“A verdade sobre o iPad”

By: Author Raul MarinhoPosted on
1016Views26

Esta imagem mostra bem algumas vantagens (a exibição de cartas aeronáuticas em tamanho adequado) e desvantagens do aparelho (vejam como ele fica desajeitado quando adaptado no manche)

Alguns meses depois que eu publiquei o post “iPad na aviação”, quase um ano atrás aqui no Para Ser Piloto, o John Zimmerman (piloto de avião e helicóptero, e Vice Presidente da Sporty’s Pilot Shop, uma das maiores lojas de artigos para pilotos dos EUA) escreveu no seu “John’s blog” (hospedado na mesma Air Facts, onde o lendário Richard Collins também escreve) um artigo chamado “A verdade sobre o iPad”. Alguma coisa do que eu falei no meu texto, o John repete no dele (não estou afirmando que foi plágio, mas se fosse o contrário todo mundo afirmaria que sim…), mas tem muita coisa original e interessante no texto do John. E, neste post, com os devidos créditos, eu vou fazer um resumo da parte original do texto da Air Facts sobre o iPad na aviação. (A propósito, falando em créditos, este texto também me foi enviado pelo Beto Arcaro).

O que é bom no iPad é o conjunto da obra, não as funções específicas

As funcionalidades e características técnicas do iPad não têm nada de mais, mas a combinação delas é o que torna o aparelho tão atraente:

  • A tela grande torna possível ler gráficos e textos sem precisar aplicar o zoom;
  • A pequena dimensão do aparelho (especialmente a espessura) permite colocá-lo e tirá-lo facilmente da aeronave, o que o faz ideal para que voa equipamentos compartilhados ou de aeroclubes;
  • A bateria com 10 horas de duração elimina a necessidade de fios;
  • A conectividade de celular permite a atualização de cartas e briefings meteorológicos;
  • O sistema operacional é relativamente fácil de usar e é bastante estável.

Estas características já estavam disponíveis em outros aparelhos, mas nunca em um só pacote – especialmente quanto à necessidade de se negociar entre tempo de bateria e tamanho de tela, da maioria dos outros aparelhos para aviação.

Custo X benefício imbatível, e uso fora do avião

Em termos de aviação, não existe barganha melhor que um iPad. Sem contar que você consegue um conjunto razoável de aplicativos por menos de US$100/ano. Fora isso, existem inúmeros usos do iPad fora da aviação. Ou, visto de outra forma, este é o primeiro produto não-específico da aviação que é realmente útil para a aviadores, o que acrescenta um valor enorme para o equipamento.

Limitações do iPad

  • No fim das contas, o iPad é uma grande peça de vidro, e vidro reflete a luz muito bem. Isto atrapalha muito o uso do equipamento no avião.
  • Embora o tamanho da tela facilite a leitura, seu tamanho também atrapalha um pouco o uso. É muito difícil adaptá-lo no manche, como se faz com os GPS tradicionais da aviação.
  • Como não se trata de um equipamento específico da aviação, há alguns problemas no seu uso no ambiente do cockpit – onde, dependendo de onde for colocado, ele pode superaquecer.
  • E, finalmente, não há um botão exclusivo para o “direct-to”!

The iCub

Mas mesmo com estas limitações em mente, o iPad possui numeroso usos práticos para pilotos, tanto no planejamento pré-voo, quanto no cockpit. Tudo é uma questão de utilizar seus pontos fortes, e não se deixar pegar pelas gambiarras de utilidade duvidosa. Ele não é e não deve ser utilizado como um painel integral – e, sim, tem muita gente fazendo isso (vide foto acima). Mas como uma maneira portátil de ver cartas, de seguir o seu progresso num voo longo, e de obter um briefing meteorológico atualizado, ele é imbatível.

