Aviação no fundo do poço

By: Author Raul MarinhoPosted on
544Views35

“Eu vou levantar a minha companhia vendendo lanchinho a dérreal nos voos de agora em diante!”

EDITORIAL

Às vezes, um setor da aviação está em crise, mas os outros vão bem; às vezes toda a aviação está em crise, mas pelo menos os órgãos reguladores estão prestando bons serviços; enfim: dificilmente TUDO está ruim na aviação, alguma coisa se salva. Não é o caso do momento, em que NADA parece estar indo bem: a aviação comercial está afundando em prejuízos, a geral está estrangulada pelas autoridades aeronáuticas, e estas, por sua vez, agora estão imersas em escândalos de corrupção. Vejamos a seguir os casos mais graves:

A Gol: Eu não entendo como uma empresa pode ser tão mal administrada quanto essa tal de “Linhas Aéreas Inteligentes”. Quando a companhia comprou o espólio da Varig, todo mundo achou que eles tinham feito uma tacada de mestre; até que, algum tempo depois, viu-se que a Gol simplesmente pintou alguns aviões de sua frota regular com uma estrela na deriva, e tudo ficou por isso mesmo. Alguns anos depois, a Gol comprou a Webjet, e todo mundo ficou animado: “agora a Gol retoma sua estratégia original de ‘low cost, low fare’!” Mas, no fim das contas, o que ocorreu foi a extinção da companhia adquirida, a devolução de suas aeronaves para os proprietários, e a demissão de seus funcionários. “Ah, mas a Gol ficou com os slots da Web!” Ah, sim, e num momento em que a empresa reduz sua oferta de voos… Suuuuper-importante ter mais slots agora, né?

A aviação geral: A ANAC, o DECEA, e a INFRAERO declaram guerra à aviação geral. Não se termina um dia sem que uma nova regra dificultadora da operação da aviação geral não seja editada (vide a Carta da APPA); as tarifas aeroportuárias subiram 885%, e a INFRAERO está em campanha aberta para retomar os hangares cuja licitação vence no ano que vem (assim me informa o Betojet, pelo menos). A infraestrutura permanece obsoleta, e a burocracia da ANAC encontra a cada dia uma nova maneira de prejudicar a instrução aeronáutica e a concessão de licenças.

A ANAC: enquanto isso, descobre-se um ninho de corrupção na ANAC, com o tal Rubens Vieira (ex-futuro presidente da ANAC!) – sem contar com a Mirelle, filha da “mulher do Lula em S.Paulo”, uma notória especialista em aviação. Quantos outros Rubens e Mirelles devem existir na ANAC ainda? Agora dá para entender melhor o que os servidores de carreira da ANAC queriam dizer sobre o loteamento político dos cargos de direção da agência… Vocês viram quem indicou o tal Rubens? A Erenice Guerra, ex-chefe da Casa Civil, demitida num escândalo de corrupção. Então, tá.

Então, o cenário é esse: economia desfavorável, empresários incompetentes, autoridades corruptas, e os participantes deste circo da aviação (nós), como de costume, inertes e desunidos. Vamos continuar assim? Pelo jeito, não: vamos piorar muito ainda…

35 comments

  1. Dias atrás quase fui linchado quando alguém me escutou dizendo que 2013 não vai ser um bom ano para aviação por conta dos prognósticos que tenho visto na imprensa de um modo geral. Me senti um “Salman Rushdie” logo após a publicação de “Versos satânicos”. Só faltou o prêmio de USD$6 milhões pela minha cabeça.

    Exageros a parte, tenho percebido alguns extremistas que têm feito de tudo pra justificar seu investimento, não aceitando de forma alguma o pico de baixa que a aviação está vivendo e que pode viver ainda nos próximo ano.

    Pessoal, calma lá. Não é questão de ser pessimista ou querer pintar um cenário sombrio onde não há, e sim de analisar os fatos de forma fria e direta. Ninguém é dono da verdade, mas daí a partir pro “quebra pau”, não agregar nada.

  2. Fabio
    5 anos ago

    Com todo respeito ao colega aí blogueiro. Nunca trabalhou pilotando nem pipa…o que pode entender de linha aérea ou aviação geral executiva e afins. Eu respeito a sua opinião até onde vai sua experiência, ou seja, se vc postasse sobre aeroclubes e escolas de aviação somente tudo bem. Mas se nunca trabalhou como pode alguém opinar. É a mesma coisa quando a criança fala que não gosta de legumes mas nunca pois uma batata na boca. Isso explica as besteiras que já li aqui, mas agora ta explicado, assim não perco mais tempo lendo coisa de amadores bancado de experientes..

