[RBAC-61] A polêmica da instrução com PLA

By: Author Raul MarinhoPosted on
647Views70

Depois que o RBAC-61 foi publicado, muita gente (inclusive eu) ficou em dúvida sobre a validade da instrução de voo efetuada por PLAs. Afinal de contas, ainda é possível registrar experiência com voos de instrução para obtenção ou revalidação de habilitações  realizados por PLAs, ou o instrutor tem que ser, necessariamente, um INVA/H habilitado? Eu questionei isso ao amigo e leitor Cássio Amgarten (checador da ANAC), que muito gentilmente me orientou sobre este assunto, informação que repasso agora, neste post.

Está escrito na “Subparte M” do RBAC-61 (“Habilitação de instrutor de voo”), parágrafo 61.237 (“Prerrogativas e limitações do titular de uma habilitação de instrutor de voo”), item “f”, que:

Até 1 (um) ano após a data de publicação deste Regulamento, as prerrogativas desta subparte se aplicam aos pilotos comerciais e pilotos de linha aérea quando estiverem ministrando instrução de voo em empresas de transporte aéreo público, serviços aéreos especializados e serviços aéreos privados.

De acordo com o Cássio, este trecho do RBAC-61 é o que dá suporte à legalidade da instrução realizada por PLAs, desde que realizada fora de aeroclubes/escolas, e até o dia 22/06/2013, quando o RBAC-61 completa um ano de vigência. Ou seja: em princípio, os PLAs podem continuar dando instrução.

Mas como as coisas na ANAC nunca são tão simples assim, alerta o Cássio que este entendimento ainda não está pacíficado entre os analistas da ANAC – mesmo porque, se levado ao pé da letra, ele permitiria até que PCs dessem instrução, e isto nunca foi permitido. Vou reproduzir exatamente o que o Cássio me escreveu em resposta ao meu pedido de autorização para publicar o que ele me escrevera (a interpretação acima), para vocês entenderem o drama:

(…) Apenas lembre [aos leitores do blog] que este regulamento [o RBAC-61] é novo, e como não foi adequadamente debatido (pode dizer que essa é minha opinião), ele gera dúvidas mesmo entre os analistas da seção de licenças [da ANAC]. Você nota, por exemplo, que a regra menciona PC e PLA; então o PC também pode dar instrução??? Esta e outras dúvidas complicam nossa vida. O pior é que, como tem parte [dos servidores] em greve, e parte não, então não dá nem para falar com os colegas direito sobre o entendimento de cada um. Enfim, está confuso…

Por isso, embora haja respaldo legal para que os PLAs continuem dando instrução, eu recomendo que só se use este expediente em último caso, pois pode ser que você dê azar de ter o seu processo analisado justamente por um servidor com entendimento diferente da maioria. Como se sabe, a Lei de Murphy costuma ser muito respeitada na formação aeronáutica…

70 comments

  1. Ricardo
    1 ano ago

    Olá Raul, estou com o intuito de checar o PLA em breve, mas me faltam algumas horas. Eu voo um turbohélice em comando, mas faço 100h por ano em media e queria acelerar este processo logo para atingir as 1500. Tenho bastante amizade com PLA’s e INVA’s, que voam Single Pilot. Se eu pedisse para acompanhar os voos deles, poderia lançar esses voos como Duplo-Comando? teria que preencher declarações de instrução do mesmo jeito? Obrigado

    • Raul Marinho
      1 ano ago

      Se o cmte for INVA, vc até poderia voar em duplo com ele, mas o voo teria que ser sem pax/carga; se for PLA, não.

  2. Gustavo
    1 ano ago

    Alguma coisa mudou com relação a PLA poder ministrar instrução de voo fora do RBAC 121 135 ?

    • Raul Marinho
      1 ano ago

      Nada mudou: não pode.

  3. Lázaro Gusmão
    3 anos ago

    Boa noite Raul seu site tem me ajudado muito parabéns. tire uma duvida minha !!!

