45 Empresas aéreas extintas

By: Author Raul MarinhoPosted on
262Views1

45 Empresas aéreas extintas

Quando se fala que “o mercado da aviação é cheio de altos e baixos”, esta informação fica meio vaga, afinal de contas o quê, na vida, não tem altos e baixos? Mas quando se nota a quantidade de empresas aéreas (algumas, gigantescas) que já sucumbiram no Brasil é que se tem a real dimensão do nível de volatilidade da atividade aeronáutica em nosso país. Baixe o PDF acima – uma matéria produzida pela revista Flap no primeiro semestre desta ano (por isso, a relação não é completa, e a Webjet, por exemplo, está de fora) – e sinta você também o drama do mercado aeronáutico brasileiro.

One comment

  1. André Rocha
    5 anos ago

    Triste fim… Meu Tio Trabalhou na TABA (Amazonia) até o fim dela, Fazia manutenção eletronica das aeronaves, quando faliu, não recebeu os seus direitos trabalhistas… Estava na espera da massa falida, não seu o que virou hoje em dia!

Deixe uma resposta