Críticas do Cmte Ruy Flemming ao novo RBAC-61

By: Author Raul MarinhoPosted on
309Views5

O Cmte Sérgio Koch publicou em seu site um texto do Cmte Ruy Flemming – o qual ele também endossa – com diversas críticas e comentários sobre o novo RBAC -61. Muitos aspectos deste texto eu concordo e já expressei isso aqui; outros eu ainda não abordei (e a análise está muito bem feita); e, principalmente quanto à nova licença de PTM-Piloto de Tripulação Múltipla, eu tenho uma avaliação bem diferente da dos comandantes. Mas, de qualquer maneira, este é um texto de leitura indispensável para quem se interessa por formação aeronáutica, que pode ser encontrado aqui.

5 comments

  1. Cassio
    5 anos ago

    Concordo com o Cmte Flemming em praticamente tudo, apenas uma ou outra observação, mas no geral os argumentos dele sao pertinentes. O novo rbac61 já nasceu precisando de correção. Canais como estes sao importantes para que possam surgir cobranças para as necessárias modificações deste 61. Faltou discussao e debate com a sociedade. Dentro da anac nenhum servidor que conheco( incluindo eu mesmo) foi chamado ou convidado para elaboração deste regulamento. Nao eh estranho? Eu acho que sim, e muito.
    Sobre processos parados por causa da greve, temo que este checador nao esteja tão bem informado. Na seção de habilitação aviacao geral sao 5 servidores em greve ( dos quais 3 ja nao analisavam processos porque sao tambem checadores ou estao participando de outras atividades internas) , contra 11 trabalhando. Se os processos estão demorando as causas sao outras, mas infelizmente nao posso tecer maiores detalhes sobre isso. O fato eh que a greve será usada como justificativa para muita coisa até porque poucos sabem que ela nao atinge nem 40% do efetivo da anac.
    Abs,
    Cassio

  2. Fred Mesquita
    5 anos ago

    Eu sempre falei a muitos amigos da aviação que a mudança de DAC para ANARC iria dar em porcaria… ninguém me escutava. Hoje o que mais escuto é: DAC, eu era feliz e não sabia. Agora choram o leite derramado.

  3. Freddy
    5 anos ago

    * no chão

  4. Freddy
    5 anos ago

    Parece que o objetivo da ANAC é manter todo mundo não chão e assim diminuir seu trabalho.
    Um checador disse que com a greve tem 3 mil processos de concessão / revalidação de habilitações parados.
    Esse é o país que quer sediar a copa!

  5. Fábio Otero Gonçalves
    5 anos ago

    Não vou nem escrever nada, a não ser parabenizar o Cte. Ruy Flemming. Falou tudo. O que estamos colhendo é o resultado (amargo) da atabalhoada transferência do sistema DAC para a ANAC. “Kids with badges”. É o que está aí….danou-se.

Deixe uma resposta