Nova companhia aérea irá entrar em operação no Brasil

By: Author Raul MarinhoPosted on
677Views27

Finalmente uma boa notícia para o mercado de trabalho de pilotos no Brasil! A companhia de voos charter Whitejets mudou de nome, para “POP Brasil”, e irá começar a operar voos regulares em nosso país. Para isto, está trazendo mais quatro aeronaves este ano: dois Boeing 737 (-300 e -400) e dois 767 (-200 e -200). Não é nada, não é nada, já são uns 40-50 novos postos de trabalho que se abrem no país. Está com toda a cara de uma nova Webjet surgindo…

Vejam a nota integral abaixo, reproduzida do Panrotas (fonte: Aeroclipping do SNA):

Whitejets muda nome e terá voos regulares


Na home, a gerente Eliane Silva; aqui a nova logo da empresa aérea

A Whitejets está mudando seu nome e sua forma de operar. Conhecida no mercado aéreo por ser uma empresa de charter, a companhia está tornando seu nome “mais brasileiro” e o próximo passo é obter a autorização que falta para torná-la regular. Enquanto não chega, a empresa prepara para 16 de abril o início das suas operações de “charter regular”.

Com objetivo de torná-la mais popular (daí a origem do nome!), os diretores da companhia aérea decidiram rebatizá-la de PopBrasil (na Iata continua sendo W7). A próxima mudança é fazer da Pop uma empresa regular e para isso está trazendo mais quatro aeronaves (B737-300, 737-400, 767-200 e 767-300), que se juntarão ao A320 já em operação.

A primeira rota da empresa será ligando Manaus, Brasília, Rio e São Paulo operada as segundas, terças, quartas e sexta, no A320, com capacidade para 174 lugares.
O avião parte de Manaus as 6h44. Já no sentido inverso, a aeronave deixa a capital paulista às 15h30. Nos finais de semana a empresa irá operar a rota Manaus / Rio saindo as 6h30 da capital do Amazonas e decolando da capital fluminense às 23h.

Previsto para chegar ao Brasil no final deste mês, o 737-300, quando entrar em operação, fará a rota Belo Horizonte, Brasília e Campo Grande (MS). Em abril chegará o 737-400 fazendo Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Natal e Fortaleza; já em maio e junho chegarão, respectivamente, o 767-200 e 767-300, estes fazendo charters para Orlando (EUA) na alta temporada do meio do ano.

“Estamos chegando com preços competitivos. Na rota Manaus – Rio estamos com preços a partir de R$ 599,00 podendo pagar em até dez vezes sem juros. De Brasília para São Paulo teremos preços a partir de R$ 189,00”, afirma a gerente comercial, Eliane Silva.

Os agentes de viagens já podem acessar o site da empresa aérea (www.voepop.com.br) e se cadastrarem no sistema. As vendas, no entanto, só serão iniciadas quando todas as autorizações forem dadas.

Diego Verticchio

 

27 comments

  1. tiago alves
    3 anos ago

    Bem que gostaria que minha cidade de lins interior de SP fosse atendida por uma empresa aérea que está bem no mercado que não colocasse as operações em riscos de parar a qualquer momento pois hoje está se vendo muitos episódios assim nas cidades brasileiras empresas mau começam e daí menos de um ano já anunciam o cancelamento dos serviços aéreos para as cidades anunciadas por exemplo minha cidade é muito requisitada por se tratar de vôos comerciais mas como fica no meio de grandes centros como Araçatuba ,Bauru ,Marília, Rio Preto as pessoas não ligam muito de terem que se deslocar até essas cidades citadas aproveitando gostaria de saber quando é que a ANAC vai liberar os voos noturnos em Lins interior de São Paulo.

    • Augusto Petes
      2 anos ago

      Em questao dos voos noturnos em Lins sp a ANAC ja liberou os voos noturnos dm Lins sp o funcionamento do aeroporto Lucas Nogieira Garcez ja funciona 24 horas por dia e recebe varias aeronaves vindas de todos os estados e inclusive de fora do paiz com uma pista de pousos e decolagens excelente e o patio de taxiamento de aeronaves amplo para Boing 737-800 e Airbus A-320 e ate aeronaves militares que pousam direto no aeroporto de Lins sp .

  2. tiago alves
    3 anos ago

    Essa aí foi boa bem Filipe a empresa aérea fantasma da laguna há quatro anos atrás falou que iria fazer voos para minha cidade que é lins interior de São Paulo mas nunca mais se falou Dessa empresa aí que seria de um professor aposentado .

  3. Marcus Britto Trovao
    4 anos ago

    Vai la, manda o CV… Só não se sabe pra qual endereço, nem a justiça do trabalho acha essa lavanderi portuguesa.
    Uma pena, mas a incompetencia somada ao mal caratismo de empresarios estrangeiros que misturados à influência de “homens” da ANAC, trouxeram àqueles que buscam o trabalho, mais uma vez a desilusão.
    Onde vamos parar ???
    Abre logo Moreira !

