Avaliação intermediária do “Programa ASA”

By: Author Raul MarinhoPosted on
1553Views54

A partir de 09 de maio deste ano, comecei a noticiar aqui os fatos relacionados ao “Programa ASA” de formação de pilotos, liderado pela Azul Linhas Aéreas, em parceria com a EJ Escola de Aeronáutica e o Banco Santander – que foi, na minha opinião, o que de mais importante aconteceu em 2012 em termos de novidades relacionadas à formação aeronáutica no Brasil. Acompanhei, noticiando aqui no blog, todos os passos do seu processo seletivo, até o efetivo início da formação aeronáutica em si (inclusive, há uma categoria própria para acessar os posts sobre este assunto aqui publicados).

Um dos posts sobre o “Programa ASA” foi uma pesquisa junto aos leitores sobre o que eles consideravam ser o mais relevante no programa, que obteve o seguinte resultado:

1º lugar: A “garantia de emprego” da Azul;

2º lugar: O financiamento do Santander; e

3º lugar: A qualidade da instrução da EJ.

Pois muito bem. O tempo passou, os participantes mais adiantados do programa (aqueles que já ingressaram com parte da formação concluída) estão a poucos meses de se formar, e no evento do SERIPA-IV de Rio Claro, tive a oportunidade de conhecer e conversar com vários integrantes do programa. Em paralelo a isto, a Azul abriu as inscrições para uma nova turma do programa, então acho que é necessário fazer uma avaliação intermediária do “Programa ASA” – inclusive para orientar os interessados em se inscrever para esta segunda turma. É isto o que farei neste post.

Começando pelo ponto menos polêmico: todos os participantes com quem conversei afirmaram estar muito satisfeitos com a instrução oferecida pela EJ. Segundo me disseram, há um enorme esforço em oferecer o que há de melhor na escola para os integrantes do programa, o que não me surpreendeu nem um pouco. A qualidade dos serviços da EJ já é muito boa mesmo para os alunos “normais”; então, para um programa com alta visibilidade e potencial de repercussão no mercado como o ASA, é de se esperar que a empresa seja ainda melhor. Mas, curiosamente, este foi o ponto de menor interesse dos leitores que responderam à pesquisa sobre o programa… Vejamos agora os aspectos julgados mais relevantes, e que não estão indo tão bem assim.

Pareceu-me que o principal problema do programa é a linha de financiamento do Santander – tanto é que, de acordo com o que me disseram, nenhum negócio foi efetivamente fechado até agora. Na prática, a avaliação de crédito está sendo realizada com base na capacidade de endividamento do participante (não há qualquer tipo de fiança por parte da Azul, como foi sugerido no início), que é obviamente baixa: todos estão desempregados, isso é obrigatório para participar do programa! – e, por este motivo, os negócios não saíram. Um participante exemplificou bem o problema. Ele me disse que, antes de ingressar no ASA, tinha um salário razoável (maior que o de copila da Azul, inclusive), e conta no Santander, com um limite pré-aprovado que o permitiria financiar sua instrução. Ocorre que ele teve que pedir demissão para ingressar no ASA, e agora seu limite é baixíssimo, e ele não pode mais contar com o banco. Percebem o kafkaniano da situação? Para pedir o financiamento, você precisa estar no programa; mas estando no programa, você não tem o crédito aprovado…

Sem dúvida nenhuma, este é um aspecto que precisa ser revisto para a 2ª turma. Não bastasse o dilema da aprovação, há outras questões mal resolvidas. Primeiro, a taxa de juros. Se algum negócio fosse aprovado, a taxa de juros embutida no financiamento (1,89%a.m.) seria de mais de 25%a.a., excessiva para o fim a que se destina. Com uma taxa de juros neste patamar, calculado com tabela Price, em um financiamento de longo prazo (que é o que se propõe: até 60 meses), as parcelas ficam muito elevadas, praticamente impagáveis frente ao nível salarial de um copiloto. Depois, há a inadequação do fluxo de caixa. Financiar instrução aeronáutica requer adaptações à atividade, liberando os recursos no decorrer de um período (e não à vista), e com períodos de carência para iniciar os pagamentos, com valores crescentes. Não dá para tratar o financiamento da instrução como se ele fosse para a aquisição de um veículo. O banco precisa trabalhar mais a engenharia do produto, e compreender melhor como funciona a instrução aeronáutica, pois do jeito que está, fica realmente inviável.

