“Recrutadores têm preconceito contra candidatos desempregados”

By: Author Raul MarinhoPosted on
209Views2

Leiam esta reportagem do jornal Valor Econômico de 07/08, sobre duas conclusões muito interessantes para a elaboração de estratégias profissionais que pesquisadores de duas universidades americanas chegaram:

  1. Recrutadores têm preconceito contra candidatos desempregados: então, arrume um emprego (qualquer um, mesmo que não seja “o” emprego) o quanto antes, para que você possa ter mais chances na seleção para a posição que realmente lhe interessa; e
  2. Não importa se você foi demitido ou se pediu demissão do seu último emprego: portanto, não se preocupe muito com esse aspecto na sua entrevista – tanto faz: você será mal visto de qualquer maneira!

 

2 comments

  1. Fred Mesquita
    5 anos ago

    Percebo também que ter o CPF sujo por falta de um ou outro pagamento, também é dos motivos para afastar o candidato, como já foi o meu caso. Mas essa de conseguir outro emprego e aguardar ser chamado, comigo não colou pois tive diversos empregos em paralelo e tudo isso não alterou em nada minha situação, simplesmente a situação do CPF é que me traz o prejuízo.

  2. Heron
    5 anos ago

    Muito bom Raul, o mercado de uma maneira geral têm uns “tabus” que podem alavancar ou detonar com a carreira de qualquer um

Deixe uma resposta