Comandante criticando pouso do copila no ‘speech’

By: Author Raul MarinhoPosted on
678Views46

Assistam abaixo o vídeo de um comandante da Azul criticando o pouso do copila no ‘speech’, e depois, por favor, deixem seus comentários. Comento o vídeo e os respectivos comentários num post futuro.

46 comments

  1. Copiloto
    3 anos ago

    Esse cmte com c minúsculo como o caráter dele já foi mandado embora. Um ex-milico manicaca, roda dura que era odiado pelos copilotos e vocês estão vendo pq. Assim como ele, outros estão rodando na azul, principalmente esses ex-milicos já aposentados ganhando sifras altas com a aposentadoria e tentando aprender a voar na comercial. Fica o exemplo de um cumandante que ficou ferrado.

  2. PH
    3 anos ago

    KKKKKK o Cmdo tirou uma onda, mas nao achei ele Ironico nao…..muito boa!!!

  3. David
    3 anos ago

    Grande falta de profissionalismo por parte de este que se julga comandante. Comandante é aquele que chama a responsabilidade. Este merece ser demitido.

  4. Chumbrega
    3 anos ago

    Com TODO respeito ao Raul, “dono deste espaco” w quem ainda nao tive a oportunidade de me apresentar… acho INACREDITAVEL a complacenciA E pouca capacidade d critica dos leitores, q acabam indo na tendencia editorial. P mim foi um otimo pouso e o comandante de fato fez um elogio. O video esta totalmente enviesado pelo piloto de um teco teco.

    Just my 0.02

  5. Paulo Franco
    3 anos ago

    O cara esqueceu que passou pela mesma fase de adaptação, na vida de linha aérea dele.

  6. Marcus Britto
    3 anos ago

    Não tem desculpa, o cara para colocar 4 faixas no ombro, tem que ter postura. Ele é responsável pela tripulação e o avião. Uma tremenda falta de ética e conhecimento de CRM.

  7. Dantas
    3 anos ago

    Eu acho que na verdade o cmte quis mesmo é se isentar do julgamento dos passageiros que, no caso do possível pouso duro em questão alguns iriam com certeza fuzilá-lo com olhares ironicos no momento do desembarque na porta da cabine ou seja, ironizando ou não o colega, preferiu deixar claro que foi o copiloto quem pousou o avião. Adotando essa postura o comandante com “c” minúsculo deixou a camaradagem de lado, expôs o copiloto e o nome da companhia.

  8. Flavio Veiga
    3 anos ago

    Amigos,
    Antes de comentar Se ironico ou nao. Se pouso macio ou nao. Se elogio ou critica….
    Eu acho que pelo proprio nome do Blog temos que conversar sobre algo que faltou em um aviador… O tal “voar o aviao”.

    Muitos aqui voam avioes de 2 pilotos (aqui fora chamamos de multi crew, aí no Brasil eu esqueci). E nesses, um pilota e o outro monitora. Simples assim.
    Coisas basicas como Recolher o trem de pouso, que no seneca eu fazia sozinho, nos Multi Crew envolve um CRM da porra (desculpe o termo, mas é esse mesmo….)
    E no pouso, o Piloto que monitora (que neste caso era o Cmte), deve verificar e cantar diversos itens (vairam com Manual do Aviao FCOM, Manual de treinamento do Fabricante FCTM, Padronizacao da empresa SOP). No Boeing cantamos itens como SpeedBrake, 2 Reversos, Auto Brake se OFF, Algumas certas velocidades, proxima saída rapida, Panes, etc etc…. E muito importante, ouvimos a Torre neste momento chamado critico (que muitos acham que nao é).

    Eu nao conheco o SOP da empresa aerea em questao. Mas duvido e muito que permita um Pilot Monitoring fazer Speech ainda sobre a pista e muito menos em velocidade acima da de taxi.

    Minha opiniao? Promovam o Copiloto pois ali faltou comandante.
    Para Ser Piloto é facil (Calma Raul, nada com o seu blog ;-) Dificil é ser profissional. E em epocas de iPhones… é dar mole.

