“5 things general aviation needs right now”

By: Author Raul MarinhoPosted on
266Views3

Para quem tem interesse na aviação geral, recomendo ler o artigo “5 things general aviation needs right now“, da Air Facts (mais uma indicação do nosso amigo Beto Arcaro), que em alguns pontos é plenamente aplicável à realidade brasileira:

1) Liderança inspiradora para o setor

No nosso caso, quem são os “líderes inspiradores” da aviação geral? Quem, da APPA, da ABAG, etc está fazendo a diferença para que a aviação geral se desenvolva? Fora a ABRAPHE, que tem o Rodrigo Duarte, uma jovem liderança bastante ativa para a aviação de asa rotativa, eu não vejo mais ninguém se destacando neste cenário…

2) Uma nova abordagem para a certificação

Se lá eles reclamam do engessamento da FAA, imaginem o que o autor diria se conhecesse a ANAC…

3) Clareza sobre a questão da AVGAS

Lá nos EUA, as pessoas estão bastante inseguras acerca da continuidade da tecnologia de motores movidos a AVGAS: vale a pena adquirir agora uma aeronave equipada com esse tipo de motor, ou é melhor esperar para comprar uma que tenha motor movido a querosene (a pistão ou a reação)? Aqui, como estamos tecnologicamente mais atrasados, essa discussão ainda não está no topo de nossas preocupações.

4) Incertezas sobre o NextGen (ADS-B)

Outra questão que não se aplica à realidade brasileira devido ao nosso atraso tecnológico: nos EUA, a comunidade está meio perdida sobre o que é realmente necessário fazer para se adequar à nova tecnologia NextGen de ADS-B. Aqui, isso ainda não está no nosso radar (com o perdão do trocadilho).

5) Menos reclamações e mais ousadia

Este item é o mais interessante, junto com o que trata das lideranças – e, na verdade, está intimamente relacionado àquela questão. O fato é que ninguém quer se arriscar a quebrar a cara hoje em dia, e com esse tipo de atitude, não se vai a lugar algum! Alguma semelhança com o que acontece no Brasil?

3 comments

  1. Löhrs
    4 anos ago

    Raul, sei que está fora do tópico, mas como vc tem credibilidade junto ao setor e bastante conhecimento, porque não cria um blog ou abre um adendo à este, para um setor de vagas x empregos. Uma espécie de classificado…o que acha?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Eu acho que não iria funcionar. O mercado de pilotos não funciona assim, os operadores não contratam no escuro. Tanto é que vc não encontra oportunidades para pilotos na Catho ou em qualquer outro site de emprego.

Deixe uma resposta