O caso do Joca

By: Author Raul MarinhoPosted on
579Views21

Neste final de semana, recebi um texto, publicado na página “Comentários dos posts antigos” deste blog, escrito por um comissário que pretende se tornar piloto da aviação comercial, o Joca. Achei a questão muito interessante, pois muita gente pode estar em situação semelhante, então achei melhor escrever um post sobre o assunto.

Utilizando o famoso diagrama da aviação, acima (tirado daqui), o que temos no caso do Joca é que:

  • A “tração” (“dinheiro”, no diagrama) não é problema para o Joca, já que ele possui os recursos para bancar sua instrução aeronáutica; porém…
  • Como ele pretende chegar até o INVA no seu processo de instrução, serão necessários 3 cheques (PP, PC e INVA), o que significa que o “arrasto” da ANAC vai ser gigantesco; mas…
  • O Joca está muito motivado, sabe aonde quer chegar, e não é novato na aviação, já que é comissário, ou seja: ele tem uma ótima “sustentação” (“sonhos”, no diagrama); e
  • O “peso” da “realidade” da falta de aeronaves e instrutores nos aeroclubes e escolas serão um problema (mesmo na EJ, onde a escala é melhor que na maioria dos aeroclubes), mas nada que o impeça de atingir seus objetivos.

Isto foi possível inferir pelo comentário do Joca, que segue abaixo:

E AI RAUL COMO VAI?

RAUL,PRECISO DE UMA AJUDA PRA VER COMO SEGUIR MELHOR NOS ESTUDOS…

ESTOU CURSANDO PP TEORICO NA EACON (POR FALTA DE OPÇÃO) E SOU COMISSÁRIO, VOANDO DESDE 2007 NA XPTO LINHAS AÉREAS…!!!

ESTOU COM R$ 70.000 GUARDADO!!! E NÃO AGUENTO MAIS SER COMISSÁRIO..!!RSRSRS

ESTIVE PENSANDO EM SAIR DA XPTO E IR ESTUDAR NA EJ..E TIPO ME INTERNAR POR LÁ, POIS COM TEMPO EU CONSIGO VOAR MTO MAIS..DO Q FICAR INDO NAS FOLGAS E CANSADO..!!!

SEI Q PRA FAZER TD LA NA EJ FICA CARO… QUERO FAZER PP PRÁTICO, PC TEORICO, MLTE ,IFR, INVA…POIS TENHO A INTEÇÃO DE SER INSTRUTOR POR LÁ..POR UM TEMPO….POIS A SELEÇÃO DA GOL É MEIO FURADA, É MELHOR ENTRAR POR FORA DO Q SELEÇÃO INTERNA!!!

SEI DO PROJETO PRIMEIRO EMPREGO DA EJ…E TBM SEI Q PRECISO DE MAIS GRANA…TENHO UM AMIGO INSTRUTOR LÁ E ELE ME DISSE QUE SE EU CHEGAR COM A PROPOSTA DE PAGAR TD A VISTA CONSIGO UM BOM DESCONTO LÁ …!!

QUERIA SABER O Q VC ACHA??? NA MINHA LINHA DE PENSAMENTO …QUANTO ANTES EU CHECAR TD..MELHOR POIS FICO PREPARADO ANTES PRO MERCADO..QUANTO ANTES EU TRABALHAR… MAIS DINHEIRO EU GANHO…E VOLTO DA TER UM PADRÃO DE VIDA COMO EU TENHO!!!( MELHOR NA VERDADE) RSRSRS

QUERIA SABER SUA OPNIÃO…!!!NO AGUARDO!!

Seguem agora as recomendações mais específicas para o Joca chegar até o INVA da melhor maneira possível:

O maior problema que você vai enfrentar, Joca, é a ANAC. Até que você esteja com a CHT de INVA na mão, você terá que aguardar a ANAC analisar seu processo de cheque três vezes (no PP, no PC, e no INVA), levando entre dois e três meses a cada vez. Isso significa que você vai passar entre seis e nove meses esperando a ANAC liberar sua licença, mais tempo do que você levará voando, estudando ou fazendo sessões de simulador! Por isso, não acho interessante você pedir demissão agora, já que isso vai significar passar entre seis e nove meses sentando em frente à TV, vendo Sessão da Tarde, e sem salário… Então, deixe para pedir demissão quando sua carteira de INVA chegar pelo correio, mesmo que isso atrapalhe um pouco a sua instrução.