    Sou PP checado e tenho um amigo PLA, fiz umas horas de voo com ele em um Seneca III gostaria de saber se ele pode assinar como instrução pra mim essas horas e sendo assim eu checaria meu PP Multi.

    vi que você já respondeu umas perguntas parecida com essa, mas como já passou um tempo estou na esperação de ter mudado o regulamento… Muito Obrigado desde já.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Não pode mais. Fora de empresa de aviação (135 ou 121), só INVA pode dar instrução de CLASSE.

  4. Artur
    3 anos ago

    Estive lendo e procurando sobre o assunto mas ainda fiquei na dúvida! Estou indo fazer o Ground School do CJ1, single pilot, e irei voar com um piloto PLA e ele irá anotar as horas para mim como instrução! Isso pode segundo o regulamento? E tem um limite de horas que posso ficar anotando como instrução? Alem disso ví no RBAC 61 que para ser anotado como instrução não pode ser transportado ninguem e nenhuma carga, o que fazer? obrigado e abraços!

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Artur, a situação do regulamento hoje é a seguinte (seç.61.213):
      “até 21/9/2014, demonstrar conhecimentos e aptidão, tendo como base os requisitos da seção 61.137 e 61.139 deste Regulamento, na extensão determinada pela ANAC, como aplicável para aviões ou helicópteros. Se não houver curso teórico e prático aprovado para o tipo no Brasil, esta instrução pode ser ministrada por um PC/PLA devidamente habilitado no tipo, de acordo com programa de treinamento aprovado pela ANAC”.
      Então, respondendo às suas perguntas:
      Isso pode segundo o regulamento?
      =>Pode. HOJE pode.
      E tem um limite de horas que posso ficar anotando como instrução?
      =>Limite mín.=programa de treinamento aprovado pela ANAC; limite máx.=infinito.
      Alem disso ví no RBAC 61 que para ser anotado como instrução não pode ser transportado ninguem e nenhuma carga, o que fazer?
      =>Voar sem pax e carga… Para cumprir o regulamento, é o único jeito.

      Ocorre, meu amigo, que tudo isso deverá mudar em 19/09 – e, acredito, vc não conseguirá checar a sua carteira do CJ1 até lá. E tem mais: não será como a atual versão do regulamento diz que será, pois a subparte da hab. de TIPO será totalmente nova. Como será? Ninguém sabe. Então, meu caro, relaxe e aguarde 19/09, quando a nova emenda do RBAC-61 deverá ser publicada. Só aí vai ser possível traçar uma estratégia no seu caso.

      • Artur
        3 anos ago

        Muito obrigado pela ajuda Raul, agradeço muito! Acho que é esperar mesmo! Abraços!

  5. Juliano Rangel
    3 anos ago

    Raul boa tarde, poderia me dizer se ainda hoje é possível fazer horas de instrução com um PLA, veja bem, sou PP checado e tenho um amigo que está voando um seneca V, eu não gostaria de pagar pro aeroclub R$ 1200,00 a hora visto que posso voar com meu amigo de graça. se isso pode acontecer, pretendo fazer as horas para que eu agende um cheque de PP Mult, assim poderei voar com ele e fazer várias horas até que eu cheque o meu PC.

  6. Neto
    3 anos ago

    Raul gostaria de saber sobre o cheque de PLA! Voo um Hawkker 800 lançadas em civ eletronica tenho um total de 1700 horas fora as de declarações de taxi aereo! 576 horas de comando, 250 de tipo MU30 de copiloto comandante PLA checado, 155 horas de comando em tipo MU30 sendo que o segundo piloto é PLA checado, em resumo tenho tudo que a RBAC 61 manda! Questão é o seguinte qual polemica da anac para cheque de PLA na aviação geral?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      O problema são as 150h de “PIC sob supervisão”, que na prática só dá para fazer em cia aérea… Esse é que é o drama. Mas a ABRAPAC e o SNA já conseguiram da ANAC a promessa de que esse ponto estará equacionado na revisão do RBAC-61 deste ano. Veremos…

