Mais um acidente aéreo em Maricá. Coincidência?

By: Author Raul MarinhoPosted on
366Views24

Já faz algum tempo que tenho noticiado aqui as estranhas ocorrências no aeroporto de Maricá. Começou com um acidente no dia 11/09, que acabou por precipitar o fechamento do aeroporto pela prefeitura (fechamento esse, claramente ilegal). Aí, surgiram depoimentos de que sabotagens de aeronaves estariam ocorrendo no aeroporto, e um vídeo mostrando que viaturas da prefeitura circulavam pela pista na véspera do acidente do dia 11/09. Tudo isso está nos seguintes posts:

Além disso, vários relatos dão conta da maneira autoritária e truculenta com que a prefeitura vem administrando o aeródromo municipal. A título de exemplo, reproduzo abaixo um texto publicado em um fórum de discussão sobre aviação para que seja possível entender o que quero dizer com isso:

Semana passada passei o maior perrengue que já passei em toda minha vida na aviação. Consultei NOTAM e fiz plano de vôo para Maricá, RJ. Não havia nenhum NOTAM e o plano foi devidamente aceito na sala AIS Uberaba. Decolei do Vale dos Dinossauros SSFH sexta-feira passada com minha esposa e dois filhos. Fui controlado até o pouso em Maricá. Lá chegando, logo na saída da taxiway uma viatura me aguardava. Taxiei a aeronave até local deestacionamento e antes de desembarcar minha família já se encontravam ao lado da aeronave a viatura com 4 policiais armados e dois “fiscais” do município. Fui recebido com a pergunta: O Sr. está ciente que o aeroporto está interditado? Logo respondi, quando decolei, não havia nenhum NOTAM de interdiçãos do aeródromo. Me explicaram que apesar da pista na estar interditada e de não haver NOTAM, o prefeito de Maricá interditou a área do aeródromo que é propriedade do município. Que apesar da pista não estar interditada, a área onde eu me encontrava estava interditada e que para eu sair deste local precisaria de uma autorização formal da prefeitura de Maricá, apesar da pista estar em operação e minha aeronave estar com toda documentação em dia. Ainda que não poderia decolar no domingo, como eu havia planejado, pois a prefeitura não funciona aos finais de semana. Resumindo, não teria acesso ao meu bem, para poder ir e vir, apesar de não haver nenhum NOTAM.

FUI EMBORA REVOLTADO, meus filhos inseguros sem entender o que estava acontecendo, e eu mesmo sem entender a situação que um cidadão pode ser colocado sem uma lógica.
Perdi compromissos segunda-feira em Uberaba e fui à prefeitura buscar a tal autorização. Com intuito de resolver minha situação, não questioneis muito.
Após viagem de carro de 45 minutos de Niterói à Maricá, Munido dos meus documentos e dos documentos da aeronave, cheguei à prefeitura e após esperar 1 hora, me disseram que não poderia ter acesso ao gabinete do secretário pois eu estava de bermuda (fui passar o final de semana na praia e o calor estava imenso). Esperei mais uma hora e me “quebraram o galho” e me entregaram uma autorização que me permitia decolar até no dia seguinte (aí ei já não poderia mais decolar na segunda por causa da demora). A autorização continha meu nome e os dados da aeronave, assim como o prazo limite de decolagem 15/10/13, dia seguinte. Questionei a pessoa que me entregou a autorização que a previsão do tempo não era das melhores e que não havia nome dos meus familiares na autorização. Me afirmaram que somente era necessário o nome do comandante da aeronave e, se caso não pudesse decolar no dia 15, teria que pedir outra autorização.
Munido da tal autorização, após outros 45 minutos de carro até o aeródromo, cheguei ao portão do aeroporto, apresentei a porcaria da autorização para escutar do guardinha que somente eu poderia ingressar o aeródromo pois os nomes de meus familiares não estavam na autorização. Que precisaria retornar à prefeitura para uma nova autorização, o que muito indignadamente fiz, inclusive colocando uma calça jeans na porta da prefeitura para poder acessar o grande e imponente gabinete do secretário. Mais uma hora e meia de raiva e indignação me trouxeram a autorização. Desta vez consegui entrar no aeródromo e ter acesso ao meu bem e com plano de vôo feito, ainda tive que ir até CABO FRIO buscar abastecimento, pois além de tudo, não havia Avgas em Marica, o que me custou entre ida e volta uns bons 40 minutos de vôo.
A situação foi extremamente revoltante! acho que nosso país está indo para algum lugar absurdo que nossos filhos pagarão caro o preço de viver aqui.
Obs:. Prefeitura comandada pelos petralhas…… Onde vamos parar?

