Mais um aeroclube é despejado pela INFRAERO: agora é o de Joinville

By: Author Raul MarinhoPosted on
301Views2

Vejam a reportagem abaixo, publicada no Diário Catarinense de ontem, informando que mais um aeroporto é despejado pela INFRAERO. …Enquanto isso, o Aeroclube de São Paulo permanece deitado em berço esplêndido, na certeza de que seu contrato de concessão será renovado, e atacando quem ousar alertar para o risco. Então tá, né?

Associados do Aeroclube discutem desapropriação de terreno
Área ocupada atualmente pela associação terá que ser liberada para as obras de ampliação do terminal Lauro Carneiro de Loyola


Parte da área deve ser liberada num prazo de dez dias
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

Os associados do Aeroclube de Joinville se reúnem nesta terça-feira para discutir a desapropriação do terreno ocupado atualmente pela associação. A área, de 39 mil m², é reivindicada pela Infraero para as obras de expansão do Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola.

O presidente do Aeroclube, Francisco Strauhs Neto, diz que a associação não se opõe à desapropriação. A desmontagem da estrutura, inclusive, já começou – ele acredita que dentro de dez dias parte da área esteja liberada.

Segundo Strauhs Neto, o encontro vai debater outras questões, como a mudança de sede da instituição e o valor a ser pago pela desapropriação.

A associação contesta o valor definido pela Infraero, de R$ 1,2 milhão. Strauhs Neto conta que uma perícia realizada pelo Aeroclube apontou que o valor da área pode chegar a R$ 4 milhões.

— Vale ressaltar que a questão do valor não vai impedir que o Aeroclube deixe o local. Essa é uma pendência que será resolvida depois — reforça o presidente.

O Aeroclube foi fundado em 1938 e até 2006 atuou como escola de formação de pilotos.

2 comments

  1. Gilmar Da Luz
    4 anos ago

    O que já estava ruim por aqui piorou agora, uma escola de aviação de helicópteros já deixou de operar em 2004 por conta das tantas taxas da Infraero e foi para o Paraná e agora o aeroclube que estava fraco agora não vai mais existir. Nada contra a ampliação do terminal de passageiros pois realmente precisa mas tem uma área grande para o outro lado que está desocupada! Não sei não mais isso me cheira a interesse político.

    • Felipp Frassetto
      4 anos ago

      Pois é, mas como bem disse a reportagem, ele já nao funcionava mais como escola de aviacao desde 2006. Tanto que nesta cidade havia uma outra “escola”, que ministrava apenas a parte teórica. Quando o aluno já pudesse voar, tinha que sair dali e buscava principalmente Blumenau ou Curitiba e só conseguiam marcar um vôo dali a semanas, em ambos.
      De todo modo, é uma pena.

      Se nao estou enganado, a atual Esquadrilha Oi tem sua origem no Circo Aéreo Ônix, que nasceu ali, nos anos 80.

Deixe uma resposta