A “Nota de Esclarecimento” (!!!???) da diretoria do ACSP

By: Author Raul MarinhoPosted on
394Views20

hp acsp

Como está a home page do ACSP hoje: você entra, e abre-se uma janela ‘pop-up’ anunciando a ~reportagem~ (sic) com a infame “Nota de Esclarecimento” da diretoria executiva. Deve ter muito pouca coisa para fazer por lá, para eles perderem tanto tempo escrevendo uma resposta a um “site amador”, né?

Vocês se lembram dos posts “Depois do Aeroclube do Brasil, será o Aeroclube de São Paulo o próximo da lista de despejados pela INFRAERO?” e “Sobre a possibilidade de o ACSP ser despejado pela INFRAERO – os números“? Pois então, parece que a diretoria do ACSP não gostou muito do que eu escrevi – tanto é que, na última sexta-feira, publicou a sua “Nota de esclarecimento” (uma enorme contradição em termos, na verdade, pois nada poderia ser mais obscurantista que o referido texto) na página da instituição, com direito a pop-up e tudo. Leiam os meus posts acima indicados – e, se possível for, este aqui também -, e depois vejam se a resposta da diretoria do ACSP faz algum sentido. Mas não será aqui que eu irei rebater os argumentos da diretoria do ACSP, de qualquer maneira.

Eu acho que, melhor do que escrever um post neste blog explicando porque a referida Nota é uma péssima resposta ao que escrevi, será muito mais produtivo fundar um novo blog exclusivamente para tratar disso. Assim irei proceder pelos seguintes motivos:

  1. Embora inicialmente aderente aos propósitos deste blog, é bastante possível que esta discussão se prolongue excessivamente e se mova para searas não necessariamente conectadas com a linha editorial principal do Para Ser Piloto. Meu objetivo inicial no novo blog será o de responder à Nota da diretoria do ACSP, mas sabe Deus onde essa discussão vai parar? Eu acho bem possível que outras pessoas, igualmente interessadas no bem do ACSP no longo prazo, forneçam novas informações que não poderiam ser publicadas no Para Ser Piloto, daí a necessidade de um novo veículo (na verdade, novas informações sobre o ACSP que não fariam sentido publicar no Para Ser Piloto não param de chegar até mim…).
  2. O Para Ser Piloto é um blog com UM editor: eu. Temos colaboradores aqui, que são imprescindíveis para que esta publicação tenha atingido a importância que atingiu (lembrando que, no mês anterior, chegamos perto da cifra de 100mil visitas!), mas no fim das contas sou somente eu o responsável pela linha editorial do blog. Já o novo blog, apesar de ser inicialmente editado exclusivamente por mim, será aberto ao ingresso de outros editores, e pode ser até que, no futuro, eu seja um simples colaborador do blog, não mais um editor – quem sabe?
  3. A maioria dos leitores do Para Ser Piloto é de fora de São Paulo, e nem todo mundo que é de São Paulo tem tanto interesse assim no ACSP (aliás, um dos pontos que abordo é justamente a pouca relevância da instituição no cenário da instrução aérea nacional, adquirida nos últimos anos). Então, eu não quero bombardear esses leitores com informações que possam não lhes interessar.

Por essas razões (e também por outros motivos de menor importância), vocês conhecerão em breve o “Para Salvar o ACSP“, um blog criado exclusivamente para lutar pelo não desaparecimento do Aeroclube de São Paulo no longo prazo – que, mantida a atual trajetória, deverá ser o destino inexorável dessa outrora importantíssima instituição. Inicialmente, o foco deste novo blog será responder adequadamente à infame “Nota de Esclarecimento” da diretoria do ACSP. Mas como isto está relacionado a textos originalmente publicados no Para Ser Piloto, os posts iniciais também serão reproduzidos (“reblogados”, na terminologia do WordPress) aqui. Porém, quando este assunto estiver se esgotado, minha intenção é transformar este novo blog num polo de atração de novas ideias e de reunião de pessoas que tenham por objetivo comum o reerguimento do Aeroclube de São Paulo. Isto é o que eu acredito que possa fazer de melhor pela formação aeronáutica brasileira (e paulista/paulistana) neste momento. E todos os com igual propósito estão convidados para se juntar a mim no “Para Salvar o ACSP”!


20 comments

  1. anderson m rodrigues
    4 anos ago

    engraçado que os rombos do aeroclube não aparecem nas respostas e declarações da diretoria.

    http://esaj.tjsp.jus.br/cpo/pg/show.do?processo.codigo=2SZX56XL80000&processo.foro=100

    • Marcelo Araujo
      4 anos ago

      Do que se trata está ação judicial de R$ 2 milhões que o Aeroclube São Paulo ????

    • Fábio Cintra Lima
      4 anos ago

      Estava lendo também esta ação judicial, vejo que é uma indenização por dano material e dano moral, é definitivo e não cabe mais recurso, é isso mesmo ?

      Quem é esse advogado do Aeroclube, que está relacionado nos autos, Alexandre Mele (OAB 82008/SP), que perdeu está causa ?