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      De saída, esse seu comentário me fez lembrar de um presidente da Souza Cruz que não era fumante, e uma vez questionado se sua condição seria um óbice para o cargo, argumentou: “quer dizer que o presidente da Johnson & Johnson tem que usar O.B.?” Meu caro Fábio, quer dizer então que o Juca Kfouri não pode falar sobre futebol porque nele ão é/foi jogador? Ou é só na aviação que o sujeito tem que atuar como profissional para poder opinar?

      Mas vejamos o caso específico deste post: em relação à Gol, minha análise foi como Administrador de Empresas (sou formado pela FEA/USP, aí posso falar, né?), e em relação às questões da aviação geral e da ANAC, eu me baseei em informações públicas: a carta da APPA e notícias de jornal. Tem que estar registrado em carteira como piloto para falar o que falei?

      Vc tem todo o direito de discordar de mim, e de não ler este blog se assim desejar. Vc pode questionar as informações que eu publico aqui, apontando suas incorreções. Mas argumentos ad hominem, meu caro Fábio, não vão surtir efeito. Enquanto vc não explicar quais são as besteiras que vc leu aqui – e onde está o erro – sua opinião será nada mais que o cacarejar de um boçal que não tem mais o que fazer.

      Saudações.

      • amgarten
        5 anos ago

        Muito lúcido seu artigo, Raul. A aviação é apaixonante, causa interesse nas pessoas, as crianças ficam maravilhadas, etc.
        Este blog mostra sua seriedade na medida em que mostra os problemas, aponta possíveis soluções, tenta falar a verdade dos fatos, doa a que, doer. Isto é seriedade. Não tem rabo preso.
        Não precisa ser piloto, basta acompanhar a atividade aérea e já saber o que rola. Infelizmente as palavras do Raul estão corretas, não vai adiantar a gente tapar o sol com a peneira, e por mais que queiramos negar, os fatos estão aí para quem não estiver cego pelo fanatismo.
        As pessoas podem fazer sua parte para melhorar, porém em Lisarb não se tem o costume da participação popular, a não ser em jogos de futebol e /ou big brother da vida. Fica repetitivo falar em cobrança por meio de participação em associação. Mas tem que repetir mesmo até que haja cada vez mais engajamento. Veja o exemplo da Webjet, todos os colaboradores estavam anestesiados, ninguém (que eu saiba) se mexeu , possivelmente acreditando que tudo iria acabar bem. Agora, com tudo devidamente finalizado, as pessoas saem da anestesia e viram que seus empregos se foram… Dizem que o próximo facão será dado na JJ, e o que os tripulantes farão? Provavelmente cada um por si…. Assim é em Lisarb.
        Enfim, Raul e leitores, continuem com a opinião firme e escrevendo o que as pessoas precisam saber, ao invés de bajular A ou B, porque estes já têm muitos bajuladores.
        Abs,
        Cássio

    • betoarcaro
      5 anos ago

      Amigo,
      Com todo respeito, “ainda bem que foi com todo respeito, hein”??
      Agora só duas perguntinhas: Independente da experiência do Raul, você não acha que o que ele escreve aqui no “Blog”, vale de alguma coisa??
      Você não acha que o que ele disse aqui nesse “Post” está certo??
      O que conversamos por aqui não tem à ver com o “Pessoal”!
      Tem à ver com o profissional !
      E o “Profissional” é o mesmo em qualquer área!! Ou não??

    • Edu
      5 anos ago

      Fábio, “com todo respeito a sua opinião”, no MEU caso específico este blog é leitura diária, já no seu caso estou começando a acreditar que alguém te vestiu uma camisa de força e te obrigou a ler este post… bom, tenho certeza que ninguém faria esta “maldade” contigo, não é mesmo? Então se você não é obrigado a ler, não concorda com os textos (mesmo sem fundamento algum) e também não tem capacidade de agregar valor a discussão, favor não pertube a harmonia.

    • juliano wagner
      5 anos ago

      Fazia tempo que eu não ficava irritado com comentários bestas. Isso é recorrente, vindo de analfabetos funcionais construtivistas do Brasil. Parabéns seu “Fabio”.

  3. Adriano Saraiva
    5 anos ago

    Esse teu post matou todas Marinho…. nem vou me pronunciar aqui de tanta indignação…. mas fica a dúvida: Será esta a pior crise do mercado da aviação que o Brasil já viveu até hoje ? Ao menos para todos os lados que olho só vejo paulera!
    Força ai amigos!

