto depende de vc, não do aeroclube em que vc se formou. Não é como na engenharia, em que os formados no ITA têm garantia de emprego, entende?
      E se eu acho que vale a pena fazer loucuras para ser piloto? Claro que não! Aviação não é para loucos, amigo, pelo contrário: o que vc mais precisa é ser sensato.

  6. David Alexandre Soares
    6 anos ago

    Hoje tenho 35 anos e sou muito bem sucedido na profissão de TI, mas minha paixão sempre foi a aviação, tenho vários amigos muito bem posicionados em asas rotativas então resolvi começar como hobby e migrar para profissão caso de certo.

    Nisso andei pesquisando e lendo sobre o assunto e pretendo fazer o seguinte:

    PPA -> PCA -> PCH

    O RBAC 61 subparte 61.101 diz que:

    (ii) o solicitante de licença para a categoria helicóptero pode ter reduzido o requisito de
    experiência nas seguintes condições:
    (A) se for titular de uma licença de piloto comercial de avião ou aeronave de
    sustentação por potência, pode incluir metade das horas realizadas como piloto em comando de
    avião ou aeronave de sustentação por potência até um limite total de 40 (quarenta) horas, ficando
    dispensado o cumprimento do requisito relativo às horas de voo de navegação; e
    (B) se tiver realizado treinamento supervisionado em dispositivo de treinamento por voo
    simulado de helicóptero aprovado pela ANAC, o total de horas pode ser reduzido de até 10 (dez)
    horas relativas a esse treinamento;

    Creio que essa é a melhor forma de se formar em PCH, acho que sai mais barato.

    O que você acha?

    • raulmarinho
      6 anos ago

      Embora isso fosse possível durante um período, ultimamente a ANAC não tem permitido que se obtenha a vantagem citada nos casos em que se requer a redução de experiência por frequentar curso homologado (100h). Em termos práticos, é o seguinte: como a experiência requerida para o cheque de PCH sobe de 100h para 150h, quando obtida fora de curso homologado (que é a única situação em que se admite a redução citada), ela excede a redução de 40h, e em termos líquidos o piloto poderá checar somente com 110h. Entendeu a matemática da coisa? Ou seja: se vc quiser checar o PCH, faça o curso de PPH+PCH em escola homologada mesmo que é mais negócio.

  7. Christiano
    6 anos ago

    Olá! Queria saber se posso fazer o PPH em uma escola e depois fazer o PCH e INVA em outro estado?
    Em sua opinião acha que pode atrapalhar os estudos?
    Não tenho ” QI “, você acha que o aeroclube escolhido ( aeroclube A ou B ) pode influenciar em uma chance maior de inserção no mercado?
    Desde já deixo meus agradecimentos

    • raulmarinho
      6 anos ago

      Olá! Queria saber se posso fazer o PPH em uma escola e depois fazer o PCH e INVA em outro estado?
      R: Pode.

      Em sua opinião acha que pode atrapalhar os estudos?
      R: Nâo.

      Não tenho ” QI “, você acha que o aeroclube escolhido ( aeroclube A ou B ) pode influenciar em uma chance maior de inserção no mercado?
      R: Poder, pode, mas depende muito mais de vc. É vc quem constrói os relacionamentos que servirão como futuro Q.I..

    • Christiano
      6 anos ago

      Olá! Sem aproveitar da sua boa vontade em nos ajudar! Poderia indicar um aeroclube que tem boa influencia em colocação de seu alunos no mercado!
      Fico grato pela ajuda, visto que para nos leigos no assunto o investimento é altíssimo!

      • raulmarinho
        6 anos ago

        Meu caro, se esse aeroclube existisse, ele seria monopolista de mercado… Mas, na prática, tudo depende da pessoa – e, principalmente, do QI que essa pessoa possui – independente de aeroclube.
        Eu acho que seria bom vc entender como funciona a dinâmica da empregabilidade de pilotos. Assista a este vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=xAEda6za6MI&feature=youtu.be

        • Christiano
          6 anos ago

          Muito boa a ilustração do mercado, e sua sistemática!
          Obrigado pelo vídeo!

  8. rodrigo
    6 anos ago

    Como esta o mercado para pilotos agricola para pulverizantes

  9. fernando
    6 anos ago

    Como esta o mercado de píloto de helicoptero hoje? e como ve ele com essa situação da petrobras e preco do petroleo mundial caindo?…

    • raulmarinho
      6 anos ago

      Muito complicado. Para vc ter uma ideia, para cada novo helicóptero incorporado à frota brasileira este ano, deverá haver 7,3 novos PCHs se formando. Essa é a pior relação máquina/piloto dos últimos 10 anos… E esses problemas na Petrobras só devem agravar a empregabilidade na asa rotativa.

  10. RAFAEL DE SOUZA RAMOS
    6 anos ago

    Boa tarde Raul estou a procura de uma vaga de copiloto ou piloto de terminei o curso de piloto, preciso de uma oportunidade , FIZ O CURSO NA BRAVO EM SP

  11. edmilson gomes
    6 anos ago

    Boa tarde Raul, tenho 40 anos provavelmente vou terminar com 42 anos o PCH. Pergunta: minhas chances de trabalho em relação a um PCH mais jovem. obrigado

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Iguais, talvez melhores… O problema de empregabilidade na asa rotativa não é a idade, e sim a falta de oportunidades para todos.

  12. edmilson gomes
    6 anos ago

    Obrigado..

  13. thiago
    6 anos ago

    Olá Raul! Meu nome é Thiago, tenho 23 anos, Moro no R,J gostaria de saber quanto eu vou gastar em média para tirar o brevê de pch e pph. Se pudesse me também me dar uma orientação de gastar o menos possível ficaria grato.

  14. Tomás
    6 anos ago

    Olá Raul,meu nome é Tomás e moro no Rio Grande do Sul,gostaria de ser piloto de Helicóptero,qual é a primeira coisa a se fazer?
    Sou leigo nesta parte burocratizara…

  15. Erick
    6 anos ago

    Olá Raul Marinho, boa noite. Entrei em contato com você por meio deste blog. Grato pelos retornos. Estou iniciando o PPH teórico. Poderia me tirar uma dúvida ? O curso teórico de PPH termina no final de agosto. E o próximo curso teórico para PCH começa já em setembro. Posso cursar imediatamente esse PCH de início para setembro ? Obrigado.

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Não. Vc teria que estar com o PPH checado para poder iniciar o PCH.

  16. denys
    6 anos ago

    Pode parecer uma pergunta meia boba mas queria saber, quem pilota avião saber pilota helicoptero também???

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Pode ajudar um pouco no aprendizado, mas não sabe, não.

      • denys
        6 anos ago

        VALEU, PARABÉNS PELO SITE.

  17. Levi
    6 anos ago

    Olá, gostaria de saber se é melhor fazer uma faculdade de aviação civil, ou fazer um curso em algum aeroclube?

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Esse assunto já foi bem debatido no blog. Faça uma pesquisa.

  18. Erick
    6 anos ago

    Obrigado Raul Marinho pelo retorno. Parabéns pelo excelente blog. Poderia me ajudar em mais duas questões ?

    1) Depois que eu terminar o PPH (com a conclusão das horas de vôo), existe algum prazo para iniciar o PCH ?