Então, para os interessados em participar da 2ª edição do “Programa ASA”, fiquem atentos a isto. A menos que novas informações sejam divulgadas quanto ao aspecto financeiro, não contem com o financiamento do Santander para pagar sua instrução. Mas também há problemas quanto ao principal fator de atratividade do programa, a “garantia de emprego” da Azul.
Conforme noticiamos aqui, devido à fusão com a Trip, a Azul só deverá retomar as contratações de copilotos no 2º semestre de 2013, que é quando haverá incremento da frota. Mas, por outro lado, os primeiros participantes do ASA estarão se formando ainda em 2012, o que levará a um impasse: ou a Azul os contrata agora mesmo sem haver real necessidade; ou eles ficam livres no mercado, e é muito provável que no 2º semestre de 2013, eles já estejam empregados em outra empresa. Não se sabe qual será o desfecho para esta situação, mas está complicado.

Eu acho que, embora não haja necessidade premente de novos copilotos, o ingresso de mais alguns profissionais num universo de centenas ou milhares acaba diluindo o impacto que poderia haver (estes novos copilotos não ficariam “sobrando”, na prática), e pode ser que a Azul contrate os recém-formado do ASA imediatamente. Afinal de contas, trata-se de um projeto pessoal do David Neeleman, é a primeira turma do programa, etc. Por outro lado, os egressos do “Programa ASA” deverão ser mais bem vistos pelo mercado do que um PC recém-formado “comum”, pois todo mundo sabe que eles foram os poucos selecionados num grupo enorme, e que tiveram uma formação de 1ª linha. Não sei que fim essa história terá, mas é importante que os interessados a ingressar nas turmas subsequentes que a “garantia de emprego” está escrita sempre entre aspas não por uma questão de estilo, mas porque ela é relativa. Embora haja, de fato, uma preferência para a contratação de quem veio do programa, não há obrigação da Azul contratar os recém-formados, mesmo que bem avaliados no processo de formação.

Por enquanto, é isso o que eu gostaria de comentar sobre o programa. Havendo novidades, volto a publicar novos posts sobre o assunto.

54 comments

  1. Admo Souza
    5 anos ago

    ola Rau realmente adorei o post mais uma vez concordo que o programa não é perfeito mas partindo de um empresario individual bancar um programa como esse sozinho já para levantar as mão para o ceú se outros empresários ajudassem mais cada um só pensa em se recomendo a leitura do livro O JEITO MORMON DE FAZER NEGOCIO lá as pessoas poderão ter uma visão mais completa de como o David pensa e do carater desse homen e de muitos outros mormons uma otima leitura

  2. Rogério Aviador
    5 anos ago

    Na minha opinião, o Santander deveria se espelhar no modelo do FIES, com parcelas pagaveis e com uma carência pro recém formado ter chance de se encaixar na aviação.

  3. Luciano
    5 anos ago

    Raul,

    Você conhece algum link onde possamos ver os dados da seleção do ASA de igual forma como foi publicado neste site http://www.avioesemusicas.com/raio-x-do-programa-asa-da-azul.html no programa da turma anterior?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Elancers.net

      • Luciano
        5 anos ago

        Eu ja tinha dado uma navegada no site da Elancers.net e nao encontrei nada… Se voce puder nos direcionar para onde esta a analise eu agradeco

        Abraco

  4. Andre Rocha
    5 anos ago

    Pessoal, infelizmente não fui nem selecionado para preencher o DISC, o motivo? Vai saber… Mas vou para o plano B então… Boa sorte para os que forem aprovados para a nova turma.

  5. Leonardo Tibursky
    5 anos ago

    Fui chamado para as avaliações que ocorrerão quarta-feira (10/10/2012) às 14:00 na sede da azul, em SP. Acredito que tenho bastante chance de ser aprovado, embora o site da elancers tenha me dado bolinha vermelha. Infelizmente, devido as incertezas quanto ao financiamento, não irei participar desta próxima etapa.

    Estou errado ou a chance de conseguir o financiamento é praticamente nula?
    Não tenho condições nem sequer de conseguir me sustentar por esse período sem trabalhar.

