Faculdade de aviação nos EUA

By: Author Raul MarinhoPosted on
1224Views19

Essa é para quem está pretendendo ir aprender a voar nos EUA e/ou quer fazer um curso superior de Ciências Aeronáuticas/Aviação Civil:

Você já pensou em fazer uma faculdade de aviação nos Estados Unidos?

Eu não pesquisei os preços, mas duvido que fique muito mais caro que fazer o curso de CA da FACA/PUC-RS mais as horas de voo no ARGS. E, principalmente para quem quer desenvolver uma carreira internacional, pode ser uma excelente alternativa.

Veja aqui um diretório com as faculdade de aviação existentes em todos os 50 estados americanos (inclusive Alasca e Havaí!).

19 comments

  1. Anderson
    2 anos ago

    Olá Raul! O diploma de ciências aeronáuticas é válido nos EUA?

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Boa pergunta… O diploma da PUC-RS, eu acredito que sim, uma vez que existe um convênio com Embry-Riddle de homogenização de currículos – e, inclusive o aluno da PUC pode fazer parte do curso na ER e vice-versa. Os demais, eu não sei se têm esse tipo de aceitação nos EUA. Melhor checar com as respectivas direções das faculdades.

  2. Admir
    3 anos ago

    Ola Raul Marinho sou Admir vivo em Angola e desde pequeno que sempre quis ser piloto profissional embora que a idade que eu tenho de 28 anos não me tira a vontade de seguir esta profissão e tenciono fazer o curso nos E.U.A ora o que me aflige é o seguinte tenho alguém que pode me ajudar a estudar nos E.U.A mas me sugeriu que eu fala se inglês e depois fizesse o curso de piloto profissional agora acabei de ler os vossos comentários achei muito chocante para quem deseja ser um dia piloto mas enfim gostei das criticas se bem que no meu pais as coisas são também muito difícil para um profissional da aviação tudo muito bem que a pessoa desta profissão é bem remunerado salarial mente mas quando ele ter a sua família será que vai ter a mesma dedicação em casa como tem no trabalho claro que não então cabe a ele ter a noção disso é a minha contribuição.

  3. André Oliveira
    4 anos ago

    Boa tarde Raul Marinho, Eu só Angolano tenho um filho que quer tirar curso de pilotagem no Brasil gostaria que me aconselha se na melhor escola do teu pais.

  4. Matheus
    4 anos ago

    Olá Raul,
    Em sua opinião, é melhor cursar ciências aeronáuticas aqui no Brasil na PUCRS ou na Embry Riddle ?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      A Embry Riddle é a melhor faculdade de CA dos EUA, amigo… Se estiver ao seu alcance, é claro que esta é a melhor opção. Só que é cara uma barbaridade, e também não é fácil de entrar.

  5. Girotto
    4 anos ago

    Gostaria de saber os valores dos cursos de inglês que a Embry Ridlle em Daytona oferece, porque não consegui encontrar no site da universidade.

  6. Girotto
    4 anos ago

    Raul, estou pensando em iniciar pelo curso de inglês oferecido pela universidade, mais não encontro nem do curso básico nem do completo. Você saberia onde posso encontra esse valores?

  7. Girotto
    4 anos ago

    Eu estou começando a procurar uma universidade no Estados Unidos para poder fazer uma pós graduação, fiquei interessado na Embry Riddle em Daytona para uma melhor qualificação no meio aeronáutico. Gostaria de saber as procedências dela e se alguém tem algum comentário sobre ela.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Bem… Essa é a melhor universidade de aviação dos EUA, e se vc puder cursá-la, é a melhor opção. Só não é das mais baratas…

  8. Rodrigo
    5 anos ago

    Ola Raul e todos do Blog.
    Voces conhecem, estudaram ou conhecem alguem que por acaso fez cursos (Helicoptero) no Hawaii na escola Mauna Loa Helicopters?
    Estou pesquisando informacoes sobre essa escola.

    Raul, como sempre sua opniao/informacoes soa de grande importancia para mim.
    Em relacao a possibilidade de fazer o curso PCH no Hawaii (pensando no futuro offshore – retornando com 500 horas etc). Gostaria de saber sua opniao, segundo seus conhecimentos na area, como è vista uma formacao para este tipo de arenonave no Hawaii? voce sabe?