Acho que esse relato é bem ilustrativo de como a prefeitura está administrando o aeroporto do município, né? Então sigamos.

Na tarde de ontem, 21/10, mais um acidente aeronáutico acontece na cidade de Maricá. Segundo esta reportagem do G1 – “Duas pessoas morrem após queda de avião em lagoa de Maricá, no RJ” -, a aeronave acidentada seria um monomotor Tupi, mas parece que, na realidade, fora um bimotor Seneca que teria se acidentado na lagoa do Marine. E mais: embora essa reportagem do portal Lei Seca Maricá – “Prefeitura emite nota sobre queda de avião na lagoa do Marine” – informe que a aeronave tenha se acidentado antes de chegar à cidade, há relatos de testemunhas dizendo que o avião estava em pane em um dos motores, e que teria tentado pousar no aeródromo da cidade, manobra impossibilitada porque haveria um caminhão de prefeitura estacionado sobre a pista.

Vamos ver o que dizem as investigações da Polícia Civil e do CENIPA sobre este caso, mas eu acho coincidência demais que este outro acidente tenha ocorrido justamente numa cidade que enfrenta esse tipo de problema. Se for confirmado que o Seneca não conseguiu realizar um pouso de emergência devido à presença de um caminhão da prefeitura estacionado sobre a pista, o conflito deixa a esfera administrativa para ingressar na criminal, pois estaríamos diante de um atentado á segurança de voo – vide art.261 do Código Penal. Veremos…

 

24 comments

  1. anonymous
    4 anos ago

    Cadê os “black blocks” nessas horas?!

    :|

    • Julio Petruchio
      4 anos ago

      Black blocks=Tropa de choque PTralha.

  2. rubens
    4 anos ago

    Oo que diz os FDPs (funcionarios daquela prefeitura)
    http://www.marica.rj.gov.br/?s=noticia&n=3490
    http://www.marica.rj.gov.br/?s=noticia&n=3491

  3. rubens
    4 anos ago

    To com vontade de vomitar!!!!!!!!!! Olha em que paizinho de merda que estes petralhas estao transformando o Brasil.

  4. David Benner
    4 anos ago

    Alguém sabe se os carros da prefeitura ainda estão impedindo a operação no AD? Se sim, alguém poderia pegar uma GoPro, instalar no avião e filmar uma tentativa de pouso por lá.

    • Ricardo Moraes
      3 anos ago

      Oi David meu nome é Ricardo estou buscando pessoas que tenham testemunhado a presença de uma caminhão da Prefeitura no momento do acidente. Caso tenha essa informação favor enviar nomes e telefones para contato.

  5. jabertecnico
    4 anos ago

    Em certa ocasião, há um bom tempo atrás, eu estava tirando umas dúvidas com o Raul e me veio a ideia de processar a ANAC por conta do atraso na vistoria de uma aeronave. Na época foi orientado pelo Raul a não ingressar pois não seria muito compensativo.
    Hoje fico pensando, com tato absurdo cometido pela ANAC e por tantos administradores de AD’s, não seria possível, ou pelos menos interessante, um processo coletivo contra a ANAC.
    Considerando que, pessoalmente, conheço vários pilotos que tiveram problemas até para manter seus empregos por conta de atrasos da ANAC me veio essa ideia…
    O que os colegas mais instruídos acham disso? Será que isso seria válido hoje?
    A questão aqui não seria ganhar ou perder mas sim chamar a atenção do judiciário e até da imprensa ao lotar os tribunais e fóruns com processos relacionados ao meio da aviação.
    Grato pela atenção de todos….

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      O que eu disse na época, se não me falha a memória, é que um processo desses não sai barato, e que, sendo pragmático, o melhor é resolver o problema administrativamente, sem recorrer á justiça. Agora… Se for um SNA, uma ABRAPAC ou uma APPA a ingressar com a ação, a coisa muda de figura.

      • Julio Petruchio
        4 anos ago

        Ação na Justiça impetrada por APPA, Abrapac, SNA, ABAG?! Morreremos e nunca veremos isso acontecer!

