Vamos ajudar um colega sofrendo por falta de QI?

By: Author Raul MarinhoPosted on
557Views22

“Eu sou apenas um piloto latino-americano sem muitas horas na CIV / Sem padrinhos importantes, e vindo de um aeroclube do interior” – Pôxa, por que será que ninguém fala comigo no Salgado Filho!!!???

Como a maioria dos leitores habituais deste blog sabe, um dos meus assuntos preferidos é “QI & Relacionamentos“, e já perdi a conta do número de leitores que orientei quanto ao tema neste pouco mais de um ano de Para Ser Piloto. Mas o fato é que a demanda por orientação quanto a formas de melhorar o networking nunca para, e neste final de semana eu recebi um e-mail tocante, de um PC+INVA com a carreira num grave impasse, vide mensagem abaixo. Só que, desta vez, eu não vou nem responder à mensagem de modo particular, nem fazer um estudo de caso público. Eu gostaria de propor aos leitores já escolados no assunto que tentassem ajudar o colega, baseado no que leram aqui, e nas suas próprias experiências pessoais. Eu penso que a melhor maneira de aprender é ensinar, então eu acho que aqueles que se propuserem a orientar o autor da mensagem abaixo só terão a ganhar fazendo isso.

Dêem suas orientações, conselhos, sugestões, ou perguntem mais detalhes sobre a história do colega nos comentários do post, e eu vou comentando os textos de vocês, se julgar pertinente. Quando chegarmos a uma conclusão, eu farei um resumo do caso, para facilitar a consulta do colega e dos demais leitores. Vamos ver se experiência dá certo? Eu acho que o blog já possui maturidade suficiente para este tipo de proposta.

Abaixo, segue a mensagem do colega, cuja única alteração foi no nome, que é um pseudônimo:

From: Belchior

To: raul@raulmarinho.com

Sent: Saturday, June 23, 2012 11:37 PM

Subject: Contato e dicas

Boa noite, Raul!

Encontrei uma matéria sua através de publicações no Facebook -http://paraserpiloto.wordpress.com/2012/04/23/dificuldades-para-conseguir-o-primeiro-emprego-conselhos-de-um-veterano/ – e vi que ali tem dicas boas.

Na verdade todas aquelas dicas eu estou seguindo. Hoje sou checado PC Multi IFR e INVA. Em relação ao que você falou, fiz o INVA num aeroclube que disse que me contrataria, mas por fim deram a famosa “bola nas costas”, mas tudo bem… não estou aqui pra falar mal de ninguém, nem lamentar o que ocorreu. O negócio é continuar correndo atrás e tentar outra forma de acumular horas pra depois chegar na linha aérea.

Agora é que entra o que eu gostaria de ter dicas de você, pois vi a respeito de “chegar no aeroporto”, e sinceramente não entendi. Sou do RS e moro perto do aeroporto Salgado Filho, Porto Alegre, e sinceramente nem sei “por onde começar”. Se por exemplo, eu entrar no aeroporto hoje em busca de uma relação com alguém pra tentar uma vaga, fazer amizade pra depois ter um “QI”, quem eu procuro? que tipo de gente eu “corro atrás”?

Fato é que hoje eu tenho 176 horas de voo, e até mesmo as executivas estão pedindo em média 500 horas de voo. Os aeroclubes estão entupidos de instrutores em filas esperando “a hora de entrar”, as companhias pararam de chamar, o que causa o entupimento nos aeroclubes de instrutores querendo entrar na instrução, e eu to aí deserperado atrás de uma oportunidade.

Currículo? Isso já mandei pra gente que nem faço idéia de onde é… tipo, encontrei email de alguma empresa? to mandando! Inclusive agora vi a tal empresa “Esteio” do paraná pedindo piloto. Liguei pra eles e falei com o responsável que diz que “até dariam preferencia pra quem tivesse uma certa experiência”… eles queriam gente pra voar Seneca e Navagio. Eu ja voei Seneca no meu multi… e mesmo com a pouca experiência, acreditei num possível milagre e mandei mesmo assim.

Bom, na verdade até queria ver se você, por acaso, conhece alguém, sabe de alguma oportunidade, pra que a gente até possa ficar sempre em contato com esse pessoal do ramo pra depois podermos entrar no futuro na linha aérea.

Até pra que você saiba por que estou tão alucinado por um emprego, hoje tenho 33 anos… mes que vem (julho) faço 34, e infelizmente, no Brasil, depois dos 35 você é velho e as portas começam a se fechar, portanto não posso querer demorar pra encontrar algo, ou poderá ser “tarde demais”.