    O grande problema é que esbarramos na questão financeira. É praticamente impossível se formar piloto sem ter dinheiro.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Pela experiência dos participantes da 1a turma, as chances não são boas, realmente. Mas eu acho que vão reformular o financiamento. Veremos…

    • Andre Rocha
      5 anos ago

      Ao fazer sua inscrição, quanto tempo depois você recebeu o relatório para fazer o DISC*? E depois de preenchido o DISC*, quanto tempo depois você foi chamado para a avaliação na sede da azul em SP???

  6. Toporkiewicz
    5 anos ago

    Pessoal, a inscrição no ASA já está encerrada, pelo menos no elancers, porém no site da Azul ainda diz que está aberta.
    total de inscritos: 653
    atendem a todos os pré requisitos: 51
    não atende a um pré requisito: 197
    dois ou mais: 405

    Boa sorte aos que estão participando!

    • Pete
      5 anos ago

      Boa Tarde! Gostaria de saber se foi informado quantas horas de voo
      sérão realizadas até o término do treinamento em 10 meses? Abraço!

      • Raul Marinho
        5 anos ago

        As mínimas necessárias para checar a carteira de PC-IFR/MLTE. No caso da EJ, que exige que se realize os voos de treinamento MLTE exclusivos (sem acumular com o treinamento IFR), isso dá aproximadamente 160h.

        • Pete
          5 anos ago

          Raul, então ao realizar todos os módulos 1, 2 e 3 (PP, PC,
          Mlte/IRF) totalizando R$77.210,00. O aluno terá voado somente
          umas 160hs? É isso? Vale à pena?

          • Raul Marinho
            5 anos ago

            Não entendi seu espanto. Os valores e as horas são normais no mercado brasileiro. Qto a valer a pena… Vc é que pode responder isso.

            • Pete
              5 anos ago

              Os valores estão mais ou menos desta forma então: (hora de voo R$ 370,00 – cesna).
              160 horas de voo para PP e PC = R$ 59.200
              15 horas de MLTE/IFR = R$ 15.000
              Jet Training + outros = R$ 3.000
              Totalizando: R$ 77 mil.
              Os valores estão distribuídos mais ou menos desta forma quanto as hs de voo certo? Abraço!

              • Luciano
                5 anos ago

                Pessoal, mas com 160 horas no total e recem formado, existe a possibilidade da Azul contratar o oriundo da ASA? Recentemente vi no site da Azul vaga de copila com pelo menos 500 horas no minimo…

                • Raul Marinho
                  5 anos ago

                  Lógico que sim! Por que a Azul iria lançar um programa que fosse impossível de ser cumprido?
                  Hoje em dia, a Azul não contrata copilas nem com um milhão de horas (as contratações estão suspensas), mas até muito recentemente, ela estava contratando recém-formados, com pouco mais de 150h.

                • Pete
                  5 anos ago

                  Também tenho esta dúvida Luciano. Acho que se fosse
                  possível realizar as horas por nossa conta,
                  conseguiríamos voar mais horas com um custo menor.

              • Raul Marinho
                5 anos ago

                Não é bem isso. As horas de MLTE estão dentro das 160h, mas há tbem as horas em avião IFR para o treinamento IFR e os voos noturnos VFR, e precisa ser considerado o simulador tbem. Explore o blog que vc encontra explicação sobre isso.

  7. Raul Marinho
    5 anos ago

    Pessoal, é o seguinte:

    Eu ia escrever um post específico sobre como está indo o processo seletivo desta 2a turma do ASA, mas como estão ocorrendo muitos comentários neste post, vou escrever sobre este assunto aqui mesmo, assim tudo fica concentrado em um só lugar.

    Como disse, estou com poucos informantes desta vez, mas ontem dois participantes me escreveram, e um deles me municiou com informações relevantes sobre o processo seletivo, que compartilho a seguir (o outro não tinha muitas novidades, mas me prometeu informá-las assim que souber de alguma coisa). Vou reproduzir o texto que recebi, somente omitindo o nome de que me enviou:

    Caro Raul,

    Vi em um de seus posts que vc estava sem informantes sobre o programa ASA, bem, estou participando do processo e tenho poucas informações mas espero que sejam úteis.

    Está tudo acontecendo muito rápido, semana passada fiquei sabendo através do seu blog (24/09), imediatamente me inscrevi, já tenho o cma e estou de segunda época em Regulamentos na banca teórica, mas isto não foi requerido, foi perguntado apenas se eu tinha horas de vôo, ainda não tenho.