Outra coisa que eu acho que está equivocada nos teus planos é essa idéia de checar o PC+MLTE+IFR antes do INVA. Seria muito melhor você checar o PC+MNTE sem IFR com 140 horinhas, fazer o INVA, e começar a trabalhar como instrutor com 160-170 horas. Depois, sem pressa, você checa o IFR e o MLTE, realizando a instrução no aeroclube/escola em que você estiver trabalhando, pagando a instrução com desconto por ser “da casa”. Vai sair mais barato, você começa a trabalhar como instrutor mais cedo, e seu cheque fica mais simples para ser analisado pela ANAC. Lembre-se que, como você não pretende ir para a aviação geral, o IFR+MLTE só vai ser importante mesmo quando você estiver perto de enviar currículos para as companhias aéreas, lá pelas 500-800 horas.

Quanto ao “Projeto Primeiro Emprego” da EJ, a verdade é a seguinte: hoje em dia, tanto a EJ, quanto as outras escolas e aeroclubes estão pegando os INVAs que aparecerem, ninguém está mais preocupado em só pegar os pilotos formados na própria escola/aeroclube. Por outro lado, como você pretende realizar toda a sua instrução prática na EJ (que eu acho uma boa opção por causa da disponibilidade deles, que no seu caso é muito importante), você pode usar o Projeto como uma forma de barganhar um valor menor pelas horas de voo. Mas analise isso muito bem, pois a EJ costuma pagar menos para seus instrutores do que a maioria das escolas/aeroclubes, e talvez não valha a pena. Faça as contas, e analise.

Feitas essas considerações iniciais, vamos ao plano de ataque para sua empreitada até o INVA:

1)Você está estudando para o teórico de PP, e acredito que mais alguns meses você estará apto a prestar a banca da ANAC. Quando você for aprovado no teórico, é o momento certo de começar a voar. Quando isto acontecer, vá na EJ e negocie a aquisição de um pacote de 40h no Cessninha (C-152) para o seu PP. Só por pagar à vista, você já vai conseguir um bom desconto sobre o preço de tabela. Se você disser que está interessado no Programa Primeiro Emprego, e que pretende voar o PC e o INVA na escola, você deverá conseguir mais desconto ainda.

2)Se você tiver como tirar 2 períodos de férias (por férias vencidas ou se for possível obter uma licença não remunerada), use um desses períodos para se “internar” na base da EJ em Itápolis, onde a meteorologia é melhor, e a escala mais tranquila. Fazendo isso, ou você conclui o seu PP neste período, ou no mínimo você consegue solar – depois do voo solo, dá para voar com mais intensidade, e consegue-se encerra o treinamento rapidamente. Se você não tiver como tirar dois períodos de férias, não use o único que você tem para voar o PP, vá voando na EJ-Jundiaí, marcando seus vôos com bastante antecedência para aproveitar suas folgas. Se a escala se complicar demais, faça uns vôos no Tupi ou no C-172 para não ficar muito tempo parado.

3)Com o PP checado e a CHT na mão, inicie seu curso teórico de PC. Na maioria das escolas, o curso se dá em cerca de 3 meses, mas isso seria complicado para você. Por isso, escolha uma escola que possua um programa intensivo em um mês, com aulas em período integral, e utilize suas férias para isso. Eu sei que a EJ possui este tipo de curso, mas se você encontrar esta opção em outra escola que lhe seja mais conveniente, não precisa estudar na EJ (que tende a ser mais cara), mesmo que você pretenda voar o seu PC-prático lá também.

4)Terminado o curso teórico de PC, você pode começar a voar suas horas do prático, mesmo sem ter sido aprovado na banca de PC. Não se preocupe com o CCT de PC, você vai precisar dele somente no cheque (não precisa deixar para a última hora também, né?).Voe no mesmo esquema do PP, nas suas folgas. No vôos de navegação (a maioria), agende vôos longos, de 5, 6 horas. Com isso, você voa todas as horas visuais diurnas em cerca de 15 dias de voo. Também utilize a mesma estratégia de vôos longos para os vôos noturnos, e mate as 5 horas requeridas em 2 dias de voo. E como você vai checar o seu PC visual, só serão necessárias 5 horas de voo IFR, que você resolve em 3 dias de voo. Ou seja, no total, você chega às 140h de voo com aproximadamente 20 dias de voo, o que significa algo como 4 ou 5 meses, voando nas folgas. Nada mal, não é mesmo?