Bem, vou ficar aguardando uma resposta sua e desde já agradeço a sua atenção.

Forte abraço e que Deus te abençoe!

Att,

Belchior

22 comments

  1. Fabiano Souza
    5 anos ago

    Vem cá tem como curtir comentários aqui não? rsrsrs
    Gostei e muito de todos os comentários. Todos mesmo.
    Bom meu amigo, estou é começando o PP, e digo que precisa ter paciência e batalhar muito, que nada cai do céu. E sabemos muito bem que você está batalhando, e isso é muito importante. Tente bater papo com alguém que é piloto ou comissário, também vale pela net, sites de relacionamentos. Seja verdadeiro, seja amigo. seja como você é.
    Sou comissário de voo, nunca trabalhei na aviação, e hoje sou PP com 19 horas de voo, fazendo de tudo para tentar entrar numa empresa aérea, e arrumar meu canto e fazer amigos por lá, o meu network. Há bastante tempo sempre tive contatos com a galera da aviação, e usei a rede de relacionamentos como minha ajuda e até hoje mantenho essa amizade e desejo ter até o final.
    Você está muito a frente de mim, e vai conseguir encontrar seu lugar na aviação, vai sim. Qualquer coisa seja cara de pau mesmo, sai conversando com o pessoal das linhas aéreas e por ai vai. Algum momento vão te ajudar. Pode ter certeza.
    Tenha fé meu amigo! Tenha fé! Que você vai longe! Já foi né, só falta mais trecho dessa rota. Que Deus te proteja, que você consiga um emprego logo na aviação. Bons voos e céu cavok pra você e boa sorte! Um grande e forte abraço!

    Fabiano Souza.

  2. Eduardo Ruscalleda
    5 anos ago

    Como diria um analista amigo meu… Meu caro Belchior… Primeiramente vamos elaborar o que deve ser um network. Não confunda NetWork com Helpwork. Ninguém gosta de ter “amigos profissionais” em busca única e exclusivamente de uma ajudinha de um “amigão” para poder ingressar em uma cia. Ao meu ver… Isso é tremendamente mau visto! Para mim, Network é uma grande oportunidade de desenvolver amizades profissionais verdadeiras, onde deva haver a troca. Troca de tudo, de pensamentos, idéias, informações e por que não, ajuda! Mas se focar a sua Network de forma interesseira, não conquistará muitos amigos e nem fará uma rede de contato com pessoas que realmente valham a pena.

    Trabalhei durante muito tempo na área comercial e digo para você que se não confiar no produto que vende… Tudo fica mais difícil. Você está em um momento onde deve vender o seu melhor produto, você mesmo! Contatos? Você deve ter feito alguns amigos durante o seu curso de PP, PC e INVA, correto? Caso contrário… É hora de começar a rever o que você considera importante na sua vida!

    Em cada instrução fiz amizades que valem a pena. Conheci pilotos e seres humanos de grande valor e é este o tipo de pessoa que quero ao meu lado tanto pessoal como profissionalmente. Isso é NetWork!
    Veja que não é só isso! Para se ter sucesso apenas com contato, só se fosse o filho do Lula, mas como acredito que este não é o seu caso, exige preparação e entendimento.

    Historinha rápida: Conheci um instrutor que durou apenas 3 meses no aeroclube! Hoje pilota um Citation. Sabe porque? Porque quando estava chovendo, ao invés de “jogar dominó” ele visitava os Hangares do Aeródromo e se apresentava com a maior cara de pau para todo mundo. Acontece que acabou ficando conhecido pela sua postura, educação e força de vontade. Alguém procurava um piloto, ligou para outro alguém, que conhecia um alguém que indicou-o para a vaga. E por ai vai!

    Agora falando de preparação… O que você quer? Quer Cia Aérea? Quais as exigências mínimas das Cias? O que você atende e o que não atende? Está se preparando para isso? Se a Cia Aérea exige PC multi IFR e inglês e coloca na sequência: desejável: Inglês ICAO 4, Jet Training, faculdade e PLA teórico… Você pode se considerar “desejável” para esta Cia? Pense que o QI ajuda, mas estar acima da média… Ajuda muito mais!

    E se o Raul der corda!!! Eu não paro mais de escrever! rsrsrs

    Um grande abraço e sucesso!

    Se eu puder realmente te ajudar em algo, não deixe de me escrever e visitar o meu blog que está engatinhando ainda: (Por que ao invés de auto-ajuda não pensamos em ajuda-mútua?)

