Azul, a nova opção de carreira internacional no Brasil (inclusive com A350)

By: Author Raul MarinhoPosted on
1039Views23

O blog Senhores Passageiros, da Folha, já noticiou isso hoje, mas eu acho que vocês irão preferir ler a nota da empresa enviada para os funcionários, que segue abaixo. Agora é oficial: a Azul vai mesmo se tornar uma opção para desenvolver uma carreira internacional na aviação, inclusive voando os novos Airbus 350, no futuro.

azulinter

23 comments

  1. Helio Rocha Junior
    1 ano ago

    Sinceramente , dizer que salario de aeronauta no Brasil é baixo, é uma brincadera.

  2. Kathia Oliveira
    2 anos ago

    Fiquei negativamente impressionada com o teor da discussão entre os dois colegas. A primeira coisa que um piloto deveria saber é que, sua opinião não é única e muito menos a única correta. É este tipo de atitude que costuma derrubar aeronaves por aí. E o mundo é realmente dividido entre pessoas que estudam e outras que atacam, infelizmente. TODAS as profissões são IMPORTANTES e todas as pessoas, antes de serem um profissional, pelo louvável fato de serem seres humanos, merecem RESPEITO. E não percam vossa saúde discutindo tanto, senão um excelente médico terá que fazer o trabalho dele, antes que vocês possam levantar asas e realizar a máxima da humanidade que acreditam ser vossos trabalhos.

  3. AT72
    3 anos ago

    sei que é antigo isso mas olha do na internet pude ver o cara falando do salário da Azul. Concordo que e menor do que as outras empresas, mas 3.700 reais? hahaha sou copiloto de ATR600 na azul e minha mádia salarial liquida é de 6.000 a 7.000 reais dependendo do num de horas noturnas e especiais (domingos e feriados) no mês, tirando as diárias que viram entre 1500 e 2000 reais. A galera tem que se informar antes de sair falano! Abraços

  4. Chumbrega
    4 anos ago

    Apesar de concordar que o salário da Azul (até onde eu sei) é mesmo “baixo”, os colegas devem tentar entender que é normal receber salário menor pra voar avião “menor” como é o caso do ATR e do Embraer (exceto aviação executiva, mas é outra história). Sempre foi o caso e continua sendo. Na TAM é assim, e sei que antigamente também era em outras empresas. No exterior, mesma coisa.

    Antes de vociferar contra a companhia, as pessoas precisam entender um pouco melhor a indústria em que estão inseridas: as empresas aéreas vendem uma commodity, chamada passagem aérea. A diferenciação dos serviços é muito pouca (principalmente no Brasil), portanto passagem aérea é SIM uma commodity, tanto que o principal fator levado em consideração para a compra de um bilhete é o preço. Ora, se o preço do quilômetro vendido por uma companhia aérea que opera um 737-700 ou um 319 (144 assentos) é em torno de R$ 1, uma empresa que opera um ATR-72 (70 assentos) não tem condições de cobrar R$ 2 (e gerar a mesma receita para o trecho que a concorrência faz no 737 ou no 319). Se cobrasse R$ 2, ao invés de ter a mesma receita e o “dobro de lucro”, essa empresa teria receita ZERO e prejuízo ABSURDO porque ninguém que pode comprar o KM a R$ 1 pagaria R$ 2.

    Pilotos precisam aprender que a companhia é negócio, e que o negócio não orbita em torno deles. Na mesma linha, a dupla de pilotos do 319 ou do 737 vão gerar, se aquele vôo estiver 100% ocupado, R$ 144 por KM para a empresa. Na ponte aérea, isso dá 43 mil de receita em um vôo (300 KM). Os pilotos do ATR vão gerar metade disso, pois o avião deles leva metade de passageiros e eles só conseguem vender o bilhete ao mesmo R$ 1 por KM 9 (ou você pagaria o dobro do preço por um produto MUITO similar?). Então, como ativo (ou seja, “bem” da empresa utilizado para geração de valor), o piloto de um avião “menor” é muito menos produtivo que o piloto de um avião “maior”. Com isso, a empresa que opera avião menor fica “obrigada” a pagar um salário menor para seus pilotos.

    É possível fazer a mesmíssima analogia se comparar um 195 (118 assentos) e um 321 (220 assentos) fazendo VCP-FOR ou GRU-FOR. Por isso temos que ser razoáveis e principalmente adultos e inteligentes. A Azul não paga menos porque ela é mauzinha ou porque o dono dela é mais capitalista que os outros. That’s business e é assim em qualquer indústria, não apenas aviação comercial.

    PS: antes de refutar o argumento falando que o 737 ou 320 consomem mais, leiam um pouco sobre economias de escala. Aí depois a gente conversa.

