Servidores da ANAC propõem fazer mutirão para zerar o atraso na emissão de licenças

By: Author Raul MarinhoPosted on
326Views16

No final da tarde de ontem, recebi um e-mail do Carlos Montino, presidente da ASA-Associação dos Servidores da ANAC, mostrando que, desde 08/03, um grupo de servidores está se propondo a realizar, voluntariamente, um mutirão na GPEL para zerar os atrasos na emissão de licenças e habilitações. Ocorre que, até o momento, a alta direção da agência ainda não autorizou que tal esforço fosse realizado… Ante o silêncio do presidente da agência, Marcelo  Guaranys, e do  superintendente Wagner Moraes, o presidente da ASA está apelando para autoridades fora do âmbito da ANAC, para pressionar a direção da agência, como mostra o e-mail enviado a um servidor da Casa Civil da Presidência da República ontem, que eu reproduzo a seguir.

Esse mutirão é, obviamente, de nosso interesse também (aliás, principalmente, de nosso interesse!). Os servidores voluntários já estão recrutados e à disposição para começar a trabalhar, e só falta o presidente da ANAC autorizar para que os trabalhos se iniciem. Por isso, peço aos amigos que, porventura, possuam algum relacionamento com autoridades do governo federal, que ajudem a ASA nessa iniciativa, pedindo que eles também intercedam. O texto do e-mail copiado abaixo pode servir de base para a argumentação deste tipo de ação.

MARCELO GUARANYS, AUTORIZE O MUTIRÃO NA GPEL!!!

Os e-mails são esses, somente omitindo os endereços de e-mail e o nome do servidor da Casa Civil:

De: Presidente ASA
Para: Fulano de Tal [nome do servidor da Casa Civil]
Cc: Diretoria ASA
Enviadas: Quinta-feira, 21 de Março de 2013 18:18
Assunto: Re: Mutirão na GPEL/SSO – Voluntários

Prezado, boa tarde.
Essa associação dos servidores da ANAC – ASA não possui mais ferramentas que possam demover a administração da ANAC da inércia em que se encontra no tocante aos serviços de Habilitação e Licenças. Peço sua ajuda.
No caso descrito nos e-mails abaixo, verifica-se a mobilização realizada pela ASA para conseguir voluntários para atender a demanda represada na Gerência de Licenças de Pessoal – GPEL (pilotos, comissários, mecânicos e Despachantes Operacionais de Voo), que somam milhares de processos de renovação de Habilitações e liberação de Licenças não atendidos no prazo que o usuário urgenciava.
Ocorre que a presidência da ANAC, até o momento de elaboração deste e-mail, NÃO respondeu a esta associação se aceita a oferta dos servidores para trabalharem em jornada extra de trabalho para por em dia a emissão de Licenças e Habilitações dos usuários que, acima de tudo, pagaram por este serviço, conforme o histórico abaixo.
Adiantando-nos a uma possível culpabilização dos servidores devido a greve de 2012 por esse enorme passivo na emissão de Licenças e Habilitações, adianto-vos que em toda a ANAC a adesão foi de apenas 16% (dezesseis por cento). Além disso, a alta administração cometeu o enorme equívoco de reduzir a capilaridade da Agência, fechando postos distantes que realizavam parte desse serviço para concentrar no Rio de Janeiro essa tarefa sem, contudo, ter se preparado aumentando o número e a qualificação do pessoal da GPEL nessa capital do Estado.
Outra falha de gestão tem sido a concentração de servidores e serviços na cidade de Brasília, quando a aviação civil se encontra em São Paulo e, historicamente, no Rio de Janeiro também onde se encontra os mais experientes servidores, desde sempre.
O resultado desses problemas de gestão tem sido visíveis para quem está dentro e fora da ANAC e, principalmente, os aeronavegantes, justo os que pagaram (financeiramente) e agora com risco de perda dos seus empregos.
Os servidores da ANAC também precisam de sua ajuda. Não somos os responsáveis por isso!
Atenciosamente,
Diretoria da ASA