  7. Sobral
    4 anos ago

    Felicidades por encontrar um post tao completo Raul.
    Eis minha duvida, sou PPA checado com a prova do PC e PLA feitas.
    Tenho um amigo PLA, praticamente um irmao, como estou sem grana por enquanto, vou voar com ele, para nao ficar sem voar, ele voa um Baron mult. minha intençao seria ficar voando com ele e juntando umas horas como experiencia, para futuramente voltar ao aeroclube e prosseguir com meu curso de pc. Minha duvida seria posso lancar horas duplo de mult em minha civ só para juntar umas horas TOTAIS, e essa horas serviriam para abater alguma para o check no pc ou só contaria hora como totais, tipo 500 hrs na civ. Grato

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Na verdade, se vc voar na direita de um Baron da 91 (logo, single pilot) desse seu amigo PLA, vc não poderá lançar as horas na CIV, nem como duplo, nem como copila, nem como nada – acredite se quiser! Só há duas possibilidades de vc fazer horas com o seu amigo: ou ele checa o INVA, e aí vc lança as horas em DC (que poderá contar, inclusive, para seu cheque de MLTE e de IFR); ou ele libera para vc ser o comandante do voo, ao menos formalmente (e, nesse caso, só se vc já tiver o MLTE checado e o IFR, se o voo for por instrumentos). Sacou?

  8. Marcos
    4 anos ago

    Caro Raul,

    Após muita pesquisa, não encontrei em nenhuma das publicações brasileiras a questão da necessidade de que um voo de instrução ministrado por um PC/PLA numa aeronave TPP deva ser realizado sem PAX e sem CARGA. Por acaso você sabe se essa necessidade realmente procede, e onde consta o seu respaldo legal ?
    Desde já agradeço pela atenção e o parabenizo pelo trabalho.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Leia os manuais dos cursos de PP, de PC, de IFR etc. da ANAC. O link está no blog.

  9. João Gabriel Anuto Silva
    4 anos ago

    Olá, Raul Marinho, hoje estamos em setembro, então um PLA não pode mais dar instrução para PC?

    Meu caso eh o seguinte: sou PP, e tenho um colega PLA que voa um C172, ou seja, mono. Ele pode lanças as horas como instrutor, ele sendo PLA??

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não, agora um PLA só pode dar instrução de TIPO; a “instrução para PC” (na verdade, a instrução IFR e MLTE, já que o restante são horas em comando) agora é prerrogativa única dos INVA/Hs.

  10. bueno
    4 anos ago

    boa noite sou PC/IFR aviao , e gostaria de saber como faco pra hecar o meu IFR de helicoptero? Se tenho algum beneficio por ser ja checado IFR aviao?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Seu único beneficio será o de já ter o CCT de IFR, que é o mesmo para IFRA e IFRH. O resto – horas de voo e simulador, se for o caso – vai funcionar como se vc não tivesse o IFRA.

  11. Weskley
    4 anos ago

    Ouvi falar que não poderá mais checar o piloto comercial com horas de avião TPP. É verdade isso? apenas em aeroclube?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Não procede. A não ser que a ANAC mude o regulamento amanhã…

  12. Emidio Junio
    4 anos ago

    Amigos ouvi dizer que PLA nao pode lançar duplo-comando inicial, procede essa informação?

  13. Leonardo
    4 anos ago

    Ola Raul, primeiramente gostaria de parabenizar por este blog sensacional ele ja me ajudou a esclarecer inúmeras dúvidas. Bom gostaria de esclarecer mais uma, um PC/MLTE para anotar horas de Duplo Comando, de uma aeronave single-pilot (Seneca por exemplo), de acordo com o novo RBAC 61 precisa da assinatura de um PLA? Pois pelo que entendi PLA e INVA precisam assinar apenas para fins de obtenção de licença, e como a unica licença que pode dar entrada seria a de PLA entretanto apenas horas em comando contam para esta licença; E de acordo com a CIV DIGITAL essas horas não são mais de DUPLO COMANDO, então, caso seja possivel anotar essas horas elas devem ser declaradas como Piloto em Instrução ou Co-Piloto?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Se o Seneca está homologado como SP, não há como lançar as horas como copiloto. Então, se há um outro piloto no papel do comandante, não há outra alternativa para o 2º piloto a não ser o duplo-comando de instrução, que é possível mesmo com a pessoa checada MLTE – e, neste caso, seria necessário que o cmte fosse INVA ou PLA (até 06/13), e que o voo não levasse passageiros ou carga. Pelo menos, é assim que eu entendo a situação.

