Encerramento das Atividades da Sala de Provas da ANAC de BH

By: Author Raul MarinhoPosted on
484Views22

Reproduzo abaixo o e-mail que o leitor André Araújo recebeu recentemente, sobre o encerramento das atividades da sala de provas da ANAC de BH. Comento em seguida.

Prezados,

As atividades do Setor de Exames da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC – em Belo Horizonte se encerraram ao final do mês de dezembro de 2012. A partir de 2013 não haverá mais inscrições presenciais nem realização de provas no Posto de Serviços da ANAC do Aeroporto da Pampulha.

Na oportunidade informamos que as inscrições, para a realização desses exames em outras cidades, deverão ser feitas através dos seguintes endereços eletrônicos:

São Paulo: inscricaoexame.saopaulo@anac.gov.br

Brasília: inscricaoexame.brasilia@anac.gov.br

Curitiba: inscricaoexame.curitiba@anac.gov.br

Porto Alegreinscricaoexame.portoalegre@anac.gov.br

Salvador: inscricaoexame.salvador@anac.gov.br

Recife: inscricaoexame.recife@anac.gov.br

Fortaleza: inscricaoexame.fortaleza@anac.gov.br

Belém: inscricaoexame.belem@anac.gov.br

Manaus: inscricaoexame.manaus@anac.gov.br

 

Informamos ainda que todos os procedimentos quanto à inscrição e realização de exames teóricos na ANAC podem ser encontrados no COMPÊNDIO DE INSTRUÇÕES, disponível em:http://www2.anac.gov.br/habilitacao/exames.asp

Para maiores informações, favor consultar a nossa Central de Atendimento telefônico através do número 0800 725 44 45.

Atenciosamente,

 
http://www2.anac.gov.br/img/logo/logo-anac.gif

Posto de Serviço de Belo Horizonte
Gerência Geral de Ação Fiscal – GGAF

www.anac.gov.br

Comento

BH tem duas faculdades de aviação, diversos cursos teóricos e práticos de formação de pilotos, sem contar com um contingente considerável de profissionais da aviação geral, que agora terão o “incômodo” de se deslocar para outras cidades para fazer uma simples prova. Que é online, ou seja: poderia ser aplicada por um SENAC da vida ou ser terceirizada para qualquer entidade que disponha de uma pequena rede de computadores e um contingente mínimo de fiscais (e R$250 por candidato tem margem para remunerar muito bem quem se dispusesse a fazer isso). Nos EUA, por exemplo, a banca online ocorre na própria escola de aviação, coisa que poderia ser facilmente replicada aqui. O aumento de custos que isso vai gerar na formação aeronáutica é completamente sem sentido, e contrário ao que se poderia esperar de uma administração aeronáutica eficiente. Lamentável.

– x –

Aproveito o post para também compartilhar o link que o André me passou com o áudio que ele gravou da entrevista do prof. Deusdedit, da FUMEC, na CBN, sobre o acidente recentemente ocorrido em Pará de Minas:

http://dev.moloco.com.br/wp/entrevista-com-professor-deusdedit-reis-sobre-acidente-em-para-de-minas/

 

22 comments

  1. O nome correto da revista é Avião revue

  2. Oi pessoal, nesta semana eu comprei uma revista ( REVOE ) em uma banca de jornal, e vi uma matéria sobre cobrarem IPVA sobre aeronaves. Gostaria de saber a opinião sobre o assunto,visto que na minha isso frearia o crescimento na área, e no mercado de pilotos também, já que com a cobrança deixariam de ser contratados mais pilotos. Isso porque varias empresas no Brasil, deixariam de comprar mais aeronaves, e consequentemente isso faria que se reduzisse a procura de profissionais na área.

  3. Porto
    5 anos ago

    Afunilamento, quem é o bope perto da Anac !