    • Antonio Faro
      4 anos ago

      Chumbrega,

      Já vi que você não é piloto, é Tecnocrata, não sabe o que é ter a responsabilidade de pilotar um aeronave comercial e das exigências pertinentes ao cargo. Portanto nem vou perder meu tempo com você. Só vou te dizer uma coisa, um piloto satisfeito com a sua companhia, faz sua longa explicação ir por água abaixo, pois ele vai ser muito mais rentável do que seu cálculo descrito…
      Passar bem …

      • Chumbrega
        4 anos ago

        Sou piloto de Airbus na TAM tem quase 4 anos amigo. Mais 8 anos de aviacao antes disso. E vc?

        E, por favor me eduque: como um “piloto motivado” invalida meu calculo. A TAM tem o melhor salario da comercial do Brasil, um comandante de 319-20-21 ganha mais de $20 bruto voando pouco no mes. Eu ganho mais de $ 10 e sou MUITO motivado. Ainda assim a empresa vem tendo prejuizos BILIONARIOS assim como a gol q tb paga bem. Ja q sou um tecnocrata, por que voce nao educa a mim e a todos desse blog com sua matematica genial?

        Ou voce entende mais do business q o David Neeleman e e desses q acredita q ele paga pouco porque e “mauzinho”?

        Por favor, refute meu argumento tecnicamente, porque voce, definitivamente, nao me conhece.

        • wilson vieira
          4 anos ago

          amigo, quer dizer que a empresa tem prejuizo é devido o salário do piloto??
          Faz me rir! Diante de que cada aeronave gera ainda é pouco para o tripulante!!!!!!!

          • Chumbrega
            4 anos ago

            Não. Não quer dizer e eu não falei isso. Leia direito. Em nenhum momento relacionei o prejuízo das empresas ao salário do piloto. Pelo contrário, estava partindo da premissa ridícula que o outro cara me apresentou. Novamente: leia direito.
            E quer dizer que tripulante motivado é capaz de dobrar a receita de uma empresa? E Harvard Business School não aprendeu isso até hoje?

            • Antonio Faro
              4 anos ago

              Chumbrega !!

              Como disse o Wilson, Faz me rir !!!!

              Chumbrega, larga teu emprego de Dez mil Reais e vai ganhar menos da metade na Azul !!!
              Você é cômico ! Duvido que seja aviador e caso seja, está muito fácil justificar o salário alheio né ? Queria ver você rebolando com os R$ 3.700 por mês que se paga para um copiloto na Azul.
              Imgino ter aprendido todos esses cálculos lindos na faculdade né ? Logo vi que você era “pouca prática”, a oito anos atrás eu já suava para que você ganhasse seus dez mil hoje.
              Espero que reflita sobre o que escreveu…

              • Chumbrega
                4 anos ago

                Antônio Faro, você é uma piada! Você me faz rir.

                Pra começar, você até agora foi incapaz de refutar tecnicamente o que eu disse. Só está tentando me atacar. Note que você foi o ÚNICO a fazer isso9Ataca, mas não fala nada tecnico, não dá argumento). Então talvez você seja o único boçal que não entendeu a conta que fiz. Mais uma vez: me eduque e refute tecnicamente.
                Segundo: você tem inveja de quem fez faculdade? Se sim, i’m sorry. Vai estudar. Só que minhas contas são só soma e multiplicação. Você precisa de faculdade pra somar e multiplicar? Se sim, de novo: boçal!
                Terceiro: 3.700? Aonde? Esse pode até ser o salário base, mas não é o que o cara ganha. Quanto você acha que é o base de um co-piloto na TAM / GOL? O próprio Raul postou aqui a proposta do RH que garantia 6.600 por mês na azul. A proposta para fusão entre a azul e a trip. Isso pra voar 55 horas, quem tá lá tá voando 70, então sobe um pouquinho. Não sei quem é a sua fonte de informação, mas você tá precisando apurar um pouquinho melhor suas contas. Por sinal, dada a sua incapacidade de argumentar e a falta de precisão sobre seus dados, sou eu quem duvido que você seja aviador.
                Quarto: E a beleza da internet é justamente o anonimato! Por que eu mentiria sobre ser piloto? Não estou promovendo ninguém. O que eu ganho em mentir aqui, ainda mais anonimamente? Só tô tentando mostrar que a Azul não é tão ruim assim. Por sinal, se você é tão antigo assim, me diz: quanto ganhava um co-piloto de taxi aereo a 8 anos atrás? Um cara voando lear ou king na lider ganhava era 2.500 reais. Ou você acha que a TAM, só porque paga mais, é o melhor emprego que existe?

