Redes sociais e empregabilidade

By: Author Raul MarinhoPosted on
344Views7

 

Copie e cole a imagem acima para o seu perfil do Facebook. Vai fazer o maior sucesso com o seu entrevistador!

Em qualquer profissão, a importância das redes sociais para conseguir um emprego cresce dia a dia, e na aviação não poderia ser diferente. Se você está procurando emprego como piloto (ou pretende estar no futuro próximo), saiba que o que você escreve no Facebook, Twitter, Linkedin, Google+, Orkut, etc. vai ser visto pelo recrutador da companhia aérea que você quer trabalhar, e isso pode ajudar ou atrapalhar seus planos. Um estudo da consultoria em mídias sociais Reppler reproduzido aqui, mostra que, dentre outras coisas:

  • 91% dos recrutadores vasculham dados dos candidatos nas redes sociais;
  • As redes mais visadas são: Facebook (76%), Twitter (53%), e Linkedin (48%).
  • 69& dos entrevistadores já rejeitaram candidatos devido ao que eles escreveram nas redes sociais, sendo que os temas mais populares neste sentido foram:
  1. Fotografias inapropriadas
  2. Comentários inapropriados
  3. Conteúdo relacionado a bebidas
  4. Conteúdo relacionado a uso de drogas
  5. Comentários negativos sobre o ex-empregador
  6. Demonstração de pouca habilidade em comunicação
  7. Comentários preconceituosos
  8. Mentiras sobre suas qualificações
  9. Compartilhamento de informações confidenciais de seus ex-empregadores
  •  68& dos entrevistadores já contrataram candidatos devido ao que eles escreveram nas redes sociais, sendo que os temas mais populares neste sentido foram:
  1. Tópicos que deram uma impressão positiva da personalidade e da organização do candidato
  2. Perfil coerente com as qualificações profissionais do candidato
  3. Perfil mostrando que o candidato é uma pessoa criativa
  4. Mostra de boas habilidade em comunicação
  5. Indícios de que o candidato é bem relacionado
  6. Boas referências postadas por terceiros
  7. Candidato recebendo premiações e reconhecimento por bons serviços prestados

Acho que nem preciso comentar mais nada sobre isso, né?

7 comments

  1. Tenho a quase 3 anos um grupo dentro do Linkedin chamado “Aviação – Network”, criei logo no inicio desta rede social sem nenhuma pretensão e para minha surpresa ja são mais de 300 participantes. Ilustrando o tema deste post, o quanto os empregadores visitam estas redes, algumas grandes empresas diretamente ou através de consultorias ja postaram interessantes vagas de emprego no grupo.

    http://www.linkedin.com/groups/Avia%C3%A7%C3%A3o-Network-2676981?gid=2676981&trk=hb_side_g

  2. Heron
    5 anos ago

    Então Raul, essa questão das redes sociais é muito interessante, eu por exemplo exclui por momento minhas contas do Face, twitter e linkedin simplesmente por perceber que estava investindo muitas horas da semana nas redes sociais, percebi que estava tendo prejuízos na relação custo/beneficio; e outra questão também é a exposição na rede (não que eu tenha algo a esconder ou omitir).
    Porém concordo que neste momento estou pagando um preço alto por abolir as redes sociais, como por exemplo perdendo oportunidades de networking e até mesmo o “sútil” marketing pessoal…

    Ouvi uma entrevista com o Prof. Nailor Marques Jr. em que ele dizia que é um profissional tem que ter postura profissional nas redes sociais…

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Pois é, eu acho que fica até suspeito um sujeito com menos de 50 anos sem perfil em alguma rede social: “o que esse cara tá escondendo, ou de quem ele está fugindo?”.

      • Heron
        5 anos ago

        AHEAuae, pois é, mas é assim mesmo que o recrutador pensará néH Raulzão, mas vou te contar uma coisa, é uma experiência interessante ficar uns tempos sem Facebook, no começo dá até crise de abstinência, mas depois acostuma, e vc descobre que a muita vida além da telinha do computador, um hábito interessante que criei por exemplo foi fazer trilha de bike, não sei pq prefiro quando a galera escolhe aquela trilha que passa perto dos fundos do aeroporto, (a vista dos pousos e decolagens é muito bacana) AEHeauHAUE,

        Mas não vou desviar o foco do post, o legal mesmo é que o “profissional” use como principal termômetro o BOM SENSO, tanto em tempo destinado as redes, quando a forma e conteúdo publicado…

        Valeu Raul, abração a vc e aos amigos do Para Ser Piloto

  3. Fred Mesquita
    5 anos ago

    Aproveito para informar que o dito neste post tem total sentido. Recentemente recebi um telefonema de uma pessoa do Rio de Janeiro me oferecendo uma representação regional de uma empresa de consultoria aeronáutica. Hoje já faço parte do quadro de funcionários/colaboradores da empresa e já comecei a ganhar minhas comissões. Digo ainda que minha entrevista foi por telefone e nem precisei ir ao RJ para me firmar na empresa.

    O que me falaram sobre o porque de ter sido chamado era o direcionamento fundamental e conhecimentos aeronáuticos que para eles é de grande valor. As fotos, o Blog e minhas parcerias também influenciaram muito.

    • Você já é uma “Web celeb” no mundo aeronautico aqui no Brasil Fred. Sério. São poucos os meus amigos que nunca ouviram falar de você. :)

  4. roquini
    5 anos ago

    A LABACE fez bem pra você Raul (e para todos nós)…
    Voltou inspiradasso! rs….

    thanks!

Deixe uma resposta