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Olha… Apesar de tudo, na época da falência do trio Varig, VASP e Trabsbrasil acho que foi pior.

  4. Renan Bortolanza
    5 anos ago

    Raul. Gostaria de saber se tu está atuando na profissão de piloto, é formado como piloto!! Tu não acha que esses teus post podem te prejudicar numa futura vaga de emprego??

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Sou PC-IFR/MLTE, procurando emprego desde janeiro. Mas eu tenho outras atividades fora da aviação: atuo no mercado financeiro há 24 anos, e sou escritor e conferencista sobre estratégias profissionais há 12 anos.

      Olha… Acho, sim, que esses posts podem me prejudicar, mas já escrevi tanta coisa aqui que também pode ser desfavorável para mim profissionalmente, que agora acho que não tenho mais como piorar minha situação – sem contar que está ruim pra todo mundo hoje em dia, com ou sem blog. Mas o ponto é que eu não dependo da aviação para colocar arroz e feijão na mesa, mesmo porque eu só gastei dinheiro ate hoje para voar, o que me da uma certa liberdade de escrever o que eu penso e acho certo, independente de ter que agradar alguém ou alguma empresa.

    • betoarcaro
      5 anos ago

      “Au Contraire, Monsieur!
      Acho que esse Blog é até bom pro Raul.
      Demonstra vocação pra Comandante!!
      O que um Cmte faz?? Constata, expõe, e acha soluções!!
      Essa tua colocação, de ele “ter medo de as opiniões o prejudicarem profissionalmente” já demonstra o quanto desunida é a classe!
      E a resposta do Raul já traduz, o quanto este “Blog” é sério!! (Aliás, na minha opinião, o único!)
      Imagine a seguinte cena:
      Você voando na “Executiva” ou na “Linha Aérea”, teu destino “Fecha” e você tem que alternar.
      Você informa o Patrão, ou os Passageiros, e alguém lhe diz: Ah!! Se eu não chegar pra “Minha Reunião” você vai perder o emprego! Tenho 20 anos de aviação, isso já aconteceu comigo algumas vezes, e nunca perdi um emprego por ter “Constatado, exposto, e executado medidas deliberadas por mim mesmo”!
      Na Aviação (assim como na vida!) “quando se faz o certo, tudo dá certo”!! Isso é “Linha de Conduta”!!
      Os problemas da aviação, no Brasil, são “Serríssimos” e tem que ser discutidos “doa a quem doer”.
      Esse “Blog” ao meu ver, faz isso com extrema competência.
      Nossa “Classe” precisa agir!!
      Vocês não se autodenominam “Comandos”?? Então sejam!!

      PS: Sorte do Raul, não depender da Aviação pra viver!
      Isso o torna mais Honesto!! Eu dependo….

      • Renan Bortolanza
        5 anos ago

        Ahhh, pelo amor de Deus… SEM pano preto. Minha pergunta mostra que nossa classe é desunida?? Faça-me o favor né ?? O que tem à ver uma pergunta minha com uma decisão de um piloto em voo?? Minha opinião NADA! Não sei se você teve o tempo de ler a minha pergunta e TENTAR interpretar o que eu quis saber. Mas, cada cabeça é uma sentença. Assim como opinião!!!

        • betoarcaro
          5 anos ago

          OK!!
          Sem “Pano Preto”! Alias não sei onde você viu isso!
          Você tá certo! Cada cabeça uma sentença!
          O tempo mostra quem não entendeu o quê….

          • João
            5 anos ago

            kkkk, apelam sem motivo.

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          Renan… Pagar com Visa é bem melhor, viu? (se é que não estou sendo muito sutil).

      • Raul Marinho
        5 anos ago

        Obrigado, Betão! Modéstia ás favas, eu tenho o maior orgulho desse blog! E vc vai ver qdo o livro ficar pronto! Está ficando muito mais legal que o blog!

        Mas eu ainda acho que esse blog mais me prejudica do que ajuda. Perante os pilotos, eu posso até ter uma boa imagem, mas perante aos proprietários de aeronaves (que é quem poderia me contratar, no fim das contas), acho que eles preferem alguém mais “manso” – e na Gol, então, acho que nem voar de passageiro eles me deixam mais!

        Já quanto a eu não depender da aviação para viver, quero deixar claro que isso só acontece porque não arrumei emprego de piloto ainda. No dia em que isso acontecer, eu dou um chute no traseiro da consultoria que incluirá uma lobotomia para desaprender a mexer no Excel!