    • RodFigueiroa
      5 anos ago

      Gostei das suas palavras e de seu pequeno relato, obrigado por partilhar!

  3. Vinicius Piassa
    5 anos ago

    Bom eu não tenho experiencia em aviação…

    mas por experiencia pessoal tem um video que mostra o que o Telêmaco Barbosa disse

    e o que aprendi da vida!

    Abraços!

    • RodFigueiroa
      5 anos ago

      Interessante o vídeo, Piassa, obrigado por partilhar conosco!

    • Colella
      5 anos ago

      Gentileza gera gentileza !!!
      muito bom Piassa …
      abs. Colella

  4. José Roberto Arcaro Filho
    5 anos ago

    Faça amizades na Aviação!!
    Nela, você não vai precisar de QI só no primeiro emprego, portanto, não abandone seus QI´s depois de conseguí-lo. Isso pega muito mal!! O Mundo dá voltas, e a Aviação dá “muito mais”!!

    Já fui indicado, por quem, um dia, indiquei!!

    QI é uma coisa natural!!

    Eu não indicaria para um emprego, alguém que eu não “conhecesse” ou “gostasse”!! Faça-se conhecido!! Faça-se “querido”!! Arrume um emprego de “Hangarista” (Aqueles caras que cuidam dos aviões, limpeza, etc.). Eles são muito “Populares” nos Aeroportos. Trabalhe no “Abastecimento”!! Tenha suas próprias opiniões, participe da “Vida” do Aeroporto mais próximo!!
    É lá que vai estar o seu “Primeiro Emprego”!! Não tente escolher “qual vai ser”!!

    Outro dia um amigo me ligou, com todas as carteiras “Checadas”, me pedindo um QI qualquer para um primeiro emprego.

    Liguei para um velho conhecido, para o qual já trabalhei, dono de um lindo “Centurion” e ajeitei para dar uns “Duplos” no Rapaz! Liguei correndo pra ele, achei que ele iria ficar feliz, então pra minha surpresa, o
    “Animalzinho” me disse: Ah, não Cmte! eu queria alguma coisa, “Tipo assim”, Copiloto de King Air…
    Impronunciáveis, neste horário, foram as minhas palavras naquele momento!!

    Enfim, o dono do Avião ficou tão decepcionado com os Pilotos que andaram voando pra ele, que colocou o avião à venda. Não tive “Cara” pra indicar mais ninguém pra ele!!

    Meu amigo, tomou uma “Chacoalhada” minha naquele dia, não conseguiu nada como Copiloto de King, e finalmente está voando um Skylane, lá em SDAM. Pelo menos a minha “Bronca” surtiu efeito!!
    Não fui eu que indiquei ele pro “Skylane” e
    não indico ele pra mais nada.

    Ele me liga, de vez em quando, pedindo uns “Bizus”, os quais eu dou, com o maior prazer.

    Tirem suas conclusões….

    PS: Ontem me assustei!!!
    Tive um QI do Raúl, para trasladar um G58 novinho dos EUA!!
    Legal!! Nem conheço o Raúl pessoalmente…
    Não pude aceitar!! Daria “abandono de emprego” !!]
    Claro que eu levaria o Raul junto comigo no “Ferry Flight”, e o emprego no novo avião, obviamente, seria dele!!
    Sem contar que a gente iria se divertir muito pelo Caribe!!

    • roquini
      5 anos ago

      Thanksss Betão!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Sobre este último aspecto que o Beto comentou (a indicação que eu lhe fiz para o traslado do Baron), é importante ressaltar que eu só a efetivei porque:1)Eu sei da competência do Beto: sei que ele pilota um Baron há anos, que ele realizou o treinamento no modelo na fábrica da Beech, e que ele possui ICAO-6; e2)Eu sei que o Beto é um profissional sério, e um sujeito com um caráter confiável, que não se furtaria em retribuir o favor no futuro.Caso uma dessas condições não estivesse presente, a indicação não ocorreria.Tá dando prá entender como o QI funciona, Belchior?

    • RodFigueiroa
      5 anos ago

      Que legal Beto e Raul!
      Mas não consigo acreditar que existem pessoas ingratas assim no nosso meio,”como pode?”, fiquei espantado.
      Particularmente, aceitaria duplo até em paulistinha se indicado e nas devidas dignações.