  14. Alexandre Fabiano
    4 anos ago

    Raul, procurei no site da ANAC e lendo o “compendio” de provas, notei que parece ter uma “falha” na publicação da tabela de isenção de matérias para detentores de algumas licenças.
    Sou detentor de licença PLA avião e após aprovado na prova PCH, quero prestar a prova de PLA Helicóptero teórica, porém não encontrei a isenção de matérias (se houver alguma) para o meu caso (detentor de licença PLA Avião querendo prestar exame para PLA teórico Helicóptero), você teria ou saberia me informar onde busco esta informação? qual matéria sou isento?
    grato
    Alexandre

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Que eu saiba, não há isenção de matérias para PLA.

      • Alexandre
        4 anos ago

        grato pela informação…achei estranho isenção de meteorogia nas provas de PPH e PCH e não no PLAH.

        • Simao
          4 anos ago

          Alexandre, a prova de PLA e PLAH tem apenas Regulamento e Teoria de voo. Não ha como haver isenção destas materias.

          • Lorran
            4 anos ago

            Negativo, PLA tem P&B e PLAH tem meteorologia tmb…

  15. Ricardo
    4 anos ago

    Raul, sou co-piloto de uma grande companhia aérea no país… tenho aproximadamente 4000h/s de vôo no 320 e mais 100 h/s em comando na aviação geral. Gostaria de saber se essas 4.000 h/s podem ser consideras PIC/US em comando sob supervisão. Tenho conversado com colegas que voam fora e me parece que é uma prática recorrente nas companhias no exterior.

    Grato, Ricardo.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Para poder responder mais adequadamente, me diga o que vc quer fazer com essas horas: tirar o PLA no Brasil/ANAC ou tentar uma colocação no exterior?

      • Ricardo
        4 anos ago

        Raul, gostaria de checkar pla no Brasil para tentar uma colocação no exterior… o problema é que com essas modificações no RBAC ficou praticamente impossível conseguir isto no Brasil… a não ser que a companhia me promova o que não deve acontecer tão cedo devido a situação do mercado atual.
        Continuando nesta mesma linha de raciocínio, caso ocorra de eu perder o emprego, ficarei desempregado por muito tempo porque como não estão contratando no Brasil e sem ATPL não poderei ir voar no exterior…
        Muito obrigado por sua atenção, Ricardo.

        • Raul Marinho
          4 anos ago

          No sei caso, Ricardo, acho que um investimento numa ATPL nos EUA pode ser muito interessante. O que vc acha disso?

          • Ricardo
            4 anos ago

            É… ja me deram essa dica…. o problema é o alto custo disso… mas acho que não tem saida certo?…
            Aqui no Brasil o povo que paga imposto fica refem de funcionário público…
            Obrigado pela atenção.

            • Raul Marinho
              4 anos ago

              Cara, enquanto nossa classe não se unir para lutar pelos nossos direitos, vai ser isso aí: os empresários nos humilham, os burocratas nos espezinham, a imprensa nos debocha, e por aí vai. Então, por ora, a melhor saída ainda esta na lá internacional dos aeroportos (com a gente como Pax…).

              • Ricardo
                4 anos ago

                Pois é… o que podemos realmente fazer em um prazo curto é tomar o sna para nós… porque aquilo lá está é uma pouca vergonha… aí sim poderemos realmente lutar por algo….
                Abraços

  16. gotelip
    5 anos ago

    Ola Raul, Boa noite. Aproveitando o tema PLA, porem um pouco diferente do tema do BLOG, gostaria de obter infos caso seja possivel. Ouvi falar que haveria uma mudanca em relacao aos minimos para PLA, na verdade o principal seria que mesmo quem ja tenha as marcas deveria agora obter instrucao de mais 150 hrs. de outro PLA a bordo para depois entrar com pedido. Vc sabe se isso ja esta valendo, pq eu gostaria de dar entrada no meu processo pra Check PLA. Ideal seria que ainda nao fosse necessario pois daria entrada logo de imediato e nao teria essa nova burocracia e que ainda levaria mais tempo e atraso de vida. Grato pela ajuda.

