Companhia aérea investiga Facebook de candidato?

By: Author Raul MarinhoPosted on
263Views11

Recebi um e-mail na semana passada, de um rapaz que tem um  gosto musical peculiar,  perguntando se esta sua preferência poderia prejudicá-lo numa futura seleção efetuada por companhia aérea, já que ele deixa claro no seu perfil de Facebook esta sua característica – a parte do e-mail que pergunta isso segue abaixo. Gostaria de saber da opinião de vocês, especialmente quem passou por processos seletivos recentemente, quanto a isso.

Pelo que ouvir falar, as Linhas aéreas investigam toda a vida de um piloto antes de contratá-lo. A pergunta é a seguinte: o fator gosto musical atrapalha no processo seletivo, quando a mesma ”investiga” a vida do candidato? Gosto de um estilo musical meio pesado, onde a sociedade tem preconceito, gosto de musica eletrônica mais especificamente Trance, sou frequentador de rave, porem não uso nenhuma substancia ilícita. Ja vi casos de comissaria ser despedida por gostar de funk em uma matéria na tv.
Ai surge essa dúvida: no meu Facebook dá para ver nitidamente que gosto desse estilo musical.

11 comments

  1. Josue Carillo
    4 anos ago

    As companhias investigam as redes sociais dos candidatos, pois é algo que fica publicamente registrado, e baixaria e vulgaridade (falta de postura) não combinam com segurança de voo.

    Dica: Não precisa ser radical excluindo sua conta. Tudo que te deixa em dúvida de se pode te prejudicar, exclua.

  2. anonimo
    4 anos ago

    Obrigado pessoal pelas respostas, principalmente ao Raul pela publicação. Irei seguir alguns conselhos, ainda falta muito pra mim entrar numa Linha, porem informações adicionais nunca e de mais, abs

  3. Bruno Leite
    4 anos ago

    Assim como as áreas de tecnologia (Eletrônica, Mecânica, TI, etc) se reinventam a todo momento, as demais áreas também seguem acompanhando e aproveitando das novidades que daí surgem. A polícia, por exemplo, já faz investigação sobre vídeos postados no Youtube para poder identificar e punir rachas de carros e motos em rodovias públicas.

    Suas publicações (expressão de sua opinião) e suas fotos dizem muito mais de você para um entrevistador, do que você está mascarando no momento da entrevista fazendo lá seu marketing pessoal.

    “Áh… mas o que eu disse era brincadeira… eu estava fazendo uma piada… “. Vá dizer isso pra sua mãe que lhe conhece, para um entrevistador uma imagem vale mais que mil palavras. Não pense que falar por falar não tem importância nenhuma… esteja ciente que o que disser por aí poderá ser usado contra você.

    Portanto pense bem antes de sair falando o que der na telha, ou mesmo sair postando fotos ou vídeos de você a 300 Km/h em seu carro ou em sua moto super potente fora de um autódromo, afinal se você se dispõe a colocar a vida dos outros em risco, pilotando irresponsavelmente seu brinquedinho em vias públicas, porque não faria o mesmo pilotando um avião?!

    THINK OUTSIDE THE BOX!

  4. Denis
    4 anos ago

    Bloqueie seu perfil e não adicione ninguém que não conheça.

  5. Rodrigo Edson
    4 anos ago

    Não boto fé nos RH das empresas 121.

    Uma grande empresa já me convidou 2 vezes para uma seleção para co-piloto.

    Detalhe: Não sou piloto rs

  6. Aleksandro Gardano
    4 anos ago

    Acho que primeiramente vc deveria estabelecer uma diferenciação entre o perfil público e o perfil para os amigos. Informações no perfil público são acessíveis a todos, apesar que não acho de maneira alguma, que manifestar o gosto musical seja algo inapropriado (desde que não acompanhado de fotos comprometedoras da última rave!!).

    Buscar informações sobre o potencial funcionário é algo feito pelas empresas há tempos, seja obtendo informações dos empregos anteriores, referências pessoais, etc. No caso do primeiro emprego, como não existem referências anteriores, as redes sociais fornecem informações de sobra..

    É uma questão de bom senso: você contrataria, por exemplo, alguém associado ativamente a movimentos extremistas ? Nenhuma empresa quer trazer problemas (ou potenciais problemas) para dentro de sua estrutura.

  7. Willian Melquiades
    4 anos ago

    Faça como um amigo meu fez antes dos processo de seleção, exclua sua conta do facebook, até mesmo porque vc não precisa dela, e do emprego acredito que sim .

    Abraços,

  8. Thiago Marcato
    4 anos ago

    Hj em dia não faz diferença a aviação ta horrível mesmo kkkkkkk, falando serio acredito que a chave seja postura adulta, responsável, atitude de comandante não de RP.
    Bom quem sou eu para falar mas em minha opinião é isto ai!

    Abçs

  9. fredfvm
    4 anos ago

    Já aconselhei alguns possíveis candidatos a saber se postar suas fotos nos locais específicos para isso. Alguns abusam das fotos sem camisa em locais diversos, outros abusam de fotos ligadas à bebedeira em qualquer lugar. Este é só um exemplo do que não deve ser feito. Quanto ao gosto musical, deve-se ter em mente que pode não se tratar da música em si, mas do local onde se costuma a frequentar e do tipo de pessoas do seu convívio social.

    Na verdade um futuro tripulante de uma empresa aérea é de fato parte da imagem da empresa, e para tal, tem que ter sua imagem ligadas a fatos sociais politicamente corretos, pois muitos ainda neste século são preconceituosos e a malícia impera mais que a bondade.

    Também não se pode querer falar que ter perfis em redes sociais exprime um caráter pessoal sem se achar que está imune aos preconceitos. A partir do momento em que um candidato aceita participar de uma rede social, tem que ter e aceitar a idéia de que seu perfil está exposto ao mundo.

Deixe uma resposta