As 5 melhores qualidades do iPad na aviação, de acordo com o John

  1. Você nunca mais vai voar com cartas desatualizadas. Como atualizar informações no iPad é muito prático e barato, eu nunca mais voei com cartas antigas desde que comecei a utilizar o iPad. Nos EUA, existe o aplicativo ForeFlight que atualiza todas elas com muita facilidade.
  2. Eu obtenho muito mais informação meteorológica e vejo muito mais gráficos e mapas de meteorologia do que antes. Dois fatores são importantes nisso: a portabilidade do equipamento, que permite que o iPad esteja comigo o tempo todo; e a qualidade dos aplicativos, que tornam fácil obter as informações que eu quero.
  3. Eu estudo muito mais os dados de performance da aeronave para o voo, e faço muito mais cálculos de Peso & Balanceamento do que antes. Não, eu não faço isso em todo voo, mas com o meu iPad eu sou muito mais propenso a checar a distância requerida para decolagem num dia quente do que com os equipamentos antigos. Alguns aplicativos muito interessantes e baratos fazem esse trabalho com facilidade.
  4. Eu consigo obter consistência de informação e hardware utilizando diversas aeronaves. O avião mais velho que eu voo foi construído em 1963, e o mais novo, em 2011. A única coisa em comum entre os dois é o meu iPad, e isso faz uma grande diferença porque as informações estão sempre atualizadas em ambos, e eu não tenho que instalar nada neles para voar.
  5. O iPad é um bom equipamento de backup para a navegação. Este é provavelmente o pior ponto fraco do tablet: um iPad não é, definitivamente, um Garmin-796 em se tratando de equipamento de navegação – mas ele não é de todo ruim, e os aplicativos para eles estão melhorando. Quando combinado com um GPS externo, eu tenho, pelo menos, uma “tela com mapa móvel” (“moving map display” talvez faça mais sentido para muita gente) com informações do aeródromo, se os meus aviônicos falharem. E, com uma vida útil de bateria generosa, eu não fico dependente do acendedor de cigarros.

O que esta lista mostra é que o iPad possui uma grande conveniência, mas não mudou fundamentalmente como eu voo. Eu ainda preencho os planos de voo do mesmo jeito, ainda uso o meu GPS do painel para a navegação, e eu ainda voo os mesmos tipos de missão e meus mínimos operacionais continuam inalterados.

Conclusão

No final, eu diria que o iPad é revolucionário, mas somente quanto ao custo e à conveniência, não pelas aplicações. Suas qualidades de “mapa móvel”, cartas digitais, e gráficos meteorológicos seriam revolucionários se o equipamento custasse US$3,5mil? Certamente não. Neste sentido, os críticos estão certos: o iPad não trouxe realmente nada de novo, ele só fez as coisas mais fáceis e baratas – mas não subestime o poder do “mais fácil e barato”. Num mundo de “glass cockpits” complicados, combustível subindo de preço, tarifas aéreas em ascensão, e outros encarecimentos no custo de voo, não há muitas coisas na aviação que trazem este tipo de promessa.

26 comments

  1. Alex
    2 anos ago

    Olá pessoal. Alguém aqui sabe me dizer o porque a representação da seta/aeronave não está deslocando no app eWac no meu IPad Air 2? Obrigado!

    • Oswaldo
      1 ano ago

      Eh porque não está com GPS ligado.. Se o seu for apenas wifi, sem 3g, esqueca… Não tem GPS embutido, a única solução eh comprar um GPS garmin glo que funciona via Bluetooth

  2. nepas (@nepabelito)
    4 anos ago

    Poxa, o cara voava com cartas desatualizadas antes do ipad. Brasil sil sil !!!

  3. rafael tieghi
    4 anos ago

    Alguém aí usa ipad mini? To estudando a compra de um pra mim, e queria saber se alguém já comparou o ipad com o mini. Qual recomenda?

    • Marco Caffe
      1 ano ago

      Usei um mini com AirNavigation Pro por certo tempo, mas voltei ao IPad normal. Apesar de mais desajeitado, a dimensão da tela permite melhor visualização. Detalhe: não abra mão de um GPS aeronáutico e do procedimento em papel acessível. IOS não tem certificação e um apagão do IPad no meio do procedimento pode ser fatal. Outro detalhe: o GPS interno não é preciso. Compre um Garmin GLO ou equivalente.