    No dia seguinte (25/09), por volta das 14:00, recebi um e-mail com um link para um teste vocacional on line, deixei pra depois, logo no outro dia pela manhã (26/09), recebi uma ligação da Azul me cobrando a realização do teste, fiz o teste e passados apenas dois dias (29/09) recebi uma outra ligação confirmando minha aprovação e marcando a data para a segunda fase, que será no dia 10/10 em Alphaville – Barueri – SP.

    Sinceramente não sei se poderei prosseguir, moro no Ceará, todos os custos serão por minha conta e terei que faltar ao trabalho por no mínimo dois dias, já me programei para iniciar as horas de vôo na segunda quinzena de novembro, comprei inclusive um pacote de 40 horas no aeroclube de Pelotas-RS (já me arrependi, fiquei sabendo de gente que passou 20 dias no tal aeroclube e só voou duas horas).

    Tenho 33 anos, solteiro, formação em Engenharia Mecânica e inglês avançado, não sei se isto contribuiu na análise curricular, mas de fato estou achando tudo muito rápido.

    Espero ter contribuído, parabéns pelo blog, sou assíduo desde a época da Toca do Raul, tenho a obrigação de ajudá-lo com minhas informações, pois as suas foram fundamentais para ajudar-me na decisão que tomei.

    Grande abraço.

    Fulano.

  8. Luciano
    5 anos ago

    Raul,
    Surgiu outra duvida: Voce sabe me dizer como e a escala de trabalho de um copiloto da azul?12 por 36…etc? Como e?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Não sei, lamento… Se algum leitor souber, por favor responda.

  9. Marcos
    5 anos ago

    Olá Raul, Fiquei sabendo do programa ASA atráves de seu blog e também através de seu blog tomei conhecimento dessa 2ª turma. Me inscrevi e fui chamado para a 2ª fase (dinâmicas de grupo, entrevistas, etc). Gostaria de saber se você sabe se nessa fase há realmente prova (ou algum tipo de entrevista) oral de inglês e o que mais será cobrado nessa etapa. Valeu Raul, seu blog tem me ajudado muito.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Olha, Marcos, na 1a edição do Programa ASA, eu tinha vários informantes que me contavam o que estava acontecendo em cada fase do processo seletivo, mas desta vez eu não tenho nenhum. Então, não tenho como te informar os detalhes sobre o processo, mas se vc quiser ser um informante desta vez, e me manter atualizado sobre o que está acontecendo, eu agradeço. Escreva para o e-mail raulmarinho@yahoo.com, que eu garanto o sigilo da fonte.
      Obs.: O convite é válido para todos os outros leitores que estão participando desta 2a edição do programa.

  10. Luciano
    5 anos ago

    Raul,
    Outra duvida:
    Voce falou que conversou com os “formandos” da ASA recentemente… Em relacao a dificuldade dos mesmos conseguirem aprovacao do credito pelo Santander por estarem desempregados, como estao sendo tratados os custos da instrucao entao? Todos os calouros precisam estar “desempregados” para realizar a academia, e como fica todos os custos, principalmente para quem e de fora do estado de SP (alojamento, alimentacao, curso de pp e pc, horas de voo, etc).

    Gostaria de ter saber um pouco mais do seu ponto de vista visando uma possivel “aprovacao” na selecao da ASA na proxima turma.

    Abraco,

    Luciano

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Pelo que conversei com o pessoal do ASA, todo mundo está bancando o curso e as despesas de alimentação,hospedagem, etc., com recursos próprios.

      • Luciano
        5 anos ago

        Raul,
        Então quer dizer que aquela história de que “qualquer pessoa que quiser ser piloto, agora com o programa da ASA, pode “tentar” ser…” não é bem assim? Quem não tiver recursos próprios (ou seja, muito $$$, pai rico ou alguém que ganhou na mega-sena e possa emprestar o dinheiro a longo prazo) para bancar os módulos é melhor nem sonhar com a possibilidade de se tornar um piloto? É isso? Se o foco deste programa é justamente “proporcionar” de alguma forma uma janela de oportunidade àqueles menos providos financeiramente, da forma como vem transcorrendo com a 1º turma (cada um ter que custear os módulos do próprio bolso), acaba perdendo o foco, não? Basta o sujeito ir pra qualquer outra escola de aviação pelo Brasil, pagar os custos do curso e se tornar piloto e pronto! Aliás, ainda tem aquela outra lacuna (que também precisa ser pensado com carinho) da não possibilidade de contratação por parte da Azul… E se o cara tiver feito uma dívida para arcar com o curso e etc., como ele vai pagar depois sem emprego? E em média, quanto vai ganhar um copila da azul recém-contratado? Será que ele vai conseguir viver + pagar financiamento?
        P.S.: Não estou preocupado com os ganhos pós-curso ou pós-contratação, esse não é meu foco. Entretanto, me preocupo sim em planejar bem o hoje em prol da realização de um sonho (que é um sonho muito caro $$$) sem colocar os pés pelas mãos… Sempre acompanhei o seu blog e acredito na sua experiência de vida neste meio para ajudar aqueles que ainda não puderam ver a luz no fim do túnel…
        Abraço,
        Luciano