  17. E Fraga
    5 anos ago

    Raul, Obrigado pela resposta de PLA.

    Minha perguntaria seria a seguinte: Eu já sou MLTE e tenho um amigo que tem um bimotor comum não *tipo* e me daria mais instrução de bimotor nele, não sendo essa instrução para completar horas para tirar o mlte e sim simplesmente para aquisição de mais horas de experiencia em mlte, porem o meu amigo e PLA, onde lançaria isso para mim com duplo comando, pois o equipamento não ~e homologado para co piloto e sim single pilot, como por exemplo um seneca. E u posso fazer esse voos com ele e receber essas horas na CIV com duplo comando mesma apos ter checado meu mlte já:

    Abracos

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Olha, Fraga, por analogia ao caso da instrução duplo-comando recebida por INVAs, que usualmente são consideradas quando o piloto já é checado MLTE num caso análogo ao que vc descreveu, eu entendo que pode, sim. Mas, infelizmente, não conheço nenhum caso concreto idêntico ao que vc perguntou, para te afirmar categoricamente que pode. Sugiro vc fazer uma consulta formal ao GPEL, se quiser ter certeza de que pode.

  18. Marcos F.
    5 anos ago

    Olá Raul, tirei meu breve de PP com muita dificudade, e por essa questão conquistei grandes amizades na aviação, vou começar a voar de seneca sendo eu tomando instrução em segundo em comando de um PLA, essas horas daria para contar para as 200 para cheque do PC, sendo que eu sou checado PPA-mono? pelo que meu colega disse ele ja ajudou outros companheiros PPs. Poderia me ajudar com alguma informação?ficaria muito grato

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Sim, é o que está no post, né?

      • Marcos F.
        5 anos ago

        Mais pelo o post somente PC poderia receber horas de um PLA.
        Resumindo sou PP, e tenho um amigo meu que voa seneca ele é PLA,tem como eu juntar as horas com ele para poder checar o PC, as 200 mesmo eu não tendo multi?

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          Não é isso que está escrito lá. Releia o texto. Nem eu nem o Cássio falamos isso. O que dissemos é que, de acordo com o regulamento, os PCs também poderiam dar instrução, tanto quanto os PLAs, mas isso também está errado.

          Resumindo: vc é PP e tem um amigo PLA comandante de Seneca; como vc vai fazer para juntar as horas para o cheque de PC voando com ele:
          -Todas as horas de instrução duplo-comando poderão ser realizadas com o seu amigo assinando sua CIV como instrutor – mas, fique atento: isso só vale até um ano após a publicação do RBAC-61 (está no post), ou seja: 22/06/2013.
          -As horas em comando (100h, no seu caso) só poderão ser feitas no Seneca se vc fizer um cheque intermediário de MLTE, ainda como PP. Não sei se será este o caso – se o seu amigo vai deixar vc ser o comandante oficial do avião dele – mas se for, vc vai precisar checar o MLTE (que só precisa de 12h duplo-comando) para poder registrar as horas em comando no Seneca.

          Mais alguma dúvida?

          • Marcos F.
            5 anos ago

            Muito obrigado mesmo por reservar um tempo seu para resolver minha vida rsrs. Voce n tem idéia de o quanto está me ajudando e a outras pessoas tbm que possuem as mesmas duvidas.
            Bom entendi sobre as horas em comando, pra contar pra mim só se eu tiver MLTE, se por acaso eu checar MLTE sendo PP, quando eu checar o PC ja vou ser PC-MLTE? ou teria que fazer novamente as 12 horas e checar novamente? e caso não cheque PP-MLTE, quantas horas daria para aproveitar dele sendo que no momento tenho 36 horas de avião, para as 200 sendo que 100 delas n aproveitaria pois só se tivesse mlte. daria para aproveitar 64? 64+36=100 duplo comando isso?