  4. Cadu
    5 anos ago

    Se criou um estigma em cima dos modelos Ipad para aviação. Atualmente, o IOS sim tem mais aplicativo voltados para a aviação mas com o recente bum dos aparelhos androids, as coisas estão melhorando para os demais tablets com este S.O. Eu particularmente, comperei um Samsung Tab II de 7′ pol por achar este tamanho mais adequado a cabine de voo junto ao meu kneboard, por ter prefenrencia por android e Samsung e para meus objetivos de utiliza-lo apenas para visualizar cartas e realizar cálculos de uma E-6B, tem sido muito proveitoso além do mais, por menos que a metade de um Ipad (no meu caso, o meu objetivo era apenas utilizar otablet para o voo), para demais casos, prefiro meu notebook. Questão de gosto e não deixo de acharo Ipad uma excelente ferramenta de uso dentro da aviação geral, basta olharem o site http://ipadpilotnews.com/

    Abraços, Cadu

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Vou discordar, Cadu. Para a aplicação aeronáutica, o iPad é praticamente uma unanimidade, e inclusive a Jeppesen recomenda que se use somente o aparelho da Apple para rodar seus aplicativos – que são os melhores que existem, por sinal. O iPad é mais caro, sim, mas em termos de aviação (onde tudo é absurdamente caro), ele é uma pechincha. E, sem dúvida, é o mais confiável, o que é uma qualidade muito apreciada neste contexto. Eu não trocaria meu iPad por um genérico nem a pau.

      • Cadu
        5 anos ago

        A Jeppesen também apresenta app para o sistema android. O Ipad vem ganhando pelo pioneirismo e pela maior gama de app’s. Quanto a confiabilidade, oque conta é o aplicativo e não apenas o S.O. Abs

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          Negativo: a confiabilidade do hardware conta tbem. No caso do iPad, a bateria é um fator importante na aplicação aeronáutica.

          • Cadu
            5 anos ago

            Android não tem confiabilidade??????

            • Cadu
              5 anos ago

              Android/Samsung digo???

            • Raul Marinho
              5 anos ago

              Quem sou eu para dizer que a Samsung não tem credibilidade!?Eu nem conheço os tablets deles! O que ocorre é o seguinte, vamos ver se eu me faço entender com uma metáfora.

              Eu, qdo fico doente, tomo remédio genérico mesmo. Mas qdo é o meu filho que adoece, eu compro remédio da marca lider. Não pq o genérico não seja confiável – tanto é que eu mesmo tomo! -, mas pq, se o moleque não reagir ao tratamento, minha mulher vai me encher o saco por eu ter sido sovina com o filho dela, e eu mesmo vou ficar me sentindo culpado, apesar de saber que é a mesma coisa. Deu para entender onde quero chegar?

              Mas não há nada de errado com a Samsung, se vc quiser voar com o tablet deles, vá em frente. Só que eu só uso iPad, e recomendo isso para os meus leitores.

    • Carlos
      5 anos ago

      Cadu, vc consegue vizualizar as cartas IAS e SID no seu Samsung Tab II de 7″?
      Vi no site da jeppesen que esta disponivel somente para as telas maiores de 8,9 e 10,1 pol mas nao entendi pq…

  5. Higor
    5 anos ago

    Raul! boa tarde
    Qualquer iPad serve para o programa, ou tem que ser modelos especificos? Pois no site de algumas lojas “ex: Casas bahia”, nos varios modelos de iPad, alguns vem descrito GPS e outros não.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Pode ser qualquer modelo desde que tenha 3G. Segundo dizem os especialistas, a melhor versão para a aviação é a do iPad2, que é mais leve e gasta menos bateria que a 3, e mais rápida que a 1.