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          Pois é, embora o objetivo declarado do Neeleman seja o de viabilizar a formação aeronáutica a qualquer pessoa, o fato é que a parte relacionada ao financiamento do programa ASA não está bem resolvida. Ou o Santander reformula sua estrutura de financiamento, ou outra instituição financeira entra no jogo (acho a 2a opção a mais indicada), e isso tem que acontecer com urgência, para não desgastar a imagem do programa.

          Qto à sua pergunta especifica: um copila da Azul/Trip ganha por volta de R$5mil. Agora, tente enfiar um financiamento de R$80mil por 60 meses a 1,89%a.m. para vc ver se cabe no salário do cara…

          • Luciano
            5 anos ago

            Raul,

            Valeu pelas informacoes… Serao de muita valia para a minha tomada de decisao (bem como para os outros leitores que estejam na mesma situacao que eu). Tambem fui selecionado para a segunda fase… Vamos ver o que nos espera la… Manterei voce informado.

            Abraco,

            Luciano

            • Luiz
              5 anos ago

              Luciano, tudo bem? Primeiramente, parabéns por ter sido selecionado para a segunda fase. Me tira uma dúvida: te ligaram ou enviaram email informando isso?
              Estou ansioso pra saber se fui tb!
              Valeu.

              • Luciano
                5 anos ago

                Boa tarde Luiz,
                Me telefonaram no dia seguinte que recebi (e apos ter respondido) o formulario DISC.
                Mantenha a calma, conheco outros participantes que ainda nao receberam nenhum comunicado. Acredito que o volume de candidatos tenha sido grande e por isso ainda nao deu tempo deles processarem tudo.
                Boa sorte tb e nos vemos la.

                Abraco

                Luciano

                • Luiz
                  5 anos ago

                  Obrigado, Luciano!!!! Fiquei bem mais tranquilo agora. Vou aguardar entrarem em contato! Nos vemos lá! Abs

                  • Pete
                    5 anos ago

                    Boa Noite Luciano! Por acaso eles te falaram como você deveria ir para a segunda fase; esporte ou social? ou se realizaria algum teste ou dinâmica?
                    Parabéns pela convocação! Sucesso!

                    • Luciano
                      5 anos ago

                      Pete,

                      Nao me falaram nada sobre como devo me vestir no dia, mas creio que seja social. apenas pediram para levar os documentos basicos, lapis, caneta e boracha.

                      Luciano

                    • Raul Marinho
                      5 anos ago

                      Quando estive na Azul, percebi um ambiente bem informal (o diretor de RH estava de calça jeans). Evite tênis, camiseta e camisa para fora da calça. Vá bem barbeado, com o cabelo cortado, e se tiver tatuagem, esconda. Acho que isso basta.

                    • Andre ROcha
                      5 anos ago

                      Pessoal, vocês que receberam o questionário DISC, quando foi que vocês fizeram o cadastro para essa nova turma? Fiz o meu dia 21/09 e não recebi nenhuma informação, como o formulário DISC, possuo todos os requisitos, meu pai possui a quantia disponível para bancar o curso e minha estadia durante o mesmo, possuo o CMA 2ª classe válido, o que mais eles analisam?

                    • Andre Rcha
                      5 anos ago

                      Pessoal, tenho outra dúvida, vi que o processo seletivo ainda está aberto, essas pessoas que se inscreverem hoje, ainda tem a possibilidade de ser chamada, visto que, as pessoas já estão sendo convocadas para a segunda etapa?

                    • Raul Marinho
                      5 anos ago

                      Em princípio, sim.

