A dignidade da nota da EFAI sobre o acidente com o Esquilo da escola

By: Author Raul MarinhoPosted on
491Views11

Alertado pelo leitor Toporkiewicz, e depois ajudado pelo Alisson Santana, reproduzo abaixo a nota da EFAI (publicada numa janela pop-up que aparece quando o usuário entra no site da escola) sobre o acidente recentemente ocorrido com seu helicóptero Esquilo num voo de instrução (fato já relatado aqui). Aplaudo a atitude da escola pela total transparência dada ao acidente, encarando a adversidade com serenidade e sabedoria. Atos dignos como esse só engrandecem a aviação brasileira, por isso meus sinceros parabéns à EFAI! 

A nota da EFAI:

A EFAI – Escola de Pilotagem Ltda. frente ao acidente ocorrido na tarde de hoje (20 Ago 2012) vem a público informar o seguinte:

A aeronave, um HB350B, de propriedade da escola encontrava-se em voo de treinamento, tendo decolado do Heliponto Viganó 2 às 14h30 minutos com duas pessoas a bordo, o Cmte Edvaldo dos Santos Francisco, em voo de recheque anual para revalidação de habilitação técnica junto à ANAC; e o Cmte João Bosco da Cunha Ferreira, Diretor da EFAI e examinador credenciado por aquela Agencia.

Aos 20 minutos de voo, no final de uma aproximação para a área utilizada para os treinamentos, na lateral esquerda da cabeceira 09 do aeroporto Carlos Prates, a aeronave não atingiu o ponto desejado, vindo a colidir com um barranco localizado poucos metros antes.

Com o impacto, a aeronave sofreu danos graves e as operações de pouso e decolagem foram suspensas pela INFRAERO de forma a permitir a movimentação dos veículos de apoio.

Os ocupantes sofreram ferimentos leves, sendo removidos conscientes para o Hospital João XXIII para exames mais detalhados. O último boletim médico aponta estado estável de ambos pilotos, tendo o Cmte Bosco sofrido uma fratura na tíbia direita e outra na coluna; e o Cmte Edvaldo uma fratura na coluna.

Uma equipe do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – SERIPA III encontra-se em deslocamento do Rio de Janeiro para Belo Horizonte para o início da investigação que levantará os fatores contribuintes para o acidente, com vistas à prevenção de outros.

A ação inicial no local do acidente, primeiro passo de uma investigação desse tipo, foi realizada por uma equipe do CIAAR (Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica) designada pelo SERIPA III com o fim de levantar as informações no local do acidente e liberar a remoção da aeronave, reestabelecendo as operações de pouso e decolagem no aeroporto Carlos Prates.

A EFAI encerra essa nota reforçando sua crença na importância da Segurança de Voo para suas operações, marcadas por este único acidente em 12 anos de atividade.”

11 comments

  1. Fabianos Alves
    5 anos ago

    NAO QUER ACIDENTES? NAO SAIA DE CASA NEM A PÉ, NEM DE CARRO!!!
    COMENTÁRIO INFELIZ DO CAMARADA QUE CRITICOU, COM CERTEZA DEVE SER ALGUM “FRUSTRADO” QUE QUERIA SER PH E NAO CONSEGUIU. QUANDO NAO SE CONSEGUE APANHAR O CACHO DE BANANAS DIZ-SE QUE ELE ESTÁ PODRE. CLARO QUE SÓ OS INFELIZES DIZEM QUE A BANANA ESTÁ PODRE AO NÃO CONSEGUIR ALCANÇA-LA.
    ACIDENTES ACONTECEM INFELIZMENTE POR MELHOR QUE SEJA TODA MANUTENÇÃO E PREPAPARO DA TRIPULAÇÃO TÉCNICA. MUITOS FATORES PODEM OCORRER..INFELIZMENTE.
    MELHORAS AOS PILOTOS.

  2. Caros amigos, Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao Blog Para Ser Piloto pelo comentário que abre esta notícia. Apesar de eu, no Hospital, não ter podido participar muito efetivamente da elaboração da nota, é muito gratificante perceber que os nossos colaboradores entenderam muito bem a filosofia EFAI de transparência. Obrigado a todos pelas mensagens de apoio. Tenho recebido uma quantidade razoavelmente grande de mensagens e seria muito difícil responder individualmente, até pela limitação de mobilidade em que me encontro. Peço que me desculpem! Postei uma resposta no portal da EFAI que gostaria que considerasem como uma primeira parte da minha resposta e da minha gratidão. A nota sobre o acidente continua no site, mas não com o destaque inicial porque ela deu lugar à minha resposta. O objetivo da nota jamais foi o de estabelecer as causas do acidente. Isto é o papel da investigação que está em curso e não há como o relatório final contradizer a nota uma vez que nela apenas tratou-se dos fatos: local e hora do acidente, consequências materiais e pessoais, etc. Não entendi como uma nota original poderia “estar muito falsificada”. Os dados da nota podem ser confirmados, naquilo que couber, com a Infraero do Aeroporto Carlos Prates. Talvez tenha faltado apresentar os originais das tomografias das fraturas que sofremos. Seria isso? De qualquer forma, o objetivo da EFAI foi apenas o de esclarecer. Peço desculpas se ele não foi atingido e continuo à disposição, com sempre, para os necessários esclarecimentos que estiverem ao meu alcance. Grande abraço a todos e, uma vez mais, muito obrigado ao “Para Ser Piloto”!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      João Bosco, agradeço seus comentários, e gostaria de aproveitar a oportunidade para lhe dar os parabéns pela sua atitude frente ao acidente. Quanto ao comentário negativo do leitor, não dê bola para isso. Eu o aprovei, como aprovo comentários negativos contra mim mesmo, para que o leitor não pense que isso aqui é um jogo de cartas marcadas, ou que haja uma claque de comentaristas adestrada para elogiar. É bom que haja exceções, para confirmar a regra.
      Desejo que vc se recupere física e empresarialmente do ocorrido da melhor forma possível, e saiba que este blog sempre estará do lado de quem age com a hombridade com que vc agiu. Vc conquistou o meu respeito e admiração pela sua atitude.
      Um grande abraço,
      Raul Marinho

  3. Bruno
    5 anos ago

    Muitas melhoras pra esses caras aí que são guerreiros….João Bosco,o melhor piloto de todos os tempos…o cara é bom e ele vai melhorar rápido…a Efai sem ele ñ pode ficar…abraços a toda equipe da Efai pela nota deixada no site…parabéns..

  4. asease@ae.com
    5 anos ago

    Quando o relatório final deste acidente sair, vocês verão que esta nota está muito falsificada…

  5. Dedeco
    5 anos ago

    Importantíssimo esclarecer a versão da escola. Normalmente a imprensa erra demais nos julgamentos iniciais sobre detalhes do acidente, literalmente “chutando” sobre o que estava acontecendo, quantos tripulantes, etc.
    Parabéns a EFAI!!!

  6. RodFigueiroa
    5 anos ago

    Digno. Pudera todas as escolas, ou até mesmo qualquer outro lugar de qualquer outro setor prestar contas detalhadamente ao publico. Parabéns a EFAI!

  7. Carlos César
    5 anos ago

    Belo exemplo.Transparência.Que seja seguido por todos na aviação

  8. Frederico
    5 anos ago

    Cada dia mais tenho a certeza de que escolhi a escola certa para me formar, parabéns a EFAI pela constante preocupação com a segurança de voo passando essa filosofia para seus alunos.

    • Righetti
      5 anos ago

      Sem dúvida! Também estou satisfeito!

Deixe uma resposta