  9. Richard
    3 anos ago

    Lamentável o Speech do Companheiro Sr. Comandante.
    Um absurdo infelizmente como ele e um ser supremo não erra enfim.
    E me pareceu um pouso um pouco mais duro mas com segurança.
    E Comandante essa você não foi feliz vamos para a próxima.

  10. Pedro Angelo
    3 anos ago

    PS: Pra mim definitivamente NÃO foi um catrapo, pode não ser sido um pouso manteiga, mas notóriamente foi longe de ser hard landing, sendo esse outro fator para sabermos se o cara falou na brincadeira ou quis humilhar o cara, qualquer julgamento sem nem saber o contexto inteiro da situação é tolo…

  11. Pedro Angelo
    3 anos ago

    Bom, deixando de lado se o comentário dele foi pra humilhar e ser sarcástico com o copiloto, ou se ele apenas brincou e deu uma força (não podemos julgar como estava o clima na cabine e o CRM dos dois apenas com essa passagem), o que ele fez foi errado, o avião havia acabado de pousar e ainda estava na pista em alta velocidade, completamente errado pegar o PA e fazer speech pra passageiro numa fase de voo como essa, se foi pra denegrir o copiloto então, mil vezes pior…

  12. O speech foi desnecessário, inconveniente e apenas revelou uma extremada falta de profissionalismo, postura e coleguismo por parte do comandante. Os assuntos da cabine não devem ser passados para os passageiros, sobretudo ironizando ou humilhando o colega. Isso apenas confirma o que um dia eu disse:

    […] “Ser Comandante, com “C” maiúsculo requer outros atributos que não estão nos manuais e normas dos órgãos reguladores.
    Na verdade são atributos que devem ser inerentes ao caráter e nisso, infelizmente, nem todos que são pilotos estão capacitados. A maturidade, a serenidade, o equilíbrio, a temperança e a capacidade de ponderação e análise com imparcialidade… São atributos que fazem parte de um universo que vai bem além da rotina do cockpit. Devem ser incorporados à vida cotidiana do piloto, para que o indivíduo possa realmente ser chamado de Comandante.

    Somente tais virtudes são verdadeiramente capazes de impedir a vaidade excessiva e o exibicionismo, que não raro tosam o senso de justiça e de avaliação. O profissionalismo de um piloto não se mede pelo tamanho do avião que ele voa.
    O profissional pode ser piloto em comando de Boeing, Airbus, Fokker ou simplesmente de um Corisco. O que vai fazer dele um comandante ou um Comandante é a grandeza dos seus atos. O piloto de um Boeing pode perfeitamente ser um mero “empurrador de manetes” diante de um piloto de monomotor. A diferença entre ambos será definida pela postura de cada um.”[…]
    (Comandante… Na Íntegra da Palavra – http://www.pilotopolicial.com.br/comandante-na-integra-da-palavra/).

    E aí está a prova de que eu estava certo…

  13. Cmte Araújo
    3 anos ago

    É lamentável…….mas vale lembrar que ele é o comandante e que ele tem 70% de culpa sobre todo o procedimento. Então usando os ditos populares “Ele deu um tiro no próprio pé” e conhecendo a fundo a politica da Azul se esse vídeo chegar a diretoria técnica ele vai ser chamado pelo Responsável e vai ser punido e pode ate ser demitido que no meu ponto de vista seria o correto porque o seu comentário o fez parecer que a Azul recruta profissionais pouco capacitados ou com pouco treinamento assim denegrindo a imagem da empresa!!

  14. Marcius
    3 anos ago

    O toque, normal ou anormal, deve ser corrigido em treinamento, no âmbito interno da empresa.
    O deselegante “speech” deste comandante causa vergonha aos colegas de profissão que se esforçam em manter a ética e a compostura em alto nível.
    Lamentável!

  15. Rafael
    3 anos ago

    No meu ponto de vista não dá para dizer se o Cmte foi irônico ou foi sincero. Não senti tom de ironia, mas também nunca vi um comandante dar um speech para os passageiros sobre o pouso do seu F/O. Logo, fica difícil entender porque ele fez isso.