    Abs e obrigado.
    Rodrigo

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Eu não conheço essa escola do Havaí – que é como o pessoal mais humilde chama o Hawaii -, mas eu acho que, em princípio, deve ser uma experiência e tanto morar um tempo lá, ainda mais pilotando helicópteros… Se eu tivesse condições, iria para o Havaí, sim, mas é preciso investigar melhor essa escola, ver se tem gente reclamando dela, seus preços, etc.Quanto à formação de PCH no exterior, acho que é uma possibilidade interessante porque lá fora é muito mais fácil obter a habilitação IFRH – muito importante para quem quer ir para a plataforma, principalmente (que é o seu caso) – e se for para voltar com 500h+, então, aí fica perfeito.Não tenho como te ajudar mais porque me faltam informações, mas eu acho que, em princípio, vc está indo pelo caminho certo. Vc só precisa aprofundar mais sua investigação – e depois, se vc quiser compartilhar suas descobertas conosco, sinta-se convidado. Um grande abraço e boa sorte, Raul

  9. Maxwel Lopes
    5 anos ago

    Caro Raul Marinho, primeiramente quero aqui parabenizar o seu blog, que particularmente na minha opinião é o melhor e mais completo blog sobre aviação do Brasil. Mas bem, sei que esse post não tem muito haver com o que eu quero, mas creio eu que foi o post que achei que mais aproxima dos meus interesses. Vou contar aqui um pouco da minha história e o que pretendo para o futuro. Me chamo Maxwel, tenho 23 anos e moro em Palmas-TO, me casei novo, minha esposa tem 20 anos e já temos um afilha de 3 anos. Pretendo até o final desse ano brevetar PPA e quem sabe conseguir brevetar PCA até o meio do ano de 2013. Minha esposa sonha muito em estudar medicina, mas não temos condições financeiras e dela estudar muito ,(justamente por causa da nossa filha pequena) a ponto de passar em uma universidade federal. Pois bem, pelos meus planejamentos se tudo der certo, até o final de 2014 quero ver se consigo pelo menos 500 horas de voo para que assim eu possa em 2015 ir com minha família em busca do sonho da minha esposa lá para a Bolívia, onde a medicina é uma das melhores do mundo e não se tem burocracias, mas lógico que chegando lá eu vou ter que trabalhar para nos sustentar por lá, e que seja o trabalho como PCA. As perguntas que lhe faço são:
    1° – Você tem conhecimento do mercado aéreo boliviano?
    2° – Existe alguma restrição (burocracia) para eu conseguir trabalhar por lá?
    3° – Eu posso atuar como PCA remuneradamente na Bolívia?

    Aguardo respostas aqui.
    Abraço!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      1-Nenhum, lamento.
      2 e 3-Provavelmente, sim. Assim como um boliviano não pode pilotar profissionalmente no Brasil, deve haver restrições para pilotos brasileiros aturem lá.

      Fora isso, a aviação na Bolívia é complicada por 2 fatores: narcotráfico e topografia (Andes). Se vc for para lá mesmo, tenha muito cuidado.

  10. David Ache
    5 anos ago

    Estou prestes a inicar meus estudos, cursando o “Aero Tech Pilot Development Associate Degree” no San Jacinto college em Houston, EUA no final desse mes.

    O San Jacinto college é um community college, um tipo de faculdade comum aqui nos EUA, geralmente de baixo custo, que oferece cursos com duração maxima de 4 semestres (associate degree), e após completo, é possivel a transferencia dos creditos para uma universidade de 4 anos, no caso de aviação, a Embry-Riddle, resumindo os estudos (ja com o PC completo) por mais 2 anos para completar o bacharelado em Ciencias Aeronauticas. (pode ser feito online).

    A faculdade tem uma parceria com uma escola de aviação, onde é realizado o curso pratico, enquanto o teórico é feito na propria faculdade como “part 141” do FAA.. teoria de vôo, meteorologia, navegação, etc, para o PP e PC são dadas como materias individuais, e outras materias como Ingles, matematica, ciencias, tambem fazem parte do curriculo.

    O custo do curso pratico é cobrado separado dos custos da faculdade, e em media fica entre 30-35 mil dolares.

