“Crise impulsiona avanço da aviação executiva no Brasil”. Como diria Didi Mocó: “Acuma?”

By: Author Raul MarinhoPosted on
370Views2

O UOL deu destaque ontem a este artigo da BBC denominado “Crise impulsiona avanço da aviação executiva no Brasil“. Quando li o título pela primeira vez, as palavras “crise” e “aviação executiva” numa mesma frase me levaram a crer que se tratava do assunto comentado neste post:  “A pauta da APPA para tirar a aviação geral do caos“. Mas, não! A abordagem era outra: de que a crise mundial derrubou os preços dos aviões executivos usados, e o Brasil fez a festa, trazendo vários exemplares para voar aqui – além, é claro, da história do crescimento do mercado de luxo no Brasil, e blá blá blá. Ok, isso até existiu (e, em parte, ainda existe), mas esse movimento foi mais visível até 2010/2011, já faz algum tempo que o apetite dos operadores nacionais arrefeceu. E, atualmente, o que está em discussão são os problemas que a aviação executiva enfrenta para sobreviver, seu iminente enxotamento de Congonhas, etc. O que me leva a crer que uma boa assessoria de imprensa é o que realmente faz a diferença para o surgimento de notícias sobre aviação, e gostaria de dar os parabéns aos profissionais que trabalham para o sr. Francisco Lyra, e para a Embraer.

2 comments

  1. Julio Petruchio
    4 anos ago

    Certo… Agora me conta a do papagaio!!!

  2. Tem que cortar em 4 o que diz a tal de C-Fly. Quem embarcar naquela parada deles com a JHSF estarah embarcando numa canoa mais furada do que uma peneira.

Deixe uma resposta