                    • Luciano
                      5 anos ago

                      Pessoal, vamos manter a calma…
                      O processo ainda esta se desenrolando e ainda e possivel se inscrever no site da Azul hoje, ou seja, se alguem se inscrever hoje, ainda podera ser chamado pra segunda fase.
                      Imaginem a quantidade de inscritos!!!

                      Abraco

                    • Andre Rocha
                      5 anos ago

                      Minha maior dúvida é…. Aos que receberam o questionário DISC, receberam quantos dias depois de se inscreverem no programa?

  11. Pete
    5 anos ago

    Boa Noite Raul! Gostaria de saber sua opinião quanto ao início no programa ASA se a pessoa dispõe de 65% do valor do curso à vista. Mesmo assim é aconselhável o início? Obrigado!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Pete, é muito difícil opinar só com essa informação. Mas, em principio, se a necessidade for de financiar 1/3 do curso – e houver condições objetivas para tal – eu acho que pode ser viável.

      • Pete
        5 anos ago

        Sou Comissário de Voo e vou iniciar as horas dentro de poucos meses e, como trabalho com escala, fica mais complicado realizar as horas. Desta forma, se conseguir entrar no programa agora vou ter que abrir mão do emprego e dedicar exclusivamente à isto entende! O que acha?

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          O programa ASA exige dedicação exclusiva, então vc terá que abandonar o emprego obrigatoriamente. Já qto a fazer horas de voo, aguarde até o final do processo seletivo, pois desta vez só os não voados serão selecionados.

  12. Colella
    5 anos ago

    Raul,
    Relato aqui o quão delicado pode ser esse programa, pelo menos nessas primeiras turmas “experimentais”. Nao faço parte do ASA, logo sou um “PC comum”. Na minha turma de teórico do Aeroclube de São Paulo, há alguns alunos ASA que foram realocados (nao sei porque). Visto que eu também estou voando EJ, minha formação não será diferente do programa, nem no teorico, nem no pratico. Esses integrantes ainda nao viram vantagem de participar, ainda mais que o credito pessoal vem caindo nos ultimos meses no país.
    No inicio estava preocupado com essa “concorrencia” preferencial.
    Resta saber se a Azul vai garantir o emprego dessas pessoas.
    Abs. Colella

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      A grande diferença é que quem é egresso do ASA é um cara que passou por um processo seletivo, enquanto que um “PC comum” é, simplesmente, um cara que fez o curso de piloto. Para alguns contratantes, isso pode fazer diferença, para outros, não.

  13. Leonardo
    5 anos ago

    Me inscrevi no programa dessa vez, para ver no que vai dar. Parece interessante, para quem tem possibilidade, colocar nome do pai ou algo assim como pessoa responsável pelo pagamento. Um crédito aprovado com mais facilidade, um problema a menos para se preocupar. Mudando um pouco de assunto, Já tenho algumas horas de voo e li duas coisas no site da própria azul: “Caso o candidato já tenha realizado horas de voo, estas horas não serão contabilizadas.” e ” caso possua horas de voo, não poderá participar do processo seletivo ” Estou disposto a não contabilizar minhas horas de voo, agora não sei se devo cancelar minha inscrição para, caso abra um processo com requisitos diferentes, eu possa me inscrever e não tenha problemas com a carência, ou se devo arriscar. (Estou com a bolinha vermelha naquela questão de preencher requisitos) Leonardo

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Pois é…Desta vez, eles só vão aceitar os candidatos 100% crus, ou no máximo com o PP teórico. Se vc quiser participar, vai ter que começar do zero.

  14. Luciano
    5 anos ago

    Raul,
    Da última vez que abriram as inscrições do programa ASA você postou algumas dicas para que estivesse concorrendo… Tem como você postar pra gente mais ou menos o que vai ser cobrado nos testes de portugues, matemática, geografia e inglês…. Pelo menos pra dar uma dica do que devemos “revisar” pra fazer a prova…
    Abraço,
    Luciano

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Vou ver o que consigo apurar sobre isso, mas em princípio é a mesma matéria que cai no vestibular, com exceção do inglês, com mais ênfase na conversação (oral).

      • Luciano
        5 anos ago

        Raul,
        Você consegui descobrir mais alguma coisa sobre os que será cobrado nas avaliações escritas? O que vc acha que eles devem cobrar na parte de geografia (mapas, relevo, etc) e na avaliação de orientação espacial? Onde posso conseguir algum material para faser uma revisão para o dia 10/10?

Deixe uma resposta