            • Raul Marinho
              5 anos ago

              se por acaso eu checar MLTE sendo PP, quando eu checar o PC ja vou ser PC-MLTE?
              R:Sim.

              ou teria que fazer novamente as 12 horas e checar novamente?
              R: Por consequência, não.

              e caso não cheque PP-MLTE, quantas horas daria para aproveitar dele sendo que no momento tenho 36 horas de avião, para as 200 sendo que 100 delas n aproveitaria pois só se tivesse mlte. daria para aproveitar 64? 64+36=100 duplo comando isso?
              R: Vc pegou o espirito da coisa…

              • Marcos F.
                5 anos ago

                Rsrs. grato, espero n ter te encomodado muito, sucesso no teu blog e na sua vida tbm, resolveu minha vida =]

                • Raul Marinho
                  5 anos ago

                  Só um detalhe: nessas 64h em duplo comando, vc vai ter que incluir o treinamento IFR (20h, se o simulador for AATD; 30h, se for BATD; ou 40h, se vc não usar simulador), e o treinamento MLTE (12h). Assim, entre 32h e 52h estariam comprometidas com treinamentos específicos, e o restante, vc poderia fazer em duplo-comando genérico mesmo.
                  Abs,
                  Raul

                  • Marcos F.
                    5 anos ago

                    Ai já me perdi novamente rs, pra eu poder contar essas 64 hrs em segundo em comando, vou precisar fazer ifr? ou vc está se referindo caso eu queria checar ifr no pc? pois oque pensei aqui no momento, é só poder aproveitar a chance de fazer 64 horas em duplo comando, pra amenizar as horas do pc, e futuramente talves pensar em algo de checar pc-ifr, ja que no caso penso em checar o pc visual mesmo, por motivo de grana =x

                    • Raul Marinho
                      5 anos ago

                      Calma, que é simples. O negocio é o seguinte: já que vc vai voar 64h em duplo-comando num Seneca, o ideal seria aproveitar a oportunidade, e já matar os requisitos de instrução IFR e MLTE. Imagino que o avião seja homologado IFR e que seu amigo PLA voe com planos IFR costumeiramente (habilitado IFR, eu tenho certeza que ele é, pois isso é mandatário para PLAs). Assim, praticamente não haveria custo adicional em vc se formar PC-IFR/MLTE ou PC-VFR/MNTE, a não ser o simulador. Vc só teria que estudar e se esforçar mais… Entendeu?

                    • Marcos F.
                      5 anos ago

                      Hmm vamos ver se eu entendi, vou fazer 64 hrs de MLTE ele tem IFR tudo certim, inclusas nessas 64 hrs de duplo, ja mato as horas IFR e as 12 de MLTE que a anac pede? então no caso, precisaria apenas fazer o simulador IFR, fazer um adaptação de MLTE em algum aeroclube e checar ja MLTE+ IFR? logócio que depois que completar as horas de PC, até la essas 64 ja incluirão meu MLTE e IFR, n precisando gastar nada, só precisando fazer o simulador.

                      Se for isso que entendi estiver correto, das 64 hras ou mais n importa, tenho que pedir quantas IFR? pra poder checar PC-IFR? e quantas em um simulador ou nem precisa de simulador se eu fizer 40 hrs ifr.
                      Vc tem msn? só deus sabe o quanto vc está me ajudando rs.

                    • Raul Marinho
                      5 anos ago

                      vou fazer 64 hrs de MLTE ele tem IFR tudo certim, inclusas nessas 64 hrs de duplo, ja mato as horas IFR e as 12 de MLTE que a anac pede?
                      R: Isso mesmo.

                      então no caso, precisaria apenas fazer o simulador IFR, fazer um adaptação de MLTE em algum aeroclube e checar ja MLTE+ IFR?
                      R: Na verdade, a adaptação MLTE seria necessária só se vc for checar no seroclube, se for checar com checador da ANAC no Seneca do seu amigo, nem isso é necessário. O simulador eu comento depois.

                      logócio que depois que completar as horas de PC, até la essas 64 ja incluirão meu MLTE e IFR, n precisando gastar nada, só precisando fazer o simulador.
                      R; Mais as 100h em comando, que vc falou que não vai dar prá fazer no Seneca do seu amigo (entendo que vc vai pagar para voar essas horas no aeroclube).