  4. amgarten
    5 anos ago

    Pessoal, venho eu de novo aqui e falar mais do mesmo… A comunidade aeronáutica de BHZ não vai fazer nada a respeito? Ninguém vai botar a boca no trombone? Se qualquer coisa parecida com isso, em qualquer área, acontecer nos EUA, o caldo entorna na hora. Aqui fica todo mundo quieto. Minas Gerais tem uma aviação geral muito mais forte do que o Rio de Janeiro, por exemplo. E o que explica haver possibilidade de prova no RJ e em BHZ não? Gente, tem que escrever para deputado do seu Estado, para o Senador, imprensa, etc. Não acredito que no meio aeronáutico ninguém conheça alguém influente.
    Eta Lisarb!

  5. Gustavo Franco
    5 anos ago

    Já não tinha lugar para se tirar o CMA de 1ª Classe. Não ter banca nem me surpreende muito.

    E tem gente que acha ruim quando falo que aqui (BH) não passa de uma roça grande.
    Acreditem, o McDonalds fecha por 1 hora quando se tem muitas pessoas na fila para comprar lanche. Só para lembrar, essa rede de lanchonete é dita como sendo de “Fast Food”.

  6. Chumbrega
    5 anos ago

    Não posso acreditar q uma rádio séria como a CBN entrevistou uma piada como o Deusdedith pra falar sobre um assunto sério como esse. Pra que o CENIPA, se temos gênios como esse para concluir sobre o assunto apenas um dia após o acidente. Lamentável.

  7. Humberto Rodrigues
    5 anos ago

    Creio que incluem-se nesse contingente aqueles pilotos que fazem as provas de Regulamentos, INVA e de Tipo para recheque anualmente.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Sim, incluem-se.

      • Humberto Rodrigues
        5 anos ago

        Eu já imaginava. Um complemento à informação.

        • Novas Noticias
          5 anos ago

          As provas de Tipo e Regulamentos para recheque anualmente não existem mais, os pilotos vão passar por uma prova oral com os próprios checadores sem falar que para realizar o cheque ou recheque de avião Tipo tem que ter efetuado simulador ate seis meses antes do voo de check.

  8. Dedeco
    5 anos ago

    Raul, existia um boato antigo na FUMEC que foi dito pelo antigo coordenador que iria verificar a possibilidade frente a ANAC da própria universidade aplicar as provas da banca. Ainda hoje é bastante ventilado este boato, mas nunca foi feito nada de concreto.

    São tantas promessas que acho que vou começar a gravar o aúdio. Tivemos uma palestra sobre as mudanças no RBAC 141 e 61, ano passado (especificamente no dia 07/05/2012) em que o Sr. Daniel Baeta Campos gerente da ANAC responsável pelas escolas de aviação foi o palestrante. Ele nos disse que escolas que tivessem no currículo as mesmas disciplinas exigidas na banca da ANAC seriam dispensadas dos exames.

    Até hoje nada de concreto aconteceu, alguns alunos ainda tem esta esperança de que não seja necessário fazer o exame. Eu particularmente, fui ao Rio de Janeiro, em Jacarepaguá e fiz a minha banca, pois em BH, já estava muito difícil conseguir datas. Pasmem, em 31 de agosto de 2012, quando eu marquei o minha, já não existia mais data para marcar PPH, PPA, PCH e PCA para 2012. Somente tem data para INVA e PLA e 2 época.

    Infelizmente, vamos pensar que em 2013 pelo menos as promessas sejam cumpridas.

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Sobre o caso dos alunos dos cursos superiores serem dispensados da banca de PC: na FACA/PUC-RS, é assim.

      • Dedeco
        5 anos ago

        Raul, será que você com seus contatos poderia me repassar alguém para entender como é o processo lá na FACA/PUC-RS. Assim entro em contato com o coordenador do nosso curso e peço a ele para permitir que a FUMEC trilhe o mesmo caminho. Agradeço desde já!

        • Raul Marinho
          5 anos ago

          Dedeco, acredito que o coordenador do curso de CA da FUMEC conheça o prof. Elones (diretor) e Hoffman (coordenador) melhor do que eu… O causo não é esse: é a ANAC que concede esse beneficio, e talvez seja melhor aproximar-se do burocrata da ANAC que cuida deste assunto do que do diretor da PUC.

