Ainda o problema da segurança na aviação geral

By: Author Raul MarinhoPosted on
226Views0

Ontem, eu publiquei um post aqui e no Canal Piloto sobre o problema da falta de uma “cultura de segurança” na aviação geral do Brasil. Agora, gostaria de fazer algumas atualizações sobre o tema:

  1. O jornal “O Globo” publicou em 15/05 uma interessante matéria sobre segurança aeronáutica, onde cita que o número de acidentes da aviação geral do Brasil em 2012: 53 ocorrências, ou cerca de um acidente a cada 2,3 dias! – isso sem contar o acidente com o helicóptero da Polícia Civil de Goiás, que matou 7 pessoas. É interessante notar que, neste mesmo período, não houve uma única ocorrência na aviação comercial! (Por que será, hein!?). Mas os relatos da matéria sobre a precariedade da manutenção também da aviação comercial são preocupantes. Não deixe de ler a matéria do link acima.
  2. No meu post de ontem sobre a falta de “cultura de segurança” faltou citar um outro post meu, mais antigo, em que eu conto duas experiências de quase-acidente por que passei na minha instrução. Aquelas foram experiências “interessantes” (especialmente agora que já passaram e eu estou vivo!) para se ilustrar a gravidade da falta de uma “cultura de segurança” nos aeroclubes/escolas do nosso país. Se você não conhece estes relatos, clique aqui e leia, é bem interessante.
  3. Por causa da publicação do post de ontem, um amigo e leitor entrou em contato comigo via Facebook, para me fazer uma pergunta e relatar como ele se comporta em relação ao tema. Não vou citar o nome do amigo/leitor porque tratou-se de uma comunicação privada (embora ele esteja convidado a se identificar nos comentários, se quiser), mas achei interessante dividir com vocês as mensagens que trocamos:

Mensagem do leitor:

Olá Raul li seu post sobre segurança de voo e gostaria muito de saber onde pesquisar sobre meteorologia além do TAF , METAR e foto de satélite… Já ví previsões de INVA’s, de Sala AIS, e Centros meteorológicos ( de Pirassununga por exemplo) que são perfeitos, ditam até a hora e velocidade de rajadas que vão acontecer 24 horas depois. Eu cancelei meu voo para 60 anos de esquadrilha com base nas informações do centro meteorológico da Academia da FAB (o Dono do avião ficou puto da vida) mas os vídeo do evento demostram que o skylane não suportaria aquele mau tempo. Estou pilotando pra um deputado federal aki de Minas Gerais, sou copiloto, mas essa parte fica sobre minha responsabilidade tbm pois quero demostrar experiencia, compromisso, e não quero morre,r nem matar ninguém é claro. Por favor se puder disponibilizar esses meio ficaria grato orbigado mais uma vez!

Minha resposta:

Eu uso os recursos de meteorologia do Aeroinfo, um app para iPad. Mas eu acho teu método de acessar o meteorologista dos CMAs o melhor que tem. Alias, teu modo de agir está perfeito! Parabéns!

Fora um pouco da meteorologia, eu recomendaria vc fazer um curso de CRM o quanto antes. Vai te dar uma outra visão sobre segurança de vôo. Eu fiz o meu na LABACE 2010, e custou $200, snme.

Comentários:

Eu achei a postura desse leitor perfeita. Ele demonstrou maturidade e respeito à questão de segurança, além de humildade em não achar que sabe tudo sobre o assunto. Aliás, eu também não sou um piloto de grande experiência, e se algum aviador mais experiente quiser ajudar a responder melhor as perguntas deste leitor (e, eventualmente, corrigir ou complementar a minha resposta), eu e todos os outros leitores do blog agradecemos antecipadamente.

Deixe uma resposta