Curso de fonia em inglês

By: Author Raul MarinhoPosted on
436Views15

Existe, hoje em dia, uma certa histeria quanto à certificação lingüística ICAO – o teste de proficiência em inglês, homologado pela ANAC, que habilita o piloto a realizar vôos internacionais. Basicamente, trata-se de uma prova onde o candidato pode obter notas de 1 a 6, dependendo de sua avaliação quanto a uma série de fatores objetivos: pronúncia, estrutura, vocabulário, fluência, compreensão e interação. Se o resultado for 1 (pré-elementar), 2 (elementar) ou 3 (pré-operacional), o piloto não estará habilitado a realizar vôos internacionais, somente possíveis se a nota obtida estiver entre 4 e 6, sendo que: a nota 4 (operacional) requer revalidação de 3 em 3 anos; a nota 5 (“extended”) exige revalidação a cada 5 anos; e a nota 6 (“expert”) não requer revalidação. Hoje em dia, ter a certificação ICAO – isto é, ter sido avaliado com as notas 4, 5 ou 6 no respectivo teste – é importantíssimo para os pilotos de avião (para a asa rotativa, o inglês tem muito menos importância), tanto para a aviação comercial quanto a geral. E daqui para frente, vai ser cada vez mais imperativo para um piloto estar certificado como ICAO-4 ou mais, mesmo para os que não pretendem colocar o nariz para fora dos limites territoriais do Brasil, já que é cada vez mais freqüente que se tenha que realizar cursos teóricos ou sessões de simulador fora do país (nisto, incluem-se os pilotos de helicóptero), atividades vedadas aos monoglotas.

Ok, mas e como se preparar para obter aprovação no teste da ICAO???

Não é difícil adivinhar que quanto mais bem preparado em inglês “comum” (“plain english”) uma pessoa esteja, mais fácil obter aprovação no ICAO-test. Só que pessoas com excelente inglês e nenhum conhecimento em aviação podem se dar mal no teste, uma vez que o vocabulário aeronáutico e as particularidades da fonia em inglês podem atrapalhar bastante o desempenho de um bom falante do idioma de Shakespeare. Peça para um brasileiro que nunca entrou num cockpit de avião para ouvir a fonia em português e comprove como o “português aeronáutico” pode ser esquisito para um não iniciado na aviação. Coisa parecida acontece com quem somente está habituado ao “plain english”, daí a necessidade de algum treinamento em inglês aeronáutico para o ICAO-test, mesmo para os bem falantes em inglês “comum”. Era este o meu caso, e por isso decidi fazer o curso de fonia em inglês oferecido pelo prof. Roberto, instrutor do simulador do Aeroclube de São Paulo. Mas o que aprendi nesse curso foi muito mais do que macetes de inglês aeronáutico para o ICAO-test.

O curso oferecido pelo prof. Roberto – que além de instrutor de simulador, é ex-controlador e ex-piloto, além de pai-de-santo que traz a pessoa amada em 7 dias e professor de lambaeróbica (brincadeira, Bob!) – é estruturado em cerca de 30 horas de aula (pode ser menos ou mais, dependendo do nível de conhecimento de inglês do aluno). Inicialmente, há uma parte inicial puramente teórica, seguida de sete vôos simulados, 2 VFR e 5 IFR, onde são abordadas todas as possibilidades de situações reais de vôos, tanto para as regras da FAA quanto da ICAO. Depois, o aluno pode fazer uma extensão no simulador, com o instrutor fazendo o papel dos órgãos de controle de tráfego aéreo em inglês, e o aluno (obviamente, no papel de piloto) respondendo, cotejando e solicitando autorizações também em inglês. Mas mais do que um curso que ensina macetes de inglês aeronáutico para o ICAO-test, esse curso de fonia em inglês oferece “de brinde” uma significativa melhora na fonia em português e um substancial reforço no entendimento das regras de tráfego aéreo. Ou seja: vale muito a pena.

Para quem pretende fazer o ICAO-test, dependendo do nível de inglês que a pessoa já possui, é interessante realizar também algum treinamento no “plain english”, uma vez que a avaliação não trata exclusivamente de fonia aeronáutica. O quanto será necessário de treinamento além do curso de fonia em inglês do prof. Roberto, obviamente vai variar bastante, e uma avaliação preliminar em alguma escola especializada em treinamento para o ICAO-test seria uma ótima idéia. A escola onde pretendo realizar esta avaliação e um aperfeiçoamento do meu inglês “comum”, caso necessário, é a Be Happy, onde o Prof. Roberto também trabalha.

Quem tiver interesse, é só perguntar pelo prof. Roberto na sala dos simuladores do Aeroclube de São Paulo.

15 comments

  1. Sergio
    4 meses ago

    Boa Tarde, sou paraguayo, falo espanol e portugues, nivel 6, poso fazer uma certificacao de portugues para voar do Paraguay ao Brasil somente, con aviao ZP? prefixo aqui do meo pais?

  2. Bom dia,
    Por favor, o certificado da Universidade de Michigan (ECPE), tem alguma validação para o candidato que quiser fazer o ICAO?

    Aguardo,
    Obrigada,
    Luciana.

    • Raul Marinho
      10 meses ago

      Negativo. A prova é específica.

  3. Pedro Gonçalves
    3 anos ago

    Boa tarde Raul,
    Sou PCH e INVH (Helicópteros) e pretendo fazer o teste de proficiência da ICAO este ano, para agregar ao meu currículo (e tentar aumentar as chances de emprego) e talvez, voar fora num futuro. Estou comprando material para estudar em casa para o teste e gostaria de saber qual livro você usou, se você indica um bom.
    Estou na dúvida entre o English for Aviation (da Oxford) e o Aviation English (da Macmillan).

    Muito bom o post.
    Abraços.

  4. Igor
    5 anos ago

    É recomendável fazer um intercambio para adquirir fluência no inglês, para o ICAO test? Conhece alguma empresa que oferece intercâmbios focados no ICAO test e quanto seria?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Honestamente, nunca ouvir falar de intercâmbio para ICAO test. Pode ser que exista, mas eu não conheço.

      • Pedro
        3 anos ago

        Raul, estou procurando a respeito do intercâmbio que eu vou fazer, e sim, existem cursos de inglês voltado para aviação nos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, e outros.
        Os cursos têm durações bem variadas, de dias e de semanas. É bom ir na agência e perguntar que eles vão tentar montar um pacote para você Igor.

        Abraços.

Deixe uma resposta