    2) Existe prazo para completar as horas de vôo do PCH ? Ou posso ir fazendo as horas de vôo do PCH conforme minha disponibilidade ?

    Obrigado.

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      1 e 2: Não.

      • Erick
        6 anos ago

        Obrigado Raul Marinho.

    • Erick
      6 anos ago

      Olá Raúl Marinho. Estou pesquisando sobre aeroclubes para horas/vôo–Helicóptero. Pelos seus conhecimentos, poderia indicar quais oferecem valores na faixa entre R$ 600 –R$ 650 ?
      Desde já agradeço. Obrigado.

      • Raul Marinho
        6 anos ago

        Lamento, mas não tenho conhecimento sobre valores cobrados pelos aeroclubes ou escolas.

  19. Erick
    6 anos ago

    Olá Raul Marinho. Aviação é minha paixão e vocação. Tenho uma dúvida. Após o término das horas exigidas do PCH, quais são as alternativas para alcançar as 500 hs ? Do término das horas exigidas (conclusão das horas do PCH) até as 500 hs, tenho que pagar o valor hora / vôo até as 500 hs ? Obrigado.

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      As alternativas são: trabalhar como PCH (cmte ou copila) ou como INVH, voar em aeronaves de amigos (de graça), pagar para voar, ou um pouco de cada. A alternativa mais popular é ser INVH, e não conheço quem tenha pagado para voar todas as 500h.

  20. Renato
    6 anos ago

    boa noite gostaria de saber se ha uma idade minima para engressar na carreira de pp,

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      16 anos para começar o treinamento, 18 para solar e checar. E PP não é carreira…

  21. Mário
    6 anos ago

    Raul, quem morre de medo de entrar num avião e de altura pode ser um piloto de helicoptero?

  22. Marcos Augusto
    7 anos ago

    Olá! Tenho 21 anos e sou piloto privado de Helicóptero ja, e estou querendo começar o PPav, quais matérias eu elimino? E quantas horas de vôo de avião eu reduzo?
    Desde ja, muito obrigado!
    Marcos

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Elimina Meteorologia e Navegação. Qto às horas de voo, não se alteram.

  23. Marcos Augusto
    7 anos ago

    Olá! Tenho 21 anos e sou piloto de Helicóptero ja, e estou querendo começar o PPav, quais matérias eu elimino? E quantas horas de vôo de avião eu reduzo?

    Desde ja, muito obrigado!
    Marcos

  24. Roberto Rocha
    7 anos ago

    Posso fazer as horas de PPA num baron-58 e o piloto assinar as horas já que a aeronave é homologada e o piloto e pla e instrutor, fazendo so o chek na escola homologada?

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Negativo. PP tem que ser feito 100% em curso homologado hoje em dia.

  25. Roberto Rocha
    7 anos ago

    Existe possibilidade de terminar o PPAV e fazer MULTI e posteriormente pilotar um bimotor e um jatinho, claro, sem remuneração? Pretendo montar com um amigo malote e nós mesmos fazer os fretes num carava208. Tenho 44 anos aí se aparecer oportunidade na executiva enfrentaria. Indique-me uma escola conceituada em São Paulo, sei da EJ e Aeroclube SP, teria outra indicação para sair mais em conta? Já concluiu o teu PCA? No aguardo.

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Negativo. Para transporte de malotes é preciso ser uma empresa de táxi aéreo, e neste tipo de operação, só pode ser PC.

  26. Alex Rodrigues
    7 anos ago

    Olá Raul, sei que você sempre é parabenizado e elogiado pelo seu desempenho aqui. Mas é impossível não lhe parabenizar ao escrever uma mensagem, pois é merecido por todo seu empenho pelas excelentes respostas. No entanto, sou mais um que lhe dou os Parabéns. Li todos os comentários. Vi que aqui concentram informações desde o ano 2011, que é ano da publicação deste artigo. Pois bem, ao ler tudo muitas dúvidas ficaram esclarecidas. Minha curiosidade é…. Como está a SUA empregabilidade e visão de mercado neste ano de 2014? Vi que em 2011 muitas incertezas foram relatadas sobre um posicionamento no mercado. Neste atual ano, você que está na área, enxergou uma ascensão profissional?

  27. Renan Coelho
    7 anos ago

    Boa Tarde Raul…. Primeiramente quero lhe dar os parabéns pela iniciativa. Muito bom o blog.
    Tenho o sonho de ser piloto de helicópteros… Mas não sei nem por onde começar, gostaria de um auxilio nesse sentido se possível.

    Desde já, grato!

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Comece lendo o e-book “Como tirar brevê e quanto isso vai custar”.

  28. Robson
    7 anos ago

    Bom dia! Párabéns pelo Blog, tenho 34 anos, e pretendo fazer fazer o curso superior de aviação em Recife, o curso tem duração de 3 anos, estarei com 38 anos, e formado e pronto para trabalhar, vc acha que com essa idade terei chance pelo menos em taxi aéreo?

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Conforme respondido incontáveis vezes aqui: sim.

    • Alex barros
      7 anos ago

      E se fizer primeiro pch ? Também existe vantagens pra abater horas em pca ?

  29. Diogo David
    7 anos ago

    Cara bom demais, vc ja ta com PCA E PCH???

    É o seguinte estou no segundo mes de PPav no teorico ainda.. só q com a influencia dos meus amigos eu estou doido pra mudar pra helicoptero, só q tem um problema.. meu pai, ele quer comprar uma avião pequeno pra empresa dele, (cessna ou carioca etc)
    e quer q eu pilote este avião a principio eu estava muito animado com isso.. mas agora estou querendo muito mudar pra helicoptero, e acredito q meu pai nao vai querer deixar, (ele que está pagando o curso) até pq nao tem condiçoes de comprar um R44 pra empresa, o ideal é o ”aviaozinho”, vc acha q é vantagem eu tirar só o PP de aviao, pois ai já da pra mim voar pro meu pai tranquilo e depois fazer PP e PC de helicoptero? me da uma opiniao sincera ai, muito obrigado e valeu..

    • Carlos H A Soares
      7 anos ago

      Sugiro vc meu Helicoptero o Dynali H2S e por um preço muito competitivo vai agradar a seu pai e a realizar seus sonhos.550 Km com 90 lts de Gasolina Podium e custa menos de R$ 450.000,00.chasoares@hotmail.com

      • Edvaldo Luciano
        7 anos ago

        Caramba 450 mil pow, ta o mesmo preço de um Esquilo. Qual dos 2 é melhor Um Dynali ou um Esquilo?