5)Faça suas horas de simulador o quanto antes, no máximo no meio da sua instrução prática do PC, se não você vai ter acabado tudo e vai ficar adiando o cheque só para fazer simulador. Procure casar suas missões do simulador com os vôos práticos, de modo a maximizar suas viagens para Jundiaí.

6)Quando chegar sua CHT de PC, já deve ter passado uns seis meses desde suas últimas férias, quando você cursou o teórico do PC. A EJ também possui um curso intensivo para INVA, em duas semanas. Com isso, acho que você consegue tirar 15 dias de férias para fazer o teórico de INVA (que também é presencial obrigatório, como no PC). Se isso não for possível, não vai ter jeito, você vai ter que pedir demissão antes do momento ideal, pois sem o curso de INVA você não pode checar, e esperar mais seis meses até chegar outro período de férias de 30 dias vai ser contraproducente.

7)Agora é a reta final. Faça o curso de INVA, preste a banca da ANAC (não pode demorar muito, pois o prático é bem rápido), e comece a voar suas 20 horinhas do INVA. Você faz tudo isso e checa em 2 ou 3 meses, no máximo. Aí é só esperar a CHT de INVA chegar para abandonar definitivamente sua carreira de comissário. Perceba que tudo isso ocorreu em cerca de um ano e meio, ou um pouco menos. E metade desse tempo, no mínimo, você ficou sem fazer nada, só esperando a ANAC se mexer…

Joca, é lógico que, quando as coisas começarem a acontecer na prática, muita coisa vai ter que ser mudada, mas em linhas gerais, o caminho das pedras é esse aqui. Na medida em que seu processo de instrução for acontecendo, informe a gente como tudo está ocorrendo, quais suas dificuldades, quanto você está gastando, etc. Sua experiência vai ser de muito interesse para muita gente em situação semelhante.

Boa sorte, e sucesso!!!

– x –

Obs.: A pedido do personagem-título deste post, o seu nome e a companhia em que ele trabalha foram alterados em 27/09/2012.

21 comments

  1. Ramai C. Daugirdas
    2 anos ago

    Notícias do Joca?

  2. Cleydson
    5 anos ago

    Ola´Raul.

    Qual é a diferença de fazer o curso de piloto no Brasil x EUA.

  3. Joca
    5 anos ago

    Raul vc tem um e-mail preciso falar com voce!

  4. Joca
    5 anos ago

    E ai Raul,
    Bom……. depois de seis meses, finalmente comecei minhas horas po prático na EJ em jundiai, fiz somente o ground e 1 hora por enquanto, a escala ta bem apertada no c152 mas em stand-by a galera tem conseguindo voar!!!
    Sobre valores fechei somente o pp por enquanto e infelizmente eles foram duros e não deram nenhum desconto, isso porque levei mais um amigo pra lá!!, paguei o preço 2011 que foi valido até 31/01/12 R$ 365,00 a hora , hoje está em R$380,00.
    Como o desconto a vista era insignificante de apenas R$220,00 optei por pagar em 6x no cartão ( para ganhar pontos) e deixei meu dinheiro rendendo, acho que fiz uma boa escolha!!!
    Creio que em junho terei férias e ai aproveitarei para fazer o PC teórico!!
    Mantenho informado!!!
    Abraço.

  5. Diego Dutra
    6 anos ago

    Caro Raul, parabéns pelo seu blog!

    Gostaria aqui de demonstrar brevemente minha história na aviação.
    Estou formando no ano que vem(2012) no curso de Economia pela Universidade Estadual de Maringá, e meu grande obejtivo é fazer carreira na área de aviador. Estou bem desmotivado com o curso, mas sei o tanto que ele será de importância na carreira de aviador, pois há algumas Cias aéreas que estão contratando co-piloto com apenas 500 horas de voo ou até menos. Meu grande conflito é que algum tempo atrás estive participando de um processo seletivo no banco Itaú e consegui a vaga, estarei começando semana que vem.
    Minha idéia é aproveitar que estarei no banco e juntar uma grana no decorrer do ano que vem e consequentemente finalizar minha faculdade. Depois disso, meu objetivo é focar na aviação, estou pensando em mudar pra casa dos meus pais, onde estou querendo iniciar meu curso teórico de PP e PC.
    Gostaria de saber, o que você acha dessa decisão de sair do banco e voltar pra Rio Preto, onde meus pais moram, para estudar e realizar as horas de voo? Caso eu consiga uma transferência do banco de Maringá para Rio Preto, você acha que realizando o curso de PP e PC junto com o trabalho no banco irá me atrapalhar no meu desemprenho na banca?
    Fico no aguardo de uma resposta.