      Será que era o advogado certo para este tipo de causa, pois a perda é milionária e me pergunto como um instituição como o ACSP conseguirá pagar esta indenização e quais serão os efeitos e consequencias praticas, que os sócios e a instituiçao enfrenterão com o(s) pagamento(s) desta indenização?

      Pannuzio ajude a responder está questão e por as claras e transparência a todos nós.

  2. Fábio Pannunzio
    4 anos ago

    Caro Raul,
    Sou diretor de Comunicação Social do Aeroclube de São Paulo e é nesta condição que me apresento a você. A diretoria executiva gostaria muito de entender os seus questionamentos e respondê-los cabalmente, uma vez que nossa Instituição, com a qual você declara ter um forte vínculo afetivo, tem o firme propósito de continuar atendendo a comunidade com eficiência e total transparência.
    Desta forma, coloco-me à sua disposição para sanar dúvidas e esclarecer o que for necessário.
    Dito isto, gostaria também de ser informado, uma vez que você tem tratado publicamente do assunto (a despeito de não ter nos procurado uma única vez sequer), sobre o seguinte:
    – De onde você tirou a informação de que a INFRAERO pretende “despejar” o Aeroclube de São Paulo ? A própria INFRAERO nega que isso esteja sequer sendo cogitado, uma vez que o ACSP é uma instituição modelo, está completamente adimplente, é considerada exemplar e cumpre rigorosamente todos os seus propósitos.
    – Sobre sua iniciativa para “salvar” o Aeroclube, pergunto a que se refere a campanha iniciada por você, e exatamente salvá-lo de que ? Porque, ao que me consta, não há nenhuma ameaça pairando sobre o horizonte do ACSP.
    – Apesar de você declarar que “ama” o Aeroclube, não consegui localizar seu nome na relação de associados nos últimos dez anos. Você já foi sócio em algum período ? Porque, piloto que é, e gostando como gosta da nossa entidade, da qual tem se ocupado com tanto afinco, sugiro entusiasticamente que se associe e se habilite para nos ajudar a tornar ainda melhores os serviços oferecidos à comunidade.
    – Com esse propósito, gostaria de convidá-lo a conhecer as instalações do Aeroclube de São Paulo e conhecer o que está sendo feito em prol do soerguimento da entidade, empreitada inciada há 15 anos e que agora chega a seu ponto de maturidade. Há muita gente trabalhando sério com esse propósito e tenho a certeza de que você vai se surpreender com o que verá lá.
    Coloco-me à sua inteira disposição apra qualquer esclarecimento. Meu email pessoal é fabio@pannunzio.com.br. Se quiser fazer contato comigo por telefone, meu celular é 11-xxxxxxxxx.
    Para finalizar, gostaria de manifestar meu desejo de ver este comentário publicado nos espaços onde você tem manifestado seus pontos-de-vista.

    Atenciosamente,

    Fábio Pannunzio.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Fábio,

      É claro que eu entrarei em contato com vc oportunamente. Só aguarde alguns dias, pois neste momento estou realmente muito assoberbado – inclusive, respondendo à Nota da diretoria do ACSP. Enquanto isso, eu sugiro que vc releia os posts que eu publiquei sobre o ACSP, que neles está a resposta de várias de suas perguntas.

      Abs,

      Raul

    • Marcelo Araujo
      4 anos ago

      É Fábio Pannunzio, para quem atacou o autor do site “amador” e agora convidando para vir visitar o Aeroclube, que reviravolta !!!! Morreu pela lingua. cDeve ser, porque os membros da Diretoria devem estar se cagando pelas verdades e fatos destrutivos que poderão acarretar ao futuro deles, pq no minimo já temos os seguintes pontos:

      1) O Aeroclube SP tem um rombo de R$ 2.000.000,00 no caixa (conforme o link do Anderson);
      2) Hangar Miguel Salernno utilizado para sócios deixarem suas aeronaves particulares;
      3) Esquema de “doação” para burlar o pagamento de tributos;
      4) Bar Brahma que paga um aluguel pifio cerca de R$ 4000 mensais, valores muito abaixo do mercado !

      ….. Realmente estas coisas que estão vindo a tona são de preocupar qualquer um, tanto do lado que está gerindo este patrimonio, quanto o lado do sócio que paga anualmente o seu titulo de dependente, assim com a INFRAERO, ANAC, SAC, Receita Federal e Ministério Público.

      E tenho certeza que mais coisas ruins aparecerão neste bloq.

      Como nosso colega escreveu “Quem não deve não teme” e a coisa deve estar bem suja mesmo no Aeroclube SP para esta reviravolta.

  3. José Ninguém
    4 anos ago

    Se não há nada de errado nas práticas do ACSP, se o site (blog) é amador e inexpressivo, por que tanto alarde por conta da Diretoria do Aeroclube de São Paulo?

    Como já dizia o bom e velho ditado: “Quem não deve não teme”.

    Tá ai um prato cheio para algum órgão de imprensa fazer uma matéria a respeito desses indícios de irregularidades no ACSP.

    • Quais são os “indícios”a que o sr. se refere ? Onde há qualquer notícia de irregularidade ?

