Como escolher seu aeroclube/escola

By: Author Raul MarinhoPosted on
526Views4

Recebi uma mensagem de um leitor perguntando o seguinte:

O que vc recomenda se considerar na hora de escolher uma escola / aeroclub? Tem certos regulamentos, licenças, selos de garantia etc q toda escola tem q ter?

E foi aí que eu percebi que não tem nenhum post aqui explicando como escolher seu aeroclube/escola de aviação, então resolvi escrever este texto para ajudar os leitores com necessidades semelhantes.

Em primeiro lugar, é preciso fazer uma espécie de “consulta SERASA” do aeroclube/escola – que, no caso, é realizada no site da ANAC. Acesse este link e coloque os dados do aeroclube/escola que você deseja pesquisar, e veja se sua situação está regular perante a ANAC.

Depois, aproveite que você ainda está na frente do computador, e investigue no Google, nas redes sociais, nos fóruns de discussão e blogs especializados o que estão falando da instituição que você pretende se matricular. Aproveite e entre no próprio site do aeroclube/escola e cheque o que for possível: acervo de aeronaves, preços, simuladores, etc. O que não for possível de obter pelo site, você pode conseguir por telefone. Com isto, já é possível saber se o que a instituição oferece vai de encontro ao que você precisa – por exemplo: se você quer fazer um curso de IFR/MLTE, já dá para saber se eles têm aeronaves multimotoras e homologadas IFR. Se tudo até agora está OK, passe para a última etapa: a visita presencial.

Reserve um dia (ou, pelo menos, um período) para visitar a instituição. Veja se as aeronaves anunciadas no site condizem com a realidade (ou se existem muitas delas em manutenção, com indícios de que não voarão tão cedo), veja o estado de conservação dos equipamentos, das instalações, o “jeitão” do lugar. E investigue, com especial atenção, como é a escala de voos: quais as regras para marcação de voos (existe limitação de número máximo de voos por semana?), quanto é possível voar numa semana, na prática, esse tipo de coisa. Não tenha pressa, fique um bom tempo por lá, observando, aborde os alunos (de preferência, quando estiverem saindo), explique sua situação, e peça informações. Veja todos os detalhes: é preciso se associar? Quanto custa para ficar sócio? Os voos têm que ser adquiridos em “pacotes”, antecipadamente? Se o “pacote” passar de 10h, é um mau sinal (você fica amarrado muito tempo com a instituição).

Basicamente, é isso… Não tem muito mistério, mas ao mesmo tempo tem que estar alerta e prestar atenção aos detalhes.

Para quem mora em São Paulo

Eu não conheço os aeroclubes do Brasil inteiro (na verdade, nem do Estado de São Paulo inteiro, só os próximos da capital), mas para quem mora em S.Paulo, posso dar uma boa orientação.

Basicamente, existem quatro aeroclubes/escolas principais, e três secundários que você pode escolher para voar: Aeroclubes de S.Paulo, Jundiaí, Bragança Paulista, e EJ (Jundiaí) são os principais; e os aeroclubes de Campinas, São José dos Campos e Sorocaba são os secundários. Em qualquer um dos aeroclubes/escolas citados você poderá ter uma instrução de boa qualidade, mas é preciso checar preços e disponibilidades de escala para ver qual é mais interessante para você – e colocar nesta conta o custo/tempo de deslocamento para os aeroclubes secundários, que ficam a cerca de 1h de viagem de S.Paulo. Eu voei em três deles (EJ, ASP e ACC), e tenho um post comparando o ASP com a EJ , e outro sobre o ACC  que vale a pena dar uma olhada, caso seja de seu interesse voar em alguma destas instituições.

4 comments

  1. Rodrigo Souza
    5 anos ago

    Olá para todos,

    Estou interessado em iniciar meu curso teórico, estou em dúvida entre a EACON ( proximo da minha casa ) e o ASP ( bem distante ). Tenho certeza que existem ótimos intrutores no ASP, porem não consigo levantar informações sobre a EACON.

  2. Ezequiel
    5 anos ago

    Apesar de uma boa escola/aeroclube fazer a diferença na formação aeronáutica de um piloto, mais importante na minha opinião, continua sendo a autoconfiança/motivação do aluno e sua incansável busca pelo conhecimento, será decisivo em sua carreira. Resumindo: todo bom piloto é autodidata e antes mesmo de ingressar em uma instituição, já possui um conhecimento intermediário de aviação. Portanto minha dica é: independente da escola, procure bons materiais de estudo que estão disponíveis, inclusive gratuitamente na internet e faça você mesmo a diferença quando começar a voar.

  3. Michel dos Santos
    5 anos ago

    Muito obrigado pelas dicas, vai ser de grande ajuda na hora de escolher o aeroclube.

Deixe uma resposta