Aviação Geral: Está na hora de trazer a moça para jantar em casa!

By: Author Raul MarinhoPosted on
297Views0

Sabe aquele sujeito que namora uma moça de reputação duvidosa, é apaixonado por ela, mas recusa-se a apresentá-la para a família? Pois então, é mais ou menos essa a situação da Aviação Geral: os políticos são apaixonados por ela, mas jamais assumem isso em público – afinal, não pega bem aparecer defendendo “brinquedinho de rico” para a população, não é? Mas eu acho que está na hora de levar a moça para jantar em casa, apresentá-la para a mãe, e assumir o romance para todo mundo de uma vez! Até porque, de “reputação duvidosa”, a Aviação Geral nada tem: além de gerar empregos, de movimentar a economia, e de ser uma formadora de mão-de-obra especializada para a aviação comercial, é ela que viabiliza o desenvolvimento da nação. Além de atingir a quase totalidade do território do país (coisa que a aviação comercial não chega nem perto), você acha que os grandes empresários e executivos que tocam os projetos comerciais e industriais mais importantes do Brasil vão ficar em fila de check-in, aguardando conexões, etc?

O interessante é que essa hipocrisia dos políticos quanto à Aviação Geral não é uma exclusividade do Brasil. Leiam o artigo “Sequestration, governance and corporate jets”, publicado na revista World Aircraft Sales Magazine (págs. 22, 23 e 26) – cortesia do nosso amigo Fábio Otero –, onde se conclui que os principais usuários da aviação geral americana são os políticos, em seus voos “chapa branca”. No Brasil, não é diferente, como se pode notar por este artigo recentemente publicado pelo Estadão – “Primeiro escalão de Dilma usa jatos da FAB em viagens de agenda ‘maquiada” –, que revela que as autoridades do Governo Dilma realizaram 5,8 mil voos, com custo estimado de R$44,8milhões (e olhem que nessa conta não entram, por exemplo, os voos do governador do Ceará Cid Gomes, que são feitos com aeronaves fretadas).

Mas enquanto todo mundo se diverte voando de jatinho oficial, na hora de legislar ou de tomar decisões sobre a Aviação Geral, esta vira a vilã da história. No Brasil, vejam a gritaria da APPA quanto a isso! Eles (os políticos) acham totalmente justificáveis e necessárias suas viagens de jatinho, mas quando é para os outros, aí o discurso é outro… Não está na hora de acabar com essa hipocrisia? Tragam a moça para jantar em casa!

Deixe uma resposta