    É complicado dizer que foi catrapo também. Se escuta um barulho forte, mas a câmera do nosso espectador não se move muito. Dá a impressão que o trem principal tocou um de cada vez e não os dois juntos, talvez daí a sensação de catrapo do nosso cameraman.

    Não dá para falar da aproximação, tendo em vista que não a vemos. A pista aparece no vídeo numa altitude satisfatória.

    Difícil tirar alguma conclusão sem a possibilidade de cometer uma injustiça.

  16. Júlio Petruchio
    3 anos ago

    Sinceramente não vi nada de anormal nesse pouso.
    Do ponto de vista técnico foi um excelente pouso. Para quem não sabe, pouso “manteiga” dá reprovação no simulador.
    E na minha humilde opinião a impressão que tenho é que o Cmte. elogiou o Co-piloto.

  17. Brito
    3 anos ago

    A meu Ver o toque nao foi suave foi meio placado mas nao foi tao duro assim, pela voz do comandante nao se nota tom ironico, a mim me pareceu alguem que queria dar força e moral, sabem quando voce faz algo nao muito bom mas eforçou e alguem diz bom trabalho? é mais o menos isso é uma forma de ajudar voce a melhorar sua auto-estima, ja disse varias vezes ao comandante “bom pouso comando” nao que tenha sido fenomenal apenas para enfatizar o bom esforço dele para melhorar.

  18. Joao
    3 anos ago

    Sinceramente pode ser o cmte criticando o pouco ou simplesmente ironizando(na brincadeira), ninguem sabe como esta o clima ali dentro. Caso seja na maldade eu fico imaginando como sera o proximo voo, CRM zero.

  19. Felipe Machado
    3 anos ago

    Fim da picada.
    Já acompanhei lances bem parecidos como este, usando a ironia e mal gosto.

    Realmente é complicado, não sabemos a relação que há entre o cmte e o co-pila mas independente de qualquer coisa o respeito vem antes de qualquer coisa. Hoje em dia temos algumas empresas de RH dentro das empresas aéreas treinando toda a tripulação, acredito que são uteis para que não ocorram casos escrotos como este.

  20. Luana Oliveira
    3 anos ago

    Meu primeiro comentário por aqui embora eu já acompanhe este excelente blog há algum tempo.

    Muito lamentável o comportamento deste comandante. Vergonha do ser humano.

    Que este co-piloto mantenha seu foco e no futuro como comandante jamais faça com sua equipe o que fizeram com ele. O melhor jeito de corrigir o futuro é usando os bons ensinamentos do passado, aperfeiçoando o presente e abstraindo todo o horror do ego humano, que domina, aprisiona e faz com que a infelicidade contamine outras pessoas.

    “Pessoas infelizes são pessoas desagradáveis”. Deixe esse ego de lado e seja feliz, comandante.

    • Falou tudo. Lamentavelmente, está cheio de comandante sem a devida postura e esse tipo de gente – que, em função da própria insegurança, precisa bancar o engraçado e “tirar onda” de quem está um ou mais degraus abaixo – sempre existiu.
      “Cada espírito obra com os recursos de que dispõe. Ninguém pode dar o que não tem.”

  21. David Banner
    3 anos ago

    Essa é uma daquelas clássicas regra de ouro para se ter sucesso na carreira:

    “- Denegrir o colega pra diminuir e humilhar e se mostrar superior e melhor sempre que possível.”

    Essa filha da p#*&@#tagem não é exclusividade da aviação. É rotina diária do mundo corporativo. Tanto “pelas costas”, quanto na cara dura mesmo, assim como nesse áudio.

    Parabéns àqueles que com essa atitude tanto “enobrecem” e “unem” a classe, gerando mais e mais vontade de retribuir esse tipo de gentileza pra com os amigos de profissão!