  30. Marcelo Silva
    7 anos ago

    Ola Sr, Raul, primeiro gostaria de parabeniza-lo pelo post que é foi de grande esclarecimento para mim, quero lhe dizer que nesta próxima semana começo o curso de piloto privado, escolhi o de helicóptero pois quero poder passar mais tempo em casa com a minha familia, vc acredita que com a minha idade de 31 anos não é um pouco tarde para estar se tornando um piloto na area e vc poderia me dizer se pilotar um helicoptero é bem mais perigoso que um avião mesmo, como eu ando vendo na web (dizem que se o rotor da calda falhar é rezar e esperar, isso é muito comum) ou ainda assim é um meio de transporte seguro. ah e se é possivel em mais ou menos 3 anos eu ja estar empregado em uma boa empresa ou se leva muito mais tempo, muito obrigado acabei que fazendo varia perguntas hehe

    • Diego
      7 anos ago

      Boa noite Raul, minha pergunta é direto, vejo em alguns sites que tem piloto de helicoptero desempregado, e que não é essa mil maravilhas como alguns sites descrerem, que tem gente querendo trabalhar de graça para acumular horas de voo, resumindo, vale a pena investir tanto dinheiro e ter um futuro incerto? Obrigado

      • Raul Marinho
        7 anos ago

        É complicado responder a esta pergunta, pois depende muito de suas qualidades individuais (um bom QI, p.ex.), de suas outras alternativas, do que vai acontecer no futuro com o segmento, etc. Mas o que posso te falar é que a carreira de PCH está estrangulada pelo fato de as seguradoras restringirem os pilotos com menos de 500h, só restando a instrução como opção para os recém formados. E com a perspectiva de ser necessária a experiência de 200h PIC para INVH, a situação deverá chegar ao caos em breve.

  31. Da Silva
    7 anos ago

    Boa noite, tenho 21 anos e me interessei por essa área após uma viagem a Argentina, onde conheci uma brasileira que fazia curso de piloto lá, pois segunda ela as horas de voô eram muito mais baratas. Gostaria de saber qual a remuneração media de um copiloto, de um piloto nacional e de um internacional. Além de querer saber os melhores locais para essa formação no Rio de Janeiro. Grato Da Silva

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Explore o blog, que vc vai encontrar respostas para a maioria de suas perguntas.

  32. Jonas
    7 anos ago

    Boa noite, vc sabe me dizer se posso fazer o pph em um r44 particular?

  33. Patrick
    7 anos ago

    Boa noite Sr. Raul Marinho,

    Parabéns pelos ótimos esclarecimentos.
    1)Vocë poderia informar qual o custo total para tirar a licença para pilotar helicóptero particular e comercial tbm se possível(nao precisa ser exato o valor, apenas aproximado)?Contando as horas mínimas necessárias de vöo, tudo que é preciso, etc.
    2)Quanto tempo leva para tirar a licença?Fazendo de maneira rápida cm frequëncia e também fazendo apenas uma duas vezes por semana.
    3)Na sua opiniao, é muito difícil para tirar a licença para pilotar helicóptero pessoas q nao sao da área ou que nao tenham afinidade?
    Muito obrigado.Um abraço!
    Att Patrick Miranda.

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Patrick,

      Eu recomendo que vc leia o meu e-book, onde vc encontrará respostas para a maioria das suas dúvidas. Depois, se alguma questão restar, volte a entrar em contato, ok?

      Abs,

      Raul

  34. Anderson Lorente
    7 anos ago

    Olá Raul!

    Sempre fui apaixonado por aviação mas nunca tive recursos financeiros para seguir na carreira.
    Hoje, aos 29 anos, finalmente possuo recursos para fazer o curso com tranquilidade.
    Gostaria de seus comentários sobre:
    O mercado tem espaço para que pessoas mais velhas iniciem suas carreiras na aviação (asa fixa/rotativa)?
    Há muita desvantagem para os que iniciam aos 30?
    O mercado valoriza, de alguma forma, cursos superiores, pós-graduações, em outras áreas? Valoriza também, de alguma forma, experiência de trabalho em outras áreas?
    Possuo inglês e espanhol fluentes. Um básico de francês. Até que ponto esse nível de idioma pode ser um diferencial na hora de encontrar um emprego na aviação, e na carreira como um todo?

    Parabéns pelo seu post. Está muito bacana.
    Agradeço sua atenção de antemão.

    Anderson

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      O mercado tem espaço para que pessoas mais velhas iniciem suas carreiras na aviação (asa fixa/rotativa)?
      R: Velhas de 29 anos? Vc tá brincando, né?

      Há muita desvantagem para os que iniciam aos 30?
      R: Não.

      O mercado valoriza, de alguma forma, cursos superiores, pós-graduações, em outras áreas? Valoriza também, de alguma forma, experiência de trabalho em outras áreas?
      R: É relativo… Valoriza, mas nada comparável a horas de voo e QI, que é o que realmente importa.

      Possuo inglês e espanhol fluentes. Um básico de francês. Até que ponto esse nível de idioma pode ser um diferencial na hora de encontrar um emprego na aviação, e na carreira como um todo?
      R: O inglês é essencial, as outras línguas são um “plus a mais”, assim como os cursos superiores, etc.

  35. Matheus Castilho
    7 anos ago

    Olá Raul.
    Meu nome é Matheus, tenho 27 anos, sou formado em cinema e trabalho como editor de vídeo.
    A princípio eu não teria grana pra bancar as 35 (pra Piloto privado) e depois pra completar 100 horas de vôo pra tirar a habilitação pra Piloto Comercial, então eu pensei em fazer o seguinte: começo o curso teórico, vou fazendo as aulas práticas lentamente (acho que consigo no máximo 2 horas por mês). Você acha que é viável fazer isso? 2 horas vai dar mais ou menos R$ 1.200,00, é o que eu conseguiria investir por mês. Tem outra alternativa? Já ouvi falar de gente que vai pra Argentina tirar por lá, por ser mais barato, realmente compensa?
    Pra tirar o INVH e poder ser trabalhar como instrutor é preciso de quantas horas de vôo? Quanto se paga normalmente para um instrutor da asa rotativa?
    Eu queria te perguntar qual é a maneira mais viável financeiramente para alguém que quer iniciar esta carreira mas não tem absolutamente nenhum capital guardado. Penso até em fazer um empréstimo, mas será que não seria me afundar em juros? E outra, fazer aos poucos como eu comentei, não seria torturante/ridículo demorar anos pra completar 100 horas?

    Obrigado!

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Matheus, eu acho que a melhor estratégia é vc esquecer a formação aeronáutica nesse primeiro momento, e focar a obtenção de recursos e a poupança. Qdo vc conseguir obter os recursos para a sua formação, aí sim vc começa a estudar e a voar.
      Abs,
      Raul

  36. Julio Cezar de Oliveira
    7 anos ago

    Olá, sou estudante e esse ano concluo o ensino médio e pretendo seguir carreira como piloto de helicóptero e gostaria de saber se é melhor fazer o curso no Brasil ou nos EUA, pois conforme pesquisei a formação é mais barata nos EUA … e caso eu me forme lá a ANAC reconhece as horas de vôo e tudo mais?? E também caso eu queria poderia continuar minha carreira por la mesmo?? E uma ultima duvida o que é mais vantajoso ser feito Ciências Aeronáuticas ou Aviação Civil (Anhembi Morumbi) ??

    Desde já agradeço !!!

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      gostaria de saber se é melhor fazer o curso no Brasil ou nos EUA, pois conforme pesquisei a formação é mais barata nos EUA
      R: Para saber se é melhor EUA ou Brasil, pesquise no blog, que existem vários textos sobre isso. Quanto ao preço, nos EUA será mais caro com certeza.

      e caso eu me forme lá a ANAC reconhece as horas de vôo e tudo mais??
      R; A licença, ela reconhece, já as horas de voo são mais complicadas – mas, em tese, é possível.

