Risco aviário (ou oviário?)

By: Author Raul MarinhoPosted on
323Views13

Pessoal, olhem só o que estava sob a carenagem do motor de um Tupi que chegou voando a um aeroporto hoje, para manutenção. É engraçado, mas e o risco de incêndio, de entupimento da entrada de ar para o motor, etc? A inspeção pré-voo nunca pode ser negligenciada, mas muito menos quando a aeronave fica muito tempo parada.

Agradeço aos amigos Freddy Silva e Betojet, que me enviaram as fotos quase simultaneamente.

ovo2 ovo1

 

13 comments

  1. Nossa creio que a passarinha mãe ficou super preocupada, cade meus filhos?

  2. fredfvm
    4 anos ago

    Uma situação digna de uma irresponsabilidade grandiosa. Depois ninguém entende o porque de tantos acidente acontecerem atualmente. Procuram as causas mas não encontram. É lamentável esta situação…

  3. Higor Lopes
    4 anos ago

    Admirei de não ter chocado os ovos no calor do Lycoming!

    • Zé Maria
      4 anos ago

      Cozinharam direto. . .sem chance!

  4. wilson vieira
    4 anos ago

    Pra quem voa em regiões isoladas é sempre bom olhar através da janela que da acesso a vareta de óleo e se for o caso por baixo através do acesso próximo ao escapamento e cuidado pra nenhum animal pular em vc!!!

  5. Zé Maria
    4 anos ago

    Apenas esclarecendo que não é prevista a remoção da carenagem do motor do E712 para a execução da inspeção externa. . .

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Ok, mas e espiar pela janela que dá acesso à vareta do óleo, e demais frestas?

      • Zé Maria
        4 anos ago

        Dependendo da estatura do tripulante, ele só tem condição de identificar a localização da vareta de óleo de maneira a conferir a quantidade. . .para visualizar o ninho precisaria de um ângulo de visão praticamente na vertical, não estou justificando, apenas argumentando, ok.
        Mesmo argumento é válido para as entradas de ar, se a verificação for apenas superficial, tipo está desobstruída, estado da correia do alternador, identificar o ninho entre os cilindros e encoberto pelos tuchos de válvula. . .
        Não pretendo polemizar,apenas replico o que ocorre no dia a dia, ok!

    • Aleksandro Gardano
      4 anos ago

      Não sei com relação ao Tupi, mas os manuais de algumas aeronaves prescrevem verificações adicionais, dependendo do tempo em que ficou parada. Levando em conta que deve ter ficado ao relento, acho que é questão de bom senso ir além do obrigatório (checklist) e realizar uma inspeção mais minuciosa…

  6. Willian Diniz
    4 anos ago

    esta diária e pré voo do piloto foi de pior qualidade hein

  7. Avião auto-sustentável tá aí. Parte do catering estava garantido, ao menos, rsrs…

Deixe uma resposta