O Brasil está uma terra-de-ninguém, é verdade, mas também não pode esculhambar tanto, né?

By: Author Raul MarinhoPosted on
396Views21

Vejam nessa reportagem do G1 – “Anac suspende habilitação de piloto que fez voos rasantes na orla da PB” – que os rasantes que o tal Top Gun do Corisco deu na Paraíba não ficaram por isso mesmo. Tudo tem limite, né?

21 comments

  1. Alexandre
    4 anos ago

    O tal raso “inocente” poderia ter provocado uma tragédia.

    • Tarcísio Neto
      4 anos ago

      Nossa Cara esse vídeo do para-pente eu ainda não tinha visto, como diz no próprio vídeo foi um livramento de Deus mesmo, perante a atitude irresponsável desse piloto que tem que ser punido severamente, pois poderia ter matado essas pessoas.

  2. Enderson Rafael
    4 anos ago

    Achei a punição branda (suspensãozinha fajuta) e como comentado até premiada (o cara vai virar elemento credenciado! OMG). Não sei o que o FAR fala disso, mas a restrição a low passes é idêntica à do Rbac. O cara eh PP e voa remunerado, jah começou errado! Continuamos sendo terra de ninguém, e com essa puniçãozinha mequetrefe – apesar de uma certa beleza didática em tentar-se transformá-lo num paladino da segurança de voo – continuaremos esparsamente povoados. Por isso ele deve ter achado que podia fazer o que fez.

  3. Beto Arcaro
    4 anos ago

    Deu no Fantástico, né ?
    Isso já aconteceu com quantos Pilotos, desde que a ANAC existe?
    Pra mim, foi só um inocente “Raso” em cima da água, onde nem tinha tanta gente assim, se repararmos.
    Ele fala com um Despachante, faz um cursinho, e tá tudo certo!
    Inventamos uma nova modalidade de hipocrisia aqui no Brasil:
    A Hipocrisia Aeronáutica !!

    • John McLane
      4 anos ago

      Inocente “raso” que desrespeitou a lei. Somente isto. A tolerância com o malfeito e o jeitinho é que empurram o país pra merda.

      • Beto Arcaro
        4 anos ago

        Acho que você não entendeu o quê eu quis dizer…
        Hipocrisias à parte, acredito que não há um “Santo Bom Aviador” que nunca deu um rasante!
        Tanta coisa errada, e um raso de Corisquinho toma esse vulto??

        • John McLane
          4 anos ago

          Pois é, mas é aquela lógica… Qual Santo Aviador que não deu um só rasante? O que é um papel jogado no chão? E uma colada na prova? E uma furada no sinal? E aí vai… É um ciclo vicioso que só aumenta! No Brasil existe um GRAVE problema de entendimento e aplicação dos limites do que é CERTO e do que é ERRADO. Há uma tolerância generalizada de que pequenas infrações são aceitáveis, deste jeito não se pode reclamar da penúria moral do País nem da não-punição dos tubarões que estão por aí. Se fala muito aqui da FAA. Os EUA são conhecidos entre outras coisas como a terra da “liberdade e da oportunidade”, mas tentem sair da linha lá uma só vez pra sentir o que é a mão forte da lei. Abs

          • Beto Arcaro
            4 anos ago

            E lá, um “Low Pass” do jeito que o Corisco fez, passaria despercebido, com certeza, aos olhares dos banhistas…TV então ?

            • Enderson Rafael
              4 anos ago

              Passaria nada… experimenta descer de 500ft em Daytona Beach pra vc ver… boas chances de vc ter a carteira cassada.