      E também caso eu queria poderia continuar minha carreira por la mesmo??
      R: Depende dos vistos de trabalho e residência que vc conseguir obter. Em termos estritamente de aviação, não há problemas.

      E uma ultima duvida o que é mais vantajoso ser feito Ciências Aeronáuticas ou Aviação Civil (Anhembi Morumbi) ??
      R: Na min ha opinião, o curso de Ciências Aeronáuticas da FACA/PUC-RS é o melhor que há no país para pilotos, apesar da ênfase ser para a asa fixa (aviões).

  37. Vitor
    7 anos ago

    Boa noite, Raul
    Muito bom seu post… gostei muito….
    Cara eu gostaria da opinião de uma pessoa do ramo, tenho 26 ano sou bancario e formado em Economia, atualmente e acho que sempre depois q me formei, não estou muito satisfeito com minha carreira…. Sempre quis pilotar, tanto que antes de fazer a faculdade não fiz um curso de PPH, por questão de distancia e na epoca financeira. Gosto de voar, tanto que voo de parapente…… Hoje tenho condição de fazer um curso e investir para seguir a carreira de piloto. Gostaria de saber o que vc acha, sei q é muito pessosal, mas alguem de fora sempre tem outra visão, vc acha que vale a pena, investir na profissão de piloto, tenho medo de certa forma, de perder meu investimento, e chegar la na frente e pensar, “sera q tomei a decisão certa….”
    Muito obrigado,
    Um abraço
    Vitor

    • Bruno
      7 anos ago

      Bom dia Raul, parabéns pelo post. Eu gostaria de entender o sistema de avaliação. Por exemplo: Fiz as 60h obrigatórias, já estou apto para voar ou é igual exame de carro/moto, agendam um dia com algum fiscal e ele avalia e emite a licença? Outra dúvida, após ter a licença, entendi que não é certo arranjar um emprego como piloto, e eu acho que quem está pensando somente em salário pode se frustrar, se é a realização de um sonho vale a pena o investimento, se for para trabalho é outra situação. No meu caso é sonho, após ter a licença, posso trabalhar de alguma maneira de graça (finais de semana por exemplo) para ganhar mais horas de voo? Tem alguma possibilidade disso acontecer? Se sim, de qual maneira? Ou seria errado, prejudicaria a categoria. Como expliquei, no meu caso é um sonho. Não vale falar para eu comprar uma aeronave! haha (brincadeira).

      • Raul Marinho
        7 anos ago

        Bruno, eu recomendo que você compre o e-book “Como tirar brevê”, que tem a resposta completa para todas essas perguntas.

  38. Rafael
    7 anos ago

    Olá Raul Boa tarde.

    Achei MAGNIFICO o seu post, e ainda mais interessantes as suas respostas nos comentários. Mas eu só fiquei com 2 dúvidas. Onde foi que você viu a hora de Helicóptero por 700,00 ? Pq quando pesquisamos na net aparecem uma série de aeroclubes com valores muito mais acessíveis, e a outra é se você sabe se é fácil ou complicado arrumar um “emprego” como instrutor.
    Abraços.

    • Raul Marinho
      7 anos ago

      Era esse o valor da hora de voo na época em que escrevi o artigo, e acho que não está muito diferente hoje em dia, pelo menos nas escolas do Campo de Marte. Mas faça uma pesquisa real (fora da internet) para confirmar.
      Sobre arrumar emprego como INVH, não está fácil, não – embora seja a única opção viável para os recém-formados.

      • Rafael
        7 anos ago

        Irei fazer essa pesquisa “fora da internet” logo logo. E o que você sabe sobre as “licenças” de cada helicóptero, e como funciona o sistema de avaliação da ANAC..

        • Raul Marinho
          7 anos ago

          Não entendi a sua pergunta…

          • Rafael
            7 anos ago

            Ouvi dizer, que mesmo depois que vc já seja um PHC você precisa ter as “licenças” para pilotar cada modelo de aeronave, queria saber se isso realmente é verdade e como funciona essas “licenças”.
            E em relação o sistema de avaliação da ANAC, gostaria de saber como é a prova teórica, e se tbm é necessário a prova prática..

      • Leandro Jeremias
        7 anos ago

        Bom dia Raul
        Estou fazendo PPH, estou com 15 horas, aprovado na anac PPH e fazendo teórico PCH, porém ouço de instrutores e pessoas do meio que alguns estão com 800, 900 horas e não conseguiram um emprego fora da instrução. Isso me deixa um pouco desanimado com a carreira. O que você acha que vai acontecer com a carreira após julho de 2014, quando será obrigatório 200 horas para INVH? tenho dúvida se o mercado não vai piorar pois acredito que não vai ter tantos alunos nas escolas para dar instrução. tem horas que penso em desistir e perder o que ja gastei do que gastar aproximadamente 90.000 e ficar empacado na instrução ou mesmo sem instrução.OBS: consigo me formar antes de julho de 2014.
        O que vc acha que vai acontecer com a carreira após 2014?
        Muito obrigado

        • Raul Marinho
          7 anos ago

          Imediatamente, nada. Mas no decorrer do tempo, em 2016+, poderá haver uma baixa oferta de INVHs no mercado, aumentando muito a remuneração deste tipo de profissional. Mas isso é só um “chute”, baseado em teoria econômica…
          O que eu acho, meu caro, é que muita coisa pode acontecer, e não dá para prever o que vai ser do mercado de pilotos depois de 2014. Especialmente os PCHs, que tem o Pré-Sal como grande incógnita… O que eu sei é que, quem não estiver qualificado, não conseguirá aproveitar as oportunidades; e que, de uma maneira ou de outra, alguém vai ter que pilotar os equipamentos que existem. A partir daí, vc tira as suas conclusões…

  39. Clecio
    8 anos ago

    Por gentileza indica alguma escola pra piloto de helicóptero em curitiba

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Lamento, mas não tenho esta informação.

      • Mariana Haikönnen
        8 anos ago

        Olá, Raul!

        Gostei muito dos seus textos. Vim aqui porque tenho o propósito de me tornar piloto comercial de helicóptero, mas pretendo fazer a escola nos EUA. Gostaria de saber se posso trabalhar no Brasil após me formar lá. E também, se vc tem informações de como é o exame médico aqui do Brasil para Piloto comercial.

        Obrigada.

        • Raul Marinho
          8 anos ago

          Pode, sim, é um processo chamado convalidação. Sobre a inspeção de saúde, há dezenas de posts sobre isso no blog, é só pesquisar.

          Dica: pesquise os termos “convalidação” e “RBAC-67”

  40. ana
    8 anos ago

    oi, gostaria de saber se para pilotar no Brasil os pilotos estrangeiros(helicoptero)precisam fazer alguma conversao das licencas?

    • ana
      8 anos ago

      PIloto Italiano con ATPL helicoptero GAA gostaria de saber o que e preciso(conversao de documentos, doc necessarios,tempo da buracracia, etc) p trabalhar no Brasil

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Há um processo chamado convalidação, para validar as licenças junto à ANAC. Mas isso não dá direito ao estrangeiro trabalhar como piloto no Brasil.