  6. RodFigueiroa
    5 anos ago

    Sobre o uso do Ipad na aviação, mais informações podem ser obtidas nesse seminário realizado pela Sporty’s durante o Sun’n’Fun 2012

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Muito obrigado, Rodrigo! Sua dica virou este post: http://paraserpiloto.wordpress.com/2012/07/07/centro-de-informacoes-sobre-o-uso-do-ipad-na-aviacao/

  7. Roquini
    6 anos ago

    Raul aproveitando a deixa….. quais os melhores app para iPad? em todos quesitos… Navegação, meteorologia… Cartas…. Abcs

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Eu fiz estas recomendações aqui: http://paraserpiloto.wordpress.com/2011/07/21/ipad-na-aviacao/

  8. betoarcaro
    6 anos ago

    Oi Raul,

    Utlizo o EWAC Sul e o Infoaero. Hoje mesmo, tive que alternar e os utilizei!! Bem mais rápido do quê pegar o ROTAER atras do banco, ou desdobrar uma carta. Tem uma aplicação muito “simpática”, que é o “MyE6B”, que possui todas as funções de um E6B (inclusive as conversões) mais a página de WX com previsões ao redor de estações meteorológicas, TAF e METAR. Para IFR, tenho uma assinatura do Jeppesen FD!!
    Esta é realmente revolucionária!! Chega de correria dentro do Cockpit!! Principalmente pra quem voa “Single”. Acredito que o IPAD, apesar de não ter sido desenvolvido para a Aviação (Se tivesse sido, com certeza seria bem mais caro!) é realmente revolucionário e útil. Dá até pra ficar “Twittando” nas longas esperas, aguardando os passageiros nos saguões dos aeroportos!! rsrsrsrsrs.

    Abraço!!

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Então… Mas se o Aeroinfo tem WACs entre suas funcionalidades, por que vc tbem usa o EWAC?

      Enviado via iPad

      • betoarcaro
        6 anos ago

        Acho que o Aeroinfo é melhor utilizado para se planejar um vôo. Você armazena planos de vôo, consulta aeroportos como se fosse um ROTAER. O EWAC funciona melhor em vôo, mesmo com a posição “inercial” dada pelo IPad, sem usar a antena “Dual”, ele “Georreferencia” as cartas. Inclusive as REAs. Para as ERC´s utilizo as Jeppesen eletrônicas mesmo! É fantastica!! Mesmo sem a Dual!! Na verdade, só o Jeppesen FlightDeck, já quebraria um “Galhão”!! EWAC Sul,só serve mesmo pra que você fique totalmente “Paperless”. A Jeppesen não publica WAC´s ou REA´s! Legal mesmo, é quando eu chego em BH, e o Centro fala: Chegada ARENA 1, procedimento LOC RWY 13. Você “Clipa” a STAR, a Aproximação, e a carta do Aeroporto, com as Twy´s,páteos, etc.
        Você pode mudar, de carta pra carta, com um simples “toque”!
        É óbvio, que ainda carrego meu “Surrado Kneeboard” atrás do assento, com o famigerado AIP atualizado.

  9. Luiz
    6 anos ago

    Raul

    Não sei se você já citou aqui no Blog, mas, existe um aplicativo excelente, desenvolvido no Brasil, chamado e-WAC. Possui moving maps, aerovias, função go-to, informações dos aeródromos e muitas outras funcionalidades, para ser instalado no iPad e, até mesmo, no iPhone.

    Pode ser encontrado na App Store (nos links http://itunes.apple.com/br/app/ewac-sul/id417469266?mt=8 e http://itunes.apple.com/br/app/ewac-norte/id417472070?mt=8) ao preço de US$ 7.99 cada.

    Parabéns pelo seu blog, cada dia melhor !

  10. Luciano Cavalcante
    6 anos ago

    Raul,

    Para os dispositivos com Android você conhece ou tem informação se existem softwares similares aos do iPad que possa auxiliar o voo? Tenho um Galaxy Tab 10.1 e a tempo venho procurando aplicativos para este sistema operacional que possa ser utilizado de igual forma no iPad. Talvez eu não esteja procurando no lugar certo também…

    Se puder, nos passe a dica.

    At.

    Luciano Cavalcante

    • Raul Marinho
      6 anos ago

      Infelizmente, eu sou totalmente analfabeto de Android… Nunca peguei um Galaxy na mão, para vc ter uma idéia.

Deixe uma resposta