“Aviation Heroes: Why There’s No Such Thing”

By: Author Raul MarinhoPosted on
222Views1

Em complemento ao post publicado ontem – “Como pode um piloto se destacar dos demais?” -, eu gostaria de reforçar a recomendação do nosso amigo Beto Arcaro quanto a este artigo da Flying Magazine: “Aviation Heroes: Why There’s No Such Thing“, que fala mais ou menos o mesmo que eu, só que com muito mais competência!

One comment

  1. Beto Arcaro
    4 anos ago

    Que nada Raul!!
    Só a matéria é que veio à calhar!
    Acho que cada um é competente do seu jeito, na sua realidade, etc.
    Acho esse negócio de “Herói” meio estranho.
    Se você procura a Aviação profissional com aspirações heróicas, ou já teve muitas experiências desse tipo na profissão, é por quê tem alguma coisa errada!
    Aposto que o Sully desceu do “Airbus pro bote” com as pernas tremendo, “peeing in the pants”!
    Se não, “O CARA TEM PROBLEMA”!!
    Às vezes, a gente até torce pra fazer um procedimento de não precisão “nos mínimos”, pra coisa ficar mais agitada.
    Acho que “Herói” hoje, em tempos de ANAC, SAC, RBAC”s “malucos”, etc., é quem faz alguma coisa pela Aviação.
    Esse “Fazer alguma coisa”,significa, desde voar com segurança, com princípios e cultura aéronáutica à “de repente” criar um Blog tão sério e influente como esse.
    Não considero o Instrutor que ganha R$15,00/ Hora em “Certos Aeroclubes” um Herói !
    Esse é a “VÍTIMA”!!

Deixe uma resposta