      • ANA
        8 anos ago

        OBRIGADA. GOSTARIA SOMENTE SABER SE ERA POSSIVEL CONVALIDAR. TEMOS CIDADANIA, MAS AINDA ESTAMOS PENSANDO SE RETORNAR OU NAO AO BRASIL.

  41. Tiago Serra
    8 anos ago

    Raul,

    Muitos Parabens pelo seu trabalho e apoio a todos os que aqui vêm em busca e para troca de conhecimentos, eu tenho uma duvida, sendo eu um PCH posso fazer o cheque IFRH num Robinson44? É que eu andei lendo o rbha61 (Subpart “I”) e não especifica que a aeronave de cheque na ANAC tem de ser turbina. Qual e a sua opinião? Posso eu tendo o PCH e efectuar a qualificação IFRH no R44 efectuar ou não o cheque no mesmo?

    Abraço e bons voos.

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Segundo o cmte Bosco (dono da EFAI, de BH) me informou, a aeronave do cheque de IFRH tem que ser homologada IFRH, e para isto, ela teria que ter A/P. Parece-me que a instalação de A/P é economicamente inviável no R-44, pelo que eu sei, daí não ser este tipo utilizado, na prática – embora, em teoria, pudesse. Sacou?

      • Tiago Serra
        8 anos ago

        Saquei ;) vai sair da carteira.

        Obrigado pela atenção.

        Abraço e mais uma vez parabens pelo seu trabalho e continua disponibilidade.

  42. André
    8 anos ago

    Bom dia Raul, esta de parabéns pelo post.
    Gostaria de saber se você indica algum curso ou faculdade para Piloto de Helicoptero aqui no Rio de Janeiro/RJ.
    Abraços.

  43. Marlon
    8 anos ago

    Vi em uma de suas resposta que quem tem visão monocular não
    pode ser piloto isso se da ao mesmo para o co-piloto ?

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Copiloto ou comandante é só a função que o piloto pode desempenhar a bordo: a licença é de piloto, que não pode ter visão monocular pata ser aprovado no exame medico inicial. A exceção é o piloto que já tenha a licença e perca a visão em um olho, ai há a possibilidade de continuar pilotando

      • Glauber
        8 anos ago

        Primeiramente gostaria de lhe parabenizar pelo belo artigo…muito esclarecedor.
        Tenho 35 anos e tenho muito o interesse de me tornar um piloto…Vc saberia me informar com quantos anos é o limite de idade para contratação de um PCA por uma grande cia aérea como o caso de uma TAM ou GOL?

        • Raul Marinho
          8 anos ago

          Na verdade, o momento não é o ideal para responder isso pq nenhuma cia está contratando, tenha o piloto 20, 30 ou 60 anos… Mas tomando-se por base quando as empresas contratavam, é o seguinte:
          -A TAM é a única cia mais restritiva com relação á idade. Depois dos 35 anos, é preciso ter um X a mais de horas de voo por ano adicional, e depois dos 40 fica quase impossível.
          -As demais não tem este tipo de restrição, e teve gente que entrou na Gol/Azul em 2011 com cerca de 50 anos.
          -Na aviação geral, o problema é invertido: o problema é ter pouca idade.
          Abs,
          Raul

  44. Rafael
    8 anos ago

    Fantastico, muito obrigado foi muito
    esclarecedor!!!

  45. marcio lima
    8 anos ago

    tenho umas duvidas,tenho 37 anos e gostaria de fazer uma escola p pilotos de helicopteros,terei problemas pela minha idade e tambem tive neurit optica no meu olho esquerdo e perdi completamente a visao esquerda,tem restriçoes para isso?

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Márcio, infelizmente a visão monocular é impeditiva, sim. Se vc já é piloto, e perde a visão em um olho, é possível continuar pilotando. Mas se vc vai para o exame medico inicial já com essa condição, vc não é aprovado.

  46. Edmir Adam
    8 anos ago

    Caro Raul
    Parabéns pelo blog, após algumas horas de pesquisa, localizei o seu blog e achei muito esclarecedor, bem redigido e sério.
    Estou com 43 anos não sou piloto nem de avião nem de Rotativa(mas amo o meio), seus posts deram-me informações suficientes para minhas decisões.
    Irei acompanhar seus posts sempre, ja gravei como favorito.
    Abraço

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Obrigado!

      • Alberto Corcias
        8 anos ago

        olá raul boa noite! com a virada de 2013 alguma novidade com relação a empregos para pilotos de helicopteros? o offshore parou de contratar? quanto tempo como instrutor seria necessario para completar as 500hrs em media para brigar por vagas neste setor?
        parabens pelo trabalho! obrigado pela atenção!

      • Carlos Henrique
        8 anos ago

        Raul Marinho, Boa tarde, meu caro estamos desenvolvendo um
        projeto para atuao na Segurana Pblica, o PEASP-LSA, com as
        aeronaves LSA, o Avio A-22 Foxbat (Ucraniano), o Gyrocptero
        HoneyBee G2 Tandem (EUA), e o Helicptero Dynali H2S ( Belga).Esta
        uma proposta inovadora e ousada. Vrios pases no mundo j as utilizam
        por Foras de Segurana. Em breve estaremos prontos para atuar em
        nvel nacional, j estamos com documentao bastante encaminhada junto
        a ANAC. Parcerias sero e j esto sendo montadas tanto no quesito de
        equipamentos de segurana APH e SAR, como com estudos cientficos e
        aplicabilidades.Varias frentes de atuao esto sendo desenvolvidas, e
        algumas envolvem a luta para se modificar a legislao vigente para
        que o mercado se abra de forma vigorosa, tanto para pilotos de Asa
        Fixa como para Asa Rotativa, estaremos buscando atores no pas para
        juntos empreendermos uma luta que melhore o mercado de trabalho
        para os pilotos. Se for de seu interesse iniciar tratativas e
        conhecer nosso projeto e nossas aeronaves, fico no aguardo de seu
        contato. Aqui vai o nosso website e endereos para contato. Veja
        nossas fotos. Carlos Henrique Azevedo Soares chasoares@hotmail.com
        (062)9613 38 28 Consultor Areo do PEASP-LSA Plano Estratgico de
        Aviao de Segurana Pblica, com aeronaves Light Sport Aircraft
        Representante da rea Governamental e Agrcola da: Aviation Importao
        e Montagem, http://www.voeaviation.com.br, Cabral (062)9165 94 49 Fly
        Ultraleves e Trikes, http://www.flyultraleves.com.br, Wander Azevedo
        (062)3595 42 28 Date: Fri, 11 Jan 2013 02:08:12 +0000 To:
        chasoares@hotmail.com

        • Raul Marinho
          8 anos ago

          Faço votos que vc tenha muito sucesso em seu projeto, Carlos. Mas ele foge do meu escopo de trabalho, infelizmente. Muito obrigado pelo contato.
          Abs,
          Raul

  47. EDUARDO
    8 anos ago

    Boa Tarde Raul,
    com toda a sua experiencia eu gostaria de lhe pedir alguns conselhos.
    Tenho 29 anos, sou formado em Ciências da Computação trabalho como Gerente de TI e tenho uma carreira estável. Mas atualmente me despertou um sonho de quando eu era criança de ser piloto, adoro os aviões, mas estou muito seduzido pelos Helicópteros.
    Gostaria de saber se o mercado esta bom para conseguir emprego?
    Como PCH recém formado se eu não me tornar instrutor qual seria as outras formas de conseguir chegar as 500 hs?
    E se vale a pena financeiramente investir nesse sonho?

