Pilotos dirigem melhor?

By: Author Raul MarinhoPosted on
318Views13

Não sei se é só uma impressão, se é pelo fato de ter me tornado pai no mesmo período, ou o quê; mas eu acho que eu passei a dirigir muito melhor – isto é: com mais segurança – depois que aprendi a voar. E, pelo jeito, não sou só eu que acha isso… Leiam o artigo “Why pilots make better drivers” e depois dêem suas próprias opiniões.

13 comments

  1. brunoss
    3 anos ago

    Concordo com o texto e não se trata de vaidade. Lógico, não podemos generalizar, já que não serão todos os pilotos que serão bons motoristas. Após começar a pilotar passei a adotar maiores procedimentos de segurança na direção também. Não que eu seja um motorista padrão, lento ou tal, mas antes de qualquer manobra, mesmo as mais ousadas, calculo todos os fatores de risco e as margens de erro, coisa que não fazia com tanta precisão antes de pilotar. E outra, depois que você deixa o solo junto ao avião que pilota, os carros perdem muito a graça, tirando a vontade mesmo de acelerar. Sempre digo: caso alguém me oferecesse uma ferrari para pilotar sem limites de velocidade ou um teco-teco bem velho (odeio essa expressão, mas a cito pois é muito utilizada por aqueles que não fazem parte da aviação), com certeza eu escolheria o teco-teco kkkkkk, sem pensar duas vezes.

  2. Eduardo Lopes
    3 anos ago

    Simplificando: Se pilotos dirigem melhor então bons motoristas pilotam melhor…. rsrs

  3. Thiago Thomaz de Souza
    3 anos ago

    kkkkkk Curioso, mas percebi isso em mim também. Digamos que hoje sou mais “padrão” dirigindo meu carro hehehehe

  4. Rodrigo Edson
    3 anos ago

    balela

    O ato de dirigir bem independe da profissão e origina-se da formação (pessoal e profissional) do individuo.

    Daqui a pouco vai aparecer alguma pesquisa afirmando que o piloto que faz a barba diariamente pilota melhor do que aquele que faz a barba uma vez por semana

  5. cmtemachado
    3 anos ago

    Historia, tenho um amigo que voa Agrícola (excelente piloto por sinal) mas bate o carro pelo menos uma vez por mês, em moto nem se fala.
    Dirijo bem mas isso não é atributo de piloto.

  6. Eduardo Lopes
    3 anos ago

    Pura vaidade… Já vi alguns ‘motoristas’ fantasiados de piloto fazendo barbaridades no trânsito, notadamente na Rodovia Fernão Dias, Dutra e Bandeirantes… ultrapassagem pela direita e pelo acostamento…

    http://entlei.com.br/Noticia.aspx?idnoticia=10773&cat=6

    No dia dessa batida aí do link eu passava no local, parei e conversei com algumas pessoas as quais me disseram que o carro bateu na carreta enquanto fazia uma ultrapassagem pela faixa da extrema direita – a via possui três faixas.

    Normalmente quem é bom em alguma coisa nunca fala que é, simplesmente o faz com maestria e ponto.

  7. Alexandre Sales
    3 anos ago

    Mesmo eu não tendo carteira de motorista, uma coisa que percebi após ter ingressado na aviação, é que nunca mais esqueci de colocar o cinto de segurança, é sempre a primeira coisa após sentar no banco.

    • Enderson Rafael
      3 anos ago

      depois que virei comissário ponho cinto até em biciceta :-P

  8. Enderson Rafael
    3 anos ago

    Ah, apesar de eu ter ensinado minha esposa a chegar a 30km/h sem tocar no acelerador, ela não assimilou muito bem os princípios de conservação de energia – ou a utilidade da embreagem – e creio que isso nos custa algumas dezenas a mais de reais por mês…

  9. Enderson Rafael
    3 anos ago

    Em tempo, eu tb percebi essa melhora na minha direção – até pq lá nos EUA o bicho pega se vc se engraçar com as leis de trânsito. Tenho amigos que foram convidados até a ir pra guerra depois de passar em sinal vermelho (em troca de um greencard, se vc servir por 5 anos – mas acho que a cabeça lá é: já que tá causando aqui, vai causar no Iraque).

    Mas voltando ao primeiro parágrafo do texto, tem um dado mega interessante que vale um artigo inteiro. O dado foi feito com estatísticas americanas de 2011, e aqui ambas provavelmente terão números bem piores. Mortalidade em carros: 1.1 morte pra cada 100mil milhas. Na aviação comercial (que inspira o ditdo de que eh mais seguro voar que dirigir até o aeroporto): 0.5/100mil milhas. Na aviação geral de aeronaves leves: 12 mortes/ 100mil milhas. Logo, voar Cessninhas e afins é 12 vezes mais perigoso que dirigir, e 25 vezes mais perigoso que voar na 121. Isso lá, aqui não sei.

  10. Gustavo Franco
    3 anos ago

    Engraçado, já tinha percebido isso em mim, principalmente em relação a ter paciência e a respeitar os limites de velocidade.

  11. Enderson Rafael
    3 anos ago

    Acho que dá pra melhorar a frase”Pilotos cuidadosos dirigem de forma mais cuidadosa”. Mas de fato, quem é piloto desenvolve habilidades comuns à direção, navegação e claro, até a economia de combistível – compulsão característica dos pilotos. E se vc for um piloto responsável, a chance de tomar multa tb cai. Nos EUA, uma das regras mais curiosas da FAA é que se um piloto é pego dirigindo embriagado, tem que comunicar a agência em 30 dias. Se aqui fosse assim…

Deixe uma resposta