O que acontece quando você despenca 20mil pés em um minuto

By: Author Raul MarinhoPosted on
339Views8

Vejam o que aconteceu com um King Air que despencou 20mil pés em um minuto, depois de uma despressurização repentina ocorrida pela quebra do para-brisas a 27mil pés de altitude, que fez com que a tripulação perdesse os sentidos.

8 comments

  1. betoarcaro
    4 anos ago

    Raul, se você me permite a “Correção”, este vídeo foi feito logo após o incidente e após investigações, história não foi bem essa.
    Esse caso ficou famoso, pois a “Sucata” do avião foi comprada por um Empresário Brasileiro (Aqui de Campinas!) com intenções de colocá-lo pra voar de novo.
    O cara comprou e só aproveitou os motores, pois a FAA já havia suspendido o “Airworthiness Certificate” da Aeronave.(Entortou “bem” o documento, viu @betojet?)
    Vamos lá! O quê ocorreu de verdade?
    Nosso Super King Air B200 estava voando à 27/28000 Ft num traslado, quando a parte de fora do parabrisas, de um só lado, se estilhaçou.
    Qual seria o procedimento correto?
    Reduzir o “diferencial de cabine” para +-4 PSI em 10 Minutos, subindo a altitude de cabine, e obviamente iniciando uma descida, pousando “as soon as pratical”. (Tá na ponta da língua,hoje foi meu Cheque!!)
    O quê fez a nossa “Iluminada” Tripulação?
    Deu um “Dump” na pressurização!!
    Até aí, deu “Zica”, mas ainda tudo bem!
    Poderiam ter implodido de vez o parabrisas mas isso, pelo que se vê, não aconteceu.
    Como “Zica”(Pra não dizer “Shit”!) sempre anda em “par” e às vezes em “grupo”, outro detalhe crucial contribuiu para o desfecho dessa aventura.
    Nossos “Amiguinhos” iniciaram uma descida de emergência, como manda o figurino, colocaram as máscaras e….”NÃO HAVIA OXIGÊNIO À BORDO”!!!! (Item importante no Checklist, desde o “Cockpit Preparation”!!)
    Perderam a consciência, acordaram completamente “Upset” à 7000 Ft!!.
    O resto da história a gente já sabe, né? Os caras demonstraram habilidades maravilhosas de pilotagem?
    Fizeram a “Shit” e deram sorte de conseguir saír?
    No meu ponto de vista, acho que foi mais “sorte” do que habilidade.
    O interessante, é que a única parte do avião que parece ter ficado intacta,(que causou o problema inicial) foi o parabrisas que mesmo estilhaçado, permaneceu no lugar!
    Olha a o “Causo” aqui no link:

    http://www.ntsb.gov/aviationquery/brief2.aspx?ev_id=20070208X00156&ntsbno=CHI07LA063&akey=1

    Obs- O último item do checklist utilizado: Pajamas – “As Required”.

    Se não fosse Beech….

  2. Vitor Castro
    4 anos ago

    Lucky lucky lucky guys!

  3. Mario
    4 anos ago

    É por isso que digo. Avião é Beech. O resto é resto…

  4. william0203usa
    4 anos ago

    sera q eles nao excederam a VNE nao? muito estranho pq uma descida de emergencia nao deveria causar danos estruturais no aviao…

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Mas não foi exatamente uma descida de emergência… A tripulação estava desmaiada, o avião despencou sozinho mesmo. E, sim, muito provavelmente a aeronave excedeu a VNE, e só não se desintegrou porque as margens de segurança do projeto assim permitiram.

  5. “Entortou até o documento”, como diria meu amigo @BetoArcaro…

Deixe uma resposta