Um caso real de QI ocorrido no II Seminário Contato Radar – Empregabilidade & Segurança

By: Author Raul MarinhoPosted on
431Views6

Na semana que vem, vou escrever mais sobre o que aconteceu no II Seminário Contato Radar – Empregabilidade & Segurança, e não foi pouca coisa. Mas, por ora, gostaria de contar uma história real (um “case” de QI) que aconteceu no Seminário.

Conforme constava na programação, duas palestras do dia 30 foram com profissionais da Azul Linhas Aéreas. Pela manhã, o responsável pelo recrutamento de copilotos na linha, Cmte. Ferreira Pinto, participou da oficina de carreira; e, à noite, o Diretor de Operações, Cmte. Adalberto Bogsan, deu uma palestra sobre a carreira na Azul. O primeiro forneceu seu e-mail pessoal no palco, para que todos os que precisassem de uma ajuda no programa pudessem contar com a sua assistência; e o diretor da empresa deu liberdade para que a platéia o chamasse de “Adá” – daí vocês tiram uma ideia de como o Seminário favoreceu o entrosamento dos participantes com os executivos daquela companhia aérea.

Pois muito bem. Um dos participantes, piloto recém-formado, aproveitou a oportunidade e conversou com ambos sobre sua situação – e, seguindo as orientações que recebeu, lhes enviou seu currículo no mesmo dia. No dia seguinte, essa pessoa me procurou para mostrar as respostas no seu smartphone: os dois responderam que enviaram o currículo para a responsável por chamar os candidatos para a seleção.  Se, com isso, ele vai ser realmente chamado, eu não posso garantir; muito menos dizer que ele vai ser aprovado. Mas, convenhamos: há alguma dúvida de que as chances desse sujeito ser chamado para uma entrevista aumentaram significativamente? De qualquer modo, esse piloto é leitor do blog, e ele se comprometeu em me manter informado sobre o assunto (e se ele quiser complementar alguma informação, ou se identificar, fique à vontade).

Estou escrevendo isso para que vocês tenham uma dimensão do quanto participar de eventos como esse são importantes para a carreira. Todo mundo tem obrigações a cumprir, locomover-se em São Paulo não é fácil para ninguém, a gente sabe disso. Mas tem gente que se esforça mais que os outros, isso também é fato – e a pessoa a que me referi acima veio de Belo Horizonte exclusivamente para o Seminário. No fim das contas, quem vocês acham que vai se dar melhor na carreira?

 

 

6 comments

  1. Matheus Pinto - BH/MG
    3 anos ago

    Olá Raul,

    Sem problemas nenhum eu me identificar…rsss

    Como você já sabe sou leitor do seu blog desde os “primórdios”, e tive o prazer de conhecê-lo pessoalmente na LABACE de 2012.

    Bom, vamos ao meu caso…

    Sou Piloto Comercial Muti-Motor brevetado em BH, ex-aluno da FUMEC – Ciências Aeronáuticas. Tenho todos os pré-requisitos pra participar da seleção da Azul, porém desde o início do presente ano (época que minhas carteiras foram lançadas no sistema da ANAC) eu aguardava uma chance de participar do processo seletivo. Tendo em vista minha baixa experiência (171 horas) e o fato de não ter um parente na Aviação ou algo do tipo, eu me vi na obrigação de batalhar pra melhorar minha rede de relacionamentos no nosso meio.

    Portanto, eu além de frequentar rodas de amigos do curso de C.A, amigos do aeroclube e até amigos que são Copilotos na Líder, Azul , eu sempre vi nesses eventos de Aviação uma oportunidade de se conhecer novas pessoas e assim então aumentar minha rede de contatos na Aviação. Desta forma, desde quando eu comecei meu PP em 2011 eu procuro ir na LABACE, Seminários do CR e outros eventos em geral. E posso lhes garantir uma coisa: vale muito a pena!