    Obs.: Tenho medo de investir 70 mil e depois não conseguir exercer a profissão por não conseguir ter a quantidade de horas exigidas pelo mercado e vê o que era um sonho se tornar em um pesadelo.

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Gostaria de saber se o mercado esta bom para conseguir emprego?
      R: Não. Na verdade, está numa grave crise neste momento.

      Como PCH recém formado se eu não me tornar instrutor qual seria as outras formas de conseguir chegar as 500 hs?
      R: A opção é ter um bom QI para te indicar para um bom emprego. Se vc não tem, as opções são quase nulas.

      E se vale a pena financeiramente investir nesse sonho?
      R: Preciso responder?

      Obs.: Tenho medo de investir 70 mil e depois não conseguir exercer a profissão por não conseguir ter a quantidade de horas exigidas pelo mercado e vê o que era um sonho se tornar em um pesadelo.
      R: Pois é, se vc está avaliando a carreira como um investimento, esqueça. Aviação é para quem tem vocação, não é como um concurso público ou uma franquia. Fique no TI, que vai ser bem mais negócio para vc.

      • Carlos Henrique
        8 anos ago

        Boa tarde caro Raul, ainda no aguardo de seu comentário em resposta a minha colocações sobre aeronaves LSA e pilotos no serviço público.Att Carlos Henrique

        Date: Tue, 11 Dec 2012 19:41:58 +0000 To: chasoares@hotmail.com

      • EDUARDO
        8 anos ago

        Raul, me desculpe sou um leigo no assunto aviação, o que me fez lê quase todos os seus comentarios no seu blog foi essa vontade de um dia talvez pilotar uma dessas maquinas, eu me lembro que esse ano eu lê uma reportagem que dizia, ” Carreira de Piloto um investimento alto mas que volta voando” rsrsrsrs, bem isso me motivou a querer da os meus primeiros passos, se procurarmos na internet sobre o mercado de trabalho, quase todas as noticias são dizendo que o mercado esta muito promissor que hoje no Brasil existe 2 PCH para cada aeronave e que o ideal seria 14 PCH por aeronave, o mercado para offshore existi um déficit muito grande.
        Qual é a crise neste mercado?

          • Carlos Henrique
            8 anos ago

            Obrigado CHAS

            Date: Tue, 11 Dec 2012 21:53:12 +0000 To: chasoares@hotmail.com

            • Reinaldo Steuer
              8 anos ago

              Olá cara amigo piloto, estou com as apostilas em mãos do curso de PPH, irei estudar por conta propria por enquanto, para sentir o interesse e dar continuidade em uma escola no campo de marte, Gostaria de saber de voce, me oriente para estudar, o que devo estudar primeiro, quais as matérias devo conciliar, ondem devo me atentar mais, me empenhar etc, me ajuda com inicio de estudo, para ter uma linha saudavel. Obrigado.
              Reinaldo

              • Raul Marinho
                8 anos ago

                Faça um curso teórico de PPH, de preferência no Aeroclube de São Paulo, que vc pega as manhas de estudo rapidinho. Eu lamento, mas não tenho disponibilidade de tempo para te ajudar nisso.

                • Reinaldo Steuer
                  8 anos ago

                  Positivo Raul, Gostaria primeiro de estudar em casa, tenho que ainda fazer o exame medico, passando eu inicio o curso, que acredito só irá acontecer por volta de junho ou julho 2013, antes gostaria de ir estudando por conta, para quando iniciar as aulas, estarei mais afinado e conseguirei acimilar mais informações. Me da uma dica qualquer de estudo. De qualquer forma obrigado. abraços e bons voos.

  48. Carlos Henrique Azevedo Soares
    8 anos ago

    Caro Raul Marinho, parabéns pelo blog.
    Venho fazendo um trabalho junto a diversos atores da Segurança Pública no País, para implementar um projeto de minha autoria, que acredito será um novo marco na atividade de SP, mas principalmente criará um novo e forte mercado na aviação civil. Atividade Policial com o uso de aeronaves LSA, já em uso nos EUA. Seria criado esquadrões com LSAs, Asa Fixa, Gyros e Helicópteros de baixo custo de aquisição ( R$ 150.000,00 a 480.000,00) e de consumo. Primeiro formaria-se esquadrões com pilotos Asa Fixa, posteriormente em escala de “promoções”, pilotaria um Gyro entrando no mundo de Asa Rotativa e posteriormente como piloto de um helicóptero, ex: Dynali H2S, neste caso acredito eu que formaria um Piloto Policial com baixos custos e já desde o primeiro momento atuando em Segurança Pública e quando chegasse o momento de ser co-piloto em uma aeronave ” maior” como um AW 119(R$ 7.000.000,00) o Piloto em formação já teria uma bagagem de excelente qualidade.Diante do exposto, minha questão que cabe é a seguinte:
    A aviação de Segurança Pública no País ainda não esta regulamentada, e isto é um fato. Portanto é o momento de se colocar a questão acima e aplica-la, construir o “novo”. (Lá fora já é velho).
    Um civil CPR, pode voar com a partir de 35 horas em uma aeronave LSA. Onde as forças de SP, não tiverem pilotos para suprir a demanda,contrataria o civil para realizar os voos.
    *O militar ou mesmo o contratado no Serviço Público poderá fazer o serviço com CPR ?
    *Para Gyro um civil precisa de apenas 35 horas para se habilitar, no caso de utilizar na SP, qual a certificação a ser adotada?
    *No caso do helicóptero Dynali H2S, qual a exigência para este egresso das outras aeronaves?
    Veja bem são situações que ainda não existem e que gostaria de saber sua opinião de como trabalhar estas questões para que as mesmas não sejam dificultadas pela ANAC.Acredito fortemente que com a adoção deste projeto o mercado de aviação civil seria altamente influenciado e ficaria “aquecido”.

    Att
    Carlos Henrique

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      O problema é o seguinte: não existe certificação de “piloto comercial” para LSAs. Ou seja: fora a atividade de instrução, o CPR só serve para hobby ou, no máximo, transporte do proprietário, jamais para uso comercial/profissional, como vc quer. Seria necessária uma alteração na legislação para seu projeto se viabilizar. Este é meu entendimento, pelo menos.

  49. JOSÉ
    8 anos ago

    olá raul…..gostaria de saber se depois de todo esse envestimento…….ainda
    teria o risco de ficar desempregado.?
    grato! Ze Rodrigues

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      A maioria dos PCHs recém-formados que eu conheço está desempregado…

      • JOSÉ
        8 anos ago

        então não seira viável…..envestir tanto….para um futuro incerto…..tanto no PCH quanto no PCA.

        muito grato!

        Zé Rodrigues.

