Portal SNA: “RBAC 61”

By: Author Raul MarinhoPosted on
268Views5

Reproduzo abaixo a nota recém publicada no portal do SNA, sobre a reunião que haverá na ANAC/Rio amanhã (quarta-feira), para tratar das recentes alterações no RBAC-61 (especialmente quanto à hab.TIPO). Trata-se de assunto comentado ontem na reunião da ABRAPHE citada no post anterior, que este blog estará acompanhando com especial interesse (e é claro que publico aqui assim que souber de novidades).

RBAC 61

A recente aprovação da Emenda nº 04 ao Regulamento Brasileiro da Aviação Civil nº 61 (RBAC 61) trouxe consideráveis mudanças nos requisitos para a concessão de licenças e habilitações de pilotos no Brasil.

Algumas mudanças adotadas pelo novo texto do RBAC são polêmicas, e geraram certa mobilização do grupo de aeronautas, desde alunos de cursos práticos de aviação até aeronautas com contrato de trabalho ativo em grandes empresas aéreas.

Em função disso, o SNA, que está acompanhando de perto os desdobramentos dessa questão, participará de reunião nesta quarta (01/10), na Superintendência de Padrões Operacionais – SPO da ANAC, no Rio de Janeiro. Visando a busca de possíveis soluções, o Sindicato apresentará à Agência as principais problemáticas enfrentadas pelos aeronautas em decorrência da nova regulamentação.

Reafirmamos nosso comprometimento com a busca constante de melhorias para a classe dos aeronautas e para a aviação nacional, sempre primando pela adoção de ações que viabilizem o crescimento sustentável do setor e o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos profissionais envolvidos.

A Diretoria do Sindicato Nacional dos Aeronautas

5 comments

  1. victor hugo gotuzzo
    3 anos ago

    EU gostaria de saber quais são os bostas q. se sentam numa sala fechada e inventam estes montes de merdas de leis q. não tem nada a ver com nossa realidade,estas pessoas seguer voam e não tem o menor conhecimento das possibilidads dos taxis, aéreos e cia aéreas ,provavelmente são concursados vindos de outras áreas nada a ver com aviação,nao se dao o trabalho de analizar para copiar, de outros países,e se assim o fazem não medem a realidade brasileira,nao quero q, com isso falhem na segurança,porem se ate hoje foi assim ,vcs não podem mudaram radicalmente, impondo normas q. ocasionaram na parada da aviação,ate hj vc checa na linha aerea e sua habilitação leva mais de 30 dias para poder recebe la e poder voar, isso estes incompententes não resolvem, eu acho q,.deveríamos nos unir e interditar essa tal ANAC, e la colocar quem eh de aviação mesmo,..estes caras vao paralisar a aviação,…

  2. Amgarten
    3 anos ago

    A sociedade tem de reagir contra esta arbitrariedade! E a tal soberania do Brasil? Agora para se trabalhar como piloto no Brasil, precisa gastar dinheiro nos EUA!! Por que um americano comum pode checar um piloto brasileiro, mas este mesmo piloto brasileiro não pode fazer sua prova de Inglês ICAO nos EUA?? E por que então não se passam todas as atribuições para o FAA?
    Por favor, apontem onde os simuladores teriam evitado os acidentes investigados pelo Cenipa nos últimos anos, ocorridos no Brasil.

  3. Natan Matos Rocha
    3 anos ago

    Olha, acho que num futuro, com acessibilidade e facilidade, ok ser obrigado,mas quando houver simuladores acessíveis e economicamente viáveis… o que não pode é passar o ônus da falta de estrutura, do preço inacreditável dos treinamentos ao proprietário, ao piloto tentando se formar melhor…somente com a alegação de que é melhor pra segurança…nós teremos com essa nova norma uma miríade de PPs e PCs sem especialização, sem evoluir na carreira….

  4. aciolif
    3 anos ago

    Sim. Tem que ser revista..urgente..simulador é bom..mas obrigar não…

    Enviado por Samsung Mobile.

Deixe uma resposta