“Equívoco e retratação” do Sr. Thiago Martins, do Aeroclube de Uberlândia

By: Author Raul MarinhoPosted on
619Views26

Reproduzo abaixo a mensagem recebida neste final de semana do Sr. Thiago Martins, diretor e instrutor do Aeroclube de Uberlândia, acerca do post “Uêba!!! Acabou a crise na aviação!!! Já não era sem tempo, né?” e respectivos comentários. Em seguida, retorno para minhas considerações.

Obs.: O termo “Equívoco e retratação” foi o originalmente utilizado pelo Thiago no e-mail a mim enviado, daí as aspas.

Caro Raul Marinho,

Primeiramente boa tarde!
Meu nome é Thiago Martins, diretor e instrutor no Aeroclube de Uberlândia e gostaria de explanar alguns pontos sobre a reportagem que foi ao ar no dia 04/12/13, em virtude do compromisso público que a instituição tem com a sociedade:
  • O primeiro ponto a ser explicado é que essa reportagem foi feita pela TV Universitária (curso de jornalismo da Universidade Federal de Uberlândia), e não foi um meio de propaganda utilizado pelo aeroclube, pois a reportagem foi solicitada pela própria TV e em momento nenhum falamos sobre nossos cursos.
  • Antes da entrevista, a TV informou que seria uma reportagem de cunho instrucional e que veicularia em canal fechado da cidade (prova de que não era intenção divulgar nossos cursos, principalmente de forma inidônea como foi dito em um dos comentários);
  • Antes de qualquer entrevista, há um briefing sobre as perguntas que serão realizadas, e me foi informado que perguntariam sobre o mercado e sobre o custo mínimo com horas de voo para se tornar um piloto comercial, ao que respondi que gira em torno de R$35.000,00. Disse esse valor, não por “falsidade ideológica moral” como foi dito em um dos comentários, mas porque a repórter perguntou sobre o gasto mínimo possível para se tornar PC, e ai a conta rápida que eu fiz para responder foi a seguinte:
      • PILOTO PRIVADO
        • 35 horas visuais em Aero Boero 115 – R$230,00/hora (pacote com 35 horas)……..  R$8.050,00;
        • 03 horas noturnas em Cessna 152 – R$350,00/hora………………………………………….  R$1.050,00
        • TOTAL…………………………………………………………………………………………………………. R$9.100,00
    • PILOTO COMERCIAL
      • 100 horas visuais em Aero Boero 115 – R$230,00/hora…………………………………….. R$23.000,00
      • 10 horas IFR em Cessna 152 – R$350,00/hora…………………………………………………. R$3.500,00
      • TOTAL………………………………………………………………………………………………………… R$26.500,00
 TOTAL GERAL PP + PC ……………………………………………………………………………………………………………………… R$35.600,00
                     Portanto, como pode ser visto nos cálculos acima, o que informei é condizente com o praticado pelas escolas de aviação e aeroclubes do país todo. Inclusive tem escolas que tem horas mais baratas que a nossa, cujo valor total pode ficar inclusive menor que os R$35.000,00.
                     Em momento nenhum a escola tentou se promover com essa entrevista, tanto que não foi falado nada sobre os cursos que o Aeroclube oferece, sobre o valor desses, enfim, foram feitas apenas perguntas sobre as variantes do mercado e nenhuma outra pergunta dessa foi ao ar na entrevista.
                     Além disso, pode observar que, quando fui arguido sobre o primeiro emprego após se formar (1:01 – no vídeo), disse que como em qualquer outro mercado, o profissional encontra dificuldades.
                    Saliento ainda que, após a gravação, não tivemos qualquer acesso ao conteúdo da reportagem antes da veiculação, tanto que, só tomamos ciência da reportagem completa após a publicação no PSP e verificamos várias falhas de edição, como as seguintes:
    • o aluno entrevistado faz curso de PP-teórico e a reportagem disse que é aluno de PC;
    • as perguntas feitas pela repórter não foram publicadas, mas apenas as respostas;
    • a repórter perguntou sobre o custo mínimo COM HORAS DE VOO, mas a pergunta não foi ao ar;
    • aos 0:56 do vídeo você pode observar um “corte”, exatamente na pergunta da repórtes.
                     Talvez eu tenha tenha falhado ao dizer a frequencia do alto e baixo da aviação qu, por força de expressão, disse: “um ano bom e um ano ruim”, mas apenas para ilustrar que o mercado da aviação é mais reagente à economia que outro qualquer. Como essa expressão causou desconforto, peço desculpas em nome do Aeroclube de Uberlândia, e me coloco à disposição para quaisquer esclarecimentos.
Att,
Thiago Martins
Diretor do Aeroclube de Uberlândia