  50. Admo Souza
    8 anos ago

    Ola Sr Raul cara não entendi bem seu currículo vc ainda não é piloto nem de avião nem de helicóptero mas rapaz vc realmente não sei mas como piloto vc é um ótimo professor seus postes fão fantástico deixando pouco espaço para duvida acho que isso vem de sua experiencia escrevendo e como palestrante não é? obrigado ótimo post pelo menos para mim iniciante sem nenhum conhecimento prévio e aviação

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Como não sou piloto? Sou PC-IFR/MLTE, tenho CCT de PLA, Jet Training, ICAO, CRM… Só não tenho emprego ainda.

      • Reinaldo Steuer
        8 anos ago

        Rual Tudo bem? Estou querendo fazer o curso,prova ANAC exames medicos, etc, para me tornar piloto, sou de classe media baixa, então irei andar conforme a entrada de dinheiro, gostaria de saber de vc, tenho 34 anos, iria conseguir um trabalho ao termino dos cursos sendo piloto comercial, no caso em 2013 concluindo todos os exames de cheque, quais minhas chances na asa rotativa, a qual desejo aprender?
        Obrigado e parabéns pelo blog.

        • Raul Marinho
          8 anos ago

          Honestamente? A persistir a situação atual por que passa a aviação, baixas. Só com o PCH, sem qualificações adicionais (ex.: IFRH) e sem um bom QI, está muito difícil obter uma colocação de piloto hoje em dia.

      • Admo Souza
        8 anos ago

        Disculpe pensei que vc estive-se formação o que li de seu curriculo era que vc era empresario e escritor mas mesmo assim acho que nem muitos pilotos experientes conseguem explicar esse assunto tão bem como vc. Não quis ofendelo.

        • Raul Marinho
          8 anos ago

          Não ofendeu, fique tranquilo. Mas vc poderia ter lido a pagina “SOBRE O AUTOR”, e evitar o mal entendido.

  51. Jéssica
    8 anos ago

    Ei Raul, tudo bem? Gostaria de saber se você possui conhecimento de qual faculdade em BH, é melhor conceituada no que se referente ao curso de PPA e PCA. Se caso não for de seu conhecimento, tem alguém ou um local que possa me sugerir para adquirir tal informação? Desde já agradeço. Abç

  52. andrepescada
    8 anos ago

    Boa noite Raúl,
    Tive a ler o post sobre a escola hillsboro e achei bastante interessante, pois parece que tem algumas vantagens, preço e tempo da formação, boa frota, parece ser uma escola com experiência, um sítio onde é possível voar em diferentes condições e para terminar parece que é garantido trabalhar como instrutor e com “alguma” segurança para acumular horas de voo, além de estar também incluído no pacote caso o aluno esteja interessado IFRH o que parece também importante para quem quer seguir a carreira de piloto comercial de helicópteros. O que eu queria perguntar, e queria fazê-lo a alguém que não esteja directamente relacionado com a escola, era o seguinte:
    Será que eles conseguem garantir realmente o primeiro emprego como instrutor aos seus alunos? não teria para isso os alunos estarem sempre a crescer exponencialmente? E em termos de qualidade de instrução? Eu se me inscrever na escola vou querer um instrutor com experiência! O mesmo se pode passar com os meus futuros alunos será que vou estar preparado para dar uma boa instrução? Não sei se me faço entender…
    Em relação às horas de voo a ANAC continua a validar apenas 100 para cada 300 feitas nos USA?
    A convalidação será assim tão rápida 6 dias úteis? ou será 6 meses como o Raúl já referiu num comentário? Qual o valor aproximado a ser pago para conseguir a convalidação FAA para ANAC?
    E por último em relação às plataformas offshore os requisitos são mesmo as de PCH com IFRH e 500 horas de voo no mínimo mesmo que seja num R22 não pedem horas de voo em helicópteros de turbina?
    Queria felicitá-lo mais uma vez pelo blog, agradecer pela informação disponível, e pedir desculpas por tantas perguntas…
    Abraço
    André
    .

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      1)Será que eles conseguem garantir realmente o primeiro emprego como instrutor aos seus alunos?
      R: Se alguém te falou que GARANTE emprego, mentiu. O que há é uma PERSPECTIVA DE CONTRATAÇÃO do sujeito como CFI (INVA) se o desempenho do sujeito no curso for bom, e se houver vaga. O que acontece é que eles preferem contratar estrangeiros porque os americanos querem fazer só umas horinhas como CFI e se mandar para outros empregos, enquanto os estrangeiros com visto F1 ficam 2 anos direto trabalhando; e também porque os americanos nativos conseguem mais facilmente um emprego na aviação geral, ganhando mais e trabalhando menos. Mas pode acontecer de, quando você se formar, haver pouca necessidade de CFIs, ou então a sua turma ser excelente (todos melhores que vc), e vc não ser contratado. Isso não é o esperado, mas pode acontecer.

      2)não teria para isso os alunos estarem sempre a crescer exponencialmente?
      R: Não é uma pirâmide, quanto a isso fique tranquilo. O que há é uma rotatividade muito elevada de CFIs…

      3)E em termos de qualidade de instrução? Eu se me inscrever na escola vou querer um instrutor com experiência! O mesmo se pode passar com os meus futuros alunos será que vou estar preparado para dar uma boa instrução? Não sei se me faço entender…
      R: Entendo o seu ponto. Mas fique tranquilo, que as escolas (não só lá, aqui tbém) mesclam as missões com instrutores mais experientes com menos experientes, é assim mesmo. E lembre-se que, se vc fizer o curso no Brasil, os INVAs serão menos experientes e bem formados ainda…

      4)Em relação às horas de voo a ANAC continua a validar apenas 100 para cada 300 feitas nos USA?
      R: Não é bem isso. O que acontece é que, qdo vc volta com o CPL ao Brasil, que nos EUA requer 150h, a ANAC só reconhece o mínimo do curso de PCH no Brasil, 100h. Mas é possível convalidar as horas, desde que vc consularize seu logbook num consulado brasileiro, e também o logobook americano é considerado pelos empregadores no Brasil.

      5)A convalidação será assim tão rápida 6 dias úteis? ou será 6 meses como o Raúl já referiu num comentário?
      R: Na realidade, tem de tudo. Os prazos melhoraram depois da publicação do RBAC-61, realmente, mas ainda vejo gente reclamando que está esperando há meses… Agora, mudou a gerência do GPEL, e as perspectivas são melhores, mas se vc quer ter certeza de um prazo, esqueça: isso ainda é uma loteria.

      6)Qual o valor aproximado a ser pago para conseguir a convalidação FAA para ANAC?
      R: Para a licença de PCH, vc vai ter que pagar umas 3h de adaptação, mais 2h de cheque, 5h no total. A R$700/h no R-22, isso vai dar R$3,5mil. Mais taxas da ANAC, etc., pode contar com R$4mil. Já para o IFRH, a coisa complica, pois vc vai ter que arrumar um helicóptero homologado IFRH para o cheque. Aí, se vc não tiver o TIPO do helicóptero a ser utilizado, vc vai precisar fazer o ground mais a adaptação, mais o cheque do TIPO, também umas 5h, só que num equipamento muito mais caro, talvez um Esquilo ou um Agusta (R$7-8mil/h!!!), e depois fazer o cheque de IFRH propriamente dito (mais 2h). Isso pode representar mais de R$40mil, para vc ter uma ideia. Por isso, talvez o mais sensato seja vc manter o IFRH sem convalidação, e só qdo vc for contratado por um operador que tenha o equipamento IFRH, vc convalide a sua habilitação já no equipamento do patrão. Sacou?