——– Original Message ——–
On Tue, 19 Mar 2013 08:24:20 -0300, Presidente ASA wrote:
Prezados Senhores, Presidente Marcelo Guaranys e Superintendente Wagner Moraes da ANAC, bom dia.
Esta associação dos servidores gostaria de receber uma resposta formal dessa administração, quanto ao relevantíssimo assunto em tela, tendo em vista a enorme demanda represada na GPEL e a necessária atenção devida ao voluntarismo dos servidores que desejam participar da solução das dificuldades encontrada naquela unidade, a qual tem trazido transtornos aos aeronavegantes, nossos clientes, os quais dependem das Licenças e Habilitações emitidas por aquela Gerência.
Atenciosamente,
Presidente da ASA
——– Original Message ——–
Subject: Mutirão na GPEL/SSO – Voluntários
Date: Fri, 08 Mar 2013 17:33:57 -0300
From: Presidente ASA
To: Marcelo guaranys,
Cc: diretoria, Paula magalhaes
Prezado Sr presidente e Sr superitendente da ANAC, boa tarde.
A ASA tem o prazer de apresentar à alta administração da ANAC os servidores que se voluntariaram para colaborar com a solução das dificuldades de despacho dos processos represados na GPEL/SSO. Entendemos como necessário um esforço conjunto dessa administração e demais servidores para, em união, trabalharmos para a melhoria contínua da segurança operacional, bem como da imagem da Agência no ambiente da aviação civil brasileira, conquistando assim a confiança e o bem estar dos nossos usuários.

Atenciosamente,

Presidente da ASA

 

16 comments

  1. Júlio Petruchio
    4 anos ago

    nhé nhé nhé… mi mi mi e trololó… E vocês pensam que vai mudar alguma coisa?! Estamos no Braziu!

  2. João Ximenes
    4 anos ago

    Deviam seguir o exemplo do DECEA na emissão de Licença para os Controladores. No momento da solicitação se recebe um login e senha e é verificado em tempo real o andamento do processo. Enquanto é analisado é possível imprimir uma declaração que a sua parte que cabe ao controlador já foi feita e cabe o DECEA concluir a dela. Tudo isso de forma digital, sem uso de papel.

  3. Joao victor
    4 anos ago

    Eu ja estou esperando a minha a 5 meses…. Ai me pergunto, eu que fui negado para assumir um emprego por falta de habilitacao… Oq fazer? Deveria todo mundo prejudicado entrar com uma ação coletiva no MPF para eles sentirem na pele… Ai o governo começar a colocar bronca neles também,,

    • Com certeza. Se as partes afetadas fizessem isso ja teriam resolvido o problema a muito tempo. O problema todo é que o povo Brasileiro desculpe a expressão mas gosta de tomar na ____ porque veem isso acontecendo em todos os setores e a resposta é sempre a mesma…”No Brasil é assim” e deixam a merda continuar.

  4. André Matiolli
    4 anos ago

    Bom, depois de 100 dias “aguardando análise” tive que ligar pro meu checador e pedir ajuda, para que alguém desse uma olhada no meu processo inicial PC MNTE IFR e MLTE (fiz o check de MLTE depois do MNTE, portanto foram 2 processos).

    Depois do pedido de socorro, em 1 semana meus processos foram analisados e aprovados e a solicitação de impressão encaminha para casa da moeda desde 05/03.

    Pois bem, liguei hoje para a casa da moeda, fui informado que, no mesmo dia reprovaram por baixa definição da foto e a ANAC não me disse absolutamente NADA ate agora e la se vão quase 20 dias…

    • Preucupa não que mesmo com a carteira na mão vai continuar desempregado um bom tempo. Hoje em dia piloto recem formado é tratado pior que o faxineiro do hangar. Infelizmente.

  5. Moura
    4 anos ago

    Raul, minha primeira solicitação de Habilitação demorou 90 dias para ter um retorno, e o retorno foi negativo – Foto com fundo escuro, resultado: Tive que realizar um novo processo, do qual 90 dias depois, foi reprovado novamente, dessa vez, segundo eles, pela falta de um documento (que foi enviado).

    Passados 180 dias, ainda estou tentando pegar minha habilitação. O serviço da ANAC é PÉSSIMO, por mais que tenha demorado 90 dias para minha primeira solicitação ser negada (por erro meu), o que custa solucionar o problema (no meu caso, enviaria uma foto com fundo claro) ao invés de enviá-lo a fila inicial novamente?

