A dura vida de um copila iniciante de linha aérea regional nos EUA

By: Author Raul MarinhoPosted on
266Views7

A situação do mercado de trabalho para pilotos no Brasil está muito ruim, como se sabe. Mas nos EUA, referência para muita gente quanto à aviação, a situação do pessoal que está começando na linha aérea regional também não é nada confortável. Para quem quiser se inteirar sobre a situação do mercado de trabalho para pilotos nos EUA, recomendo o artigo “This just doesn’t fly: Some airline pilots barely make living wage“, da ABC News – indicação do amigo Enderson Rafael. Lá, vocês verão que um copila iniciante chega a ganhar US$19/h – o que dá cerca de R$1,5mil/mês (menos do que ganha um motorista de táxi nos EUA). Como diz a primeira frase da reportagem:

You really have to love what you do, or be exceedingly patient, to consider becoming a regional airline pilot.

7 comments

  1. Enderson Rafael
    4 anos ago

    Pois é, o começo por lá não é nada fácil. Meus instrutores tinham todos milhares de horas de voo. Mas é outra aviação, de fato, com uma estrutura que nós aqui nem sonhamos. E essa frase genial do início da matérias é triste, mas perfeita.

    • Gustavo Dias Ribeiro
      4 anos ago

      Realmente aqui vai ser nada facil viu Enderson, porem se pensar lado SEGURANÇA e qualidade de vida nosso amado Brasil fica a milhoes de distancia, e por outro lado temos a distancia da familia e dos reais amigos. A sorte é que com o pouco que se tem consegue viver bem, é amar o que faz e esperar que o tempo e a determinacao que se tem nos leves as boas referencias ! Alem de que aqui realmente pelo que ando escutando ” é outra aviação ” , Vamos ver, vou colocar em pratica e veremos o que acontece pq até o momento estou na fase das teorias rsrs ;)

      • Enderson Rafael
        4 anos ago

        Você vai tirar de letra. FAA é uma mãe. ;-) Na torcida, infelizmente, de 7mil ikm de distância.

  2. Nunes
    4 anos ago

    Amigos ,gostaria de informar que apesar do começo ser dificil nos EUA la tem um começo,enquanto aqui no Brasil nao ha comeco,simplesmente vc tem que voar de graca dando gracas a DEUS.
    Aviacao de taxi aereo geral e executiva vive de passado empregos ja existentes.
    A minha sugestao e cancelar este marketing sobre ser PILOTO.
    Profissao que esta em extincao.

    • Enderson Rafael
      4 anos ago

      Infelizmente, Nunes, isso é uma grande verdade por aqui atualmente: você precisa ter um QI monstro pra voar de graça e sem logar. Imagina conseguir emprego…

  3. Um dos maiores problemas é que – ganhando tão pouco – eles não conseguem morar nos hubs. Acabam morando muito longe e fazendo longos commutings de e para a base de operações. Sei como é, pq também passei por isto, aqui no Brasil, uma época. A fadiga e noite mal durmida pela copiloto daquele Colgan Air que se acidentou lá, uns anos atrás, foram arroladas como fatores determinantes na consumação do sinistro.

Deixe uma resposta