Comento

Se houve, realmente, uma distorção editorial tão grande quanto a afirmada pelo Thiago, por parte de quem produziu o tal vídeo, então eu acho que é o caso de chamarmos o pessoal da TV Universitária para que eles entrem na discussão. Mesmo porque tratam-se de estudantes – e, suponho, de um trabalho acadêmico -, o que torna o (suposto) equívoco ainda mais grave. Eu vou enviar o link deste post para que eles, em querendo, manifestem-se. E eu acho que a melhor solução seria refazer o vídeo, com a expressão correta do que o Aeroclube de Uberlândia pensa sobre o curso e a carreira de pilotos. Agora… É bastante estranho que a alegada distorção tenha ocorrido justamente numa direção favorável ao aeroclube. O mais comum seria o oposto, não é verdade? Mas tudo bem, vamos dar ao aeroclube o benefício da dúvida.

Especificamente sobre o caso dos R$35mil para formar-se piloto, entretanto, eu acho que o aeroclube errou na sua resposta. Quando um repórter pergunta “quanto custa um curso de piloto?”, é claro que ele não está a perguntar “quanto custa a parte prática de um curso de piloto, na melhor hipótese possível?”, e sim “quanto se gasta, em média para alguém ir do zero até a qualificação mínima para poder obter um emprego na aviação?” – e, neste caso, há que se levar em conta o seguinte, no mínimo:

  1. Quanto os alunos gastam, em média para se formar na vida real (e eu duvido que seja R$35mil);
  2. O custo global desta formação, incluindo cursos teóricos, voos de cheque, simulador, exames médicos, etc. (e não só a parte prática);
  3. A modalidade de formação mais viável para um aluno obter um emprego, o que inclui, pelo menos, a habilitação IFR – o MLTE seria também desejável – (e não a modalidade PC-VFR/MNTE, utilizada para se chegar aos R$35mil);

Portanto, eu acho que a resposta correta seria algo como “varia muito, de acordo com a aeronave que o aluno escolhe, com o tipo de habilitação pretendida, e de vários outros fatores, mas eu posso dizer que, em média, os alunos gastam R$Xmil (ou, entre R$Ymil e R$Zmil)… E dar a resposta de acordo com o que ocorre na prática, em relação aos alunos que se formam no aeroclube.

Por enquanto, é isso. Vamos agora aguardar a posição do pessoal do curso de jornalismo da Universidade Federal de Uberlândia.

26 comments

  1. Gabriel
    4 anos ago

    Aproveita que ta barato e vai la fazer seu curso parceiro! Quem sabe assim voce nao vira piloto de verdade e para de brincar de blog? :D

  2. J, Milton
    4 anos ago

    PC/MONO/VFR? Não vai arrumar emprego nunca…

  3. lais
    4 anos ago

    Sinceramente ao ler esse assunto no blog fiquei chocada com o fato de muitas pessoas falarem o que desconhecem.O Aeroclube de Uberlândia já formou e forma Ótimos profissionais poderia citar vários,mas isso não cabe a mim.Antes de atacarem,criticarem deveriam ter o prazer de ir lá e conhecer,a instituição e as pessoas que lá trabalham.Já estudei lá e não tenho absolutamente nada a reclamar,me senti realmente em casa,muito bem tratada e bem formada.Erros são Humanos porem não devem ser generalizados.Quanto a trabalho,seja você piloto ou tendo qualquer outra profissão,vai passar pelas mesmas dificuldades,conheço pessoas que se formaram a pouco tempo e tem bom emprego na area e outras que se formaram a muito tempo e não tem nenhum,isso vai da capacidade,e também da sorte,ou QI…Bom,os motivos de não se ter emprego poderiam ser extenso…
    Só gostaria de deixar claro que o livre arbítrio existe para ser usado de forma a passar ou esclarecer as coisas de forma justa e correta,não usar de sarcasmos e criticas desnecessárias.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Na verdade, o aeroclube ou seus profissionais não são o foco deste post. O que está em discussão aqui é o que foi dito naquele video, e só isso.

  4. Lucas
    4 anos ago

    Acredito que esse blog seja a maior fonte de informação sobre formação aeronáutica atualmente, e grande parte de tudo que aprendi foi devido ao trabalho de pessoas como o Raul Marinho. Portanto, acho sim que o blog tem que questionar o que foi dito na reportagem e levar isso a sério, pois é exatamente essa a função do blog, coaching de formação aeronáutica.

    • Marcato
      4 anos ago

      Faço das suas as minhas palavras.

  5. petersonramos
    4 anos ago

    Batom na cueca. O Aeroclube de Uberlandia tem excelentes profissionais e alguns excelentes amigos, fiz o meu PP lá. Mas das duas: uma ou esqueceram que certas pessoas lá já fizeram coisas do arco da velha pra arrecadar a pequena fortuna pro INVA, PP ou PC ou “passaram” pro lado negro da força e foram desmascarados pelas internets. Essa história de falta de pilotos, status já ta muito demodê. Antes uma retratação sincera que uma chuva de hipóteses que nao colam mais..

