“O voo ‘visumento’: 178 segundos para morrer”

By: Author Raul MarinhoPosted on
897Views15

O texto deste artigo encontra-se publicado em https://paraserpiloto.org/blog/2018/05/04/recordar-e-viver-o-voo-visumento-178-segundos-para-morrer/

 

15 comments

  1. jordialisson
    5 anos ago

    Poético!

  2. Jonas Liasch
    6 anos ago

    Olá, amigo, sou o Prof. Jonas do Blog Cultura Aeronáutica. Não há problema nenhum em vc reproduzir aqui quaisquer artigos do meu blog, é só citar a fonte e pronto, sem problemas… Vou incluí-lo nos meus links. Grande abraço.

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Idem quanto ao meu blog, professor!

      E parabéns pelo Cultura Aeronáutica, o blog de aviação com melhor conteúdo que eu conheço.

      Obrigado pela retribuição!

      Abs,

      Raul

  3. Luiz Corrêa
    6 anos ago

    Senhores, este texto é bem mais antigo do que parece. Eu o ví em inglês, em 1978 ou 1979, em uma revista do MAC (Military Air Command) da Força aérea dos EEUU, falando sobre a operação do “Bird Dog” (na FAB, era o L-19, acho), um avião parecido com o Cessna 152 ou o 172, usado para missões de “Observação e Ligação”.
    Como o avião não voava IFR (não tinha os instrumentos), este texto visava impedir os visumentos, com o mesmo objetivo dos dias de hoje.

    Não é do controlador de vôo, nem da AOPA, também.

    Mas é muito bom !

    Forte abraço em todos. Vou voltar a escrever em meu blog, depois de um semestre de falta de inspiração…

  4. Fred Mesquita
    6 anos ago

    O voo em atitude anormal já ceifou muitas vidas. Vidas essas que poderiam ser economizadas se o bendito piloto não voasse com tanta arrogância do saber. Em mais de 20 anos de carreira, perdi quase a metade de meus amigos pilotos, muitos desses os ditos “corajosos”. E sempre me lembrava de um ditado muito falado na aviação, que o colega Alisson lembrou-me: “É melhor estar aqui em baixo querendo estar lá em cima do que estar lá em cima querendo estar aqui em baixo”. São sábias palavras e dou mais uma apimentada no assunto falando de outros ditados muito conhecidos no meio aeronáutico: “- Piloto que não tem medo algum, é piloto perigoso. Piloto condenado a morrer cedo”. “- Melhor ser um piloto um pouco medroso (ou metódico) do que ser um piloto destemido”. “- Os verdadeiros heróis da aviação são os pilotos que se aposentaram”.

    • Fárney Alexandre
      5 anos ago

      Falou tudo caro Fred mesquita…vc é um sábio! Tbm n entendo pq a ARROGÂNCIA sobe tanto À cabeças de boa parte de pilotos na aviação. Se acham deuses!

  5. Rodrigo
    6 anos ago

    Raul, este é um texto de Luiz Carlos chaves,que é Controlador de Voo. Este e muitos outros podem ser encontrados aqui: http://aviacaocometica.blogspot.com/

  6. Luciano Cavalcante
    6 anos ago

    Esse texto é muito bom mesmo! Uma lição.

  7. Alisson
    6 anos ago

    Esse texto é bem antigo mas sempre atual. Toda vez que fico sabendo de um acidente acontecido quando as condições de tempo eram IMC, sempre lembro dele e de um antigo ditado da aviação bastante pertinente: “É melhor estar aqui em baixo querendo estar lá em cima do que estar lá em cima querendo estar aqui em baixo”.

    Abraço

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      É antigo sim, mas enquanto houver voo visual, ele sempre vai ser atual.
      E tem aquele outro ditado, que diz que depois da nuvem sempre tem uma pedra…

Deixe uma resposta