Vídeos da reportagem do SBT sobre a manifestação contra a ANAC/RBAC-61

By: Author Raul MarinhoPosted on
569Views13

Abaixo, os vídeos com a reportagem do SBT sobre a manifestação contra a ANAC/RBAC-61 (regras sobre hab.TIPO) ocorrida no último dia 03/10/2014. Reparem na explicação sobre a questão do uso de simuladores, que corrige o mal entendido da faixa com os dizeres ”simulador não representa segurança de voo”, tão comentada aqui.

13 comments

  1. Fred Mesquita
    3 anos ago

    Só nesse mês já sei de 02 King C90 e um Phenom 100 o qual seus proprietários desistiram, os pilotos estão de aviso prévio e os aviões foram postos à venda. É só o começo de uma avalanche que não sabemos onde e como vai parar….

    Marinho, há numa das regras básicas da aviação civil x ANAC o disposto de que o órgão regulador tem o propósito de FOMENTAR a aviação civil. Já procurei onde isto está escrito, mas não encontrei mais. Será que a ANAC está conjugando o termo FOMENTAR como deixar todos com fome ???

    • Amgarten
      3 anos ago

      É Fred, e a coisa tende a piorar. Note que a imensa maioria dos aviadores que estão empregados ainda não conversou com o patrão a respeito desta imposição governamental. O temor é justamente o de estressar o patrão antes de surgir alguma luz no fim do túnel que revogue a tal obrigatoriedade. O pensamento é o de que em ambiente que já se vislumbra de grave crise econômica, se o patrão souber de mais esta “espada sobre a nuca” do empresário, isso vai acelerar o processo de desemprego. Lembrando que o aviador é sempre o primeiro a sofrer quando o patrão sente o baque econômico. Além disso, é sabido que aviação é o primeiro setor a sentir os efeitos de crise econômica, mas é o último a se recuperar dos efeitos.
      Vários colegas já vieram até conversar comigo de forma extremamente preocupada pois simplesmente não há vagas nas cias aéreas, não ah vagas nos táxi aéreos, não há vagas para INVA nas escolas/aeroclubes. A pessoa vai fazer o que? Quem é que pode se dar ao luxo de gastar de 20 mil dólares ou mais em algo que dura apenas 12 meses (na verdade 10, se considerarmos os trâmites burocráticos), para então entrar na fila do desemprego, ou caso consiga emprego, será um que lhe pagará 4 mil dólares quando muito? Não vai! Quem tem esta grana e precisa cuidar da família faz muito melhor se investir num food truck e faturar com ramo de alimentação.

  2. Julio Petruchio
    3 anos ago

    É…. Tamis fodidis, como diria o saudoso Mussum…

  3. amgarten
    3 anos ago

    Há pessoas que dizem que manifestação não dá em nada. Olhem só:
    http://www2.anac.gov.br/Arquivos/pdf/lista_cursos_certificados.pdf
    Será que não dá mesmo?

    • amgarten
      3 anos ago

      Pessoal, isso é só o começo, não desanimem! Juntos os aviadores (os de verdade) são sempre mais fortes!

      • Julio
        3 anos ago

        PQP!! Agora além de ser piloto temos que ser advogados!? Qualquer coisa que precisamos tratar com a Anac vai ter que ser dessa maneira? È de desanimar qq um hein!!!

        • David Banner
          3 anos ago

          O objetivo é esse mesmo: “Desanimar qualquer um”. E parece que tá funcionando.

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Acabei de publicar um post sobre isso, Cássio! A ANAC soltou uma nota no site agora há pouco.

  4. Robson
    3 anos ago

    Raul mais uma vez quero te parabenizar pelo site repleto de informações importantes e que nos ajuda a ver realmente o que o governo (ANAC) faz para dificultar o progresso da aviação no Brasil.
    Simplesmente um absurdo esse tipo de atitude da ANAC, fora da realidade.
    A população acha que a vida de piloto é um mar de rosas devido o governo gerar falsas informações sobre a aviação Brasileira.
    Pilotos brasileiros estão quase que mendigando melhorias em todos os aspectos, tanto não só em melhorias salariais como em todos aspectos possíveis dentro da aviação brasileira.

  5. JMarinho
    3 anos ago

    Alguem ja sabe quais os proximos passos a serem dados por esse movimento?

    Abs

  6. David Banner
    3 anos ago

    Pelo que entendi a ANAC não recuou nem um milímetro na sua decisão de manter essas alterações, não é isso?

    Considerando que a ANAC não arrede pé, a partir de quando vai se tornaria sensível os reflexos desse descalabro pra aviação? Alguém já fez as análises e tem uma previsão?

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Os reflexos já estão acontecendo, Banner! Quem precisar rechecar a carteira NESTE MÊS já precisará cumprir as novas regras!

Deixe uma resposta