    • petersonramos
      4 anos ago

      A retratação foi assim..mais ou menos

  6. paulo
    4 anos ago

    Quanta bobagem por causa de uma reportagem. Há matérias interessantes, tais como PBN, RNAV, RNP, Modo S, RVSM, TCAS, etc…

    • Beto Arcaro
      4 anos ago

      Onde você vai voar RNAV, PBN, RNP, etc. se não tiver um “Emprego”? No FSX? “As real as it gets”… Eu acho que sobre isso que esse blog nos faz meditar.
      “Onde e como” você vai voar.
      Sem mais….

      • Marcato
        4 anos ago

        Beto, acho que vc esta Exato!!

        Este blog que em minha opinião é o melhor, posta toda semana sobre o tamanho do BURACO que esta a aviação civil, assim como opções de voo no exterior, treinamentos no exterior, falando sempre sobre o tamanho do “CB” que estamos enfrentando, as promessas vazias, valores cada dia maiores, e ate algumas ideias mirabolantes de impostos!

        Eu me considero estudioso, mas hoje em dia pouco adianta, como ja disse tem ex Cmtes e Copilas de Gol, TAM,WEBJET desesperado fora do pais para pagar as contas, alguns ate voando Mono Pistão, outros nem isto.

        Se bem analisado, não fara diferença o que o Cmte Thiago disse ou não disse, provavelmente se alguem for desesperado achando que a aviação ta ótima vai gastar uma fortuna e cair do cavalo!

        • Beto Arcaro
          4 anos ago

          Estamos atravessando um CB interminável se “De ou Anti ice é sem radar”!
          Mas, como sempre, tem sempre gente que acha que é uma “Marolinha”, gente que acha certo falar “Presidenta”, gente que vota nela, gente que acha certo você checar o Mlte e não levar o MNTE, gente que acredita nos 800 aeroportos, gente que acredita que o imposto em cima dos combustíveis é justo, etc.
          Blogs, se usados de forma extremamente correta, como este, tem a missão de fazer com que esse pessoal não se transforme em maioria.

      • paulo
        4 anos ago

        Faz parte do seu dia a dia, se você não souber do que se trata realmente não vai arrumar emprego. Conversa de lavadeira não leva nada, conhecimento sim.

  7. Denis
    4 anos ago

    Acho esse assunto desnecessário para ser levado a tamanha discussão. (Ao ver que todos aqui sabem a real dificuldade $$ com a formação).

    Trouxa o goiaba que acredita nessas histórias, e entra num aeroclube sem pesquisar.

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Pois é… E, assim sendo, chegamos à conclusão de que o melhor mesmo seria acabar com o blog, né?

    • Leandro
      4 anos ago

      Achei desnecessário também a justificativa e prestação de esclarecimento do aeroclube a um blog! Mais desnecessário ainda o blog cair matando na instituição!! quem realmente tem interesse na profissão vai pesquisar a fundo aonde esta se metendo, não vai ser um vídeo que vai enganar alguém! mais desnecessária ainda são as respostinhas irônicas!! Deve estar faltando conteúdo realmente interessante para publicar…lamentável

      • Raul Marinho
        4 anos ago

        Bem… Com tanta desnecessariedade, não sei porque você perde tempo em ler este blog e, ainda por cima, comentar!

        • Pedro
          4 anos ago

          ganhou um “curtir” hehe

  8. Beto Arcaro
    4 anos ago

    Hehehe!!! Agora sim!! Esse é o Para ser Piloto/Raul Marinho que eu conheço!!
    Boa Estratégia !
    Será que vamos ouvir aqueles “Grilinhos do CQC” do pessoal da Universidade Federal de Uberaba?

    • Raul Marinho
      4 anos ago

      Pois é, né Beto… ‘A gente estamos se especializando’ no assunto…

      Agora, quanto à TV Universitária, eu os contactei pelo formspring deste link: http://www.rtu.ufu.br/v1/. Se alguém quiser reforçar o convite ou tiver outras maneiras de contactar o pessoal de lá, agradeço.

    • Pedro
      4 anos ago

      Beto! a TV Universitária e de Uberlândia e não de Uberaba.

    • Leandro
      4 anos ago

      Uberlândia

      • Beto Arcaro
        4 anos ago

        Desculpem o engano, mas como dizem, o triângulo mineiro é formado por três cidade que começam com a letra B, não é?
        Deve ter sido o “Corretor Automático” do IPhone! Rsrsrsrsrsrs

Deixe uma resposta