                Por favor, para concluir, me refute com argumentos técnicos. Atacar pessoalmente (tecnocrata, não é aviador, pouca prática) não vai te levar a nada, a não ser a fazer papel de bobo. Contra fatos (tipo os que expus ali em cima) não há argumentos, portanto convido-o para que civilizadamente, contra argumente o que eu disse. Aí eu e outros colegas teremos a oportunidade de aprender com você.

                Já você, “caso seja” aviador, deve ser o do século passado: inveja de quem estudou, burro igual a uma porta, rei na barriga, viuva de Varig vasp e transbrasil e magoado com o patrão, atual e antigo. Passar bem, “comandante”.

                • Antonio Faro
                  4 anos ago

                  “Chumbrega”, nem seu nome eu sei porque não é capaz de dizer quem é, esconde se por trás de um pseudônimo, lastimável, mas vou dedicar 5 minutos do meu dia para um “covarde” que nem o nome eu sei.
                  Continuo duvidando se realmente és um aviador, caso seja,não passa de um empurrador de pushbutton.
                  Vou comentar aos demais colegas, aviadores ou não, com muita ou pouca experiência para, de que não vivemos de cálculos esdrúxulos, mas sim de um salário justo e compatível com nossas responsabilidades.
                  Somos submetidos dia a dia a pressões externas e internas dentro de nosso ambiente de trabalho e nos cobram por isso!
                  No momento em que aceitamos justificativas (esfarrapadas) de baixos salários estamos prejudicando a si mesmos, promessas não pagam contas! Isso não está em livros, é a valoraziação de nossa profissão ! Infelizmente esse “Chumbrega” está tentando justificar o que não se justifica, salário baixo é salário baixo, não há o que se discutir. Meu filho voa na azul e ganha entre 3.700 a 4.000 reais, não preciso de fontes meu caro “chimbrega” eu o incentivei para essa profissão e lamento por terem pessoas que ainda defendem com cálculos “idiotas” essa política salarial. Vou lhe dizer novamente meu caro empurrador de “pushbuttons”, largue seus dez mil reais e vá voar na Azul, que ai sim, o salário fará jus ao seu caráter !
                  Ah, Meu nome é Antônio Faro, e sim sou Comandante há 12 anos.

                  • Chumbrega
                    4 anos ago

                    1) Seu filho nao voa na azul pq quem voa na azul NAO GANHA 4 mil por mes. Qualquer toupeira pode procurar no google a proposta aprovada pelos aeronautas da azul e da trip (forum contato radar, sna) mencionando o salario minimo garantido (55horas voo no mes, sem contar noturno e fds) como fixo em 6.600. Quem voa la voa +- 70 horas no mes, entao o bruto ta dando uns 7.500. Se seu filho e co-piloto de 121 por menos de 5 mil por mes, foi ele quem aceitou. Entao e ele quem detona a industria e a profissao. Nao e a azul e nao sou eu.
                    2) Por que voce nao traz ele pra voar contigo se o salario dele incomoda tanto?
                    3) Estranho, voce e comandante onde? No brasil? Procurando te dar credito, procurei na lista nominal de pilotos da anac (google, contem TODAS as licencas do Brasil) alguem com os nomes “Antonio+Faro” e nao achei ninguem. Estranho…
                    Estranho tambem e q nao tem ninguem na azul com sobrenome faro. Tive acesso a lista de senioridade de la e, de novo, ninguem com sobrenome faro. Muito estranho quando na aviacao o filho nao leva o sobrenome do pai. Sera por vergonha ou sera q voce ta falando mentira?
                    4) de novo eu te dei a chance de usar argumentos tecnicos e voce nao conseguiu. De novo voce falou de calculos esdruxulos, dignidade da profissao e etc. O q e dignidade? MORRER pobre esperando o Aerus? Abre uma companhia aerea e mostra entao como e q faz! Em TODOS os lugares do mundo (ate mesmo nas empresas antigas do Brasil) aviao menor = salario menor (executiva obviamente nao conta porque e outra industria). Se voce e comandante a 12 anos voce deveria saber disso.
                    5) por fim: nao estou dizendo q o salario e certo ou nao, se os pilotos da azul tem ou nao capacidade de ganhar mais. E obvio q merecem ganhar mais e eu torco para q isso aconteca. No Airbus creio q vao ganhar, ate porque a explicacao q a propria Azul dava era o fato do aviao ser melhir.Maso meu post foi todo elaborado em cima da capacidade de pagamento da empresa (q ja percebi q voce e incapaz da compreender). Como voce vai continuar me xingando e sendo incapaz de sair do lugar comum de falta de argumentos, gostaria apenas de lembrar q voce me acusa de nao ser piloto, mas na lista nominal de licencas da ANAC (arquivo de excel no google, pede p seu filho q ele acha pra ti) nao tem niguem com sobrenome faro e outro nome Antonio. Nao precisa se dar ao trabalho, mas se voce procurar outros posts meus nesse blog voce vai ver q sao de um piloto de verdade (ao contrario dos seus).