      • roquini
        5 anos ago

        A eu também faço!!! rsrsrs

        • José Roberto Arcaro Filho
          5 anos ago

          A Aviação imita a “Vida”!! Ou seria o oposto??
          Se souber “viver”, uma hora vai se dar bem, certeza!!
          Deixar a “Executiva”, e ir pra Avianca voar Airbus, aparentemente foi uma “Bobagem” que fiz!!
          Mas, se eu não fosse, nunca saberia como é!! Não gostei, voltei pra Executiva, “Estresses à parte”, agora tô feliz!! Detalhe: Entrei na Avianca, obviamente com QI.
          Depois lá dentro, é outro “Stress”!! Você tem que “fazer juz” ao QI!!
          Muito complicado…

    • Colella
      5 anos ago

      Beto, sou PPA em formação…
      gostei bastante da dica de arrumar emprego nos hangares!!!
      como acho essa vagas ?? batendo de porta em porta ??
      obrigado por compartilhar,
      abs.
      Colella

    • Carlos César
      5 anos ago

      Ola Beto,
      gostei do seu comentário e aproveitando o gancho, existe um mercado para o pessoal que quer fazer um Ferry Flight para o Brasil? Alguma dica de onde/quem procurar? Agradeço a ajuda.
      Bons voos!

  5. Lucas Neves
    5 anos ago

    Eu vejo que as pessoas costumam almejar demais as linhas aereas de grande porte, meu conselho e que voce entre no site do SNA, de vez em quando divulgam algumas vagas por lá! E além disso se mantenha em contato com aeroclubes um hora vai dar certo, uma vaga que costumo ver disponível em alguns aeroclubes específicos e a de INVA de planador! Alem de ser uma licença relativamente barata de ser adquirida, vai ter dar um ótimo diferencial de experiencia de voo, afinal voce já esta em pane de motor desde que decola!! Espero ter ajudado!

    Abraço e como o companheiro acima disse, NÃO DESISTA QUE VAI DAR CERTO!

  6. Fred Mesquita
    5 anos ago

    Hoje em dia a internet é o maior alidado ao nosso amigo “QI & Relacionamento”. Participando ativamente dos vários Blog e perfis do Facebook relacionados com a aviação, postar, opinar e fazer novas amizades, nos faz mais perto daqueles que têm os mesmos objetivos, diminuindo distâncias.

    Não preciso nem dizer a quantidade de amigos virtuais que tenho e que boa parte desses já tive um contato pessoal para diminuir a distância e melhorar o relacionamento interpessoal.

    • Colella
      5 anos ago

      fred, poderia indicar alguns endereços virtuais ??? abs.

      • Fred Mesquita
        5 anos ago

        Facebook é o principal deles. Também tem o Linked In, o Twitter, o Canal Piloto (meu parceiro e deste aqui) e muitos outros Blogs de aviação.

        Boa sorte !!!!

  7. Manicaca
    5 anos ago

    Ligue no aeroclube de jundiai 11 4582-1745 e converse com a Lúcia quem sabe, eles vivem contratando instrutor la.

    o e-mail da JAD taxi aereo para curriculos
    treinamento@jadtaxi.com.br

  8. Telêmaco Barbosa
    5 anos ago

    ATENÇÃO. Prezado amigo Belchior. Se você que já chegou onde muitos pretendem chegar e acha que depois dos 35 anos estará velho. Ha! imagine então EU um aspirante, recomeçante, no curso de PPA e estou exatamente com 49 anos….e tô me achando que posso chegar pelo menos a chegar o PCA e INVA. Meu nobre amigo Belchior. VOCÊ PODE…VOCÊ MERECE….Vai dar certo ….NÃO desista….Você já É….Eu ainda busco SER….Piloto….REAL….por enquanto vou voando Virtualmente. Caso queira ajuda…trabalhei em Taxi Aereo.(Setor Adminstrativo e coordenação de Manutenção)…conheço muita gente relacionada no meio ….e Atualmente estou trabalhando em um Projeto ligado diretamente a Aviação e vou precisar de parceiros que tenha a formação que você tem. Enquanto o emprego tão sonhado não sai….se você quizer poderemos manter contato e quem sabe você poderá me auxiliar em meu projeto. Não custa nada conhecer.
    me envie um e-mail para telecobarbosa@gmail.com ou tele_barbosa@hotmail.com e vamos a luta Ok.
    Lhe desejo sucesso sempre…..
    Telêmaco Barbosa.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Vc matou a charada, Telêmaco! O principal conselho que o Belchior poderia receber é: “Se vc quer ser ajudado, o mais importante é mostrar que vc também ajuda”. É o básico do altruísmo recíproco…

      • Raul Marinho
        5 anos ago

        …Sem contar a desmistificação do problema da idade (que não existe).

Deixe uma resposta