Corre prá colocar o babador!

By: Author Raul MarinhoPosted on
497Views7

Olha só essa foto da ‘frotinha’ da Embry Riddle (fonte: Airliners.net):

Cessna 172S Skyhawk SP aircraft picture

7 comments

  1. Enderson Rafael
    4 anos ago

    Para quem quise escutar o treinamento em Daytona Beach (KDAB) ao vivo, que recebe 700 voos de instrução por dia, aqui vai: http://www.liveatc.net/flisten.php?mount=kdab_twr_pri&icao=kdab

    • Drausio
      4 anos ago

      Umas contas rápidas (bem aproximadas):
      700 horas por dia x 20 dias por mês x 12 meses = 168000 horas por ano
      168000 horas por ano / 400 horas (mais ou menos o que se voa para tirar um “PC” americano???) = 420 novos “PCs” americanos por ano.
      É isso mesmo? 420 novos pilotos profissionais por ano só em KDAB?
      Considerando o resto da frota de instrução nos EUA daria para multiplicar esse número de novos pilotos anualmente por quanto? Por quatro?
      4 x 420 = 1680 novos pilotos profissionais no mercado americano todos os anos???
      Isso acho que ajuda a explicar porque se ganha tão mal por lá em início de carreira, nas regionais.
      E esse tal pilot shortage? É de verdade mesmo?
      Ou seria mais correto chamá-lo de experienced captains shortage?

      • Enderson Rafael
        4 anos ago

        Vamos lá, disse 700 voos mas quis dizer 700 operações. daytona é mesmo um dos aeroportos de maior movimento de instrução nos EUA, de cabeça já lembro de 3 escolas grandes só lá, fora uma dúzia num raio de 50NM. Num mesmo voo de 1h vc pode facilmente fazer 3 aproximações e um pouso em Daytona. Até mais dependendo do que vc estiver fazendo (TGL, por exemplo). Na verdade, o número de licenças de PC que a FAA entrega por ano gira em torno de 8mil por ano, ainda que quase metade disto seja para pilotos estrangeiros que voltarão para os seus países após o final do treinamento. Na verdade, para se tirar um “PC americano” voa-se entre 140 e 250h, dependendo do Part em que a escola opera. Para se voar de copiloto numa regional, no entanto, é necessário o ATPL, que requer 1500h. O shortage existe de uma certa maneira sim, e há uma considerável oferta de empregos para os CFI’s. Pra quem já tem ATPL, o caminho de uma regional até uma major ficou mais curto, e pra quem é CFI e já passou das 1500h, há uma boa oferta de empregos também. Só esse ano sei de alguns instrutores meus que foram contratados. Mas isso só vale, claro, pra quem tem visto de trabalho ou greencard. Ter uma licença americana e trabalhar nos EUA são coisas distintas.

      • Fernando
        4 anos ago

        400 horas pra tirar o PC americano?
        Não é isso não… É 150 horas, se eu não me engano. Isso se for numa escola como a Embry Riddle que é parte 141.

        Eles tem alunos do Mundo inteiro! É a melhor faculdade de aviação que existe!

  2. Enderson Rafael
    4 anos ago

    Olha, Vitu, pelo que sei, só de Cessna 172 são uns 40 na base de Daytona Beach. O treinamento MLTE é geralmente no Diamond 42. Tem muitos simuladores tb, de aviões menores e tipos, inclusive de VFR. A ERAU tem dois campi, o outro fica no Arizona. Todo meu treinamento IFR foi na área de Daytona Beach, e dividíamos os céus com eles. A estrutura da Embry-Riddle é impressionante, ainda mais na área de engenharia. Lá tem escola de controladores também. Eu fiz curso de investigação e gerenciamento de acidentes lá, além de todas as provas escritas da FAA. Eles sabem a qualquer momento onde estão todos os seus aviões, além de analisar – como um FOQA – as performances e load factors de todos os aviões da frota semanalmente. Descobrem coisas escabrosas, como alunos fazendo pirueta nos voos solos em seus Cessnas – nem preciso dizer que o moleque tomou uma bela punição, né. A ERAU foi quem desenvolveu o ADS-B, que segundo a FAA será mandatório nos EUA a partir de 2020. Lá na Riddle já é.

    • Fernando
      4 anos ago

      Valew pelo comentário Ederson!
      Eu voei na Epic Flight Academy em KEVB. Mas não sabia tudo isso da ERAU não, rs.

  3. vitucastro
    4 anos ago

    Seria interessante alguns números sobre a frota da Erau!

Deixe uma resposta