  6. Beto Arcaro
    4 anos ago

    “Piada de Mal Gosto”!
    Não tem outra definição!
    Checamos o B200 no dia 12/03.
    Meu cheque foi inicial, o cheque de meu companheiro foi revalidação.
    O vôo já foi efetuado na “Prorrogação” regulamentar” de 1 mês, por falta de disponibilidade do Checador.
    Detalhe: Nenhuma das CHT’s entrou “no sistema” até agora.
    Meu colega está voando na prorrogação, até o fim do mês 03.
    À partir do fim do mês teremos que, à todo Plano de vôo efetuado, enviar por FAX, ou presencialmente, aquela “Infame” Declaração de Conformidade.
    Somos fiscalizados pelo DECERTA para preenchermos todo e qualquer Plano de Vôo. Acontece que a ANAC não atualiza o próprio sistema “inventado” (até se gabava do fato pra Imprensa!) “PARA NOS FISCALIZAR”!
    A tal “Declaração de Conformidade” além de se prestar a ser um “me engana que eu gosto”, é uma declaração, se “honestamente” preenchida, onde você mesmo “tripeia” o DECERTA, e atesta estar com tudo “em dia”.
    Atesta também, estar ciente das ingerências da ANAC!
    Tá aí a “Piada sem Graça” à qual me referí no começo.
    Agradecimentos à ASA pela iniciativa!
    É a única parte “que presta”(São verdadeiros “Prestadores”!) lá dentro.
    Vamos lá !!
    Vamos voar, vamos “trabalhar” enquanto eles deixam!!

  7. Miguel
    4 anos ago

    Eu penso que de nada adiantará, pois o problema está “lá em cima”, a podridão da Agencia e seus cargos políticos. A incompetência da GPEL estava sob a gestão do recém exonerado Camilo Baldy, que por sua vez agora ocupa o cargo de assessor do Presidente da Anac… segundo informações. Então imaginem o que aquele rapaz deve estar fazendo agora depois de tanta retaliação contra ele quando lotava a GPEL. Eu acredito que nesta país as coisa vão andar na base do “panelaço”, pois ficar sentado com a bunda na cadeira e sendo um ativista virtual, isso é mais o que eles querem.

  8. Rodrigo Edson
    4 anos ago

    Raul, bom dia!

    A iniciativa é louvavel, eu até me canditaria como voluntário se pudesse, pois trablhei na habilitação e hoje fico chateado com o caos que aquilo se tornou.
    Mas voltando ao inicio, a iniciativa é louvavel porém não é a solução. Conversei com o Cassio pessoalmente e disse a ele essa minha opinião. Vamos lá…
    Hoje pegamos 50 voluntários e arrumamos a casa, correto? E depois? O setor continuará com baixo efetivo, e com o tempo outra força tarefa será necessária. E será assim por muitos ciclos, enquanto a ANAC não realizar um concurso decente, com numetos de vagas compativeis com as deficiencia hoje explicitas a todos nós.
    Tenho muitos amigos lá, pessoas de bem e carater mesmo, porém não fazem milagres.
    abs

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Vc tem razão, Rodrigo. Mas, por outro lado, a atual gestão da GPEL herdou uma situação caótica, deixada pelo Camilo Baldy. Então, um mutirão desses serve para, no mínimo, separar o que é “deficiência crônica de pessoal” do que é a “herança maldita”, e com isso permitir um melhor planejamento do próprio setor.

      Outra coisa que eu acho que poderia ser feita sem aumentar o número de servidores para gerar mais satisfação dos usuários é em relação à transparência. Há processo que são analisados em 2 dias, e outros que levam 6 meses… Se, a cada processo que desse entrada, fosse dada uma senha, que permitisse acompanhar como ele está na fila de processos, isso já acalmaria bem os ânimos, mesmo que não melhorasse os atrasos como um todo. Porque a agonia de não saber nem se os seus documentos foram recepcionados corretamente, e a sensação de que “alguns são mais iguais que os outros” (se é que vc me entende…) é tão terrível quanto o atraso propriamente dito.

  9. Humberto
    4 anos ago

    O publico servido pela Anac e os servidores sérios e empenhados em “fazer a Agência funcionar” estão num mato sem cachorro, mais perdidos que cegos em tiroteio ou FDP no Dia dos Pais, pois a “mais alta corte da Anac” “não deu bola” para a comunicação da iniciativa da ASA, tendo esta que buscar ajuda de fora da Agência para pressionar os dirigentes dessa para colocar a “casa em ordem”. É o fim da picada. Apague a vela o último a deixar esse “Dilma no País das Maravilhas”…

Deixe uma resposta