Pilotos de helicóptero voando com habilitação vencida autorizados pela ANAC? Como assim?

By: Author Raul MarinhoPosted on
452Views9

Vejam abaixo a reprodução da nota da coluna Radar, do Lauro Jardim, na Veja Online, que acabou de ser publicada. Ela informa que, no GP Brasil de Fórmula 1, a ANAC teria autorizado pilotos com habilitação vencida a voar. O colunista, inclusive, dá o nome dos pilotos… Tem alguma coisa errada nessa notícia, será que alguém que esteja a par dos acontecimentos poderia explicar melhor o que realmente aconteceu?

Perigo nos ares

Nos ares

A Anac – e olha que não foi Rubens Vieira hoje o seu mais notório diretor – não parece lá muito rigorosa quando o assunto é habilitação de pilotos.

A gerência de vigilância de operações da agência, responsável por autorizar a operação de helicópteros e tripulantes que voaram e pousaram na área do GP Brasil de Fórmula-1 no domingo, liberou pelo menos três tripulantes com habilitações de voo vencidas: Michael Rogers, Jorge Eurico Faria e Renato Lopes.

Em geral, eram helicópteros de empresas e ricaços

9 comments

  1. amgarten
    5 anos ago

    Porfirio, vc disse la. Pergunto: la onde?

    • Anísio
      5 anos ago

      No link q o Raul deu, talvez…

  2. Pompêo
    5 anos ago

    Olá Raul, este caso em questão prefiro não me posicionar pois de nada duvido. No entanto sei sim de que a ANAC “tem autorizado” (leia-se “em caso de fiscalização, vendo piloto com habilitação PROVISÓRIA vencida, o libera após consulta sistêmica”) pilotos a voarem com as habilitações “PROVISÓRIAS” vencidas (aquelas que se imprime pelo site da ANAC), já que estão com atrasos enormes na impressão das definitivas. Este atraso foi assumido pelo próprio Novo Diretor da GPEL lá no seminário da ABRAPHE, não sei se você se recorda mas palavras dele: “não vou nem dizer a fila de habilitações que estão aguardando para serem impressas senão vocês vão ficar bravos comigo”. Ou seja, o piloto está com a “habilitação provisória” vencida, mas está devidamente habilitado com vigência conforme poderá se consultado no extrato de habilitações do site da ANAC.No meu caso mesmo, minha habilitação provisória que tenho impressa vence no final de Dezembro/12, ainda não recebi a carteira definitiva, mas estou devidamente habilitado até Setembro/13.

  3. Porfírio
    5 anos ago

    Repito o que disse lá:

    Não houve qualquer “liberação”. A portaria se encontra em http://www2.anac.gov.br/biblioteca/portarias/2012/PA2012-2537.pdf
    e diz que os pilotos devem cumprir as exigências operacionais da portaria, “em complemento aos requisitos da legislação em vigor”. A portaria apenas estabeleceu requisitos adicionais aos já existentes.

    Não autorizou qualquer piloto a voar com habilitação vencida além dos 30 dias já previstos no RBAC 61.33(b) – que, pelo visto, o colunista desconhece -, assim como não autorizava qualquer outra irregularidade que porventura houvesse no momento da operação (como ausência de equipamentos de emergência, diário de bordo etc). Para verificar qualquer irregularidade, os inspetores da ANAC estiveram no heliponto durante o evento para fiscalizar as operações. Se houve infração, os donos e os pilotos poderão ser autuados.

  4. brlfly
    5 anos ago

    Mas como jornalista gosta de piorar para gerar polêmica…

  5. Fiquei sabendo que foi por força de uma liminar.. São todos rechecados mas a lerdeza da ANAC não impediu eles de voarem…

  6. Imagino que sejam pilotos que checaram/rechecaram mas que por deficiencia da própria ANAC, ainda não receberam suas carteiras em definitivo, e por força de liminar ou qualquer outro artifício, a ANAC liberou esses pilotos pra voarem…

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Pode ser… Mas, pela nota, pode ser coisa muito pior também.

Deixe uma resposta