                    Agora deixa eu ir fazer valer os 10 mil, ate por que domingo e dobrado ne? Passar bem! Se voce quiser aproveitar a oportunidade de continuar aprendendo comigo, por favor, MANDE ARGUMENTOS TECNICOS! Se nao, nossa conversa termina por aqui. Voce ta dando muito indicio de bocalidade e mentira pra continuar recebendo minha atencao.

                    RAUL, desculpe por baixar o nivel. Mas uma sugestao: se o blog tivesse espaco para anexos, eu colocava aqui a lista nominal de pilotos da anac (planilha de excel disponivel no google exatamente com este nome) e tambem dava um jeito de colocar a lista de senioridade da azul, so pro povo ver quem e o mentiroso…

                    • Chumbrega
                      4 anos ago

                      Lista nominal de pilotos da ANAC: http://www.docstoc.com/docs/163846035/Lista-nominal-de-pilotos—Anac
                      Alguém combinando “Antonio+Faro”? E eu quem sou “covarde”, “não sou piloto”, “tecnocrata”?

                      Você “não precisa citar fontes”, mas eu tenho que dar meu nome? Eu não vou dar meu nome MESMO, se você tá na aviação, você sabe como é a TAM e como é pequena a aviação. Seu excesso de coragem é que me é estranho. Porque você não completa e fala comigo onde voa? Muito me estranha você se dizer comandante faz 12 anos, não ter seu nome na lista da ANAC (procurei o de varios outros que postam aqui, Raul Marinho por exemplo, e só o seu que não achei, por que?) Ou você também posta atraves de pseudonimo? Parece que PROVEI que sim, né?

                      Eu JAMAIS aceitaria voar RBAC 121 por esse salário que você falou que ganham por mês, por isso, “rebolar pra viver com esse salário” não passa pela minha cabeça. Se seu filho ganha isso (ele é o único da Azul), você educou ele muito mal. Aliás, você parece estar mais incomodado com a remuneração da Azul do que meus colegas que trabalham lá. Quem é “aviador” briga pelo que é certo. De uma olhadinha no que NÓS da TAM estamos fazendo pelo nosso modelo de remuneração (km X hora e abertura do holerite).

                      Quem tem amigos na azul aí, pede pra dar uma olhada na lista de senioridade. Não tem ninguém com sobrenome “Faro”. De novo: Muito estranho quando na aviacao o filho nao leva o sobrenome do pai. Sera por vergonha ou sera q voce ta falando mentira?

                      Apertador de pushbotton sim: proudly. E você? Nem piloto com nome Antonio Faro existe…

  5. Antonio Faro
    4 anos ago

    Um absurdo investir 90 mil para a formação e receber um salário abaixo do mercado, a alegria dura pouco para quem entra no quadro de tripulantes técnicos, pois logo a realidade aparece, no fim a gente entra só para acumular experiência e logo começa a procurar outra empresa pois fica insustentável , ou seja a Azul se transformou em escola. Lamentável …

  6. wilson vieira
    4 anos ago

    Recusei entrar na azul devido o baixo salário! E NÃO ME ARREPENDO!!!

  7. Carlos
    4 anos ago

    Concordo com o Luiz e o CElso,

    A Azul precisa parar com essa política de Pão e Circo para seus funcionários, o simples fato de se ter um quepe e uniforme bonito significam que as coisas são maravilhosas, quem já tem um tempo de casa sabe disso, promessas não são cumpridas e ações de marketing como essas não nos sensibilizam nenhum pouco o que importa “também” é poder pagar as contas no final do mês !!!
    Abraço a todos,

    Carlos A.

  8. Luiz
    4 anos ago

    Como o Celso Falou,

    Espero que ela valorize seus funcionários e pague um salário DECENTE ! Uma vergonha ter uma empresa com todo esse marketing mas que não valoriza seus funcionários !!!

  9. Celso
    4 anos ago

    Bom mesmo se a Azul pagasse um salário decente aos seus pilotos. Um comandante, instrutor e checador de ATR ganha menos do que um co-piloto de A320 na TAM, por exemplo. Um comandante de Embraer 190 ganha menos do que um co-piloto da inter, também na TAM. As promessas feitas pelo Sr. Neeleman de que se ganharia menos, porém com um número muito superior de folgas tornou-se uma bela de uma farsa.

  10. Aí está uma empresa que admiro muito e quero muito trabalhar para ela daqui a alguns anos!

    Ainda mais agora, Internacional…

    Seria um privilégio iniciar e finalizar a minha carreira nessa empresa!

  11. André Pavin
    4 anos ago

    Boa sorte a cia que na minha opinião fará o serviço muito bem feito!

Deixe uma resposta