Colisão entre aeromodelo e avião nos EUA

By: Author Raul MarinhoPosted on
275Views1

Vejam no vídeo abaixo uma colisão entre um aeromodelo e uma aeronave, ocorrida num show aéreo nos EUA. Não aconteceu nada de mais grave, a aeronave pousou normalmente logo em seguida, mas é evidente que foi por muito pouco que uma tragédia maior não ocorreu. O que mostra que aeromodelos ou drones não podem conviver no mesmo espaço ao mesmo tempo com as aeronaves tripuladas.

One comment

  1. Djsonic Biosfera
    4 anos ago

    Salve Raul e leitores, queria explanar um fato ocorrido na semana passada.
    Antes de mais nada sou aeromodelista a mais de 15 anos e acabei de concluir meu teórico de PPA.
    Na semana passada tivemos um encontro de aeromodelismo em uma cidade do interior de Minas Gerais, em um aeroporto que é pouco utilizado e que alem de ser o aeroporto municipal, também sedia o clube de aeromodelismo da cidade.
    Na ocasião foi emitido um respectivo NOTAM para esse aeródromo, informando a ocorrência do evento.
    Como o aeródromo é muito pouco utilizado, muitos pilotos fazem uso da pista para a prática de TGL, na ocasião havia acabado de coordenar via vhf com um amigo que chegara ao evento de helicóptero, quando notei uma aeronave fazendo a aproximação já na perna base, nesse momento, acontecia bem no centro da RWY a apresentação de 2 helimodelos, imediatamente peguei o radio e contatei a aeronave que arremeteu prontamente, e aguardou os aeromodelos livrarem a RWY para efetuar sua TGL( Não vou citar o modelo nem a procedência da aeronave, sendo que era uma aeronave de instrução)

    Como estudamos na aviação, nenhum acidente acontece decorrente de um único fator, nesse caso, ele foi evitado por muito pouco, e fica muito clara uma série de erros.

    Inicialmente,1 O piloto ou o INVA, não buscaram o informativo desse aeródromo, pois aparentemente não tinham ciência do evento de aeromodelismo, que como disse foi informado via NOTAM.

    2 O Aeródromo deveria conter sinais no solo (apesar de que havia muitas tendas e pessoas nas áreas de manobra, o que soaria no mínimo estranho para um piloto com intenções de pouso ou TGL)

    3 Como sabemos, o piloto deveria tentar contactar ou no mínimo informar suas intenções e posições via RADIO e não o fez até que eu o contactei.

    Graças a algum fator maior o acidente foi evitado, mas eu sei que foi por mto pouco.
    Ao longo de todo o dia tivemos a visita de diversas outras aeronaves, umas desistiram inclusive de passar por perto, para evitar os aeromodelos, outras chegaram a fazer contato pedindo autorização para TGL com total segurança.

    As vezes a rotina do dia-a-dia é nosso maior inimigo, provavelmente esse piloto ou INVA estava acostumado a fazer TGL nesse aeródromo, sabendo que nunca tinha ninguém usando essa pista, e que raramente alguém responderia o rádio pois onde não tem ninguém dificilmente vai ter um rádio. e menos ainda imaginou que haveria um NOTAM para essa pista.

    um abraço

    Edson R. Souza (Sonic)

Deixe uma resposta