    Sou residente nos Estados Unidos ha mais de 10 anos, possuo o green card, por isso pude receber “grants”, que é dinheiro dado pelo governo para ajudar com custos de estudo quem mostra necessidade financeira e não precisa ser pago devolta. No meu caso consegui 8,000 dolares por ano, que cobre o custo total da faculdade (por volta de 1500 dolares por semestre pra quem é residente local) e o resto que sobrar voce pode gastar com o que quiser para ajudar com outros custos (materiais, aluguel, comida, gasolina, etc). Esse dinheiro é divido por semestre (4 mil/semestre) e é concedido por tanto que voce mantenha uma nota minima de C em todas as materias.

    O custo do curso pratico tambem pode ser financiado por um programa do governo, que financia em até 10 anos a 5.25% de juros ao ano, e voce só começa a pagar 6 meses depois que completar os estudos.

    No meu caso, sim, saio na vantagem fazendo o curso por aqui.

    Abraços

  11. Jônatas Gabriel Rossi Martins
    5 anos ago

    Bem, infelizmente, fica bem mais caro mesmo que a PUC do RS. Isso ocorre porque a tuition (custo dos estudos) é muito caro, sem falar que se gasta mais com horas de voo por conta das exigências das universidades serem de 250h de voo. Digo isso por extensas pesquisas que já fiz em tempos passados e, para exemplificar, vou analisar rapidamente o Vaughn College, que fica no topo do site com a lista das universidades. Não vou considerar os custos de vida, já que podem ser tanto muito altos como muito baixos dependendo do estilo de vida de cada um, e pode ficar tanto bem mais caro que aqui quanto bem mais barato, dependo de onde se morará lá e, como já disse, o estilo de vida.

    http://www.vaughn.edu/admissions-tuition-fees.cfm

    A Tuition custa 7160 dólares por semestre. Multiplicando-se por 8 (número de semestres do curso) chega-se a quantia de 57280 dólares, que hoje valeria 116.169,61 reais. Na PUC do RS, considerando que a mensalidade fosse 2.000 reais (hoje varia de 1842 a 1882), o custo total ficaria em 72000 reais, ficando, ainda, bem inferior ao custo nesta universidade. Além disso, tem a questão das horas de voo que, com muita sorte e pesquisa, custarão 35.000 dólares, mas geralmente custam de 45.000 para cima.

    E se fosse numa universidade mais barata?

    Bem, em toda pesquisa que já fiz, até consegui encontrar algumas raras com a tuition um pouco mais barata que a mensalidade da PUCRS, mas o custo com horas de voo acaba por tornar mais caro em qualquer caso. Seria mais barato para quem pagasse a chamada In-State Resident Tuition. Esta é uma mensalidade especial para quem já mora na cidade da universidade há um certo tempo determinado pela mesma, e esta tuition é bem inferior que a cobrada para quem vem de fora. Esta chega, em algumas universidades, a custar menos de 100 dólares por crédito, ou seja, o curso todo, que geralmente tem 120 créditos, custaria apenas 24.000 reais. Aí sim, seria perfeito. Porém, isto só é possível para quem já mora lá há um certo tempo.

    Uma das universidades com a tuition mais em conta que já encontrei é a Mountain State University. Lá custa 320 dólares o crédito, ou seja 38400 dólares o curso todo, fora as horas de voo. Já na Embry Riddle, eleita melhor universidade de engenharia e ciêcias aeronáuticas, a Tuition custa, ao todo, cerca de 120.000 DÓLARES, e as horas de voo entre 45 a 50 mil dólares (http://www.erau.edu/admissions/estimated-costs.html).

    Por fim, eu pessoalmente considero ser bem mais vantajoso fazer o curso aqui mesmo; claro, dependendo da universidade e da dedicação e empenho do aluno. O que é bom é que, se você for dedicado e bom aluno, seu QI é automático, porque os professores geralmente são bem experientes e conhecem muita gente, e, por isso, costumam ser bem solicitados para fazerem indicações. Até meu professor de Seminário, Psicologia Aeronáutica e Segurança de Voo, que é filósofo e tem mestrado e é doutorando em psicologia, mas não é piloto, disse-me já ter sido solicitado a indicar vários alunos para grandes empresas. E, no caso da PUCRS, ainda tem a parceria com a Azul, que praticamente garante a contratação imediata dos egressos.

    Sucesso nas escolhas a todos e bons voos!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Muito obrigado por compartilhar a sua pesquisa com a gente, Jônatas!
      Valeu mesmo!

Deixe uma resposta