O mínimo que você precisa saber sobre hipóxia

By: Author Raul MarinhoPosted on
584Views2

Na última 6a. feira (05/09/14), ocorreu algo inédito na história da aviação: o mundo todo acompanhou a ocorrência de um acidente em tempo real, quando um TBM-900 caiu na costa da Jamaica, possivelmente devido à hipóxia de seus tripulantes – vide “O drama do N900KN nos céus americanos“. O que provavelmente ocorreu neste acidente – a tripulação perder os sentidos e a aeronave permanecer em voo devido ao piloto automático até acabar o combustível e ela cair – é algo raro, mas não desconhecido: já aconteceu outras vezes, e é um risco potencial sempre que se voa em altas altitudes (acima de 10.000 pés). Daí a recomendação para explorar este mini-portal da AOPA – “High Altitude Flying” -, que tem o básico que todo piloto deve saber sobre o assunto. Navegue nas abas logo abaixo da imagem do altímetro, e explore os respectivos links. Tem bastante informação ali sobre voos em altas altitudes e hipóxia, vale a pena!

 

2 comments

  1. Humberto Rodrigues
    3 anos ago

    Outro exemplo de hipóxia B747 – Kalitta 66

    http://youtu.be/_IqWal_EmBg

    Dessa vez deu tudo certo.

Deixe uma resposta