    • Romário-11
      5 anos ago

      Ate concordo com o seu questionamento,colega. Mas acho q não tem nada a ver… Não acho q postar e comentar sobre verdades factuais possa prejudicar alguém.
      Outra coisa:eu nunca fui recrutador,mas acho q numa situação de qualificações semelhantes,eu escolheria alguém com mais preparo intelectual…

  5. Thiago T
    5 anos ago

    um colapso está por vir, questão de tempo, to esse cenário e a própria aviação estão ficando cada vez mais insustentáveis, aguardem e salve quem puder e conseguir…

  6. Carlos Henrique
    5 anos ago

    a notória especialista em aviação nem deu o trabalho de assinar o currículo, a confiança é tão grande, que terá o cargo… afinal, a Mamy tem longa relação com o Mulão. se este poço possui algum fundo, certamente, sujeiras como essas estão predominando, e há um bom tempo….

  7. BRaziu! Ziu! Ziu!

    “O preço do bilhete no voo 5767 da Webjet, com partida prevista para o dia 18 de outubro, às 11h20m, saltou de R$ 183,99 para R$ 571,90 no site da Gol, segundo o levantamento entregue pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas ao Cade”.

    O GLOBO
    Terça-feira 27.11.2012

    • Romário-11
      5 anos ago

      Mas isso era esperado,e não e porque os adminit’stradores de companhia aérea sao maus (no caso da gol eu pessoalmente acho q são,mas isso e opinião pessoal). O caso e q o preço praticado era irreal,e lentamente vai voltar a realidade. No caso desse bilhete em particular,de dezembro ate o carnaval não e um bom período pra fazer comparações. Just my 0.02.

      • Concordo em gênero, número e grau contigo! 100%!!! E na maior cara de pau, em algumas reportagens sobre as “fusões Gol-Webjet/TripAzul”, assessores dessas empresas declararam que as mesmas seriam benéficas ao consumidor, criando mais competitividade e redução das tarifas. É subestimar nossa inteligência!!! E o que é pior: tem gente que acredita!!!!

  8. Calma! Vocês estão batendo muito na tecla “GOL”.

    Como o Raul apontou, a Gol é um dos problemas. Olha essa:

    Ontem e hoje eu liguei em Viracopos para reservar posição de pátio de estacionamento para o avião que eu piloto
    afim de embarcar os passageiros que virão do Rio de Janeiro para a fazenda.
    O Sr. Xxxxxx, quem me atendeu, informou que em virtude do evento da Fórmula 1,
    toda a área do pátio de cargas e aviação geral (nosso caso) está sendo usada pelos aviões engajados
    no transporte dos equipamentos do envolvidos no evento e ela orientou-me a telefonar
    novamente mais tarde para eu verificar se haverá uma possível liberação.

    1- ano que vem tem mais 80 e poucos porcento já programados de aumento nas tarifas aeronáuticas!!!

    2 – Pelo visto tem mais gente com dinheiro em algum paraíso fiscal do mundo!

    BRaziu! Ziu! Ziu!!!

  9. A diretoria da Gol deve ser um grupo de gênios incompreendidos! Não é possível existir uma empresa tão mal administrada assim…

    Agente só não descobriu ainda qual é o real objetivo deles. Ganhar dinheiro com aviação é que não é!

    http://us9.memecdn.com/epic-facepalm-collection_o_384974.jpg

    • betoarcaro
      5 anos ago

      Pode ter certeza que ganharam muito dinheiro!
      Tá “Tuuuudo” lá fora!!!!

  10. roquini
    5 anos ago

    isso já está fazendo parte da “cultura” brasileira: Ver, criticar e esperar que alguém faça alguma coisa……
    por que ninguém se mobiliza para mudar a situação atual?

  11. betoarcaro
    5 anos ago

    E vocês acham, sinceramente, que um dia “Ela” já saiu “do poço”???
    Nos últimos anos, talvez tenha conseguido dar “uma escaladinha” e talvez tenha tido um vislumbre da “borda”.
    Que pena…
    Escorregou, e está em “queda livre” lá pro fundo, de novo!
    Fundo?
    Esse poço tem fundo?

    • roquini
      5 anos ago

      … para baixo não existem limites …

      • betoarcaro
        5 anos ago

        Com certeza, mas “Don’t Worry, Be Happy!
        Você com certeza, vive num País que é “Um exemplo em termos de prosperidade”!!
        “Se cair, do chão não passa”, já dizia minha Avó.
        Não sei se ele estava certa….

      • Luiz
        5 anos ago

        Depois da descoberta do pré-sal, o fundo do poço sempre pode ser mais embaixo !

Deixe uma resposta