                      Se for isso que entendi estiver correto, das 64 hras ou mais n importa, tenho que pedir quantas IFR? pra poder checar PC-IFR? e quantas em um simulador ou nem precisa de simulador se eu fizer 40 hrs ifr.
                      R: Dependendo da sua estratégia de cheque de IFR, vc nem precisaria de simulador. Se vc optar por voar as 40h no avião (e vc tem margem para isso), o simulador seria dispensável. Só que é muito difícil aprender IFR sem treinamento em simulador. Então, independente da estratégia adotada, sempre inclua o treinamento em simulador, ok?

                      Vc tem msn?
                      R: Não mexo com tóchico, sorry…

                      só deus sabe o quanto vc está me ajudando
                      R: É o objetivo do blog…

  19. Gustavo
    5 anos ago

    Bem, como prometido fiquei de postar aqui minha resposta sobre o meu processo no qual tive instruçao com PLA, deu tudo certo graças a Deus, processo concluido com quase noventa dias de espera, entao quem tiver na mesma situaçao que eu, pode ter o mesmo resultado.

  20. jõao
    5 anos ago

    PLA pode dar instrução para PP?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Não.

      • Marcos F.
        5 anos ago

        Sua resposta já não bate com a que me deu no meu post, me deixando confuso rsrs.
        Um PP pode juntar horas para checar o pc, as 200 pedidas pela anac, pela ajuda de um PLA dando instrução em um avião multmotor, mesmo o PP não tendo multi?

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          É que, naquele caso, ele estava se referindo a um PLA dando instrução para um Aluno-Piloto poder checar o PP. Entendeu? No seu caso, vc já é PP, é diferente. O restante das suas dúvidas, eu respondo na sequencia da sua outra pergunta.

  21. Alex Sandro França
    5 anos ago

    Belo poste Raul, estou prestes a fazer a prova teorica na Anac dia 12/09 mais preciso.
    E referente ao seu amigo Cassio. Ele foi meu professor na faculdade curso de Turismo aqui em SP.
    Quando eu soube que ele era piloto não deu outra conversei com ele e o mesmo me deu força para tentar ingressar, ja que é um sonho.
    Ainda tenho contato com ele e vou tirando algumas duvidas também.
    Bom trabalho com o blog que ajuda a todos os futuros e aos que também ja tem o praver de voar.

  22. Bill Lear
    5 anos ago

    Boa noite Raul,

    Você saberia me informar, se aquelas 150 horas de piloto em comando sob supervisão, podem ser, de alguma maneira, registradas voando como copiloto em jato executivo Learjet 45 (RBAC 135)?

    Muito grato.

  23. André Matiolli
    5 anos ago

    então…estou na mesma, terei instrução de um recém checado PLA, apenas para multi…os seja, aquelas 12 horas de instrução ele poderá assinar?
    Abs

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Então, André, é o que está no texto: poder, pode, mas não é 100% garantido. Seria menos arriscado vc usar um INVA.

  24. Simao da Cunha
    5 anos ago

    Apesar de tudo, acho que a regra é clara. Se alguem fizer a instrucao com um PC e ajuizar mandado de segurança baseado neste direito liquido e certo prevista na norma, a priori, imagino que o juiz daria a segurança a fim de validar esta instruçao. Complicado viu…

  25. Gustavo
    5 anos ago

    Eu estou nessa situaçao, meu processo está aguardando analise, mas por conta da greve nao temos como saber quando será analizado, tenho minhas horas de intruçao feitas com PLA, apesar de ter feito a minha instruçao e ter checado antes de ter sido publicado o novo RBAC-61, nao deixo de ficar um pouco temeroso quanto ao fundamento que vao usar para analise do meu processo, outra grande dúvida é quanto a licensa proviória que nos dao no momento que mandamos o processo, ela vale noventa dias prazo que eles tem pra analizar o processo, mas com a greve caso nao tenha o processo analizado nessa prazo como deve ficar a situaçao, sem licensa até que voltem da paralisaçao…

    • Diego
      4 anos ago

      Gustavo, como foi o desfecho do seu processo? A ANAC deferiu o processo por causa das horas voadas com PLA?

Deixe uma resposta