              • Beto Arcaro
                4 anos ago

                Enderson….
                Acredito que você me entendeu.
                Usando de toda franqueza, posso dizer que fiz muitos “Low Passes”.
                Não me orgulho disso, nem quero transformar isso numa coisa normal, salutar, etc.
                De vez em quando, faço uns, sempre no alinhamento da pista.
                Nas raríssimas vezes, em que dou um raso, faço isso “pra mim”!
                Pelo Tesão que eu “ainda” tenho!
                Há muito tempo, uns 15 anos talvez, eu não faço um “Off Airport”!
                Nunca, nesses rasantes, coloquei a vida de alguém em risco, à não ser a minha.
                Esse cara só ficou conhecido, pois ele apareceu na “Globo”, e a ANAC o puniu exemplarmente, não para seguir a regra, a “Lei”, mas para mostrar serviço para os meios de comunicação.
                Como eu disse antes, quantos pilotos agem dessa forma, em festas, shows, etc., às vezes com a presença da própria ANAC, e não acontece nada??
                Podem me chamar de “Old School”, etc., mas acho que um rasante de vez em quando, está no “Espirito” da coisa!
                Um dia, tenho certeza, você vai lembrar disso que eu estou tentando te explicar,.
                Estão deixando coisas muito mais importantes de lado.
                Por exemplo, estão formando Pilotos que sequer conseguiriam fazer um “Low Pass”!
                Estão vendendo habilitações, ao que tudo indica, não?
                Esse é o meu ponto!
                Coisa que eu detesto é hipocrisia, Cara!

                • Wilbur W.
                  4 anos ago

                  Eu também, quando furo o sinal, acho que não estou colocando a vida de ninguém em risco.

                  Adaptei a Lei pra minha conveniência. E continuo a passar no vermelho.

                • Enderson Rafael
                  4 anos ago

                  Tecnicamente, pelo que diz o regulamento, nem a sua própria vida vc pode colocar em risco. Afinal, até se vc cair no mar alguém vai pagar a conta – do resgate, por exemplo. Enfim, estivesse conversando com um CFI sobre o que aconteceria se um piloto passasse 6ft acima de Daytona Beach com banhistas na praia e ele não duvida que o cara fosse preso por isso. Existe um contexto pro low pass, e chama-se voo acrobático. Se vc for piloto militar tb existe esse tipo de procedimento. No RBAC 61 o low pass não está previsto. Simples assim. Como vc disse de forma muito coerente num outro post, Beto, nossa realidade está muito distante da seriedade necessária à aviação. E o próprio anseio por fazer gracinhas – incluindo o low pass – vem sim da má formação, que vc citou e o Raul já escreveu sobre. Pra não dizer que nunca fiz, meu único low pass foi 200ft acima da pista de pouso do Shuttle na restrita do Cabo Canaveral, autorizado e acompanhado pelo Orlando App. Eu ainda estava de safety, um amigo de PIC. Foi bacana, mas eu viveria sem. But that just me.

                  • Enderson Rafael
                    4 anos ago

                    E se for hipocrisia punir só este cara, mesmo que pra agradar a mídia, serve de exemplo sim pra mta gente que faria e vai pensar duas vezes. Por alguém tinha que começar.

  4. Bom, a agência foi criada – em substituição ao finado DAC – para regular a Aviação Civil, mesmo. Se prestasse esse serviço, ao invés de ficar elocubrando besteirol em torno de filigranas jurídicas (para isso, poderiam simplesmente fazer “cut & paste” dos FAR’s e traduzi-los; já estaria bom demais) e criando entraves para quem quer trabalhar direito, estaríamos bem melhor do que estamos.

  5. petersonramos
    4 anos ago

    Ainda vai ganhar um curso no CENIPA. Punição???
    A fila pra tentar uma vaga no CBPAA tá virando a esquina, porque só têm acesso aos cursos pessoas “indicadas”.

    • Vitor Castro
      4 anos ago

      Pois é, reparei nisso também. Eu aqui sonhando com uma vaga no curso básico para um dia ter a chance de completar os módulos de prevenção e investigação e o cara vai ganhar uma vaga no curso? Que piada, espero que ele só possa voltar a pilotar quando conseguir uma vaga igual nós meros mortais!

  6. fredfvm
    4 anos ago

    São dois pesos, duas medidas. Um piloto quando faz algo errado, o julgamento é rápido e cruel, mas com políticos de Brasília, a lei não é severa…. e demoooooora…

    • Rafael
      4 anos ago

      Fred, o problema foi muito bem comentado pelo Raul. Aqui é terra de ninguém, mas não pode esculhambar. Foi justamente o que aconteceu…

      O piloto esculhambou, mas os nossos políticos, não. Conhecem a lei e usam subterfúgios para aprontar mas passar ilesos…

    • John McLane
      4 anos ago

      Tem que ser julgamento rápido e duro pra todo mundo, sem corporativismo.

  7. David Banner
    4 anos ago

    Rogue”pilots” gonna hate

Deixe uma resposta para Beto Arcaro Cancelar resposta