“Em 2012, pilotos causaram maioria de acidentes aéreos no AM, diz Seripa”

By: Author Raul MarinhoPosted on
357Views1

O G1 publicou na noite de ontem a reportagem “Em 2012, pilotos causaram maioria de acidentes aéreos no AM, diz Seripa“, título deste post. Engraçado que ela começa assim:

Em 2012, 47% dos acidentes aéreos que aconteceram no Amazonas foram atribuídos a falhas em decisões da tripulação (…).

Ora, então não é a maioria, né? – já que 47% é menos da metade… Mas, honestamente, o que se poderia esperar dos acidentes aéreos? É claro que há uma forte correlação entre estas ocorrências e os erros de pilotos, assim como os acidentes rodoviários têm a ver com os erros dos motoristas. O que a reportagem não explica é se isso está dentro ou fora da média nacional/mundial, o que se está fazendo para diminuí-los, esse tipo de coisa. No final, temos uma matéria extensa que não diz praticamente nada de importante.

(Obs.: Sim, eu sei que, em seguida, a reportagem fala que 41% dos acidentes se devem a falhas em supervisão – que também é executada por pilotos. Mas o subtítulo deixa claro o que a reportagem entende por “erro do piloto”: é o erro em manobras, que nada têm a ver com supervisão).

One comment

  1. Beto Arcaro
    5 anos ago

    Completamente previsível que o G1 desse esse tipo de notícia, desse jeito.
    Chamada “Errada, e Dramática”!
    47% de quantos acidentes?
    Particularmente, eu acredito que todo avião cai porque alguém derruba!
    Nós Pilotos, somos particularmente “suscetíveis” à isso.
    Pensando assim, até que o “Score” tá bom pro nosso lado.
    Agora, tá ruím pro lado dos Mecânicos,DOV´s, Controladores de Tráfego, etc.
    Tem sempre alguém por trás, vide o caso da “Fretax”!
    O operador “Mandou” e o cara assim o fez.
    O Avião talvez tenha caído por falhas de manutenção, mas…
    Tá todo mundo no “Rolo”!

Deixe uma resposta