  4. Edgard
    4 anos ago

    E AI ? VAI DECOLAR MESMO ?? DUVIDO ! SO TEM INCOMPETENTE E NEM CAFE ELES TEM MAIS PRA TOMAR. AVIÃO PARADO A 2 MESES E O SALARIO TEM 4 MESES QUE NÃO SE PAGA.
    JA ERA !! A MAQUINA DE LAVAR QUEBROU !!

  5. Eudes Malemene
    5 anos ago

    O alto investimento da Azul em treinamento(UniAzul) mais essa nova linha aérea espero que seja o inicio de uma curva pra cima da aviação brasileira e torço mais ainda que a “crista da onda” demore pra chegar.

  6. Felippe Amorim
    5 anos ago

    Não seria um tanto quanto estranho ter um -300 e -400 na frota onde hoje o ‘mundo é’ dos NG’s?

    • Raul Marinho
      5 anos ago

      Não. É uma questão de estratégia empresarial.

      • Löhrs
        5 anos ago

        A Webjet fez isso e deu certo. Até ser apunhalada pela Famiglia Don Constantine!!!

        • Lima
          5 anos ago

          A familia Costantino não apunhalou a Web não, ela já estava falida, devendo mais do que valia.
          Era vender a Web ou colocar todo mundo na rua.

          • Löhrs
            4 anos ago

            …Foi todo mundo pra rua do mesmo jeito! A apunhalada a que me referi foi o tiro de misericórdia que a Gol deu comprando a moribunda. A intenção era uma só: adquirir os slots…

    • Chumbrega
      5 anos ago

      Também estranhei isso.outra coisa: a empresa vai ter a principio 5 aviões, 3 type ratings diferentes, e 5 variantes diferentes
      entre esses 5 aviões.

      • Chumbrega
        5 anos ago

        O q quero dizer c isso? Ela já começa high cost-low fare,sobretudo no que diz respeito a treinamento,manutenção e estoque. A não ser q a estratégia esteja muito bem bolada e tenha alguma coisa q não e de nosso conhecimento (exemplo um acordo c agentes de viagem), pra mim a empresa já começa estranha.

        Mas para concluir: concordo q seja uma ótima noticia e uma boa oportunidade p quem ta começando!

  7. Roosevelt Viana
    5 anos ago

    Parabéns ao Cmte. Douglas Machado que está suando a camisa para fazer a POP crescer!!!

  8. Rogério Aviador
    5 anos ago

    Seja feliz POP (e me contrate!!!). Brincadeiras a parte, estou contente por aparecer uma companhia pra brigar por mais mercado. Junte-se a Azul e juntas quebrem os portões vermelho e laranja de CGO.
    Que Deus (e os administradores), protejam a POP da selvageria do capitalismo.

    • A. Lins
      5 anos ago

      Faço minhas suas palavras.

  9. Gustavo
    5 anos ago

    Isso será excelente, pois como o próprio nome diz POP, deve ser uma filosofia de passagens mais acessíveis e isso será bom pra facilitar quem tem menos renda para que possam viajar. E bom para os pilotos recém formados, que aí sim o mercado vai começar a movimentar novamente. Abrindo vagas em táxi aéreos e para instrutores. Para quem ta se formando agora, vai ser uma boa. É torcer….

  10. Fillipe
    5 anos ago

    E a fantasma da Laguna? Alguém tem noticias????

    • Jesse Moises dos Santos
      4 anos ago

      kkkkkkkkkkk Laguna mano???? manda um e-mail ae que te respondo!!!! o Daniel Souza era meu vizinho, usava minha internet emprestada, os computadores do cara eram uma bosta! o cara vendia o almoço pra comprar a janta! vai vendo o nivel! :P

      qualquer duvida mande emial que te respondo! jesse@rock.com

  11. Torcer pra essa nova empresa demorar a se “fundir” com uma Gol da vida. E torcer também pra que surja outras. Essa dança das cadeiras movimenta o mercado de trabalho pra nós pilotos. Faz com que as CIAs que já estão por ai ponham as barbas de molho a fim de segurar tripulação (ou pelo menos tentar).

  12. Dudu
    5 anos ago

    Éé…o diretor da empresa é meu professor da faculdade, so quero ver se ele vai contratar a gente kkkkkkk

    • Fillipe
      5 anos ago

      Ué quem sabe! kkkkkkkkkkkkk

  13. Claudio
    5 anos ago

    E pelo nome, parece sofrer do complexo “mais brasileiro” de vira-lata.

  14. Gustavo
    5 anos ago

    Vamos pra POP…kkkkkk Onde mando um CV? rs

Deixe uma resposta