      • jabertecnico
        4 anos ago

        Foi exatamente essa sua resposta Raul.
        Acho que acabei me expressando mal e dei a entender que a intensão era de defesa da ANAC.
        Agora concordo com a opinião do colega, que diz que paga pra ver algum dos órgão citados entrando judicialmente contra a ANAC.
        Vamos aguardar pra ver no que vai dar.
        Abraço…

        • Julio Petruchio
          4 anos ago

          Não pago , não Jáber.
          Pois já houveram tantos motivos para essas entidades representativas defenderem os interesses de seus associados e até hoje nenhuma não fez nada.
          Diante disso Tenho certeza que essa realidade não mudará nunca!

  6. André
    4 anos ago

    Entendo que, dada a quantidade de testemunhas e de relatos, nada mais falta para que sejam tomadas providências – nem mesmo aguardar ao inquérito policial.
    Trata-se de uma situação que põe em risco coletivamente a vida de pessoas e, de tal forma, é necessária comunicação ao Ministério Público e a ANAC.
    Há regras de operação de um aeródromo que DEVEM ser cumpridas seja ele onde for e a quem pertencer.
    Logo, é dever do MP exigir que tal se cumpra. Agora, sem provocação, ou seja, sem denúncia, fica difícil esperar uma ação antes que outros desmandos aconteçam – ainda que (pelo que li) tenha sido vitimado um juiz.
    Fico triste em saber que Maricá aparece agora nos noticiários como local onde um prefeito teria tomado uma atitude tão vil e inconseqüente quanto esta e onde uma guarda municipal toma formas de milícia particular em franca ameaça a população.
    Por fim, que Deus dê paz aos familiares dos que se foram e proteção aos ainda vivos.

  7. fredfvm
    4 anos ago

    Se a Imprensa brasileira não estivesse toda comprada, esse caso já estaria repercutindo em toda parte, inclusive nos noticiários internacionais. É uma pena o que está acontecendo, no país que tanto amamos…

    • David Benner
      4 anos ago

      E muita gente ainda não percebeu que já estamos experimentando o gostinho amargo da ditadura comunista que vem, de mansinho, se enraizando no Brasil. Acham que estou exagerando? Voltemos a este meu comentário no final do segundo mandato da presidANTA Dilma, em 2018, e veremos se terá sido exagero meu…. é triste mas estamos num caminho sem volta.

      • Julio Petruchio
        4 anos ago

        Concordo. Está tudo tomado pelos PTralhas!

  8. Luiz
    4 anos ago

    Acidente terrível, conhecia os dois. E se realmente aconteceu um bloqueio na pista isso vira homicídio !!!
    Fiz meu multi nesse Seneca, é muito triste ver os companheiros partirem, que eles voem em paz agora !

  9. David Benner
    4 anos ago

    Esse prefeito só vai sofrer as consequências de sua arbitrariedade caso o PT julgue que esse ato foi prejudicial à imagem do partido ou mesmo do governo. Se o partido assim entender, ele será “deixado pra morrer”. Caso contrário, será protegido até a última instância, se preciso. Essa última instância é também conhecida como STF. Protelação e Abeas Corpus sem critérios é com ele mesmo.

  10. gustavousanj
    4 anos ago

    Cada vez mais por ouvir essas historia e mesmo de colegas da area, me aumenta mais ainda o medo e inseguranca de voltar ao Brasil, acho que vou continuando com as minhas regras FAA mesmo. Falta de organizacao total !!

  11. Júlio Petruchio
    4 anos ago

    Welcome to Bananalândia!

  12. robertomantovani
    4 anos ago

    Cada dia que passa tenho mais vergonha de ser Brasileiro!

  13. A pergunta que não quer calar é: após toda essa irritação, o colega vai procurar reparação moral na Justiça, ou foi só um desabafo? É por deixarmos tudo barato, aqui no Brasil, que os abusos de autoridade e os desmandos estão cada vez piores, principalmente por parte da marginália-PTralha.

    • jabertecnico
      4 anos ago

      Concordo contigo Fábio Otero. Acredito que se todos nós entrássemos na justiça por conta dessas situações que nos são propiciadas, tanto pela ANAC, quanto pelos “administradores” de aeródromos pelo Brasil a fora, tudo poderia ser diferente.
      Pode até ser ingenuidade minha, achar que isso poderia fazer alguma diferença, mas mesmo assim sou a favor de um ingresso na justiça por conta de situações como essa.
      Abraço e que bons ventos soprem na proa de todos….

  14. wilson vieira
    4 anos ago

    será que não existe um juiz macho no rio de janeiro????

Deixe uma resposta