    Att.

    Diego Dutra

    • Heron
      5 anos ago

      Olá Diego Dutra, tudo bem? Sou de Maringá também, moro pertinho da UEM, gostaria se fazer contato contigo para trocarmos algumas “figurinhas” sobre aviação pessoalmente, compartilho o sonho de torna-me aviador e me encontro em condições parecidas.

      Fico no aguardo
      Um abraço
      Heron Siqueir Rozão
      heronrozao@hotmail.com

  6. kleberson pacheco
    6 anos ago

    Raul

    Tenho uma duvida..chequei o PP , meu processo ja foi enviado mas não apareceu no site ainda…posso
    começar a fazer minhas horas de PC…uma 30 h pra não ficar parado…vai contar p/ PC essas horas ?

    Obrigado

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Kleberson,

      Poder, ate pode, mas faca o mínimo possível – no máximo umas 10h, e isso se vc tiver checado o PP com menos de 40h.
      Antes de vc ter o cód.ANAC,vc nao tem como fazer as horas em comando, que sao as mais valiosas do PC. E tbem nao da para fazer as horas em duplo-comando IFR, pois vc nao tem nem o teórico de IFR nem o simulador. Então, essas horas só vão valer como horas totais para o cheque de PC, as menos importantes.

  7. Fabiano
    6 anos ago

    Ola Raul boa tarde me chamo Fabiano e moro na França a cinco anos trabalhando muito, e com o dinheiro que consegui guardar pretendo com esse dinheiro ( se possivel) em me forma em PLA sei que e dificil caro mas mesmo assim pretendo seguir nesse objetivo. Atualmente ja estudo em casa aqui em Paris de forma auto didata para ja me familiarizar com as materias e como voce e coaching de formação aeronáutica gostaria de um conselho de como posso atingir o meu objetivo de maneira rapida pois retornando ao Brasil nao estarei trabalhando e teria que me formar o mais rapido possivel pois tenho medo de o dinheiro nao da para chegar onde pretendo por favor se puder me ajudar agradeço

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Fabiano,

      A maneira mais rápida de atingir seus objetivos seria se internar numa escola/aeroclube que tivesse uma boa disponibilidade de aviões e instrutores e uma boa meteorologia. Uma opção que eu conheço é a base de Itápolis da EJ. A Ej também tem cursos condensados de PP e PC em um mês, que pode ser interessante para vc.

  8. Raul Marinho
    6 anos ago

    O Luiz Corrêa, do blog co-irmão Segurança Operacional, fez um alerta que repasso agora: “Na IAC que regulamenta o Curso Prático de PC-A, que a escola precisa matricular o aluno no início, para que ele possa checar com 150 horas totais, é OBRIGATÓRIO o certificado de capacidade física de primeira classe.”

  9. Raul Marinho
    6 anos ago

    Michel,

    Eu agradeço, mas veja se não esquece de atualizar os acontecimentos aqui, hein!? Relate o resultado da negociação com a EJ, a canseira que a ANAC te deu, o que vc teve que mudar nos planos, etc. Isso vai ser muito importante para nortear os que vem depois de vc.

    Abs,

    Raul

  10. Joca
    6 anos ago

    Nossa RAUL, nem sei como agradecer!! Mas pode ter certeza que isso jai me ajudar mmmmmuito! Parabéns pelo blog, se todos fos pilotos tivessem a disposição que vc tem pra ajudar seria excelente!!!

    Assim que começar a voar pode ter certeza que voltarei aqui pra relatar como estou indo!!!!

    Obrigado mesmo!!!

    Michel
    Via iPad

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Na verdade, eu e que tenho que agradecer. Estava esperando por uma oportunidade como esta faz tempo… Este e meu primeiro “case” de coaching de formação aeronáutica, e espero que seja um caso de sucesso!!!

      • Joca
        6 anos ago

        Realmente vc esta sendo coaching aqui nesse blog! Vou divulgar ele pro pessoal! Obrigado mais uma vez por pensar nos detalhes, mostrei pra uns amigos e eles ficaram impressionados com a sua atenção!!! Bons voos!!

Deixe uma resposta