“Adesão ao plano de demissão voluntária da TAM supera 50%” – O que isso significa?

By: Author Raul MarinhoPosted on
358Views10

Vejo na reportagem da Exame online que acabou de sair – “Adesão ao plano de demissão voluntária da TAM supera 50%” -, informando que o PDV da TAM superou as expectativas, e fiquei pensando sobre o que isso significa… Poderia ser:

  • Que trabalhar na TAM está bem pior do que se supunha? ou
  • Que há oportunidades bem melhores fora da TAM? (No exterior?) ou
  • Que o pessoal está achando que a TAM vai acabar fechando, e que é melhor sair agora com um troco no bolso do que esperar ela falir e ficar anos esperando para receber a rescisão na justiça?…
  • Ou o quê?

Qual a sua opinião?

– x –

PS: Sobre essa hipótese da TAM acabar fechando, recomendo que se leia essa matéria publicada numa espécie de Valor Econômico chileno, dizendo que os Cuerto (acionistas da LAN) não estão nada felizes com a TAM, não só pelos resultados econômicos desfavoráveis: “El creciente enojo de los Cueto con el ‘desorden’ de TAM. Al interno de LAN se cuestiona el ‘due diligence’ que se hizo para la fusión“.

 

 

 

 

 

 

 

 

10 comments

  1. Copilot
    4 anos ago

    Caro Raul,

    Sou um dos contemplados pelas demissoes, era copiloto na empresa. Seu raciocinio esta completamente equivocado. Optei pelo PDV e praticamente toda minha turma fez algum tipo de opcao, seja PDV ou Licenca nao remunerada. Veja, posso falar seguramente que todos nos fizemos estas opcoes porque simplesmente a empresa soltou o numero que iria ser demitido. E o PDV e LNR teriam preferencia para retorno no caso de recontratacao. Todos nos saimos pensando em voltar! Claro que existem excessoes, mas sao raras. Claro que a TAM nao e um mar de rosas, mas definitivamente era o melhor emprego da aviacao comercial no Brasil, com todos seus defeitos e qualidades. Salario, internacional, beneficios. O fato e que os que estavam dentro do numero de demissoes e sabiamos que seriamos demitidos, se optasse pelo PDV receberia uma mixaria de 5.500 reais de bonificacao, renovacao do equipamento A320 caso estivesse vencendo nos proximos 3 meses a demissao, e prioridade para retorno sobre os demais (exceto pela LNR), a LNR nao receberia nada, mas tb nao foram demitidos, esperando a empresa os chamarem de volta. serao os primeiros a retornar. Enfim, espero ter sido claro e jogado alguma luz sobre o que aconteceu, mas acredite, dos 194 copilotos demitidos, podemos contar em uma mao os que realmente gostariam de sair.

    Obs.: desculpem pela falta de acentuacoes, teclado desconfigurado.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Agradeço a sua contribuição, Copilot. Mas que “raciocínio equivocado” foi o meu, sendo que eu só conjecturei hipóteses?

  2. Rogério Aviador
    4 anos ago

    Acho que teremos uma nova “Avianca”.

  3. Enderson Rafael
    4 anos ago

    É curioso… vemos a gestalt toda, o macro, mas quem dita o que vai acontecer é o micro, os movimentos de cada um com suas prioridades. Desde do Cueto até o carinha do Handling da TAM. No fundo, o que cada um deles pensa e faz, é que vai definir o destino da LATAM. A soma desses todos milhares de valores, anseios, e ações, é algo difícil de prever.

    • Chumbrega
      4 anos ago

      “Desde do Cueto até o carinha do Handling da TAM. No fundo, o que cada um deles pensa e faz, é que vai definir o destino da LATAM.”

      Brilhante.

      • Enderson Rafael
        4 anos ago

        Thanx;-) Eu me ligo mto no macro, custei pra perceber isso…

  4. Felipp Frassetto
    4 anos ago

    Putz!

    Sobre a reportagem, a LAN atribui a perda do “investment grade” ao mal desempenho da TAM. Que bomba!
    E isso que, conforme a penúltima frase, a TAM tinha vendas e renda maiores em 40% e 50% , respectivamente.

    Pois é, amantes da aviação, é melhor já irmos pensando em como salvar o Museu da TAM.
    Com uma coleção daquelas, logo logo será vendida.

  5. Felipp Frassetto
    4 anos ago

    Também acho que de tudo um pouco, mas a terceira com certeza é a que deve ter gerado tudo e feito o pessoal pensar na primeira e na segunda. Mesmo porque, os casos da Varig e Vasp dizem muito.

  6. Minha modesta opiniao: todas as acima e/ou um pouco de cada. Tem gente que nao aguenta mais o “regime” (4 infartos, dois dos quais fatais, num curto espaco de tempo, mais ou menos dizem tudo); tem gente que quer ir tentar a sorte no exterior e/ou em outros segmentos; tem gente que jah decidiu ateh sair da Aviacao, tipo abrir um negocio (alguns jah tem), fazer uma faculdade etc…

  7. Julio Petruchio
    4 anos ago

    Duas coisas:
    1 – por mais de uma vez ouvi falar “que a TAM tinha data para fechar” e que a venda dela teria sido a “tábua de salvação”.
    2 – pelo visto os irmãos Cueto, vindos do País mais organizado da América Latina, caíram na real e viram que nesse país é tudo na base da “Casa da Mãe Dilma”.
    Até a “Casa da Mãe Joana” deve ser mais organizada que esse país!
    Em tempo: em diversos setores o Brasil “está queimado na rodinha” lá no exterior.

Deixe uma resposta