Para Ser Piloto

Formação Aeronáutica e Segurança de Voo

Ciências Aeronáuticas no Ensino Médio: o caso da Embry-Riddle

1 Comentário

Vejam aqui - Embry-Riddle launches high school aerospace institute – a matéria publicada na General Aviation News sobre o instituto criado pela Embry-Riddle Aeronautical University (a melhor faculdade de Ciências Aeronáuticas dos EUA) para levar parte da formação aeronáutica para o Ensino Médio (“High School”, na nomenclatura americana) de escolas nas localidades onde a instituição mantém seus campi. A iniciativa não traz custos para os alunos, e permite economizar até US$40mil na formação superior de Ciências Aeronáuticas de quem seguir para a Embry-Riddle após a conclusão do Ensino Médio com o curso oferecido pelo instituto.

Isso seria uma excelente iniciativa para ser adotada no Brasil, que possui uma formação aeronáutica absurdamente cara, e um ensino superior de aviação muito elitizado. Mas, infelizmente, a gente gosta mesmo é de copiar “Harlem-Shake” e bobagens do gênero dos americanos; o que é bom de fato a gente deixa prá lá…

Um comentário sobre “Ciências Aeronáuticas no Ensino Médio: o caso da Embry-Riddle

  1. Fiz um curso lá na Embry-Riddle. A estrutura deles é um sonho, algo inimaginável, fora da realidade até pra EUA. Não é a toa que custa uma fortuna… Pra se formar piloto lá, vc morre em meio milhão de reais fácil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.797 outros seguidores