          • Dedeco
            5 anos ago

            Pois é, então é como eu estava desconfiando, falta é fazer acontecer e pressionar a ANAC.

    • Righetti
      5 anos ago

      Minha opinião é que não existe compromisso com o ensino suficiente na maioria das universidades e muito menos compromisso com aprendizado da maioria dos ATUAIS estudantes de aviação para que isso ocorra. Malandro tem em todo lugar do mundo, mas dentro de uma sala de aula a densidade é de uns 90%…

      Sei que seria o ideal isso acontecer, assim como ocorre lá fora, porém não temos uma mesma qualidade de ensino/compromisso/alunos que existem nos países onde isso ocorre. O que mais eu vi na faculdade foi aluno passando de semestre só no Ctrl+C Ctrl+V e não saber nem explicar o que é Coeficiente de Sustentação, Tipos de Arrasto, Mach, QDR/QDM.

      Infelizmente essa é nossa realidade e temos que vive-la. O máximo que podemos fazer é educar nossos filhos de forma que as próximas gerações façam do Brasil um país sério.

      • Dedeco
        5 anos ago

        Righetti, você até pode ter razão com relação a qualidade de ensino insuficiente na maioria. Mas não vou discutir a qualidade de FUMEC…

        Mas o que é um problema é a ANAC tirar as provas aqui de BH, ou mesmo não criar uma maneira mais eficiente de fazer as provas, por exemplo dentro das faculdades…

        Deixar de ter a prova talvez não seja mesmo uma solução, eu fiz a prova passei, e acho necessário. Mas o problema em si é esta dificuldade de marcar, descolar, viajar, etc…

        Quem perde nesta estória toda, é o estudante…

        A ANAC ao invés de ampliar está diminuindo…

        • Righetti
          5 anos ago

          Sem dúvida é um abuso isso! Somos abusados de todos os lados quando se trata do governo… Temos todos motivos para ficarmos indignados. Agora imagina ter que fazer isso todo ano!!!! Todo anos vamos ter que fazer prova de REG… Isso além de renovar o CMA que aqui em BH não tem clínica particular….

          Nisso vemos que não é SÓ o estudante que pede nesta história e sim a aviação toda… Essa cidade é a 3a. maior do Brasil!!! É ridículo Belém ter uma sala e BH fechar a dela. Conheço Belém e sei que a cidade não tem 1/10 da estrutura de BH…

          Se fosse no governo do Aécio, isso não aconteceria. Não sou defensor do político, mas ele era um incentivador de peso para o crescimento da aviação de MG. Todos projetos de crescimento de Confins e de Lagoa Santa, foram assinados no governo dele. Conheço um dos pilotos do governador de MG além do Piloto/Arquiteto responsável por todas as obras de MG na área da aviação, por isso sei disso. Ainda bem que o Anastasia que entrou, pois se fosse o PT, as obras seriam todas canceladas e os projetos arquivados.

          Com o desenvolvimento ímpar no de Minas Gerais na aviação brasileira, essa situação não não ficará assim por muito tempo e logo teremos Salas da Anac e Clínicas Homologadas para CMA. Será inevitável…

          Eu, graças a Deus, tenho motivos para ir sempre pra SP, pois sou paulista e aproveito para visitar minha família, então não será tanto problema enquanto as coisas aqui em BH não andam como deveria…

          O Brasil não é um país sério. (Charles de Gaulle)

          Ps.: Quando critiquei o ensino universitário do Brasil, me referia a TODOS os cursos e não somente de aviação. O ensino do nosso país é apenas um comércio, não é como lá fora que é ALÉM de comércio tem compromisso com ensino.

  9. Carlos César
    5 anos ago

    Enquanto isso na Terra do Faz de Conta, dona Dilma quer 800 aeroportos regionais! Fala sério…

Deixe uma resposta