As imagens do “pacote de maldades para a Copa” para a aviação geral

By: Author Raul MarinhoPosted on
345Views11

No post anterior, tratei do que a ANAC está tentando passar para a opinião pública sobre o “pacote de maldades para a Copa”: sem ele, o caos; com ele, a justa punição dos aproveitadores egoístas. Então tá.

Agora, vejamos o que realmente etá acontecendo com a aviação geral brasileira devido ao infame pacote. As imagens abaixo foram obtidas no perfil do amigo Ruy Flemming no Facebook, que está coletando informações sobre o que a aviação geral está sofrendo no momento. Elas falam por si, mas depois eu volto para comentá-las de qualquer maneira.

Campo de Marte:

Fortaleza:

Jundiaí:

Voltei

Viram? A aviação geral literalmente parou! Ninguém está voando. Precisava disso para que a Copa acontecesse no Brasil? Só em relação à operação de helicópteros na cidade de São Paulo deve gerar prejuízos de R$12milhões, segundo a ABRAPHE. Imaginem o restante da aviação geral do Brasil…

 

11 comments

  1. Igor Luchtenberg
    3 anos ago

    Se cabe a sugestão, monte uma postagem com o comparativo das fotos. Acho que dessa maneira as pessoas poderão ver mais claramente a diferença do antes da copa e durante a copa.

  2. Dilson lira
    3 anos ago

    Vamos dar a resposta nas URNAS, essa será a nossa melhor vingança contra esses PETRALHAS.

  3. David Banner
    3 anos ago

    O sonho desse governo é manter esse pacote após a copa “provisoriamente”. Provisório tipo a CPMF. Por uns 12 anos. Ou mais.

  4. Julio Petruchio
    3 anos ago

    É. E o comunismo bananense se iniciou pela aviação…

  5. Gustavo
    3 anos ago

    Em Goiânia pra variar está do mesmo jeito, não concedem slot de oportunidade mesmo sendo tráfego único na terminal e a aeronave sendo baseada no aeródromo, sem contar que pátio está quase o dia todo as moscas.

  6. Conrado
    3 anos ago

    Isso ja acontece até fora de época de copa, agora então. Isso é para esconder a incompetência.

  7. Marcius
    3 anos ago

    Quero deixar o meu protesto aqui.
    Em Cuiabá, os slots estão sendo seguidos à risca.
    O problema é que, no horário em que eu estava chegando naquela localidade com slot oportunidade, fui impedido de pousar mesmo sabendo que o aeródromo em questão encontrava-se “às moscas”, pois nenhum trafego aéreo havia sido observado (ficamos 15 minutos sintonizados na frequência do APP Cuiabá e não ouvimos uma única movimentação sequer).
    Essa falta de inteligência e bom senso por parte da ANAC e demais envolvidos nessa palhaçada de Aeródromos Coordenados é de causar nojo e revolta.

    P.S. – participo de um grupo de pilotos no whatsapp e verifiquei estar acontecendo casos semelhantes com outros colegas em diversas localidades. Verdadeiros absurdos e total intolerância por parte dos Órgãos responsáveis.

  8. Cris
    3 anos ago

    A ANAC nunca esteve preocupada com o fluxo eficiente de aeronaves durante a Copa. O que eles queriam era evitar, a qualquer custo, manchetes negativas que exporiam a incompetencia do governo no que tange ao setor aeronáutico (entre muuuitos outros). O meio mais fácil de evitar problemas é impedir aeronaves de voar, o que esse “pacote de maldades” pelo jeito conseguiu. Parabéns ANAC, seu objetivo foi alcançado. Às custas da aviação brasileira. Triste.

  9. David Banner
    3 anos ago

    “Chupa elite burguesa opressora” – Algum esquerdista de plantão

Deixe uma resposta