Você é um “Rogue Pilot”?

By: Author Raul MarinhoPosted on
255Views15

Excelente artigo! Conheço pessoalmente o Tony Kern, autor do conceito de “Rogue Pilot”, que tem por bandeira a defesa do profissionalismo na aviação. Trata-se de um dos mais brilhantes aviadores que conheço!

15 comments

  1. Aleksandro Gardano
    4 anos ago

    Sempre me vem à mente a “turma do acostamento” (aquelas pessoas que não hesitam em ultrapassar os pobres mortais em dias de congestionamento intenso)…que, sendo aviadores, ingressam em um circuito de tráfego sem autorização, informam posições mais à frente de onde na verdade estão, ou sequer se comunicam. Pessoas que voam com a Família negligenciando a segurança, pois no dia a dia tratam-na com o mesmo grau de “prioridade”…

    Achei sensacional o artigo. Nossas ações, em qualquer esfera, são um reflexo de nossa personalidade. Mas quando o assunto é voar…a personalidade tem que ser substituída por padronização.

    Padronização…padronização….padronização.. o “mantra” da aviação (e de preferência, com uma educação que acompanhe…!)

  2. Aqui no aeroclube onde sou sócio, um dos requisitos para ser aceito como membro, é um nada consta de infrações de trânsito. Assim como menciona o Kern, o reflexo do dia-a-dia em terra é levado aos céus.

  3. miguel santana
    4 anos ago

    Durante muitos anos de instrução de voo em modalidades aeronauticas tão diferentes como ULM, asa delta , planadores paraquedismo, aviões,,,, dá para perceber bem como esses conceitos se aplicam tão bem aos alunos.
    Já fui infelizmente a varios funerais,,,muitos eram realmente “uma morte anunciada”

  4. Beto Arcaro
    4 anos ago

    É isso aí Enderson! O Mundo profissional é “Rogue” em todas as Áreas, mas na Aviação esse comportamento chega à ser ilógico, incoerente, dentro do perfil do “Rogue Aviador”.
    Acho que “Bipolar” seria o termo certo!
    Conheço vários “Bolas da vez” naquela situação que Tony Kern descreve no início.

    • Enderson Rafael
      4 anos ago

      Sabe uma coisa que sempre me incomodou depois que entrei pra aviação? Horário. Sou neurótico com pontualidade, em boa parte porque somos muito cobrados com isso como tripulantes. E isso, perceptivelmente, nos faz uma classe à parte da sociedade brasileiro, leniente com tudo, em especial com compromisso de qualquer tipo…

  5. Vitor Castro
    4 anos ago

    Me interessei logo de cara no livro, para quem também interessar, fiz uma busca e encontrei/comprei exemplar novo (paper cover) no Amazon através da Pygmy Books $38,90 com frete, confere com o valor anunciado no site da própria Pygmy Books que cita como “back in print”. Fica a dica!
    Cheers

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Então, veja se vc compra também o “Going Pro – The deliberate pratice of professionalism”, da mesma Pygmy Books, que é o melhor livro do Tony Kern.

      • Enderson Rafael
        4 anos ago

        Esse cara é top demais!

  6. dgfreitas
    4 anos ago

    Muito bom, mais um fã do Dr. Tony Kern!

  7. Julio Petruchio
    4 anos ago

    Ah! Qual é?! Deixa o cara se matar! Melhor se ele se matar sozinho!

    • Beto Arcaro
      4 anos ago

      Se a Gente não voasse no mesmo Céu, se não existisse a chance de você, ou de sua Família, voar com “um Cara desses”, esse seu “Princípio esquisito” estaria correto.
      Infelizmente, os “Rogues”(Bolas da Vez) só não são “Egoístas”, quando se matam!
      Para usar um termo muito em moda, atualmente, eles gostam de “Compartilhar” os estragos que fazem com outros.
      Espero que você tenha a sorte de nunca voar com um “Rogue”! Se tiver o Azar, com certeza não vai pensar assim, né?

      • Enderson Rafael
        4 anos ago

        O que não falta é exemplo nas estradas de gente inocente que morre pq nego bebe e dirige, toma bolinha pra ficar acordado no caminhão, e por aí vai…

  8. Enderson Rafael
    4 anos ago

    Excellent! A resiliente capacidade de aplicar estes conceitos a um “rogue world” pode salvar muitas vidas.

Deixe uma resposta