    Nesse último em particular, como foi o primeiro evento de aviação que eu participei após lograr minha carteira de PC MTLE IFR, eu notei que valeu mais a pena ainda o meu investimento em viajar pra esse evento. Além de ter tido uma noção completa de como se dá a seleção da Azul, eu tive o prazer de ter uma conversa franca e em particular com dois integrantes da alta cúpula da Companhia; e é bom ressaltar que os dois foram extremamente solícitos e educados comigo em todos os momentos.

    Durante essa conversa sobre o crescimento da Companhia e da atual situação de mercado da nossa Aviação eu expus pros dois o fato de ter todos os requisitos pra participar do processo seletivo, só que até então não havia recebido a chance de poder concorrer com demais pilotos em algum processo de contratação. Imediatamente, tanto nas duas conversas tanto o Cmte Ferreira Pinto, como o Cmte Adalberto “ADA”, eles me passaram todos os seus contatos e inclusive solicitando urgência no envio do meu Currículo. Feito isso, na manhã seguinte eu enviei meu Currículo atualizado; e de maneira surpreendente em menos de 30 minutos os dois me responderam bem positivamente, dizendo que encaminhariam o mesmo para o pessoal responsável por selecionar os Currículos das próximas selecões.

    Vamos a algumas conclusões:

    Eu tenho ciência que tais fatos não garantem a minha entrada em nenhum processo seletivo, e muito menos que os dois assumiram uma obrigação de me colocarem em alguma seleção futura…porém é notório que só o fato de receber um tratamento diferenciado e tão receptivo assim do Chefe de Operações e do Coordenador de Pilotos da Companhia já me anima bastante!

    O que eu deixo como dica pra vários expectadores do blog, que podem estar na mesma situação que a minha, é que continuem buscando meios de conhecer novas pessoas na Aviação! O Raul sempre diz isto aqui no Blog e eu sempre tentei absorver os conselhos dele. Por exemplo, no meu caso, eu nunca tive um parente na Azul ou em outra Cia; porém eu tive a atitude de sair da minha “zona de conforto” da minha casa em BH que fica a 560 km de SP, gastar com passagens e hotel, pra poder não só criar contatos, mas também enriquecer meus conhecimentos sobre o nosso setor, me informando melhor como me portar numa possível seleção da Azul ou outra empresa.

    Outra dica que eu deixo, é a maneira como se portar numa situação como essa. Você não pode simplesmente chegar pra um Chefe de Operações de uma Companhia Aérea e simplesmente dizer: “Me dá seu email pra eu poder te enviar meu Curriculo?”….isso soa como uma tremenda falta de respeito! Seja educado, agradecendo a oportunidade de poder participar de uma palestra tão esclarecedora como aquela e que eventos como este provam que por mais que a situação do setor esteja longe do ideal, que mesmo assim há um meio de se conseguir uma colocação no mercado, buscando uma melhor qualificação e conhecendo novas pessoas.

    Enfim…acho que já falei demais, não quero que fique um texto cansativo! rssss

    Então é isso Raul e leitores do blog, fico no aguardo de um convite pra Seleção da Empresa, enquanto isso continuo minha preparação de estudos, pois não adianta nada ser chamado e “fazer feio” lá na seleção! Caso ocorra alguma novidade eu conto pro Raul….conto com a torcida de todos não só pra mim, mas pra todos que batalharam tanto pra conquistar suas carteiras e que buscam um lugar ao sol

    Bons võos e estudos a todos!

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Legal! Boa sorte, e informe quando vc for chamado para a entrevista!

  2. Ivanelson Lobato
    3 anos ago

    Tenho um amigo empresário que fechou um negócio milionário enquanto tomava um cafezinho. É questão de frequentar lugares certos com as pessoas certas.
    Ivanelson Lobato – autor dos livros Navegação Aérea Descomplicada 1a Parte e 2a. Parte

  3. Joao paulo
    3 anos ago

    Boa comando PARABÉNS

  4. CMTE Lopes
    3 anos ago

    Show…

    Edemilson LOPES Comandante de Helicoptero Fone: 47 9193 8080 edlopescmt@gmail.com Enviado via iPhone

    >

Deixe uma resposta