    • Quais são esses indícios ? A que irregularidades você está se referindo ? Apresente-as formalmente em vez de ficar tecendo ilações que beiram a calúnia. Se quiser encaminhá-las a mim pessoalmente, meu email está aí publicado. Apresente fatos concretos. Há uma linha muito tênue entre a crítica política, que é legítima, e a calúnia.

      • Raul Marinho
        4 anos ago

        De fato: a fronteira entre a crítica e a calúnia é tênue. E há quem entenda que, no caso da Nota da diretoria do ACSP, que me acusou de escrever a soldo da especulação imobiliária, esta linha tenha sido ultrapassada.

        Mas o ponto é que este não é o local (eu fundei um outro blog só para isso), e nem é agora o momento de prosseguirmos com essa discussão. Eu vou terminar de responder à Nota, depois responderei à mensagem do Panunzio, e aí vou fazer uma proposta para conduzir o debate de maneira adequada. Até lá, peço um pouco de paciência a todos, mas a seção de comentários dos posts sobre o ACSP permanecerá fechada.

        Abs,

        Raul

  4. Julia
    4 anos ago

    Por favor, crie um “Para Salvar o SWUZ”. De verdade, o aeroclube de brasília (Luziania) é literalmente UM LIXO. Com a maior honestidade, qualquer um que passe por lá deve pensar a mesma coisa, o qual deveriam derrubar aquela espelunca e começar do zero, seja pela péssima infraestrutura, péssimo estado das aeronaves e para complementar a péssima desorganização. É vergonhoso o aeroclube da capital do país, o qual não se encontra em brasília, mas sim em goiás, esteja da maneira que está hoje. Tudo sobre o Aeroclube de brasília, posso resumir em uma palavra: Lamentável.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Pois é, Júlia, esse foi mais um dos motivos que me levaram a criar um blog autônomo para lidar com o caso do ACSP, pois se mantivesse a discussão no Para Ser Piloto, teria que, por uma questão de isonomia, dar o mesmo tratamento para todos os aeroclubes do país… E eu não tenho condições para isso, infelizmente.
      O que eu posso fazer é dar apoio a iniciativas como essa, no que estiver ao meu alcance. Mas liderá-las, não vai ser viável, lamento… Por que vc não assume a frente nisso?
      Abs,
      Raul

  5. José Carlos Gontijo
    4 anos ago

    Raul e Sr. PRESIDENTE do Aeroclube de SPaulo,

    Eu li os posts relacionados ao Aeroclube de SP e a nota de esclarecimento da Diretoria e ao meu ver o Aeroclube nao esclareceu os pontos que foram apresentados referente aos 3 imóveis do ACSP, bar Brahma, hangar Miguel Salermo e Salgado Filho, sendo que o hangar Miguel Salermo serve para hangar aeronaves de sócios do Aeroclube de SP.

    Lamento pela atitude da Diretoria, que se preza ao papel de nao rebater todos os pontos com fatos, critica o autor do post e seu site “amador”, mas nas vias de fatos se incomodou tanto com as verdades que se prezou ao papel de colocar uma nota de esclarecimento no site, as doações que a Diretoria apontou na verdade sao serviços que sao cobrados pelo Aeroclube como Hangaragem e os sócios quitam como uma “doação”, na verdade é um esquema para burlar a prestação e cobrança de serviços.

    Raul, como promotor de justica, eu acredito hj muito no Ministério Publico, e acho que estas informações deveriam ser levadas ao MPF para ser investigadas e tiradas a limpo.

    Sem mais,

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Eu também acredito na força do MP, José Carlos! Mas, como disse, meu objetivo inicial com o novo blog é somente responder à Nota da diretoria do ACSP. As eventuais consequências legais desta reposta e das novas informações que certamente surgirão no blog – um exemplo: essa questão da hangaragem de aviões particulares dos sócios sendo paga como “doação”, que você levantou: é claro que aquilo é uma prestação de serviços, e deveria ser tratada tributariamente como tal! – ficarão para um segundo momento. Devagar a gente chega lá!
      Abs,
      Raul

    • A Diretoria está à sua disposição apra qualquer esclarecimento. Como o sr. se diz promotor de justiça, gostaria de saber que informações o sr. acha que o MP deveria tratar, uma vez que não me parece haver mais do que elocubrações acerca do futuro do ACSP. Quais são as “denúncias” ou informações que o sr. gostaria de ver tratadas pelo MP ?
      Fábio Pannunzio, diretor de COmunicação Social do ACSP.

      • José Carlos
        4 anos ago

        Pannunzio,
        Não se preocupe, vamos deixar que o MPF avalie isso tudo, estarei tendo uma reunião com a Dra. Mônica Garcia do Ministério Publico da 3 região para ver o caso do Aeroclube São Paulo e demais outros Aeroclubes da qual temos recebido denuncias.
        Sem mais,

  6. A leitura teria ficado mais agradável se o autor tivesse desligado o CapsLock… :/

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Sim, mas a leitura teria ficado muito mais agradável ainda se o autor tivesse desligado o computador na hora de redigi-la!

Comments are closed.