      7)E por último em relação às plataformas offshore os requisitos são mesmo as de PCH com IFRH e 500 horas de voo no mínimo mesmo que seja num R22 não pedem horas de voo em helicópteros de turbina?
      R: Pode ser tudo no R-22, sim. Mas eu estive ontem no seminário da ABRAPHE, e me disseram que não estão contratando ninguém para as plataformas. Tá assim de PCH com 500h+ no mercado esperando a vez, e nada… Por incrível que pareça, tá feia a coisa tbém na asa rotativa…

  53. Clever
    8 anos ago

    Raul , bao tarde
    No caso de fazer o PCH primeiro e depois o PCA, quantas horas teria de ser feito de avião??

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Pode reduzir em ate 100h de voo, desde que todos os requisitos do RBAC sejam cumpridos.

  54. Reinaldo Steuer
    8 anos ago

    Olá, Estou querendo engressar na area de piloto, avião ou helicoptero, sou de classe media baixa, mais pra baixa do que pra cima, rsrs, o que vc me aconcelha, PCA ou PCH? ambos me motiva a fazer, e como vc falou posso dispensar matérias, e horas de voo, podendo ter um emprego promissor com meus 33 anos de idade. Qual seria o caminho mais rápido para obter um salario? Obrigado e parabens pelo Blog.
    Sou formado em Sistemas de informação, e desempregado atualmente, tenho algum dinheiro guardado, mas sei que irei precisar de muito mais. Me ajuda ai, preciso decidir.
    Obs: tenho tela de filó no abdomen, seria um empace para conseguir o exame médico? Mais uma vez obrigado

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Reinaldo, não existe um caminho melhor em termos absolutos; cada pessoa tem uma resposta para esta pergunta, e para vc encontrar a sua, só se aprofundando no assunto: explore mais o blog, frequente um aeroclube, converse com as pessoas da área, comece um curso teórico, faça um voo de incentivo, leia revistas especializadas, enfim: adquira mais informação sobre a aviação. Quanto ao seu problema de saúde, se ele não apresenta sequelas, vc não deverá ter problema.

      • Admo Souza
        8 anos ago

        Ola Raul vc dissse que pretendi ser piloto tanto PCH como PCA vc ja terminou tudo?
        2º O seu livro ja está a venda?

        • Raul Marinho
          8 anos ago

          Não, só conclui o PCA ate o momento. E o livro ainda está sendo escrito.

  55. Diego
    8 anos ago

    Boa Noite Raul!
    Tenho 26 anos e sou funcionário público. Há 2 anos estou tentado iniciar os procedimentos p/ obtenção do PCH e mudar de carreira. Minha dúvida é a seguinte: Após obter o PCH, eu conseguiria ser instrutor sem abdicar do meu atual emprego (jornada de trabalho de 6h/dia)?
    Agradeço desde já.

    Diego

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Poderia. Tudo vai depender do seu acordo de trabalho com a escola que lhe contratasse.

  56. Rodrigo Almeida
    8 anos ago

    Prezado Raul Gostaria de perguntar a voce sobre as 60hs necessárias para PCH, sendo PC/IFR. Sendo PC/IFR, serão necessários somente as 60 hs para checar PCH? E as provas teóricas?

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Sim. E as provas teóricas de meteorologia e navegação tbem são dispensadas.

      • thiago
        8 anos ago

        Raul, posso ter meu próprio helicoptero e transportar passageiros sendo PPH ou preciso ser PCH? Caso eu possa praticar este tipo de atividade essas horas voadas como PPH transportando passageiros são somadas para atingir as 100 horas necessárias para o PCH ou essas horas devem ser voadas com instrutor? E caso eu possa praticar esta atividade de transporte de passageiros como PPH com helicóptero próprio seria uma atividade viável, eu consegueria clientes nesta situação? Obrigado

        • Raul Marinho
          8 anos ago

          Para pilotar de forma remunerada, é obrigatório ter a licença de PCH. E para que o helicóptero possa ser usado no transporte remunerado, é preciso que ela seja registrada em nome de uma empresa de táxi aéreo. Ou seja: nem uma coisa, nem outra.

  57. Diogo
    8 anos ago

    olá, estou começando a pesquisar sobre ser piloto e o seu blog foi a melhor fonte que eu achei até o momento, realmente muito bom! Estou interessado em PCH off shore. Para tanto, é necessário IFRH? E, iniciando como copiloto do helicóptero, também precisa já ter 500h? Outra dúvida, moro em curitiba e a UTP-PR tem um curso de ciências aeronáuticas e pilotagem profissional de aeronaves. É bom fazer a faculdade ou estaria apenas desperdiçando dinheiro? Se possível, da uma olhada na grade curricular e sua opinião sobre o custo x benefício do curso. http://www.utp.br/cursos/facaero/Tecnologia_Pilotagem_Aeronaves.asp Obrigado

    • Raul Marinho
      8 anos ago

      Estou interessado em PCH off shore. Para tanto, é necessário IFRH?
      R: Sim, mas como obter essa habilitação por conta própria é muito difícil no Brasil, as cias costumam contratar pilotos só com o IFRH teórico e simulador (que pode ser IFRA).

      E, iniciando como copiloto do helicóptero, também precisa já ter 500h?
      R: Sim.

      Outra dúvida, moro em curitiba e a UTP-PR tem um curso de ciências aeronáuticas e pilotagem profissional de aeronaves. É bom fazer a faculdade ou estaria apenas desperdiçando dinheiro? Se possível, da uma olhada na grade curricular e sua opinião sobre o custo x benefício do curso.
      R: “Desperdício de dinheiro” é um termo muito forte, mas eu diria que é dispensável.

  58. André Pescada
    8 anos ago

    Raúl, Antes de mais quero felicita-lo plo seu blog: excelente!!! Depois de 3 dias a pesquisar informações sobre aviação, feliz a hora em que encontrei este seu blog, com excelentes matérias já postadas, perguntas pertinentes, e as suas explicações/respostas: simples, sem rodeios, deveras informativas e cheias de conhecimento e sabedoria. Obrigado por este seu “serviço público” porque é graças a pessoas como vc que as pessoas por vezes conseguem ter as informações que necessitam e não através das entidades que deveriam ser responsáveis por isso. Obrigado mais uma vez. Sou português, tenho 32 anos, casado com uma brasileira de Aparecida- SP e desde de novo que tenho o sonho de ser piloto mas agora de uma forma mais consciente, antes de uma forma mais utópica, ainda com uma tentativa de entrada na força aérea durante a minha licenciatura em educação física. Depois de uma conversa com um amigo com as mesmas ambições e algumas pesquisas na internet começei a alimentar este meu sonho. E agora a acreditar que é possível! A situação do meu país infelizmente agora não é a melhor e a situação de migração parece que se está a inverter entre povo brasileiro e português. De tal forma que estou pensando em me mudar para São Paulo. A minha pergunta é se eu enquanto português posso tirar o curso de PCH+INVH+IFR e trabalhar ai no brasil? E se com o meu curso estaria habilitado a trabalhar também como PCH na europa e/ou noutros continentes? Abraço André