  22. Eduardo
    3 anos ago

    Acho difícil analisar o comentário pela imagem. A narração do autor do vídeo é tendenciosa à interpretação. Num primeiro momento o pouso não me pareceu catrapado. Pelo vídeo parece ter havido sim uma boa aproximação e bom nivelamento horizontal e vertical das asas no toque. Além disso o celular dele não se move tanto assim na hora do toque mostrando um bom descent rate. O que pode ter causado essa sensação àquele passageiro é sua posição em relação ao trem principal do EMB e consequente assentamento do peso da aeronave no conjunto do trem – onde ele estava – o que gera um desconforto maior no pouso pela força G. E se você escutar só o speech sem o comentário, o comandante parece ser sincero e não irônico como o narrador deixa entender.
    Mas se houve maldade do comandante é lamentável que o tenha feito e é seu dever reparar o copila pelo dano moral e sua exposição.
    Ou ainda, apenas mais um vídeo de piloto de FS ou PP ‘sabido’ das coisas.

  23. Enderson Rafael
    3 anos ago

    Qto aos comentários do palmito no Corisco, vou explicar como explico pros meus pax que se metem a criticar o pouso alheio: sabe qual diferença de um pouso bom e um pouso ótimo? Pouso bom é aquele em que todos saem andando do avião. Pouso ótimo é aquele que, além disso, dá pra usar o avião de novo.

    Qto à atitude do cmte… power distance total, CRM zero. Espero que a sua chefia fique sabendo e tome uma atitude. Lugar de monstro é em filminho da Pixar.

    • Felipe Machado
      3 anos ago

      Falou tudo Enderson.

  24. Fausto David
    3 anos ago

    É por este tipo de gente que a aviação precisa de mudanças!

    Pessoas que tem a função de delegar conhecimento e responsabilidade usam do direito de servir a seu próprio e ínfimo benefício de minimizar o trabalho de outrem a seu desfavor…

    Parabéns ao oficial pela brilhante paciência de suportar o trabalho junto a este ser encapsulado em seu ego interior tomado de pura certeza infundada de comando.

    A este tipo de gente IMBECÍL, presto minha grande homenagem!

  25. Márcio Henrique
    3 anos ago

    Parafradeando o Fred: roupa suja é lavada em casa. Debriefing é uma boa máquina de lavar.

  26. cleverborges
    3 anos ago

    Queria ler a opinião do Raul!

  27. Eliabe
    3 anos ago

    Como será que fica a auto-estima do co-piloto para pousar um avião novamente? Como será a relação entre os dois (Comando e Copila) na empresa?
    Não achei isto o correto, faltou CRM aí em…!!!

  28. ernesto
    3 anos ago

    Pois é, e se depois eles precisaem agir como uma equipe em emergencia? Que tal fazer a bronca reservadamente? Acho que se não houve dano no avião,no maximo foi “placado”, este comandante deve ser advertido.

  29. Thiago T
    3 anos ago

    se ele falou isso para os pax, imagine oque pode ter sido dito lá no cockpit…. e pior ainda imagine o clima para as próximas etapas

    • Thiago T
      3 anos ago

      CRM vai pro saco e uma barreira intransponivel invisivel é criada entre os dois assentos da tripulação

    • David Banner
      3 anos ago

      Pois é. Deve ser um Garcês da vida.

  30. Marcato
    3 anos ago

    Bom dia, eu não vi nada demais no speech do comando, o pouso não foi ruim e quem sabe não foi o primeiro pouso do copila e o comando estava de fato parabenizando

    • Ana
      3 anos ago

      Concordo contigo.. Acho que o comandante estava apenas parabenizando o primeiro oficial pelo pouso.. não vi nada de ironia

      • Chumbrega
        3 anos ago

        Tambem concordo. Nego viu maldade onde nao existe. Acho q a interpretacao foi influenciada pelo autor do video, piloto de teco teco q infringiu norma da azul ao nao desligar equip eletr na fase de sterile cockpit, a despeito da instrucao das comissarias.

        MAIS UMA VEZ muita bebida pra pouco pagode…

  31. fredfvm
    3 anos ago

    Eu só acho que “roupa suja se lava em casa”. Os passageiros não tem nada ha ver com os traumas ou fricotes do comandante. Se ele está com raivinha da empresa ou do copiloto, que peça para sair da empresa.

  32. Vitor Castro
    3 anos ago

    Não posso afirmar se foi ironia ou não. O toque ao meu ver pareceu normal, talvez não tão amanteigado para merecer a palavra “maravilhoso” mas as vezes o comando só estava procurando agradar um pouco o F/O.

Deixe uma resposta