“PROGRAMA prata da cASA”

By: Author Raul MarinhoPosted on
348Views0

Eu não me canso de escrever no blog (como, por exemplo, aqui) que uma boa estratégia para conseguir realizar sua formação aeronáutica e, ao mesmo tempo, facilitar a contratação como piloto em uma companhia aérea é ingressar na empresa em posições como DOV, CMS, ou mesmo em funções administrativas, e depois aproveitar os processos de recrutamento interno para pilotos que, volta e meia, as companhias aéreas promovem.

Pois muito bem, cumprindo a profecia, a Azul acaba de lançar um “Programa ASA” específico para funcionários da empresa que desejam integrar a equipe de pilotos da empresa, que eu batizei de “PROGRAMA prata da cASA”. Trata-se do mesmo convênio com a EJ e o Santander do programa aberto, com os mesmos preços e taxas de juros, mas com algumas diferenças operacionais importantes:

  • Serão 24 vagas (o programa aberto tem somente 20), e como deverá haver menos interessados que no programa aberto, a concorrência para ingressar deverá ser bem menor;
  • O curso teórico será oferecido no período noturno, em Jundiaí (o programa aberto será em período integral, em Itápolis);
  • O curso prático também será oferecido na unidade de Jundiaí, de acordo com as possibilidades da escala da EJ (no aberto, os voos também ocorrerão em Itápolis);
  • Embora isso seja uma possibilidade no programa aberto, no programa interno está explícito que pessoas com parte de sua formação concluída também serão aceitas no programa.

Apesar de várias companhias realizarem recrutamento interno para pilotos no passado, esta é a primeira vez que eu vejo haver um programa de formação de pilotos exclusivo para funcionários. Outra inovação digna de nota da Azul.

Deixe uma resposta