“Aprendendo a voar nos EUA”

By: Author Raul MarinhoPosted on
271Views2

Como todos os que acompanham este blog há algum tempo sabem, eu tenho minhas reservas quanto a efetuar a formação aeronáutica no exterior – quem quiser verificar os posts da categoria “instrução no exterior” poderá constatar isso facilmente. Porém, devo admitir que, sob determinadas condições, aprender a voar nos EUA pode ser uma opção bastante interessante, como é o caso já comentado de quem realiza, além da formação básica de PP+PC nas aviation school, também o INVA, e volta ao Brasil com uma elevada experiência de voo (vide este post).

Um dos problemas de voar no exterior é a dificuldade para se ter certeza de que a escola de aviação escolhida é confiável, pois o Brasil não é o monopolista da malandragem no mundo, ao contrário do que muita gente pensa. Neste sentido, eu quero apresentar para vocês o artigo que o meu amigo Will Romualdo publicou, sobre a Hillsboro Aviation, escola que ele representa no país, o “Aprendendo a Voar nos EUA. Na verdade, é muito mais que um artigo, trata-se de um hotsite de apresentação da escola, dos cursos, e da própria opção de aprender a voar nos EUA, repleto de links e vídeos muito bem escolhidos. Vale a pena acessar.

Isto não é uma propaganda, eu não estou ganhando nada com essa indicação, e o Will nem me pediu para promover o artigo/hotsite dele. Eu só estou seguindo a minha política de falar bem das coisas de que gosto, e de falar mal do que não gosto, é simples assim. E, no caso, eu gostei bastante do artigo, e acho que ele é interessante para qualquer pessoa que queira se informar sobre aprender a voar no exterior.

 

 

2 comments

  1. Alexandre Fabiano
    5 anos ago

    Aos pilotos interessados em treinamento de helicoptero, recomendo que também pesquisem sobre a escola Mauna Loa Helicopters no Hawaii.

  2. André Pavin
    5 anos ago

    É exatamente isso que você falou Raul, não venham para os EUA achando que ninguém engana, já recebemos vários alunos na escola que estou que levaram o golpe e o pior é que o golpe está no próprio contrato e o pessoa assina na empolgação sem ler. Quanto a vir pra cá se formar como piloto, aconselho 100%. Abraços!

Deixe uma resposta